Estádio Cidade de Valência

(Redirecionado de Estadi Ciutat de València)
Ciutat de València
Ciutat de valencia.jpg

Nome Estádio Cidade de Valência
Estadi Ciutat de València
Características
Local Valência, Flag of Spain.svg Espanha
Gramado Grama natural (107 x 68 m)
Capacidade 25.354
Construção
Data 1969
Proprietário Levante UD
Mandante Levante Unión Deportiva

O Estadio Cidade de Valência (em valenciano e de forma oficial Estadi Ciutat de València), é um estádio de futebol localizado na cidade de Valência, na Espanha. Pertence ao Levante e abriga até 25.354 pessoas.

Foi inaugurado a 1969 e fora renomeado várias vezes. Antes de seu nome actual, era chamado de Nou Estadi (Novo Estádio). O Levante UD jogava suas partidas anteriormente no campo de Vallejo.

Zonas do estádioEditar

Actualmente, há sete zonas diferenciadas no estádio para os espectadores, onde é possível ver as partidas. As zonas são: Llotja VIP L'Alqueria, Tribuna, Grada Central, Gol Orriols Alt, Gol Orriols Baix, Gol Alboraia Alt e Gol Alboraia Baix.

Novo estádio no porto de ValênciaEditar

A Levante UD apresentou ao Ministro de Política Territorial da Espanha, Jordi Sevilla, um projecto de um novo estádio de quarenta mil espectadores, rodeado por água, juntamente com a nova doca da Copa América. O Estado, proprietário do solo, não rechaça inicialmente a ideia e diz ao clube para desenvolver o plano depois da Copa da América, "quando irá constituir-se a nova sociedade estatal" que administrará o porto de Valência.

O novo estádio estará rodeado pelas águas marítimas por três dos seus quatro lados, com um estacionamento subterrâneo para três mil carros. O projecto está dirigido por Alejandro Escribano, o mesmo arquitecto da Nou Mestalla.

Os terrenos estão ocupados actualmente pelo grupo naval Boluda, que está disposto a mudar de localização para o porto de Sagunto. O clube pretende trocar os terrenos, propriedade do Estado, para construir seu novo campo.

O processo começa pela venda de seu antigo estádio em Orriols, por um valor de 165 milhões de euros, que depende da requalificação das instalações actuais. Com o capital obtido com esta venda, o mesmo será investido na construção de um novo estádio em novo solo, erguido sobre terreno público.

O clube prevê que a exploração comercial do estádio seja encarregada à empresa multinacional Arena, que já administra outros recintos.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre estádios de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.