Abrir menu principal
Eugênio Vilhena de Morais
Nascimento 2 de fevereiro de 1887
Campanha
Morte 31 de outubro de 1981 (94 anos)
Rio de Janeiro
Cidadania Brasil
Alma mater Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo, Universidade Federal do Rio de Janeiro
Ocupação advogado, historiador, professor
Empregador Arquivo Nacional

Eugênio Vilhena de Morais (Campanha, 2 de fevereiro de 1887 — Rio de Janeiro, 31 de outubro de 1981) foi um advogado, historiador e professor brasileiro.[1]

BiografiaEditar

Filho de José Gomes de Moraes e Eugenia Agusta de Vilhena de Moraes, Eugênio Vilhena de Morais, aos dez anos de idade, mudou-se para Nova Friburgo, onde concluiu seus estudos no Colégio Anchieta, bacharelando-se em ciências e letras em 1902. Iniciou o curso de direito, na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, na atual Universidade de São Paulo, concluindo-o na Faculdade Livre de Ciências Jurídicas e Sociais, hoje Universidade Federal do Rio de Janeiro, em 1907.[1] Tornou-se professor do Colégio Santo Inácio, no Rio de Janeiro e da Escola Normal, atual Instituto de Educação, lecionando as disciplinas de latim, francês e história. Atuou ainda em diversos órgãos públicos como o Ministério da Educação e o Arquivo Nacional, onde foi diretor-geral de 1938 a 1958. Foi sócio efetivo do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, eleito em 1921.[1]

ObrasEditar

  • 1920: Pela Cartilha de Comitê. Questões pedagógicas
  • 1921: Qual a influência dos jesuítas em nossas letras. Decaíram depois da saída dos discípulos de Santo Inácio de Loyola?
  • 1926: O patriotismo e o clero no Brasil
  • 1926: Segundo Centenário de nascimento de frei José de Santa Rita Durão
  • 1927: Caxias e o Jornal do Commercio
  • 1927: O gabinete Caxias e a Anistia aos Bispos na Questão Religiosa
  • 1929: A Padroeira do Brasil
  • 1933: O Duque de Ferro. Aspectos da figura de Caxias
  • 1934: Caxias em São Paulo. A revolução de Sorocaba
  • 1936: Caxias e a defesa nacional
  • 1937: Três Figuras: o Frade Poeta, o Padre Voador, o Frade Preceptor
  • 1937: Momentos Eucarísticos da Figura de Caxias
  • 1941: Resenha Geral dos Trabalhos do Arquivo Nacional
  • 1955: Bíblia de Guttenberg. Notícia ilustrada

Referências

  1. a b c «Eugênio Vilhena de Morais». ihgb.org.br. Consultado em 18 de dezembro de 2018 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.