Abrir menu principal
FalleN
Gabriel Toledo de Alcântara Sguario

FalleN na DreamHack Leipzig 2016
Nome Gabriel Toledo de Alcântara Sguario
Nick(s) FalleN
Nascimento 30 de maio de 1991 (28 anos)
Nacionalidade brasileiro
Ocupação AWP
Líder de equipe
Jogo(s) Counter-Strike
Counter-Strike: Source
Assault Fire
Crossfire
Counter-Strike: Global Offensive
Time(s) MIBR (2018 - presente)
SK Gaming (2016-2018)
Luminosity Gaming (2015-2016)
Keyd Stars (2015)
KaBuM.TD (2014–2015)
Games Academy (2014)
KaBuM! e-Sports (2014)
ProGaming.TD (2013–2014)
playArt (2012–2013)
semXorah (2012)
Mandic (2011–2012)
CompLexity (2010–2011)
FireGamers (2009–2010)
Team Crashers (2005–2009)
Portal Portal Games  •  Página do projeto Projeto Games

Gabriel Toledo de Alcântara Sguário, (30 de maio de 1991), mais conhecido como FalleN, é um jogador profissional de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) que joga atualmente pela MIBR. Em 2015 ele foi nomeado como a pessoa mais influente no Esports brasileiro.[1] Ele também é dono da organização brasileira de eSports Games Academy e YeaH! Gaming.

Segundo o site Esports Earnings FalleN é o profissional de Esports brasileiro que mais lucrou em premiações[2], estima-se que o valor total ganho por FalleN em premiações seja de 954 mil dólares, sendo 99% das premiações (947 mil dólares) provenientes de campeonatos de CS:GO.[3]

BiografiaEditar

Gabriel nasceu em Itararé, São Paulo e foi criado em Itapetininga, São Paulo.

Seus pais eram donos de uma loja de informática na região, o que o fez crescer um interesse em jogos eletrônicos. Em meados de 2003, através de seus irmãos, teve seu primeiro contato com o jogo que mais tarde iria se profissionalizar, o Counter-Strike.

Desde então, começou a treinar todos os dias e encaixou o CS na sua rotina diária, dividindo seu tempo entre jogar futebol no clube da cidade, se dedicar à escola e ajudar sua mãe no trabalho, formatando computadores na loja de seus pais.

Foi no trabalho de sua mãe que ele desenvolveu uma das características mais importantes que carrega consigo atualmente: A habilidade de se comunicar. Diferente de personalidades do e-sport como Faker, Gabriel possui habilidade de se comunicar com seu público que o fez conquistar influência e carisma no meio do eSports. Hoje,faz parte de um dos melhores times de CS:GO do mundo, a MIBR, que anteriormente era a SK Gaming

Carreira no e-sportEditar

Seu primeiro time foi o Soldiers Of Fire, no Counter-Strike, em que FalleN desenvolveu seu gosto pela competitividade, e começou sua carreira competitiva participando de campeonatos locais. Com quatorze anos, ele se juntou à equipe da Crashers na WCG Brasil 2007, e começou a viajar para campeonatos presenciais.

Em 2008, FalleN teve uma breve passagem pela vsONE, uma equipe de Counter-Strike: Source, jogando na Quest Cup e na Liga Monkey, em ambas competições ficou em primeiro lugar. Em 2009, Fallen se preparava para abandonar o competitivo de CS[4] quando foi convidado para jogar de AWper na FireGamers. Após 6 anos, o AWPer foi reconhecido como grande potencial pelos jogadores profissionais brasileiros da época.

Com a chegada na FireGamers, FalleN começou sua rotina profissional regrada, treinando todos os dias durante cinco meses. Seu primeiro grande torneio na FireGamers foi o WCG Brasil 2009, chegaram até as semi-finais do bracket superior, onde foram derrotados pela Made in Brazil. Relegados ao bracket inferior, venceram o time da ECO.COBRA, HardDivision e playArt, classificando-se para a final para enfrentar novamente a Made in Brazil mais dessa vez saíram vencedores vencendo a final por 2 mapas a 0 e conquistando a vaga para a World Cyber Games 2009 na china.

Dentre outros torneios que participou na FireGamers, estão ESWC 2010[5] sendo eliminados nas quartas de final pela equipe dinamarquesa mTw, WCG Brazil 2010[6] sendo bicampeões do torneio e a WCG Pan America 2010  onde foram campeões vencendo a equipe norte-americana Evil Geniuses por 2 mapas a 0 na final.[7]

ComplexityEditar

Em 2010, a FireGamers foi contratada pela organização norte americana Complexity. Pela organização disputou 8 torneios sendo os principais a  WCG 2010 na qual a equipe de FalleN ficou em quarto lugar perdendo a decisão de terceiro lugar para o time polonês Frag eXecutors[8], o IEM V American Championship Finals[9] no qual se sagrou campeão vencendo a equipe norte-americana Evil Geniuses por 2 mapas a 0, e a IEM V World Championship onde a equipe de FalleN foi eliminada nas quartas de final pela equipe ucraniana Natus Vincere[10]. Com o crescimento do Counter-Strike: Source na época, a Complexity anunciou em fevereiro de 2011 uma parceria com a organização brasileira TargetDown para formação de uma line-up exclusiva de CS:S, junto com o retorno de FalleN na versão Source do counter strike.

Em outubro de 2011, a nova equipe do Mandic competiu e venceu a WCG Brasil 2011[11], realizada no Shopping Eldorado, em São Paulo. O título veio após uma vitória por 2 mapas a 0 sobre a equipe da GamerHouse. Com o primeiro lugar conquistado no campeonato em São Paulo, Gabriel ganhou a classificação para a final que ocorreria no mês seguinte, em BusanCoreia do Sul, em que conquistou o quinto lugar do torneio após uma derrota para a Moscow.Five.[12]

playArtEditar

Após uma breve participação da equipe semXorah onde jogou a IEM VI World Championship e foi eliminado na primeira fase[13], Gabriel entrou para uma estadia que durou mais de um ano na PlayArt. Com a mesma equipe da Complexity,venceu a WCG Pan America 2012 ganhando a final do time norte-americano Ultimax Gaming por 2 mapas a 1[14] e a Mega Acervus Cup 2012 em Botucatu

Counter-Strike começa a ter cada vez menos torneios importantes, o que faz o cenário profissional diminuir. Procurando alternativas, FalleN se juntou novamente à playArt e montou um time de Assault Fire, onde jogou seu único campeonato, a WCG Brasil 2013, em outubro. Logo após, FalleN entra na equipe de CrossFire da paiN Gaming, jogando como capitão. Venceram a BGL Arena #3 e ganharam a vaga para disputar a CFStars em 2014, em Chengdu, na China.[15]

Kabum! eSports, Progaming.TD e Keyd StarsEditar

Após vencer alguns campeonatos locais com a equipe da paiN, FalleN entra para o time de FPS da KabuM! eSports. Ainda no CrossFire, vencem a BGL Arena 2014.[carece de fontes?]

Após alguns meses competindo em CrossFire e Assault Fire, o cenário brasileiro de CS:GO competitivo começa a crescer, e FalleN começa a participar de campeonatos de CS:GO, no qual se mantém até hoje.

Após cinco meses no CS:GO, a playArt anuncia seu fim. Após uma temporada competindo em outros jogos, o jogador entra para a equipe da KabuM.FPS, que logo em seguida é fundida com a ProGaming.TD Em dezembro de 2014, a KabuM.TD venceu a MLG Aspen Invitational - Brazil Qualifier[16] e conquistou uma vaga no MLG X Games Aspen Invitational 2015. O campeonato aconteceu na cidade de Aspen no Colorado, com premiação total de 50,000 dólares, Em Aspen o time de FalleN surpreende o mundo do CS:GO competitivo  conseguindo bater na estreia o time norte-americano Cloud 9 com facilidade no mapa Mirage por 16 a 4, mas o time não conseguiu repetir o desempenho da estreia e perdeu os outros dois jogos do grupo para o time dinamarquês Diginitas por 16 a 4 no mapa Dust 2 e para o time Sueco  Ninjas in Pyjamas por 16 a 3 no mapa Inferno, logo após o fim do campeonato em Aspen FalleN e sua equipe foram para Denver no Colorado para disputar a Clutch Con 2015, em Denver a equipe de FalleN perde a estreia para a equipe norte-americana Denial eSports por 16 a 13 no mapa Inferno, vence a segunda partida contra a equipe norte-americana eLevate na prorrogação por 22 a 19 no mapa Cache e vence por W.O a equipe norte-americana SOURCEry. Entretanto, a equipe de FalleN foi surpreendida pela organização do torneio, que informou que não haveria prorrogação nos confrontos da Fase de Grupos, mesmo após os jogadores terem assinado um papel no qual dizia que as regras seriam a mesmas da MLG Aspen que tinha prorrogação na fase de grupos[17] Depois de muita conversa, a organização resolveu refazer todos os jogos do grupo, mas logo em seguida tomou a decisão de fazer uma partida especial entre a Kabum.TD e a Denial eSports valendo o segundo lugar do grupo, o time de FalleN venceu a partida por 16 a 9 na Inferno e avançou para as quartas de final onde jogou contra um dos melhores times do mundo da época os suecos da Fnatic, FalleN e sua equipe surpreendem o mundo do CS:GO competitivo novamente ao conseguirem vencer o primeiro mapa disputa por 16 a 7 no mapa Mirage, a equipe acabou levando a virada perdendo de 16 a 5 no mapa Cache e de 16 a 0 no mapa Overpass e foi eliminada da competição, mais com o desempenho mostrado conseguiram um convite para jogarem o qualificatório para a ESL One Katowice 2015 em Katowice, torneio patrocinado pela desenvolvedora do jogo Valve com premiação total de 250 mil dólares, mais FalleN e sua equipe não tinham o dinheiro necessário para irem de Denver para Katowice jogar o qualificatório, seu companheiro de equipe Fer chegou a afirmar que iria parar de jogar se eles deixassem a oportunidade passar foi quando eles tomaram a decisão de ficarem em Denver sem nada e iniciaram uma vaquinha tendo 12 dias até o qualificatório para arrecadar o dinheiro necessário para a viagem, FalleN e seus companheiros fizeram streams diárias para arrecadar doações, e conseguiram o necessário com a ajuda dos fãs, do jogador da Fnatic de CS:GO Robin "flusha" Rönnquist que doou 4 mil reais e empresa especializada em competições de CS:GO ESEA que doou 2 mil e 500 dólares e comprou as passagens para FalleN e seus companheiros já que o dinheiro arrecadado só poderia ser retirado em duas semanas[18], em Katowice a equipe de FalleN perde na estreia do time no qualificatório para a equipe alemã mousesports por 16 a 10 no mapa Dust 2[19] e caem para a chave dos perdedores, não podendo perder mais a FalleN e seus companheiros enfrentam os poloneses da INSHOCK e vencem a partida por 16 a 11 no mapa Nuke[20] e vão para o jogo decisivo contra a equipe dinamarquesa Dignitas, a equipe vence com facilidade por 16 a 3 e consegue a vaga na ESL One Katowice 2015[21]

FalleN e seus companheiros deixam a Kabum.TD[22] e assinam com a Keyd Stars[23] e vão para o primeiro torneio na nova casa a ESL One Katowice 2015, na estreia a equipe perde para equipe sueca Ninjas in Pyjamas por 16 a 9 no mapa Inferno[24]e caem para a chave dos perdedores, na chave dos perdedores eles vencem a equipe russa HellRaisers por 16 a 12 no mapa Inferno[25] e vão para o jogo decisivo, no jogo decisivo eles vencem a equipe norte-americana CLG por 16 a 8 no mapa Dust 2[26] e se classificam para a fase mata mata do torneio, no mata mata a equipe de FalleN enfrenta os donos da casa os poloneses da Virtus.Pro e saem perdendo o primeiro mapa por 16 a 4 na Mirage, vencem o segundo mapa na prorrogação por 19 a 17 na Overpass, mais acabam perdendo o terceiro mapa e a serie por 16 a 1 na Nuke.[27]

Luminosity, SK Gaming e MIBREditar

 
Luminosity vs Natus Vincere pela Final do MLG Major Championship: Columbus 2016

Em julho de 2015, FalleN assinou um contrato com a Luminosity Gaming após a Electronic Sports World Cup (ESWC), disputada em Montreal, no Canadá, Na organização venceu 4 torneios sendo um deles o MLG Major Championship: Columbus 2016 .[15][28]

Fallen e outros quatro companheiros de equipe do Luminosity Gaming estiveram envolvidos em uma disputa contratual entre a SK  Gaming e a Luminosity[29]. Eventualmente a disputa se resolveu e os jogadores se transferiram para SK Gaming.[30] Na SK Gaming FalleN venceu 12 torneios sendo maior deles o ESL One: Cologne 2016.

Em Junho de 2018 FalleN e seus companheiros de equipe não renovaram seus contratos com a SK Gaming e se transferiram para a lendária organização MIBR.[31]

RepercussãoEditar

Ele foi nomeado como personalidade PC do ano pela eSports Industry Awards em 2016. Ele foi o vencedor do Brazilian eSports organization Games Academy. É descrito atualmente como um dos melhores AWPers, líderes do jogo, e jogadores globais no mundo.[32]

Apesar de vencer sua fase de grupos na Eleague Season 1 sendo um dos favoritos para vitória, a equipe SK Gaming foi por fim removida do campeonato, junto com a ex-equipe SK Gaming. Os jogadores e equipes tinham violado uma das regras de transferência da liga, e vários outros proprietários da equipe também assinaram uma petição para remover os jogadores.[33]

É apontado por várias organizações como uma das principais personalidades que motivam o crescimento do cenário de e-sports no Brasil.[34]

É um dos mais conhecidos jogadores de Counter Strike: Global Offensive atualmente, sendo eleito pela revista Forbes como uma das personalidades mais influentes dos games, em uma lista chamada de “30 Under 30: Games”, que elege as 30 pessoas mais importantes dos games com menos de 30 anos. A lista foi eleita por grandes nomes da indústria, como Brandon Beck, o CEO da Riot Games, Jade Raymond, da Motive Studios, e Bonnie Ross, da 343 Industries.[35]

CompetiçõesEditar

FalleN ficou no top 4 do seguintes torneios:

Colocação Data Torneio Time Resultado Premiação Ref.
12/14º 31/08/2019 StarLadder Berlin Major 2019 MIBR 0 : 2 $8,750 [36][37]
3/4º 20/07/2019 Intel Extreme Masters Season XIV - Chicago MIBR 1 : 2 $25,000 [38][39]
3/4º 04/05/2019 Intel Extreme Masters Season XIV - Sydney MIBR 0 : 2 $20,000 [40]
13/04/2019 BLAST Pro Series: Miami 2019 MIBR 2/1/2[41] $25,000 [42]
3/4º 02/03/2019 Intel Extreme Masters Season XIII - Katowice Major 2019 MIBR 0 : 2 $70,000 [43][44]
15/12/2018 BLAST Pro Series: Lisboa 2018 MIBR 2/1/2[45] $15,000 [46]
3/4º 08/12/2018 ESL Pro League Season 8: Finals MIBR 0 : 2 $55,000 [47]
25/11/2018 Esports Championship Series Season 6 - Finals MIBR 0 : 2 $120,000 [48]
29/09/2018 BLAST Pro Series: Istanbul 2018 MIBR 1 : 2 $50,000 [49][50]
3/4º 22/09/2018 FACEIT Major: London 2018 MIBR 0 : 2 $70,000 [51][52]
26/08/2018 ZOTAC Cup Masters 2018 MIBR 3 : 0 $200,000 [53][54]
3/4º 16/06/2018 ESL One: Belo Horizonte 2018 SK Gaming 0 : 2 $17,000 [55][56]
10/06/2018 Moche XL Esports SK Gaming 2 : 0 $25,000 [57][58]
24/05/2018 Adrenaline Cyber League 2018 SK Gaming 3 : 1 $65,000 [59][60]
11/02/2018 cs_summit 2 SK Gaming 0 : 2 $19,500 [61]
3/4º 27/01/2018 ELEAGUE Major: Boston 2018 SK Gaming 1 : 2 $70,000 [62][63]
10/12/2017 ESL Pro League Season 6 - Finals SK Gaming 3 : 1 $225,000 [64][65]
25/11/2017 Blast Pro Series Copenhagen 2017 SK Gaming 2 : 1 $125,000 [66][67]
3/4º 18/11/2017 IEM Oakland 2017 SK Gaming 1 : 2 $25,000 [68]
29/10/2017 EPICENTER 2017 SK Gaming 3 : 2 $250,000 [69]
3/4º 16/09/2017 ESL One: New York 2017 SK Gaming 1 : 2 $25,000 [70]
03/09/2017 ESG Tour Mykonos 2017 SK Gaming 2 : 1 $24,056.15 [71]
7/8º 21/07/2017 PGL Major Kraków 2017 SK Gaming 0 : 2 $35,000 [72]
09/07/2017 ESL One: Cologne 2017 SK Gaming 3 : 0 $100,000 [73]
25/06/2017 Esports Championship Series Season 3 - Finals SK Gaming 2 : 1 $250,000 [74]
19/06/2017 DreamHack Summer 2017 SK Gaming 2 : 1 $50,000 [75]
3/4º 03/06/2017 ESL Pro League Season 5 - Finals SK Gaming 0 : 2 $60,000 [76]
07/05/2017 Intel Extreme Masters XII - Sydney SK Gaming 3 : 1 $100,000 [77]
23/04/2017 cs_summit SK Gaming 3 : 1 $63,750 [78]
3/4º 29/01/2017 ELEAGUE Major: Atlanta 2017 SK Gaming 0 : 2 $70.000 [79][80]
3/4º 11/12/2016 Esports Championship Series Season 2 - Finals SK Gaming 0 : 2 $65,000
3/4º 02/12/2016 ELEAGUE Season 2 SK Gaming 0 : 2 $60,000
20/11/2016 Intel Extreme Masters XI - Oakland SK Gaming 1 : 2 $53,000
30/10/2016 ESL Pro League Season 4 - Finals SK Gaming 1 : 2 $90,000
3/4º 23/10/2016 EPICENTER 2016 SK Gaming 1 : 2 $40,000
3/4º 02/10/2016 ESL One: New York 2016 SK Gaming 1 : 2 $25,000
10/07/2016 ESL One: Cologne 2016 SK Gaming 2 : 0 $500,000 [81]
26/06/2016 Esports Championship Series Season 1 - Finals Luminosity 0 : 2 $125,000
15/05/2016 ESL Pro League Season 3 - Finals Luminosity 3 : 2 $200,000
08/05/2016 DreamHack Austin 2016 Luminosity 2 : 0 $50,000
03/04/2016 MLG Major Championship: Columbus Luminosity 2 : 0 $500,000 [82]
05/03/2016 Intel Extreme Masters X - World Championship Luminosity 0 : 3 $44,000
24/01/2016 DreamHack Leipzig 2016 Luminosity 0 : 2 $20,000
3/4º 16/01/2016 StarLadder i-League StarSeries XIV Finals Luminosity 1 : 2 $20,000
10/01/2016 MAX5 Invitational Luminosity 3 : 0 $3,973.97
29/11/2015 FACEIT 2015 Stage 3 Finals Luminosity 1 : 2 $50,000
19/11/2015 RGN Pro Series Luminosity 0 : 2 $1,500
3/4º 15/11/2015 iBUYPOWER Cup Luminosity 0 : 2 $10,000
7/8º 31/10/2015 DreamHack Open Cluj-Napoca 2015 Luminosity 0 : 2 $10,000 [83]
7/8º 22/08/2015 ESL One: Cologne 2015 Luminosity 0 : 2 $10,000 [84]
7/8º 13/03/2015 ESL One: Katowice 2015 Keyd Stars 1 : 2 $10,000 [85]
  • Em negrito indica campeonatos patrocinados pela Valve, CS:GO Majors.
  • CS:GO Majors são os únicos campeonatos a terem resultados acima de 4º colocado na tabela

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar


  1. «As dez maiores personalidades do e-sport brasileiro em 2015». MyCNB. mycnb.uol.com.br. 31 de Dezembro de 2015. Consultado em 3 de julho de 2017 
  2. «Highest Earnings for Brazil.» [Brasileiros mais bem premiados.]. www.esportsearnings.com (em inglês). Esports Earnings. Consultado em 14 de abril de 2019 
  3. «FalleN - Gabriel Toledo - CS:GO Player Profile». www.esportsearnings.com (em inglês). Esports Earnings. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  4. Conversa com Bial | Conversa com Bial - Programa de terça-feira, 21/08/2018, na íntegra | Globoplay, aos 5 minutos e 14 segundos de vídeo, consultado em 26 de agosto de 2018 
  5. «ESWC 2010». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  6. Mira, Luis (29 de agosto de 2010). «FireGamers batem CNB e são os campeões da WCG Brazil 2010». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  7. Mira, Luis (29 de agosto de 2010). «Fire Games vencem Evil Geniuses e são campeões da WCG Pan America 2010». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  8. Mira, Luis (3 de outubro de 2010). «Frag eXecutors vencem a coL». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  9. Winther, Marc (10 de outubro de 2010). «coL são os campeões da IEM5 American Championship». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  10. «IEM5 World Championship». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  11. Winther, Marc (6 de novembro de 2011). «mandic vence WCG Brasil 2011». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  12. «WCG 2011». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  13. «IEM6 World Championship». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  14. Kovanen, Tomi (26 de agosto de 2012). «playArt derrota Ultimax Gaming e vence WCG Pan America 2012». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  15. a b «História GaFallen». Gabriel Fallen. gabrielfallen.com.br. 2016. Consultado em 3 de julho de 2017 
  16. Mira, Luis (21 de dezembro de 2014). «KaBuM.TD Vence MLG Aspen Invitational - Brazil Qualifier». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  17. Melo, Gabriel (2 de fevereiro de 2015). «Com resultados massacrantes, fnatic vence ClutchCon de CS:GO». CNB e-Sports Club | Gaming is our sport. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  18. Set, Ricardo (9 de fevereiro de 2015). «Após campanha, KaBuM.TD disputará outro torneio no exterior». CNB e-Sports Club | Gaming is our sport. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  19. «Kabum.TD vs mousesports Qualificatório ESL One Katowice». HLTV.org (em inglês). 15 de fevereiro de 2015. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  20. «Kabum.TD vs INSHOCK Qualificatório ESL One Katowice». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  21. Mira, Luis (15 de fevereiro de 2015). «KaBuM vence facilmente Diginitas e classifica para o Major». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  22. Oliveira, Gabriel (23 de fevereiro de 2015). «FalleN e companhia deixam a KaBuM e negociam com o Keyd». CNB e-Sports Club | Gaming is our sport. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  23. Oliveira, Gabriel (24 de fevereiro de 2015). «Equipe de CS Global Offensive de FalleN assina com o Keyd Stars». CNB e-Sports Club | Gaming is our sport. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  24. «NiP vs Keyd Stars ESL One Katowice 2015». HLTV.org (em inglês). 12 de março de 2015. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  25. «Hellraisers vs Keyd Stars ESL One Katowice 2015». HLTV.org (em inglês). 12 de março de 2015. Consultado em 2 de agosto de 2018 
  26. Mira, Luis (12 de março de 2015). «Keyd vence CLG e se classifica para fase Mata Mata.». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  27. Malachowski, Michal (13 de março de 2015). «Virtus.pro vence Keyd Stars em serie emocionante». HLTV.org (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2018 
  28. Set, Ricardo (28 de Julho de 2015). «Ex-jogadores de CS:GO do Keyd defenderão o Luminosity Gaming». UOL. Mycnb.uol.com.br. Consultado em 5 de julho de 2017 
  29. «'CS:GO': Em nota, FalleN esclarece imbróglio entre SK e Luminosity». http://espn.uol.com.br. 29 de maio de 2016. Consultado em 5 de julho de 2017 
  30. Perez, Matt (27 de janeiro de 2017). «How Five Brazilian Esports Champions Won $1.8 Million Playing 'Counter-Strike: GO' Last Year». Forbes (em inglês). forbes.com. Consultado em 4 de julho de 2017 
  31. «Com ex-membros da SK no elenco, MiBR está de volta ao cenário de esports». Sportv 
  32. Justin Mahboubian (16 de maio de 2016). «An interview with CS:GO world champ FalleN: on duelling, playing in arenas and how to improve». PC Games N (em inglês). pcgamesn.com. Consultado em 3 de julho de 2017 
  33. Jacob Wolf (6 de julho de 2016). «ELeague teams petitioned to prevent SK from inheriting Luminosity's playoff spot» (em inglês). ESPN. Consultado em 3 de julho de 2017 
  34. Faber, Rodrigo (20 de março de 2017). «Embaixador de torneio, Fallen aposta em CS:GO nacional: "Cenário incrível"». SporTv. Consultado em 25 de abril de 2017 
  35. Sato, Jefferson (5 de janeiro de 2017). «Forbes elege Fallen como um dos 30 jovens mais influentes dos games». Jovem Nerd. jovemnerd.com.br. Consultado em 25 de abril de 2017 
  36. «MIBR decepciona e é eliminada do StarLadder Berlim Major 2019; challengers surpreendem». Sportv. 31 de agosto de 2019. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  37. Melo, Gabriel (31 de agosto de 2019). «CSGO: S1mple lidera Na`Vi em vitória sobre MIBR, que dá adeus ao Major». ESPN.com. Consultado em 2 de setembro de 2019 
  38. «IEM Chicago: MIBR sai na frente, mas toma virada da ENCE e cai na semifinal». Sportv. 20 de julho de 2019. Consultado em 20 de julho de 2019 
  39. Rigon, Daniela (20 de julho de 2019). «Ence vira pra cima do MIBR e elimina brasileiros da IEM Chicago de CS». ESPN.com. Consultado em 20 de julho de 2019 
  40. «IEM Sydney: MIBR perde para a Team Liquid e cai na semifinal da competição de CS:GO na Austrália». Sportv. 4 de maio de 2019. Consultado em 4 de maio de 2019 
  41. «2 Vitórias, 1 Empate e 2 Derrotas». Consultado em 14 de abril de 2019 
  42. «CS:GO: FaZe supera Liquid e leva troféu na BLAST Miami; MIBR espanta fase ruim e fica em 3º». SporTV. 13 de abril de 2019. Consultado em 14 de abril de 2019 
  43. «IEM Katowice: MIBR joga bem, mas não evita derrota para Astralis e se despede nas semifinais». SporTV. 2 de março de 2019. Consultado em 2 de março de 2019 
  44. Caetano, Ricardo (2 de março de 2019). «Astralis vence a MIBR e está na final do Major de Katowice». ESPN.com. Consultado em 2 de março de 2019 
  45. «2 Vitórias, 1 Empate e 2 Derrotas». HLTV.org. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  46. «CS:GO: MIBR cai precocemente, mas se despede com atropelo na BLAST Pro Series de Lisboa». SporTV. 15 de dezembro de 2018. Consultado em 15 de dezembro de 2018 
  47. «Liquid atropela MiBR e está na decisão da Pro League Finals de CS:GO». Sportv. 8 de dezembro de 2018. Consultado em 8 de dezembro de 2018 
  48. «MiBR perde mais uma para a Astralis que conquista o oitavo título em 2018». Sportv. 25 de novembro de 2018. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  49. Rigon, Daniela (29 de setembro de 2018). «Astralis derrota MIBR e é a grande campeã da Blast Pro Series». ESPN.com. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  50. «MiBR mostra evolução, mas Astralis mantém hegemonia com título da Blast Pro Series de CS:GO». Sportv. 29 de setembro de 2018. Consultado em 30 de setembro de 2018 
  51. Rigon, Daniela (22 de setembro de 2018). «Com escolhas questionáveis, MIBR perde para Na`Vi e está fora do FACEIT Major». ESPN.com. Consultado em 22 de setembro de 2018 
  52. «MIBR é dominada pela Na'Vi e cai nas semifinais do Major de Londres». Sportv. 22 de setembro de 2018. Consultado em 22 de setembro de 2018 
  53. Marques, Roque (26 de agosto de 2018). «Brasileiros vencem Zotac Cup Masters e levantam primeira taça com a MIBR». ESPN.com. Consultado em 26 de agosto de 2018 
  54. «Foi passeio! MiBR volta de férias com vitória fácil na ZOTAC Cup Masters». Sportv. 26 de agosto de 2018. Consultado em 26 de agosto de 2018 
  55. Rigon, Daniela (16 de junho de 2018). «Fim do sonho: SK perde para mousesports e está fora da final da ESL One Belo Horizonte». ESPN.com. Consultado em 26 de agosto de 2018 
  56. Júlia Garcia, Rafael Araújo (16 de junho de 2018). «Em possível despedida, SK Gaming perde e está fora da final da ESL One BH». Sportv. Consultado em 26 de agosto de 2018 
  57. «SK Gaming vence HellRaisers e conquista Moche XL em Portugal». Sportv 
  58. «Às vésperas da ESL One Belo Horizonte, SK conquista torneio em Portugal». ESPN.com 
  59. «SK encerra jejum e vence Adrenaline Cyber League» 
  60. «SK derrota AVANGAR de virada e fatura Adrenaline Cyber League». ESPN.com 
  61. «SK cai diante da Liquid e é eliminada no cs_summit 2». ESPN.com 
  62. «SK Gaming perde para donos da casa e é eliminada do Eleague Boston Major de CS:GO». ESPN.com 
  63. «Cloud9 surpreende SK e está na grande final do ELEAGUE Major 2018». Draft5. Consultado em 28 de janeiro de 2018 
  64. «'Counter-Strike': SK vence FaZe, conquista Pro League e encerra 2017 no topo». ESPN 
  65. «Brasileiros da SK Gaming conquistam título da ESL Pro League de CS:GO». Sportv 
  66. «'Counter-Strike': Em dia cheio, SK é campeã da Blast Pro Series». ESPN 
  67. «SK reage após estar perdendo por 9 x 0 e conquista Blast Series de CS:GO». Sportv 
  68. «Brasileiros da SK levam a pior em revanche e são eliminados da IEM Oakland». Sportv 
  69. «Após duelo de quase sete horas, SK é campeã da Epicenter Fase». Espn BR 
  70. «SK Gaming esbarra novamente na Team Liquid e está fora do ESL Nova York». Sportv 
  71. «SK Gaming fica em terceiro lugar no ESG Tour Mykonos». ESPN 
  72. «PGL Kraków: Em duelo de favoritos, Astralis elimina SK e avança à semifinal». ESPN. 21 de julho de 2017. Consultado em 22 de setembro de 2018 
  73. «Verdadeiro! SK Gaming bate Cloud9 e conquista o bi da ESL One Colônia». sportv.com 
  74. «Brasileiros da SK Gaming vencem ECS 3 e faturam R$ 830 mil em premiação». SporTV. Sportv.globo.com. 25 de junho de 2017. Consultado em 4 de julho de 2017 
  75. «'Counter-Strike': SK vence Fnatic e começa 'jornada europeia' com título na DH Summer». ESPN 
  76. «Brasileiros da SK perdem para G2 e estão fora da final da ESL Pro League». sportv.com 
  77. «'Counter-Strike': Em madrugada de emoção, SK bate FaZe e conquista IEM Sydney». ESPN 
  78. Melo, Ricardo (23 de abril de 2017). «SK Gaming vence Gambit e conquista seu primeiro título no ano». Mais E-Sports. Maisesports.com.br. Consultado em 4 de julho de 2017 
  79. Alex Bueno (20 de janeiro de 2017). «ELEAGUE Major 2017 - Astralis vence». teamplay. Consultado em 22 de abril de 2017 
  80. «Cobertura ELEAGUE Major de CS:GO - Astralis conquista o título». UOL. 28 de Janeiro de 2017. Consultado em 22 de abril de 2017 
  81. «'Counter-strike': Brasileiros da SK Gaming vencem final da ESL One». G1 Tecnologia e Games. 10 de julho de 2016. Consultado em 22 de setembro de 2018 
  82. «'Counter-Strike': Luminosity vence MLG Columbus e leva US$ 500 mil». G1 Tecnologia e Games. 4 de abril de 2016. Consultado em 22 de setembro de 2018 
  83. «Luminosity Gaming foi eliminada da Dreamhack Cluj-Napoca de Counter-Strike: Global Offensive.». ESPN. 1 de novembro de 2015. Consultado em 22 de setembro de 2018 
  84. Mira, Luis (22 de agosto de 2015). «Fnatic bate LG e se classifica para as semis». HLTV.org (em inglês). Consultado em 22 de setembro de 2018 
  85. Oliveira, Gabriel (13 de março de 2015). «Keyd Stars é eliminado da ESL One Katowice de CS:GO pelo Virtus.pro». CNB e-Sports Club | Gaming is our sport. Consultado em 22 de setembro de 2018