Abrir menu principal
Fastlane (2016)
Pôster Fastlane 2016.jpg
Pôster promocional do evento, apresentando Dean Ambrose, Roman Reigns, Brock Lesnar e Eva Marie.
Música(s)-
tema
"Watch This" por Will Roush
Detalhes
Promoção WWE
Patrocinador Tapout
Data 21 de fevereiro de 2016
Assistência 14.000[1]
Local Quicken Loans Arena
Cidade Cleveland, Ohio
Cronologia dos pay-per-views
Royal Rumble (2016) Fastlane (2016) WrestleMania 32
Cronologia de eventos do WWE Network
Royal Rumble (2016) Fastlane (2016) Roadblock (março de 2016)
Cronologia do Fastlane
Fastlane (2015) Fastlane (2016) Fastlane (2017)

Fastlane (2016) foi um evento de luta livre profissional produzido pela WWE, que foi transmitido em formato pay-per-view e pelo WWE Network,[Nota 1] que aconteceu em 21 de fevereiro de 2016 no Quicken Loans Arena, na cidade da Cleveland, Ohio.[3][4] Este foi o segundo evento da cronologia do Fastlane e o segundo pay-per-view de 2016 no calendário da WWE.

Ao todo, foram realizados oito combates de livre luta profissional, um deles ocorrido no pré-show, que produziram um supercard.[Nota 2] No evento principal, Roman Reigns derrotou Dean Ambrose e Brock Lesnar em uma luta triple threat para se tornar no desafiante ao Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE no WrestleMania 32. Nos combates preliminares, Charlotte venceu Brie Bella para manter o Campeonato das Divas e AJ Styles derrotou Chris Jericho.

No geral, o evento recebeu críticas mistas de sites especializados. Foi notado que apesar de alguns bons combates ao longo da noite, o show foi perdendo a qualidade gradativamente. Além disso, o segmento de Edge e Christian com a New Day e a luta entre Curtis Axel e R-Truth foram os mais criticados, descritos como terríveis e sem lógica.

Antes do eventoEditar

Fastlane 2016 teve combates de luta livre profissional de diferentes lutadores com rivalidades e histórias pré-determinadas, que se desenvolveram no Raw e SmackDown — programas de televisão da WWE, tal como nos programas transmitidos pelo WWE NetworkMain Event, Superstars e NXT. Os lutadores interpretaram um vilão ou um mocinho seguindo uma série de eventos para gerar tensão, culminando em várias lutas.[6][7]

No Royal Rumble, Triple H ganhou a luta homônima, eliminando por último Dean Ambrose, para conquistar o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE.[8] No Raw da noite seguinte, Stephanie McMahon anunciou uma luta triple threat com Ambrose, o campeão anterior Roman Reigns, e Brock Lesnar no Fastlane, com o vencedor enfrentando Triple H no WrestleMania 32 pelo título mundial.[9]

Também no Royal Rumble, Kalisto derrotou Alberto Del Rio para vencer o Campeonato dos Estados Unidos da WWE.[8] Del Rio, em seguida, invocou sua cláusula de revanche para enfrentar Kalisto pelo título no Fastlane.[10] No Raw de 15 de fevereiro, foi anunciado que este confronto aconteceria no pré-show do evento. Mais tarde naquele dia, Del Rio desafiou Kalisto para uma luta de duas quedas, que ele aceitou.[11]

No Raw de 1 fevereiro, Brie Bella derrotou a campeã das Divas, Charlotte.[10] Na semana seguinte, no Raw, foi anunciado que Charlotte iria defender seu título contra Brie no Fastlane.[12]

Ainda no Raw de 1 de fevereiro, Sasha Banks anunciou sua separação do Team B.A.D., fazendo com que suas antigas aliadas Naomi e Tamina atacassem Banks durante seu combate contra Becky Lynch. Esta última ajudou Banks, e uma luta de duplas entre as duas equipes foi marcada para o Fastlane.[10][12]

No Raw de 15 de fevereiro, Kevin Owens ganhou uma luta fatal 5-way, que também envolveu Tyler Breeze, Dolph Ziggler, Stardust e o campeão anterior Dean Ambrose, para vencer seu segundo Campeonato Intercontinental. Depois do confronto, Ziggler confrontou Owens e desafiou-o para um combate pelo título no Fastlane. Mais tarde naquela noite, foi anunciado que Owens iria defender o cinturão contra Ziggler no evento.[11]

No 15 Raw de 15 de fevereiro, foi anunciado que a Edge e Christian iriam realizar um segmento do The Cutting Edge Peep Show com a New Day no evento.[13]

A The Wyatt Family começou a rivalizar com Big Show, Kane e Ryback, com a facção a atacar o trio depois de Bray Wyatt vencer Kane no Raw de 25 de janeiro, da vitória de Big Show sobre Erick Rowan no Raw de 1 de fevereiro e da vitória de Wyatt sobre Ryback uma semana depois.[9][10][12] No Raw de 15 de fevereiro, Big Show derrotou Braun Strowman por desqualificação, após a Wyatt Familt atacar Big Show. Depois do combate, Ryback e Kane ajudaram Show, e assim uma luta de trios foi marcada para o Fastlane, com Big Show, Kane e Ryback enfrentando Rowan, Strowman e Luke Harper.[11][14]

AJ Styles fez sua estreia na WWE durante o Royal Rumble.[8] Na noite seguinte, no Raw, Styles derrotou Chris Jericho.[9] Jericho, em seguida, derrotou Styles em uma revanche no SmackDown de 11 de fevereiro.[15] No Raw seguinte, Styles desafiou Jericho a um terceiro confronto entre eles no Fastlane, que Jericho aceitou no SmackDown de 18 de fevereiro.[11][16]

EventoEditar

MiscelâneaEditar

Os comentaristas em inglês do evento foram Michael Cole, John "Bradshaw" Layfield e Byron Saxton, com Mauro Ranallo atuando com narrador durante o pré-show. Também houve uma equipe de transmissão em espanhol e outra em alemão. O painel de analistas do pré-show foi formado por Renee Young, Booker T, Jerry Lawler e Corey Graves. Rich Brennan esteve na sala das mídias sociais. Lilian Garcia e Eden Stiles foram as anunciadores de ringue e JoJo atuou como a repórter de bastidores.[17]

Pré-showEditar

Antes do início do evento, um pré-show foi transmitido gratuitamente no site da WWE, onde Kalisto defendeu o Campeonato dos Estados Unidos da WWE contra Alberto Del Rio em uma luta de duas quedas. Neste tipo de confronto, é preciso obter duas vezes algum dos métodos de se vencer combates na luta profissional. Kalisto venceu a primeira queda por desqualificação após Del Rio o atacar com uma cadeira. Este, porém, venceu a queda seguinte depois de aplicar um Superkick. Kalisto venceu a terceira queda depois de realizar um roll-up sobre Del Rio, mantendo assim o título.[17]

Lutas preliminaresEditar

 
Charlotte defendeu com sucesso o Campeonato das Divas contra Brie Bella.

Na primeira do evento, Becky Lynch e Sasha Banks enfrentaram Naomi e Tamina. Lynch e Banks venceram depois desta aplicar um Bank Statement em Tamina.[17]

No combate seguinte, Kevin Owens defendeu o Campeonato Intercontinental da WWE contra Dolph Ziggler. Em determinado momento, Ziggler tentou aplicar um Zig Zag, mas Owens bloqueou o movimento; no entanto, Ziggler conseguiu realizar um Superkick na sequência. No final, Ziggler tentou mais uma vez aplicar o Zig Zag, que ele não conseguiu devido a Owens estar perto do árbitro. Owens, por sua vez, aproveitou o momento e aplicou um Pop-up powerbomb, conseguindo o pin, vencendo a luta.[17]

No próximo confronto, Ryback, Big Show e Kane enfrentam os membros da The Wyatt Family Luke Harper, Erick Rowan e Braun Strowman, com seu líder, Bray Wyatt, observando. A luta acabou depois que Ryback aplicou um Shell Shocked em Harper, seguido do pin para vencer.[17]

Na luta seguinte, a campeã das Divas, Charlotte, acompanhada de seu pai Ric Flair, defendeu o título contra Brie Bella. Durante o combate, Brie emulou os golpes de seu marido, Daniel Bryan, como os shoot kicks e seu movimento de finalização, o Yes! Lock, do qual Charlotte escapou depois da interferência de Flair. Brie conseguiu na sequência prender a campeã em um single leg crab, mas Charlotte escapou, conseguindo reverter a manobra em um Figure-eight leglock, forçando Brie a desistir.[17]

Lutas principaisEditar

Na quinta luta do evento, AJ Styles enfrentou Chris Jericho. Em determinado momento, Styles Jericho para o canto do ringue, aplicando um Pelé kick. Styles, em seguida, subiu na terceira corda para realizar um hurricanrana, mas Jericho bloqueou, transacionando o golpe para um para um Walls of Jericho no meio do ringue; no entanto, Styles conseguiu atravessar o ringue e agarrar uma das cordas, obrigando Jericho a soltar a manobra. Em outro momento, enquanto Jericho tentava um suplex, Styles reverteu a manobra em seu movimento de finalização, o Styles Clash, mas Jericho conseguiu escapar do pin. Em seguida, Styles conseguiu prende-lo em seu outro movimento de finalização, o Calf Crusher, obrigando Jericho a desistir.[17]

 
Roman Reigns venceu o evento principal e ganhou o direito de enfrentar Triple H pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE no WrestleMania 32.

Em um segmento do The Cutting Edge Peep Show, Edge e Christian entrevistaram a New Day. Depois de trocarem insultos entre si e contra a Legue of Nations, estes os interromperam e provocaram Edge e Christian. Estes, junto com a New Day, saíram do ringue e na rampa chamaram o grupo de "imbecis internacionais". O segmento terminou a New Day dançando.[17]

Em uma luta não anunciada previamente, Curtis Axel, acompanhado dos outros membros dos Social Outcasts (Adam Rose, Bo Dallas e Heath Slater), enfrentou R-Truth. Axel venceu depois de Goldust tentar interferir a favor de Truth, que acabou o distraindo, permitindo a Axel realizar um roll-up.[17]

No evento principal, Brock Lesnar, acompanhado por Paul Heyman, Dean Ambrose e Roman Reigns se enfrentaram pelo direito de disputar o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE contra Triple H no WrestleMania 32. No início da luta, Lesnar aplicou vários German suplexes e seu golpe de finalização, F5, em seus adversários. No entanto, Ambrose e Reigns se uniram para aplicar um Powerbomb em Lesnar contra as mesas dos comentaristas em duas ocasiões, inclusive o soterrando com os destroços. Em determinado momento, Ambrose realizou um Dirty Deeds em Reigns, mas ele conseguiu escapar do pin. No final do combate, Lesnar trancou Reigns em sua submissão Kimura lock, sendo salvo por Ambrose, que atacou Lesnar com uma cadeira, o jogando para fora do ringue. Ambrose também atacou Reigns, que conseguiu se recuperar e aplicar um Spear nele, vencendo a luta. Enquanto Reigns comemorava a vitória, Triple H apareceu, e os dois se enceraram, encerrando o show.[17]

RecepçãoEditar

Jason Powell do ProWrestling.net sentiu que o show foi piorando até o evento principal, apesar de "algumas lutas boas". Para Powell, o Fastlane não o deixou "ansioso para ver o WrestleMania". Nas suas avaliações, ele elogiou o evento principal como "muito bom" e sem "um momento de tédio", a luta entre Jericho e Styles com um "bom drama na reta final. [...] Jericho fez um trabalho muito bom de agir como se estivesse em agonia quando ele estava preso Calf Crusher". Além de considerar a derrota dos Wyatts como "muito surpreendente", ele destacou como pontos negativos o problema de transmissão no WWE Network em alguns momentos, o segmento de Edge e Christian, que ele chamou de "terrível", e o combate entre Axel e Truth, no qual Powell disse: "Eu assisti a um pay-per-view e uma luta do WWE Superstars."[18]

James Caldwell do Pro Wrestling Torch, considerou o evento principal e as lutas entre Jericho e Styles e Owens contra Ziggler como as melhores da noite, atribuindo a elas três estrelas e meia de cinco. A luta principal foi descrita como um "evento principal em estilo montanha-russa com altos e baixos e voltas e mais voltas, mas era inevitável que Reigns ganharia". Caldwell criticou a derrota dos Wyatts, questionamento se eles precisariam recorrer a "uma outra promo ou ataque surpresa tentando salvar um mocinho para depois sofrer outra grande derrota". Caldwell também foi negativo sobre o segmento de Edge e Christian dizendo que "nada fazia sentido do ponto de vista dos personagens", bem como o confronto entre Axel e Truth, escrevendo que "o pay-per-view saiu dos trilhos, como a terceira hora de um Raw".[17]

ResultadosEditar

Resultados Estipulações Tempo[17]
Pré-
show
Kalisto (c) derrotou Alberto Del Rio por 2–1 Luta de duas quedas pelo Campeonato dos Estados Unidos da WWE[19] 15:12
1 Becky Lynch e Sasha Banks derrotaram Team B.A.D. (Naomi e Tamina) por submissão Luta de duplas[20] 9:50
2 Kevin Owens (c) derrotou Dolph Ziggler Luta individual pelo Campeonato Intercontinental da WWE[21] 15:10
3 Ryback, Big Show e Kane derrotaram The Wyatt Family (Luke Harper, Erick Rowan e Braun Strowman) (com Bray Wyatt) Luta de trios[22] 10:37
4 Charlotte (c) (com Ric Flair) derrotou Brie Bella por submissão Luta individual pelo Campeonato das Divas da WWE[23] 12:30
5 AJ Styles derrotou Chris Jericho por submissão Luta individual[24] 16:25
6 Curtis Axel (com Adam Rose, Bo Dallas e Heath Slater) derrotou R-Truth Luta individual[25] 2:23
7 Roman Reigns derrotou Dean Ambrose e Brock Lesnar (com Paul Heyman) Luta triple threat para determinar o desafiante ao Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE no WrestleMania 32[26] 16:49
(c) – Refere-se aos campeões antes da luta.

Ver tambémEditar

Notas

  1. No Brasil, a transmissão do Fastlane ocorreu ao vivo pelo Fox Sports através da plataforma Fox Play.[2]
  2. Um supercard corresponde a vários combates de alto nível em um único evento, que são promovidos fortemente, sendo estas lutas o principal foco do pay-per-view.[5]

Referências

  1. «WWE Fastlane '16». Internet Wrestling Database. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  2. «WWE Fastlane: Ambrose, Reigns e Lesnar lutam por chance de disputar título». Fox Sports. 19 de fevereiro de 2016. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  3. Johnson, Mike (11 de abril de 2015). «2016 WWE ROYAL RUMBLE & FAST LANE PPVS WILL BE IN...» (em inglês). Pwinsider. Consultado em 13 de abril de 2015 
  4. «Get WWE Fastlane tickets now» (em inglês). WWE. 21 de novembro de 2015. Consultado em 21 de novembro de 2015 
  5. Molinaro, Jhon. «Starrcade, the original "super card"» (em inglês). SLAM! Sports. Consultado em 26 de maio de 2014 
  6. Grabianowski, Ed. «How Pro Wrestling Works». HowStuffWorks. Discovery Communications. Consultado em 5 de março de 2012. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2013 
  7. «Live & Televised Entertainment» (em inglês). WWE. Consultado em 21 de março de 2012. Cópia arquivada em 18 de novembro de 2013 
  8. a b c Caldwell, James (24 de janeiro de 2016). «1/24 Royal Rumble PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 24 de janeiro de 2016 
  9. a b c Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 1/25/16 (The Rock, Fastlane main event)». wrestleview.com. Consultado em 25 de janeiro de 2016 
  10. a b c d Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 2/1/16 (Tag Team Main Event)». wrestleview.com. Consultado em 1 de fevereiro de 2016 
  11. a b c d Martin, Adam. «WWE RAW Results - 2/15/16 (Big Show vs. Braun Strowman)». wrestleview.com. Consultado em 15 de fevereiro de 2016 
  12. a b c Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 2/8/16 (Daniel Bryan retires from WWE)». wrestleview.com. Consultado em 9 de fevereiro de 2016 
  13. Clapp, John. «The New Day to appear on "The Cutting Edge Peep Show"». WWE. Consultado em 16 de fevereiro de 2016 
  14. Martin, Adam. «Six man tag team match added to WWE Fastlane on Sunday». wrestleview.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2016 
  15. Kahrs, Alex. «WWE Smackdown Results - 2/11/16 (Jericho vs. Styles II)». wrestleview.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  16. Kahrs, Alex. «WWE Smackdown Results - 2/18/16 (Lesnar, tag main event)». wrestleview.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2016 
  17. a b c d e f g h i j k l Caldwell, James (21 de fevereiro de 2016). «2/21 WWE Fast Lane Results – CALDWELL'S Ongoing Live PPV Report» (em inglês). WWE. Consultado em 21 de fevereiro de 2016 
  18. Powell, Jason. «2/21 Powell's WWE Fastlane 2016 live review». prowrestling.net. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  19. Wortman, James (21 de fevereiro de 2016). «United States Champion Kalisto def. Alberto Del Rio (2-out-of-3 Falls Match)» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  20. Melok, Bobby (21 de fevereiro de 2016). «Sasha Banks & Becky Lynch def. Naomi & Tamina» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  21. Powers, Kevin (21 de fevereiro de 2016). «Intercontinental Champion Kevin Owens def. Dolph Ziggler» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  22. Taylor, Scott (21 de fevereiro de 2016). «Ryback, Big Show & Kane def. Braun Strowman, Luke Harper & Erick Rowan» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  23. Clapp, John (21 de fevereiro de 2016). «Divas Champion Charlotte def. Brie Bella» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  24. Burdick, Michael (21 de fevereiro de 2016). «AJ Styles def. Chris Jericho» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  25. Powers, Kevin (22 de fevereiro de 2016). «Curtis Axel def. R-Truth» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 
  26. Murphy, Ryan (21 de fevereiro de 2016). «Roman Reigns def. Brock Lesnar and Dean Ambrose» (em inglês). WWE. Consultado em 22 de fevereiro de 2016 

Ligações externasEditar