Abrir menu principal

Fabiana da Silva Simões, mais conhecida com Fabi Simões ou Fabiana Baiana (Salvador, 4 de agosto de 1989), é uma futebolista brasileira que atua como lateral direita. Atualmente, joga pelo Sport Club Internacional, do Brasil, e defende a Seleção Brasileira de Futebol Feminino desde novembro de 2006.

Fabiana Simões
Fabiana Simões
Fabiana Simões em 2014
Informações pessoais
Nome completo Fabiana da Silva Simões
Data de nasc. 4 de agosto de 1989 (29 anos)
Local de nasc. Salvador (BA), Brasil
Altura 1,71 m
Apelido Fabiana Baiana, Fabi Simões
Informações profissionais
Clube atual Sport Club Internacional
Posição Lateral direita
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2006
2007
2007–2008
2008
2009–2010
2009
2011
2011–2013
2013
2014
2014–2016
2016
2017
2017–2018
2018
2019
América-RJ
CEPE-Caxias
Sporting de Huelva
Corinthians
Boston Breakers
Boston Aztec (emp.)
Santos
WFC Rossiyanka
São José
Tyresö
Centro Olímpico
Dalian Quanjian
Corinthians
Barcelona
Wuhan Zall FC
Internacional-RS
Seleção nacional
2006– Brasil 0059 000(6)
Medalhas
Jogos Olímpicos
Prata Pequim 2008 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Ouro Toronto 2015 Equipe

Fabiana estava no grupo que ganhou medalha de prata na Olimpíada de Pequim em 2008[1][2] e ouro nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015.[3] Também disputou a Copa do Mundo de Futebol Feminino de 2011, na Alemanha, os Jogos Olímpicos de Londres em 2012, a Copa do Mundo de 2015, no Canadá, e os Jogos Olímpicos do Brasil em 2016.[4] Foi convocada para a Copa do Mundo de 2019 por Vadão, mas sofreu uma lesão muscular nas vésperas da competição e precisou ser cortada.

CarreiraEditar

A jogadora começou a carreira nas escolinhas do Bahia,[5] participando dos treinos dos meninos. Em dezembro de 2005, foi vista por um olheiro que disse que a levaria para um teste Atlético-MG, mas chegando em Belo Horizonte, o plano não deu certo.

Além de não conseguir se tornar atleta do clube, ela teve problemas para ficar na cidade porque era menor de idade e não tinha autorização para ficar hospedada com o agente no hotel, mesmo com a procuração da mãe. Os dois foram parar no Juizado de Menores,[6] e a garota explicou aos prantos que estava na cidade para tentar realizar o sonho de ser futebolista. Acabou sendo convidada para morar na casa da própria juíza.

Cerca de 20 dias depois, em janeiro de 2006, o agente tornou a ligar dizendo que ela poderia fazer um teste em um time do Rio de Janeiro, o América. Ela decidiu tentar e foi aprovada no teste,[7] além de ter sido muito elogiada pelo técnico Luiz Claudio. Semanas depois de entrar no clube, foi convocada pela Seleção Brasileira Sub-20 pela primeira vez.

Pela Seleção Sub-20, venceu o Campeonato Sul-Americano Sub-20 e participou do Mundial da categoria em 2006, quando o Brasil terminou em terceiro lugar. Na ocasião, Fabiana marcou dois gols e teve boas atuações, chamando a atenção da comissão técnica da Seleção Brasileira principal. No final daquele ano, foi convocada para o Campeonato Sul-Americano e fez sua estreia no dia 13 de novembro,[8] no jogo entre Brasil e Peru.

Depois de uma rápida passagem pelo Duque de Caxias em 2007, ela foi contratada pelo Sporting de Huelva, na Espanha.[9][10] Em 2008, defendeu o Corinthians, e no final daquele ano foi selecionada pelo Boston Breakers no Draft da Women's Professional Soccer. Na época, o técnico do Boston, Tony DiCicco, descreveu a jogadora como "muito rápida e se encaixa naquele molde da brasileira veloz com muito talento".[11]

Uma lesão no ligamento que a atormentava desde a época do Corinthians deixou a jogadora fora dos jogos do Boston Breakers por quase toda a temporada de 2009. Por dois jogos, foi emprestada ao Boston Aztec, afiliado dos Breakers na Women's Premier Soccer League (WPSL), como parte da recuperação para retomar o ritmo de jogo.[12]

O Breakers renovou o contrato da atleta para 2010 e ela foi titular em 14 dos 21 jogos que disputou, com direito a um gol contra o Chicago Red Stars.[13] Na temporada seguinte, ela foi para o Santos,[14] mas em agosto já fechou acordo com o extinto clube de futebol feminino WFC Rossiyanka, da Rússia, onde ficou até 2013.

Depois de outra passagem rápida pelo Brasil, desta vez no São José, em janeiro de 2014 a jogadora se transferiu para o Tyresö, da Suécia, onde estava a companheira de seleção Marta. Porém, no dia 9 de abril, a imigração da Suíça negou o visto de trabalho para Fabiana e ela precisou voltar para o Brasil.[15]

Ela então participou do Draft do Campeonato Brasileiro Feminino e foi escolhada pela Associação Desportiva Centro Olímpico, onde jogou até 2016, quando assinou com o Dalian Quanjian F.C. para a disputa da Women's Super League da China.[16] ao lado da companheira de seleção Debinha e Gabi Zanotti.[17] O clube venceu a principal competição feminina da China naquele ano, sendo que Fabiana marcou um gol e deu uma assistência no jogo que garantiu o título.[18]

Em abril de 2017, ela voltou para o Brasil para defender novamente o Corinthians, que na época havia fechado uma vitoriosa parceria com o Audax no futebol feminino.[19][20] Pouco depois, em julho, o Barcelona anunciou a lateral como reforço para a temporada 2017/18.[21][22] No clube, ela conquistou a Copa de La Reina.[23]

Em julho de 2018, ela acertou sua transferência para o Wuhan, da China, com um contrato de um ano e meio. A justificativa da jogadora para a saída foi que, além dos valores mais altos oferecidos no mercado chinês, ela gostaria de recuperar o tempo perdido por conta das lesões sofridas na Espanha.[24] Em março de 2019, contudo, ela interrompeu o contrato com o clube chinês e assinou com o Sport Club Internacional. "Pelo dinheiro, hoje em dia eu preferia estar na China, mas pela minha felicidade, prefiro ficar aqui, porque lá eu não estava me sentindo muito feliz nesse clube", disse a jogadora à época da contratação.[25]

Em 16 de maio de 2019, foi convocada para a Copa do Mundo de Futebol Feminino da França.[26][27] Porém, sofreu uma lesão de grau 1 no músculo semitendinoso da coxa direita durante a preparação da seleção em Portugal e foi cortada, dando lugar a Poliana[28].

Referências

  1. «Fabiana Bio, Stats, and Results». Olympics at Sports-Reference.com (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2019 
  2. «Seleção feminina ganhou medalha de prata no futebol feminino nas Olimpíadas Pequim 2008 - UOL Esporte». olimpiadas.uol.com.br. Consultado em 1 de junho de 2019 
  3. Am, Por; KestelmanHamilton, a; Canadá. «Com gol olímpico e festa de Formiga, Brasil goleia Colômbia e leva o ouro». globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2019 
  4. «Ficha técnica: Fabiana, lateral, Dalian Quanjian». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 1 de junho de 2019 
  5. «Fabi Simões, fala da expectativa de disputar mais uma Copa do Mundo». Torcedores.com. 21 de maio de 2019. Consultado em 1 de junho de 2019 
  6. FC/Divulgação, Victor Salgado/Barcelona. «Fabiana lembra drama em Belo Horizonte antes de chegar à Seleção Brasileira e ao Barcelona». Home. Consultado em 1 de junho de 2019 
  7. «Sem holofote, Estadual-RJ feminino recomeça caminhada - 27/03/2006 - Pelé.Net - Revista». esporte.uol.com.br. Consultado em 1 de junho de 2019 
  8. «Seleção Brasileira Feminina 2006-2007». www.rsssfbrasil.com. Consultado em 1 de junho de 2019 
  9. «Seleção Feminina - NOTÍCIAS - Fabiana e Maurine: nova geração na seleção». globoesporte.globo.com. Consultado em 1 de junho de 2019 
  10. AS, Diario (12 de junho de 2015). «Mundial Fútbol Femenino: Fabiana es la brasileña que jugó en el Sporting de Huelva». AS.com (em espanhol). Consultado em 1 de junho de 2019 
  11. «Breakers to negotiate with international players». Boston.com (em inglês) 
  12. «Breakers Notebook: Fabiana Nears Return». web.archive.org. 1 de fevereiro de 2014. Consultado em 1 de junho de 2019 
  13. «Women's Professional Soccer :: Women's Professional Soccer :: Boston Breakers :: 2010 Stats». web.archive.org. 5 de julho de 2011. Consultado em 1 de junho de 2019 
  14. «Seleção Brasileira Feminina 2011-2013». www.rsssfbrasil.com. Consultado em 1 de junho de 2019 
  15. «Ännu ett spelarproblem för Tyresö | Damfotboll.com». web.archive.org. 15 de outubro de 2014. Consultado em 1 de junho de 2019 
  16. «Rio 2016: Brazilian women's football team sees tough rival in China». www.chinacelacforum.org. Consultado em 1 de junho de 2019 
  17. Esporte Espetacular | Futebol na China: País investe pesado na formação de futuros jogadores | Globoplay, consultado em 1 de junho de 2019 
  18. Team, China Women's National Football (2016T01:54). «FT | Dalian champions after the 2-0 win over Army! Brazilian right-back Fabiana and the National Team's midfielder Wang Shuang scored. #CWSL». @ChinaWNFT (em inglês). Consultado em 1 de junho de 2019  Verifique data em: |data= (ajuda)
  19. «Fabi Simões estreia, Gabi Nunes marca e Corinthians/Audax segue 100% no Brasileirão Feminino». Sport Club Corinthians Paulista. Consultado em 1 de junho de 2019 
  20. Paulo, Por GloboEsporte comSão. «Corinthians e Audax renovam parceria em equipe feminina por mais um ano». globoesporte.com. Consultado em 1 de junho de 2019 
  21. «Lateral brasileira Fabiana Simões é confirmada como reforço do Barcelona». Extra Online. Consultado em 1 de junho de 2019 
  22. «Lateral brasileira Fabiana Simões é confirmada como reforço do Barcelona». O Globo. 30 de julho de 2017. Consultado em 1 de junho de 2019 
  23. «Fabi Simões deixa o Barça e fecha com time chinês em busca de temporada sem lesões». Globoesporte. Consultado em 1 de junho de 2019 
  24. «Fabi Simões deixa o Barça e fecha com time chinês em busca de temporada sem lesões». Globoesporte. Consultado em 1 de junho de 2019 
  25. «Inter anuncia contratação de Fabi Simões, lateral da seleção brasileira». ESPN.com. 21 de março de 2019. Consultado em 1 de junho de 2019 
  26. «A terceira Copa da lateral do Inter e a pegadinha com o pai». GaúchaZH. 17 de maio de 2019. Consultado em 1 de junho de 2019 
  27. «Com Marta, Cristiane e Formiga, Vadão convoca seleção para a Copa do Mundo». esportes.yahoo.com. Consultado em 1 de junho de 2019 
  28. «Fabiana é desconvocada por lesão, e Poliana é chamada para disputar a Copa do Mundo feminina». ESPN.com. 3 de junho de 2019. Consultado em 6 de junho de 2019 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Fabiana da Silva Simões