Jon Moxley

Lutador profissional norte-americano
(Redirecionado de Dean Ambrose)

Jonathan David Good (Cincinnati, 7 de dezembro de 1985) é um lutador de luta livre profissional estadunidense que atualmente trabalha para a All Elite Wrestling (AEW), e para a New Japan Pro Wrestling onde é o atual Campeão dos pesos-pesados dos Estados Unidos da IWGP sob o nome de ringue Jon Moxley. Good também teve uma passagem pela WWE entre 2011 e 2019, onde atuou com o nome Dean Ambrose.

Jon Moxley
Jon Moxley Oct 2019.jpg
Informações pessoais
Nascimento 7 de dezembro de 1985 (35 anos)
Cincinnati, Ohio, Estados Unidos
Residência Las Vegas, Nevada, Estados Unidos
Cônjuge(s) Renee Young
Carreira na luta livre profissional
Nome(s)
de ringue
Dean Ambrose[1]
Jon Moxley[2][3]
Jonathan Moxley[3]
Moxley Moxx[3]
Altura
anunciada
1,88 m[4]
Peso
anunciado
224 lb (102 kg)[4]
Anunciado
de
Cincinnati, Ohio[5]
Treinado
por
Cody Hawk[6]
Les Thatcher[6]
Estreia Junho de 2004[3]

No início da carreira de Good, ele competiu com o nome de Jon Moxley em várias promoções regionais, como Heartland Wrestling Association (HWA), Combat Zone Wrestling (CZW) e Dragon Gate USA (DGUSA). Ao assinar com a WWE em 2011, ele recebeu o nome de Dean Ambrose e começou a competir nos territórios de desenvolvimento da empresa, FCW e NXT, antes de se juntar ao plantel principal em novembro de 2012 como membro do The Shield ao lado de Roman Reigns e Seth Rollins. Ambrose venceu o WWE United States Championship, seu primeiro título na WWE, em maio de 2013; seu reinado de 351 dias tornou-se o reinado mais longo do United States Championship desde que o título passou a ser propriedade da WWE. Após amplo sucesso, o The Shield se separou em junho de 2014. Ambrose ganhou o WWE Championship uma vez, o WWE Intercontinental Championship três vezes e o WWE Raw Tag Team Championship duas vezes (ambas com Rollins), o que o tornou o 27º Campeão da Triple Crown. e 16º Campeão do Grand Slam. Ele também ganhou a luta de escadas do Money in the Bank em 2016.

Good deixou a WWE em abril de 2019, posteriormente voltando ao seu personagem Jon Moxley e estreando pela AEW em seu evento inaugural o Double or Nothing. Ele também começou a trabalhar na NJPW e venceu o IWGP United States Championship em sua luta de estreia, tornando-se a primeira e única pessoa a conquistar o WWE e o IWGP United States Championship. Ele venceu pela segunda vez em janeiro de 2020 e se tornou o campeão com o reinado mais longo da história do título. Ele também venceu o AEW World Championship em fevereiro de 2020, tornando-se a primeira pessoa a conquistar títulos na AEW e NJPW simultaneamente; ele mais tarde se tornaria o campeão com maior reinado da história do título também.

Caracterizado por sua personalidade de wrestling desequilibrada e instável, Good também foi reconhecido por sua popularidade com o público; ele ganhou o prêmio da Pro Wrestling Illustrated (PWI) de Wrestler Mais Popular do Ano em 2014 e 2015, e foi nomeado Lutador do Ano pela Sports Illustrated em 2019. Ele também liderou a lista da PWI 500 dos 500 melhores lutadores masculinos no mundo em 2020. Além do wrestling, ele estrelou o papel principal do filme de ação 12 Rounds 3: Lockdown (2015) e como o antagonista no filme Cagefighter: Worlds Collide (2020).

Início de vidaEditar

Jonathan David Good nasceu em Cincinnati, Ohio, em 7 de dezembro de 1985.[1][7] Um fã ávido de luta livre profissional que idolatrava Bret Hart quando criança, Good usava a luta livre como uma fuga de sua educação difícil; desde modo, ele assistia fitas de vídeo e lia histórias sobre os primeiros dias da modalidade.[6][8] Um ano depois de começar a treinar para se tornar um lutador, ele abandonou o ensino médio.[8]

Carreira na luta livre profissionalEditar

Heartland Wrestling Association (2004–2011)Editar

Good começou a trabalhar para Les Thatcher na Heartland Wrestling Association (HWA) quando ainda era um adolescente; ele vendia pipoca e arrumava o ringue, antes de começar a treinar de facto aos dezoito anos, já que Thatcher recusou-se a ensina-lo antes disso. Ele também teve como professor Cody Hawk.[6][8] Usando o nome de ringue Jon Moxley, ele fez sua estreia em junho de 2004. Menos de um ano depois, Moxley fez dupla com Jimmy Turner, e em 11 de maio de 2005, venceram os Extreme Desire (Mike Desire e Tack) para capturarem o Campeonato de Duplas da HWA.[6] No entanto, eles perderam os títulos para Quinten Lee e Ala Hussein. Moxley então começou fazer parceria com Ric Byrne em uma equipe conhecida como "Heartland Foundation". Eles derrotaram Desire e Tack pelo título em 19 de agosto de 2005, mas foram despojados do campeonato por razões desconhecidas no mesmo dia.

 
Moxley no circuito independente em 2010.

Em 2006, Moxley começou a disputar o Campeonato Peso-Pesado da HWA. Ele formou um grupo chamado The Crew, que ao longo do tempo teve lutadores como Sami Callihan, Dick Rick, Eric Darkside e Pepper Parks. Em 9 de maio de 2006, ele venceu Parks pelo título da HWA, ficando com ele por mais de quatro meses, antes de perde-lo para Chad Collyer em 12 de setembro do mesmo ano. Moxley venceu o título novamente após vencer Parks em 30 de dezembro. Três dias depois, em 2 de janeiro de 2007, ele o perdeu para Brian Jennings.

Moxley retornou para a divisão de duplas formando uma equipe com seu ex-treinador Cody Hawk.[6] Em 12 de junho de 2007, Moxley e Hawk venceram Tack e Tarek para conquistarem o Campeonato de Duplas da HWA. O reinado da dupla foi de apenas quatro dias, quando Andre Heart e Richard Phillips, conhecidos como "GP Code", os derrotaram pelo título. Moxley continuou na divisão de duplas pelo resto de 2007 até o início de 2010. Em 2009, ele começou uma equipe com King Vu, ficando conhecidos como "Royal Violence". Eles conquistaram o título de duplas da HWA duas vezes enquanto estavam juntos. A primeira vez foi em 14 de outubro, quando bateram a Kosher Klub. Eles mantiveram o título até o dia 2 de dezembro, quando foram derrotados pela The Irish Airborne (Dave e Jake Crist). Pouco mais de duas semanas depois, os Royal Violence recuperaram o título de duplas em 19 de dezembro.

Enquanto continuava campeão de dupla, Moxley conseguiu o HWA Heavyweight Championship pela terceira vez. Em 6 de janeiro de 2010, ele descontou com sucesso em seu contrato "Pick Your Poison" contra Aaron Williams. King Vu, em seguida, traiu Moxley, custando-lhes o campeonato de duplas. Em 24 de fevereiro, a Noble Bloods (Lord Matthew Taylor e Sir Chadwick Cruise) derrotaram os Royal Violence pelos títulos. Em 14 de julho, Moxley perdeu o Campeonato Peso-Pesado da HWA para Gerome Phillips.[9]

Insanity Pro Wrestling (2007–2011)Editar

Após a defesa bem sucedida do do Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da IPW contra Aaron Williams no "Desperate Measures" em 5 de junho de 2010, Jimmy Jacobs atacou Moxley, de modo que os demais lutadores viessem separa-los. Moxley perguntou a Jacobs o motivo do ataque, e em seguida, ambos passaram a discutir.[10] Em 21 de agosto, no IPW 9th Anniversary: Reign of the Insane, Moxley derrotou Jacobs para manter com sucesso seu título.[10] Em 2 de outubro, no Shocktoberfest, Moxley venceu Drake Younger em uma luta "three stages of Insanity" para manter com sucesso o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da IPW.[11] em 1 de janeiro de 2011, no Showdown In Naptown, Moxley perdeu o título para Jimmy Jacobs em uma luta de coleiras de cachorro, devido à paralisação do árbitro.[12]

Combat Zone Wrestling (2009–2011)Editar

 
Jon Moxley após defender o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da CZW contra Nick Gage em 2010.

Em 6 de junho de 2009, Moxley foi um dos participantes do Tournament of Death VIII promovido pela Combat Zone Wrestling. Na primeira rodada, ele derrotou Brain Damage, mas perdeu para Nick "F'N" Gage em uma luta triple threat, incluindo também Scotty Vortekz, nas semifinais. Em 25 de outubro de 2009, Moxley participou do CZW Tournament of Death: Rewind, onde na primeira rodada ele enfrentou e perdeu para Thumbtack Jack.

No CZW 11th Anniversary Show em 12 de fevereiro de 2010, Moxley derrotou B-Boy para ganhar o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da CZW.[6] Em 8 de agosto, Moxley perdeu o título para Nick Gage em uma luta ultraviolent three way, envolvendo também Drake Younger.[13] Em 14 de agosto, Moxley recuperou o campeonato da CZW em um combate three-way dance, envolvendo também Egotistico Fantastico.[14] No CZW 12th Anniversary Show em 12 de fevereiro de 2011, Moxley perdeu o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da CZW para Robert Anthony.[15]

Dragon Gate USA (2009–2011)Editar

Good começou a trabalhar para a Dragon Gate USA (DGUSA) em 28 de novembro de 2009, onde venceu B-Boy em uma luta preliminar.[3] Jonathan continuou trabalhando para a empresa em 2010, e em 23 de janeiro venceu Darin Corbin novamente em uma luta preliminar. Na mesma noite, ele atacou Lacey até que Tommy Dreamer o salvou.[3] Good formou uma equipe com Brian Kendrick para enfrentar Paul London e Jimmy Jacobs, onde Good e Kendrick saíram vitoriosos. No entanto, após o encerramento da luta, London e Kendrick jogaram Jon contra uma mesa.[3] Em 27 de março, Good fez sua estreia em um pay-per-view da Dragon Gate USA em Phoenix, Arizona, lutando contra Dreamer em uma luta hardcore, onde acabou vencendo.[6][16] Em 8 de maio, no pay-per-view Uprising, Good sofreu uma séria lesão em seu peito durante uma luta contra Jimmy Jacobs.[17]

No Freedom Fight, que foi ao ar em 7 de janeiro de 2011, Moxley e Akira Tozawa foram derrotados por Homicide e BxB Hulk em uma luta de duplas.

Ring of Honor (2007)Editar

Moxley competiu em duas lutas para a Ring of Honor em 2007. Em 23 de fevereiro, Moxley se uniu com Alex Payne, perdendo para Bobby Dempsey e Rhett Titus em um combate preliminar.[3] Em 22 de junho, Moxley perdeu para Mitch Franklin também em uma luta preliminar.[3]

Full Impact Pro (2010)Editar

No FIP Southern Stampede em 17 de abril de 2010, Moxley derrotou Roderick Strong para ganhar o vago Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da FIP.[18] Em 7 de agosto no Cage Of Pain III, Moxley derrotou Bruce Santee para manter o título.[6][19]

Evolve (2010–2011)Editar

Moxley fez sua estreia no Evolve no evento Evolve 3: Rise or Fall em 1 de maio de 2010, perdendo para Drake Younger.[20] Em 23 de julho, Moxley lutou contra Brodie Lee em uma luta que acabou em dupla desqualificação no Evolve 4: Danielson vs Fish.[21] No Evolve 6: Aries vs. Taylor em 10 de novembro de 2010, Moxley derrotou Homicide em um combate Relaxed Rules após o árbitro pedir para tocar a campainha.[22] Em 19 de abril de 2011, Moxley lutou seu último combate na Evolve, perdendo para Austin Aries.[23]

Jersey All Pro Wrestling (2010–2011)Editar

Ele fez sua estreia na Jersey All Pro Wrestling (JAPW) em 23 de outubro de 2010, derrotando Devon Moore.[24] Em 5 de fevereiro de 2011, JAPW estreou em South River, Nova Jersey. Neste evento, Moxley tornou-se o mais novo membro da United States Death Machine.

WWE (2011–2019)Editar

Florida Championship Wrestling (2011–2012)Editar

Em 4 de abril de 2011, foi confirmado que Good tinha assinado um contrato de desenvolvimento com a WWE, e a Dragon Gate USA concedeu a sua libertação da promoção.[25] Good tinha aparecido anteriormente para a promoção como Jon Moxley, em 20 de janeiro de 2006, quando ele se juntou com Brad Attitud para perder para os MNM em uma luta gravada para o Velocity.[3] Em 27 de maio de 2011, ele se juntou ao território de desenvolvimento da WWE, a Florida Championship Wrestling (FCW), sob o nome de Dean Ambrose.[26][27]

 
Dean Ambrose em um evento do NXT em outubro de 2012.

Ambrose fez sua estreia na televisão no no episódio de 3 de julho da FCW, onde ele desafiou Seth Rollins, outro lutador independente proeminente.[26][28] Ambrose e Rollins teve seu primeiro confronto pelo FCW 15 Championship em uma luta Iron Man em 15 minutos no programa de 14 de agosto da FCW; a luta terminou empatada, com nenhum dos homens marcando uma queda, de modo que Rollins manteve o seu título.[29] A subsequente revanche pelo título teve 20 minutos duas semanas mais tarde, mas também acabou em 0-0.[29] Uma segunda revanche, agora com 30 minutos, ocorreu em 18 de setembro, tendo acabado em um empate de 2-2, de modo que o combate continuou com a regra de morte súbita, onde Rollins marcou um pinfall para vencer a luta por 3-2.[26][29] Todo um episódio do FCW TV foi dedicado a esse confronto.[29] Ambrose finalmente venceu Rollins em uma luta sem o título em jogo na primeira rodada do Super Eight Tournament para coroar o novo campeão peso-pesado da Flórida.[30] No entanto, Ambrose não teve sucesso na final do torneio, que foi vencido por Leo Kruger.[30] Ambrose também custou a Rollins seu título FCW 15, atacando Damien Sandow durante sua luta com Rollins, causando uma desqualificação na queda decisiva.[31] Ambrose, em seguida, desafiou sem sucesso Sandow pelo título FCW 15,[32] antes de Leakee superar tanto Ambrose e Rollins durante uma luta triple threat para determinar o desafiante ao Campeonato Peso-Pesado da Flórida.[33]

Em um evento ao vivo da FCW em 21 de outubro, Ambrose desafiou o lutador da WWE CM Punk, que estava fazendo uma aparição, para uma luta; Punk aceitou e derrotou Ambrose em combate de 30 minutos, e mais tarde prestou homenagem a Ambrose.[26][34] Depois dele atacar o comentarista William Regal, os dois se enfrentaram no FCW TV de 6 de novembro, onde Regal derrotou Ambrose.[26][35] Após a derrota para Regal, Ambrose ficou obcecado sobre querer uma revanche e regularmente insultava Regal usando seus golpes para vencer as lutas.[36] Ambrose começou a aparecer nos eventos ao vivo da WWE a partir de dezembro de 2011.[37]

No Axxess do WrestleMania XXVIII, Ambrose teve um confronto com o veterano lutador hardcore Mick Foley, alegando que Foley precisava ser responsabilizado por liderar uma geração ao erro.[38] Ambrose continuou seu ataque verbal sobre Foley através do Twitter[39] e WWE reagiu "enviando Ambrose de casa para as gravações do SmackDown.[40] Ambrose desafiou Seth Rollins pelo Campeonato Peso-Pesado da Flórida em 24 de junho, mas Rollins o derrotou.[41] Ambrose finalmente recebeu uma revanche contra William Regal no episódio final da FCW TV em 15 de julho, que terminou sem vencedor. Após o combate, Regal aplaudiu Ambrose e permitiu que ele o acertasse com o Knee Trembler.[42]

The Shield (2012–2014)Editar

 Ver artigo principal: The Shield (luta profissional)
 
Ambrose (centro) como parte do The Shield em fevereiro de 2013

Ambrose fez sua estréia no plantel principal da WWE em 18 de novembro de 2012, no pay-per-view Survivor Series ao lado de Roman Reigns e Seth Rollins; eles atacaram Ryback durante o evento principal pelo Campeonato da WWE, permitindo CM Punk fazer o pinfall em John Cena para manter o seu título.[43] O trio passou a se chamar de "The Shield" e prometeram protestar contra a "injustiça". Eles negaram a trabalhar para Punk, mas rotineiramente saiam da multidão para atacar os adversários deste, incluindo Ryback e os campões de duplas, Team Hell No (Kane e Daniel Bryan).[44][45][46][47] Isto levou a uma luta Tables, Ladders, and Chairs de trios no evento homônimo, onde Ambrose, Reigns e Rollins derrotaram o Team Hell No e Ryback em sua luta de estreia.[48]

A The Shield continuou a ajudar Punk após o TLC, tanto no Raw e no Royal Rumble em janeiro de 2013.[49][50] Na noite após o Royal Rumble, foi revelado através de filmagens que Punk e seu empresário Paul Heyman tinham contratado a The Shield e Brad Maddox para trabalharem para eles o tempo todo.[51] A The shield depois calmamente terminou sua associação com Punk, enquanto uma rivalidade com John Cena, Ryback e Sheamus levou a um combate de trios no dia 17 de fevereiro no Elimination Chamber, que a The Shield ganhou.[52][52][53][54] Eles tiveram sua primeira luta no Raw na noite seguinte, onde derrotaram Chris Jericho, Ryback e Sheamus.[55] Eles continuaram a rivalizar com Sheamus, que formou uma aliança com Randy Orton e Big Show, e no WrestleMania 29, a The Shield derrotou o trio em seu primeiro combate em WrestleManias.[56][57]

Na noite seguinte, no Raw, a The Shield tentou atacar The Undertaker, mas foram parados pelo Team Hell No.[58] Isto criou um combate de trios no Raw de 22 de abril, onde a The Shield saiu vitoriosa.[59] Quatro dias depois, no SmackDown, Ambrose fez sua estreia em lutas individuais contra The Undertaker, mas perdeu via submissão, mas após a luta a The Shield atacou Undertaker e o jogou através da mesa de comentários.[60][61] Em 29 de abril, no Raw, a The Shield derrotou o Team Hell No e John Cena em uma luta de trios.[62] Mais tarde, naquela semana, Ambrose teve sua primeira vitória individual, derrotando Kane no SmackDown.[63]

Enquanto a The Shield continuava a rivalizar com o Team Hell No, Ambrose entrou simultaneamente em uma rivalidade com o campeão dos Estados Unidos, Kofi Kingston. Ambrose derrotou Kingston para vencer uma luta de trios, e foi atacado por Kingston vários dias mais tarde, na sequência de uma vitória individual contra Daniel Bryan.[64][65] No Raw de 13 de maio, a série invicta da The Shield em lutas de trios terminou quando perderam por desqualificação contra Cena, Kane e Bryan, quando Ambrose foi desqualificado como Reigns e Rollins atacaram Cena.[66] Em 19 de maio, no Extreme Rules, Ambrose derrotou Kofi Kingston para ganhar Campeonato dos Estados Unidos, seu primeiro título individual na WWE.[67]

Ambrose fez sua primeira defesa do título episódio seguinte do SmackDown, mantendo o campeonato por desqualificação como o resto da The Shield interferindo, e reteve novamente contra Kingston no Raw da semana seguinte.[68][69] No SmackDown de 14 de junho, The Shield perdeu para o Team Hell No e Randy Orton, quando Daniel Bryan submeteu Rollins.[70][71] Dois dias depois, no Payback, Ambrose derrotou Kane via contagem para manter o Campeonato dos Estados Unidos, e defendeu com sucesso o título contra Kane na noite seguinte, quando ele ganhou por desqualificação.[72][73] Em 14 de julho no Money in the Bank, Ambrose competiu na luta Money in the Bank pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados, mas não conseguiu vencer, apesar de interferência de Reigns e Rollins.[74][75] Ambrose manteve seu Campeonato dos Estados Unidos no SummerSlam por desqualificação contra Rob Van Dam.[76] Em agosto, a The Shield começou a trabalhar para Triple H e a The Authority,[77] enquanto Ambrose começou uma rivalidade com Dolph Ziggler, contra quem ele defendeu com sucesso o título no Night of Champions e em ambos SmackDown e Main Event em setembro e outubro.[78] Em 27 de outubro no Hell in a Cell, Ambrose perdeu para Big E Langston por contagem, mas manteve o seu título.[79]

A tensão começou a se formar na The Shield em outubro, especialmente entre Ambrose e Reigns, como Ambrose foi o único membro a manter um campeonato.[80] No Survivor Series, a The Shield participou da tradicional luta Survivor Series de eliminação; Ambrose foi o primeiro homem eliminado enquanto Reigns ganhou o combate como o único sobrevivente.[81] No TLC: Tables, Ladders & Chairs, CM Punk derrotou a The Shield em uma luta 3-contra-1 depois de Ambrose ser atingido com um Spear de Reigns dirigido a Punk.[82] No Royal Rumble, a The Shield participou da luta Royal Rumble; Ambrose eliminou três lutadores e tentou eliminar Reigns, que retaliou, eliminando tanto Ambrose e Rollins.[83][84] Em fevereiro de 2014, Ambrose manteve o título contra Mark Henry, perdendo por desqualificação;[85] uma revanche em março rendeu um vitória por pinfall para Ambrose.[86] Também em fevereiro, a The Shield perdeu para a The Wyatt Family no Elimination Chamber com Ambrose ausente durante o fim da luta.[87] Apesar da tensão, a The Shield se reconciliou em março.[88][89]

 
The Shield em abril de 2014

Mais tarde, em março, a The Shield começou uma rivalidade com Kane, transformando-os em mocinhos,[90][91] e resultando no grupo derrotar Kane e New Age Outlaws no WrestleMania XXX.[92] The Shield então traiu Triple H,[93] que reformou a Evolution com Batista e Randy Orton para rivalizar com a The Shield.[94] Em 28 de abril, Ambrose superou o reinado de Montel Vontavious Porter como o mais longo reinado como campeão dos Estados Unidos sob a bandeira da WWE.[95] No SmackDown de 2 de maio, Ambrose manteve o seu título contra Alberto Del Rio, Curtis Axel e Ryback.[96] Como parte da rivalidade com o Evolution, The Shield venceu uma luta de trios contra eles no Extreme Rules.[97] Na noite seguinte, no Raw, Triple H forçou Ambrose a defender seu título em uma battle royal de 20 lutadores, com Rollins e Reigns fora do combate; Ambrose sobreviveu até os dois finais, mas perdeu para Sheamus, encerrando o reinado em 351 dias.[98][99] No SmackDown seguinte, Ambrose não conseguiu recuperar o campeonato em uma luta individual contra Sheamus. The Shield, mais uma vez derrotou a Evolution no Payback, levando Triple H a iniciar o "Plano B".[100] Este plano envolvia Rollins a trair Ambrose e Reigns, posteriormente, alinhando-se com Triple H.[101]

Várias rivalidades e disputas por títulos (2014–2015)Editar

Ambrose prontamente começou a rivalizar com Rollins, que incluiu Rollins custando-lhe um lugar na luta Money in the Bank pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE no Money in the Bank, e do duo atacando um ao outro.[102] Durante este período, Ambrose e Reigns tranquilamente se separaram como uma equipe, com Ambrose estreando novas vestimentas e nova música de entrada.[103] Depois de ser adicionado a luta Money in the Bank a pedido Rollins, Ambrose perdeu o combate quando Kane atacou-o e ajudou Rollins a ganhar.[104] Ambrose foi programado para enfrentar Rollins no Battleground, mas ele foi expulso da arena por Triple H por lutar com Rollins nos bastidores. Rollins anunciou subsequentemente que tinha ganhado a luta por falta de comparência, o que levou Ambrose a voltar à arena e atacar Rollins. Ambrose e Rollins, eventualmente, lutaram no SummerSlam em uma luta lumberjack, que Ambrose perdeu com a ajuda de Kane.[105] Ambrose atacou Rollins novamente na noite seguinte, fazendo com que eles se enfrentam em uma luta com contagens em qualquer lugar. Rollins venceu por nocaute, quando Ambrose foi atacado por Kane e, posteriormente, teve sua cabeça jogada contra pilha de blocos de cimento por Rollins.[106] Isto foi para explicar a ausência de Ambrose da televisão durante as filmagens de 12 Rounds 3: Lockdown. Ele voltou no Night of Champions em 21 de setembro, atacando Rollins.[107] Após semanas de ataques, eles se enfrentaram em uma luta Hell in a Cell no evento de mesmo nome em outubro; Ambrose perdeu o combate devido a interferência de Bray Wyatt, que o atacou.[108]

 
Ambrose em janeiro de 2015

Nas próximas semanas, Ambrose e Wyatt se insultaram e atacaram uns aos outros, tanto nos bastidores e no ringue, com Wyatt alegando que ele poderia "consertar" Ambrose, levando a um combate no Survivor Series.[109][110] Ambrose perdeu por desqualificação depois de utilizar cadeiras de aço e uma mesa.[111] Isto levou a uma luta Tables, Ladders, and Chairs entre os dois no TLC: Tables, Ladders and Chairs...and Stairs em dezembro. Durante o combate, um monitor de televisão explodiu no rosto de Ambrose, permitindo Wyatt vencer o combate.[112] Ambrose conseguiu derrotar Wyatt em uma luta boot camp, mas mais uma vez foi derrotado por Wyatt em um combate street fight. A rivalidade acabou quando Wyatt derrotou Ambrose numa luta de ambulância realizada no Raw.[113]

No Raw de 19 de janeiro de 2015, Ambrose derrotou o campeão intercontinental Bad News Barrett.[114] No Royal Rumble, Ambrose participou da luta Royal Rumble, mas foi eliminado por Kane e Big Show.[115] Nas semanas seguintes, Ambrose exigiu uma luta pelo título de Barrett, mas Barrett se negou, levando a Ambrose atacá-lo, amarrando suas mãos ao redor do poste do ringue, forçando-o a assinar um contrato por uma luta pelo título no Fastlane; Ambrose perdeu o combate por desqualificação, mas roubou o cinturão depois.[116][117] No WrestleMania 31, Ambrose participou de uma luta de escadas pelo Campeonato Intercontinental, mas perdeu depois de Luke Harper o atacar com um Powerbomb através de uma escada, o retirando do combate como resultado.[118]

No SmackDown de 2 de abril, Ambrose e Harper lutaram em um confronto que acabou sem vencedor, depois de Harper jogar Ambrose através de uma mesa.[119] No Raw de 13 de abril, Ambrose atacou Harper depois deste perder para Ryback por desqualificação.[120] No Raw de 20 de abril, Ambrose e Harper lutaram mais uma vez, acabando novamente sem um vencedor.[121] No Extreme Rules, Ambrose derrotou Harper em sua primeira vitória em pay-per-view desde a separação da The Shield.[122] No dia seguinte, no Raw, Ambrose participou do torneio King of the Ring, mas foi eliminado na segunda rodada após Dolph Ziggler atacar Sheamus, o seu adversário.

No Raw de 4 de maio, Ambrose derrotou o campeão mundial dos pesos-pesados da WWE Seth Rollins, e como por pré-estipulação anunciada por Kane, Ambrose foi adicionado ao combate pelo título de Rollins no Payback, uma luta fatal 4-way, também incluindo Randy Orton e Roman Reigns, a sua primeira oportunidade por um título mundial.[123] No entanto, no evento, Ambrose não conseguiu ganhar o título.[124] Ele também falhou no Elimination Chamber, embora tenha ganhado por desqualificação, mas deste modo Rollins reteve mais uma vez o título.[125] Apesar da derrota, Ambrose tomou o cinturão dele e desafiou Rollins num combate de escadas no Money in the Bank, que ele perdeu.[126]

Após o Money in the Bank, Ambrose continuou fazendo parceria com Reigns, e, eventualmente, o ajudou em rivalidade com Bray Wyatt após Luke Harper se reunir com Wyatt. Na edição de 6 de agosto do SmackDown, Reigns desafiou Wyatt para uma luta de duplas no SummerSlam, com Reigns e Ambrose enfrentando Wyatt e Harper, que Wyatt aceitou.[127] No SummerSlam, Ambrose e Reigns derrotaram Wyatt e Harper.[128] No Raw de 24 agosto, Ambrose e Reigns enfrentaram Wyatt e Harper em uma revanche SummerSlam. Durante a luta, Braun Strowman fez sua estreia na WWE, juntando-se a Wyatt Family e ajudando Harper e Wyatt a atacar Ambrose e Reigns.[129] No Night of Champions, Ambrose, Reigns e Chris Jericho foram derrotados por Wyatt, Harper e Strowman em uma luta de trios.[130]

Após a lesão Seth Rollins, que o obrigou desocupar o Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE em novembro de 2015, Ambrose entrou em um torneio de 16 lutadores para determinar um novo campeão.[131] Depois de derrotar Tyler Breeze,[132] Dolph Ziggler,[133] e Kevin Owens,[134] Ambrose chegou às finais no Survivor Series, perdendo para Roman Reigns.[135]

Campeão Intercontinental e Campeão Mundial Peso-Pesado da WWE (2015–2016)Editar

 
Ambrose durante seu primeiro reinado como campeão intercontinental em janeiro de 2016

Em dezembro, Ambrose começou uma rivalidade com Kevin Owens após ele se tornar no desafiante ao Campeonato Intercontinental da WWE, na posse de Owens.[136][137][138] Ambrose venceu o título pela primeira vez, depois de derrotar Owens no TLC: Tables, Ladders & Chairs em 13 de dezembro.[139] No SmackDown de 22 de dezembro, Ambrose derrotou Owens e Dolph Ziggler na sua primeira defesa de cinturão.[140] No SmackDown de 7 de janeiro de 2016, Ambrose e Owens se enfrentaram novamente, embora não tenha havido vencedor.[141] Na semana seguinte, Ambrose desafiou Owens para uma luta last man standing no Royal Rumble, que ele venceu depois de jogar Owens contra duas mesas.[142][143] Ainda neste evento, Ambrose foi o último eliminado na luta Royal Rumble pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE de Roman Reigns, que acabou sendo ganho por Triple H.[143]

Na noite seguinte, no Raw, Ambrose foi anunciado como parte de uma luta triple threat contra Roman Reigns e Brock Lesnar no Fastlane, com o vencedor recebendo o direito de enfrentar Triple H pelo WWE World Heavyweight Championship no evento principal do WrestleMania 32.[144] Nas semanas que antecederam o combate, Ambrose repetidamente insultou e incitou Lesnar.[145] No Raw de 15 de fevereiro, Ambrose foi forçado a defender seu título Intercontinental em uma luta fatal 5-way e perdeu o título quando Kevin Owens derrotou Tyler Breeze.[146] No Fastlane, Ambrose foi derrotado por Roman Reigns.[147]

No dia seguinte, Ambrose foi atacado por Brock Lesnar ao chegar na arena.[148] Mais tarde naquela noite, Ambrose voltaria dirigindo uma ambulância,e de novo foi atacado por Lesnar. Ambrose, então, desafiou Lesnar para uma luta no holds barred no Wrestlemania 32, que Paul Heyman aceitou em nome de Lesnar.[149] No Raw de 29 de fevereiro, Ambrose interrompeu Triple H, o desafiando pelo seu WWE World Heavyweight Championship. Triple H iria atacar Ambrose após seu combate com Alberto Del Rio, antes de aceitar o desafio.[150] Foi anunciado que o confronto aconteceria no WWE Roadblock.[151] Durante o evento principal, Ambrose realmente realizou o pin com sucesso em Triple H, mas, como o pé de Ambrose estava sob a corda, foi anulado. Depois de atacar Triple H em cima mesa dos comentadores, Ambrose acabou perdendo o confronto.[152]

Ambrose continuou sua rivalidade com Lesnar nas semanas seguintes,e continuou desafiando Lesnar. No Raw de 14 de março, a lenda Mick Foley deu a Ambrose seu bastão com arames farpados.[153] Na semana seguinte, no Raw, outra lenda do hardcore, Terry Funk, deu Ambrose uma motosserra.[154] No entanto, Lesnar acabou vencendo o combate entre os dois no WrestleMania 32.[155]

No Raw de de abril, durante um segmento do Highlight Reel, onde Chris Jericho estava entrevistando a si mesmo, Ambrose o interrompeu e anunciou que Shane McMahon havia cancelado o seu show, e que este seria substituído pelo The Ambrose Asylum de Ambrose.[156] No Raw de 18 de abril, depois que Ambrose derrotou Owens, Jericho o atacou, e uma luta entre os dois marcada para o Payback,[157] onde Ambrose venceu.[158] Na noite seguinte, no Raw, durante um segmento do The Ambrose Asylum com Stephanie McMahon, ela cancelou o show e restabeleceu o Highlight Reel; Jericho então saiu e atacou Ambrose.[159] No Raw de 16 de maio, Ambrose desafiou Jericho para um combate no Extreme Rules, que ele aceitou. Ambrose, em seguida, revelou que o combate seria uma luta asylum, um combate em uma jaula de aço com armas penduradas acima da estrutura.[160] Mais uma vez, Ambrose venceu a luta.[161]

 
Ambrose como campeão mundial Peso-Pesado da WWE em julho de 2016

No Raw de 23 de maio, Ambrose se qualificou para a luta Money in the Bank após derrotar Dolph Ziggler.[162] No evento de mesmo nome, ele venceu o combate e consequentemente ganhou uma oportunidade pelo Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados da WWE. Ambrose descontou o contrato na mesma noite contra Seth Rollins, que tinha vencido Roman Reigns pelo título, Dean Ambrose conquistou Campeonato Mundial dos Pesos-Pesados pela primeira vez na carreira.[163] Na noite seguinte, no Raw, depois de um combate entre Rollins e Reigns para decidir o desafiante ao título no Battleground acabar em dupla contagem, Ambrose anunciou para todos que enfrentaria os dois no evento.[164] No entanto, Ambrose defendeu o Campeonato da WWE no Raw de 19 de julho contra Rollins, com a luta terminando empatada, e como resultado, ele manteve o título.[165] Em uma revanche pelo cinturão realizada na noite seguinte no SmackDown, ele derrotou Rollins.[166] Neste mesmo dia, ele foi transferido para o SmackDown durante o Draft.[166] No pay-per-view, Ambrose mais uma vez manteve o título.[167]

A defesa de título seguinte de Ambrose foi no SummerSlam, onde ele derrotou Dolph Ziggler.[168] Sua próxima defesa foi no Backlash, onde fez uma ótima apresentação mas perdeu o título para AJ Styles, após um golpe baixo e um Styles Clash.[169] No SmackDown de 13 de setembro, John Cena retornou e anunciou sua intenção de conquistar o WWE World Championship pela décima sexta vez. No entanto, Ambrose também apareceu e invocou sua cláusula de revanche, e então Shane McMahon marcou uma luta triple threat pelo título entre os três no No Mercy.[170] Antes disso, Styles defendeu o cinturão contra Ambrose no SmackDown de 27 setembro, onde venceu depois de uma distração causada por Cena.[171] No No Mercy, Styles mais uma vez conseguiu manter o título.[172] No SmackDown de 1 de novembro, ele derrotou Styles sem o título em jogo, tornando-se novamente no candidato ao título.[173] Posteriormente, uma luta Tables, Ladders, and Chairs foi marcada para o evento homônimo em 4 de dezembro.[174] Antes disso, Ambrose fez equipe com Styles, Shane McMahon, Randy Orton e Bray Wyatt para derrotar o time Raw (Kevin Owens, Chris Jericho, Roman Reigns, Braun Strowman e Seth Rollins) no Survivor Series.[175] No TLC, Styles manteve o título contra Ambrose depois de Ellsworth traí-lo, jogando ele da escada e permitindo que Styles pegasse o título.[176]

 
Depois de disputar o WWE Championship, Ambrose ganhou seu segundo Intercontinental Championship em janeiro de 2017 e o manteve ao longo do primeiro semestre daquele ano

No SmackDown de 6 de dezembro, depois de Ellsworth explicar que ajudou Styles porque queria uma chance pelo WWE Championship, Ambrose apareceu para aplicar um Dirty Deeds nele. Mais tarde naquela noite, ele enfrentou The Miz pelo Intercontinental Championship, mas foi derrotado após uma interferência de Ellsworth.[177] Na semana seguinte, em uma luta fatal 4-way, Dolph Ziggler derrotou Ambrose, Miz e Luke Harper para se tornar no desafiante ao WWE Championship.[178] Durante uma entrevista com Renee Young no SmackDown de 20 de dezembro, Miz fez comentários sarcásticos sobre o relacionamento dela e de Ambrose, sendo estapeado por Young em seguida.[179] Na semana seguinte Ambrose atacou Miz durante outra entrevista com Young e o desafiou pelo título.[180] No SmackDown de 3 de janeiro de 2017 ele conseguiu derrotar Miz mesmo com uma interferência de Maryse e conquistou seu segundo Intercontinental Championship.[181] Na semana seguinte Ambrose anunciou sua participação na luta Royal Rumble de 2017,[182] mas acabou eliminado por Brock Lesnar depois de permanecer por quase 27 minutos no combate.[183][184] Em 12 de fevereiro, Ambrose participou da luta pelo WWE Championship no Elimination Chamber, onde ele eliminou Baron Corbin com um roll-up sendo atacado logo em seguida por Corbin, permitindo Miz eliminar Ambrose.[185] Uma luta foi entre Ambrose e Corbin foi marcada para o pré-show da WrestleMania 33 em 2 de abril, onde Ambrose manteve seu Intercontinental Championship.[186] Duas noites depois no SmackDown, Ambrose lutou em sua luta final pela marca, em uma derrota para Corbin em uma luta sem título.[187] Depois disso, Ambrose foi transferido para a marca Raw como resultado do Superstar Shake-up.[188] Ele então continuaria sua rivalidade com The Miz, que também foi convocado para a o Raw no Superstar Shake-up,[189][190] eventualmente perdendo o título Intercontinental para Miz no Extreme Rules em junho, encerrando assim seu reinado em 152 dias.[191] Ambrose continuou a rivalidade com The Miz, levando a uma revanche pelo Intercontinental Championship no Great Balls of Fire em 9 de julho, onde perdeu após a interferência do The Miztourage (Curtis Axel e Bo Dallas).[192]

O retorno do The Shield (2017–2018)Editar

 
Em agosto de 2017, Ambrose e Rollins voltaram a formar uma dupla e, posteriormente, Reigns juntou-se a eles para reunir o The Shield

No episódio de 10 de julho do Raw, Seth Rollins salvou Ambrose de um ataque de The Miz e The Miztourage.[193] Depois de falhar em ganhar a confiança de Ambrose por várias semanas,[194][195][196] os dois discutiram no ringue no episódio de 14 de agosto do Raw e eventualmente brigaram um com o outro antes de lutarem contra Cesaro e Sheamus, reunindo o equipe no processo.[197] No SummerSlam em 20 de agosto, Ambrose e Rollins derrotaram Cesaro e Sheamus para vencerem o WWE Raw Tag Team Championship, tornando Ambrose um campeão da Triple Crown e Grand Slam no processo.[198][199][200] Ambrose e Rollins defenderam com sucesso os títulos contra Cesaro e Sheamus no No Mercy, após Ambrose derrotar Sheamus.[201]

No episódio de 9 de outubro do Raw, Ambrose e Rollins se reuniram com Roman Reigns.[202] O The Shield deveria enfrentar a equipe de Braun Strowman, Cesaro, Kane, The Miz e Sheamus no TLC em uma luta handicap 5-contra-3 Tables, Ladders and Chairs,[203] mas Reigns foi substituído por Kurt Angle por causa de uma doença.[204] Ambrose, Rollins e Angle venceriam a luta.[205] Ambrose e Rollins foram escalados para enfrentarem os Campeões de Duplas do SmackDown The Usos em uma luta interbrand no Survivor Series,[206] mas eles perderam o Raw Tag Team Championship de volta para Cesaro e Sheamus no episódio de 6 de novembro do Raw após uma distração do The New Day do SmackDown (Big E, Kofi Kingston e Xavier Woods),[207] encerrando assim seu reinado em 78 dias.[208] Isso levou a uma luta entre The Shield e The New Day no Survivor Series duas semanas depois,[209] que o Shield venceu.[210] Em dezembro de 2017, Ambrose sofreu uma lesão no tríceps, que o deixou fora de ação por nove meses.[211][212][213][214]

No episódio do Raw de 13 de agosto de 2018, Ambrose voltou para ajudar Rollins contra um ataque de Drew McIntyre e Dolph Ziggler, também estreando um novo visual que consiste em um corte de cabelo curto, uma barba cheia e um físico visivelmente mais musculoso.[215] Seis dias depois, ele ajudou Rollins a vencer o Intercontinental Championship no SummerSlam.[216] Na noite seguinte no Raw, Ambrose e Rollins ajudaram o Campeão Universal Roman Reigns a atacar Braun Strowman quando este tentou usar seu contrato do Money in the Bank, mais uma vez reunindo o The Shield.[217] No Hell in a Cell, Ambrose e Rollins não tiveram sucesso em derrotar Ziggler e McIntyre pelo Raw Tag Team Championship.[218] Em outubro, o The Shield derrotou Ziggler, McIntyre e Strowman no Super Show-Down.[219] Duas noites depois no Raw, eles foram derrotados pelo mesmo trio em uma revanche. Após a luta, um Ambrose frustrado se afastou de seus companheiros.[220]

Últimas rivalidades e luta final (2018-2019)Editar

 
Ao retornar da lesão, Ambrose apresentou um novo visual

No Raw de 22 de outubro, após Reigns anunciar o retorno de sua leucemia e renunciar ao Universal Championship, Ambrose e Rollins derrotaram Ziggler e McIntyre para conquistarem o Raw Tag Team Championship pela segunda vez. No entanto, Ambrose atacou Rollins imediatamente após a luta, virando um heel pela primeira vez desde 2014.[221] Duas semanas depois no Raw, Ambrose atacou Rollins novamente, após Rollins perder os títulos em uma luta handicap contra o AOP (Akam e Rezar).[222]

Na semana seguinte, Ambrose queimou seu colete Shield e explicou que fazer parte do grupo o deixava fraco.[223] Ele continuaria a insultar Rollins nas semanas seguintes perseguindo-o,[223] sendo vacinado contra o que ele percebia ser a "doença" de Rollins,[224] e ordenando que sua própria equipe pessoal da SWAT atacasse Rollins, posteriormente proclamando-se como "The Moral Compass of WWE".[225] Ambrose derrotou Rollins no TLC em dezembro para vencer o Intercontinental Championship, começando seu terceiro reinado com o título.[226] Ao longo das semanas seguintes, ele defendeu com sucesso seu título contra Tyler Breeze,[227] Apollo Crews,[228] e Rollins,[229] antes de perder o título para Bobby Lashley no Raw de 14 de janeiro de 2019, em uma luta triple threat também envolvendo Rollins, terminando seu reinado em 29 dias.[230]

Ambrose entrou na luta Royal Rumble 2019 como o número 14, mas foi eliminado por Aleister Black.[231] Na noite seguinte no Raw, ele interrompeu o vencedor do Royal Rumble Seth Rollins e Triple H, proclamando que Rollins nunca o derrotou de forma limpa sem interferência e provocou Triple H a fazer o agendamento para eles em uma luta, que Ambrose posteriormente perdeu.[232] Poucas horas após o Raw sair do ar, foi relatado que Ambrose informou aos oficiais da WWE que ele não renovaria o seu contrato e deixaria a empresa logo após a WrestleMania 35.[233][234] A WWE posteriormente confirmou sua decisão em um comunicado.[235] Foi relatado que foi oferecido a ele um contrato melhorado pela WWE, o qual ele recusou devido à frustração de longa data com a direção criativa de seu personagem e uma aversão particular ao material "piegas" que ele havia recebido.[236]

Depois de semanas provocando uma reunião,[237][238] Ambrose se reuniu com Rollins e o recém-retornado Reigns no episódio de 4 de março do Raw, depois que salvaram Ambrose de um ataque de BaronCorbin, Bobby Lashley, Drew McIntyre e Elias, na semana anterior, tornando Ambrose em um face mais uma vez.[239] No Fastlane em 10 de março, o The Shield derrotou a equipe de McIntyre, Lashley e Corbin.[240] Em suas lutas individuais finais na WWE, Ambrose perderia para McIntyre várias vezes no Raw.[241][242]

No Raw de 8 de abril, Ambrose estava escalado para enfrentar Bobby Lashley no que foi anunciado como a última luta de Ambrose no Raw. No entanto, a luta nunca aconteceu quando Lashley insultou a esposa de Ambrose, Renee Young, resultando em uma briga que terminou com Ambrose sendo jogado através da mesa dos comentaristas.[243] Depois que o Raw saiu do ar, Ambrose se juntou a Rollins e Reigns para se dirigir aos fãs, agradecer-lhes por seu apoio e comentar sobre suas realizações anteriores antes de comemorar com seus companheiros de equipe do Shield.[244] Na semana seguinte no Raw, ele fez outra aparição depois que o show saiu do ar.[245] Sua última luta ocorreu em um evento especial chamado The Shield's Final Chapter em 21 de abril, onde ele, Reigns e Rollins derrotaram o time de Corbin, Lashley e McIntyre.[246] Seu contrato expirou em 30 de abril.[247]

No podcast de Chris Jericho Talk is Jericho em maio de 2019, Good relatou sua saída da WWE, embora ele tenha começado dizendo que era grato por seu tempo lá, e citou o sucesso. Ele decidiu deixar a WWE depois que Vince McMahon o fez fazer uma promo no Raw, onde seu personagem seria inoculado de várias doenças por medo de pegar um vírus dos fãs.[224] Foi bom sentir após este segmento que seu personagem estava irreparavelmente danificado.[247] Ele deixou a WWE citando a causa como exaustão mental e emocional, depois de seis anos explicando a McMahon como suas idéias para o personagem de Good eram "estúpidas". Devido ao controle de McMahon sobre a empresa, Good teve que seguir a escrita de McMahon, o que o deixou infeliz. Good chegou a terríveis promos, que antes eram sua parte favorita nas apresentações como lutador, a ponto de se sentir fisicamente doente.[247] Sua experiência foi corroborada tanto por Jericho quanto por vários lutadores e funcionários anônimos da WWE.[248]

All Elite Wrestling (2019-presente)Editar

Em 1º de maio, Good - tendo voltado a sua antiga gimmick e nome de Jon Moxley - postou um vídeo em sua conta do Twitter para promover o retorno da gimmick, que o mostrava fugindo de uma prisão.[249] Em 25 de maio, ele fez sua estréia não anunciada pela All Elite Wrestling (AEW) durante o Double or Nothing, o evento inaugural da empresa, atacando Chris Jericho, Kenny Omega e o árbitro após a luta do evento principal de Jericho e Omega, estabelecendo-se assim como um personagem anti-herói.[250] Pouco depois, foi anunciado que Moxley havia assinado um contrato de vários anos.[251] Moxley teve sua luta de estreia na AEW no Fyter Fest em junho, onde derrotou Joey Janela em luta não sancionada.[252] Após a luta, Moxley foi atacado por Omega em retaliação por seu ataque anterior.[252] Uma luta entre os dois foi agendada para o All Out em 31 de agosto.[253] No entanto, uma semana antes do evento, Moxley foi forçado a desistir após ser diagnosticado com uma infecção por estafilococos MRSA em seu cotovelo, e seria submetido a uma cirurgia para removê-lo. A AEW posteriormente revelou Pac como o substituto de Moxley,[254][255] e a luta foi remarcada para o evento Full Gear.[256] Moxley voltou em 2 de outubro, durante o episódio de estreia do Dynamite, atacando Omega durante a luta principal deste último.[257] No evento principal de Full Gear em 9 de novembro, Moxley derrotou Omega em uma luta não sancionada Lights Out.[258][259]

Em dezembro, Moxley começou uma história com o Campeão Mundial da AEW Chris Jericho e seu grupo The Inner Circle, quando Jericho convidou Moxley para se juntar ao grupo.[260][261] Em 7 de janeiro de 2020 no episódio do Dynamite, Moxley inicialmente aceitou a proposta e aparentemente se juntou ao grupo, antes de revelar que era uma manobra e se voltar contra eles momentos depois.[262] No episódio de 22 de janeiro do Dynamite, Moxley derrotou Pac para se tornar o candidato número um ao título de Jericho no Revolution em 29 de fevereiro,[263] onde ele foi vitorioso sobre Jericho para vencer o AEW World Championship, tornando-se a primeira pessoa a ser campeão na AEW e NJPW simultaneamente.[264] Moxley fez sua primeira defesa do título no episódio de 15 de abril do Dynamite, derrotando o membro do Inner Circle Jake Hager em uma luta Empty Arena No Holds Barred.[265][266] Moxley então fez mais defesas de título bem-sucedidas contra Mr. Brodie Lee no Double or Nothing em 23 de maio,[267] Brian Cage no Fight for the Fallen em 15 de julho[268] e Darby Allin no episódio de 5 de agosto do Dynamite.[269] Moxley então começou uma rivalidade com MJF, que fez campanha contra o reinado de Moxley e decretou que os fãs mereciam um campeão melhor.[270] Os dois enfrentaram-se no All Out em 5 de setembro, onde Moxley saiu vitorioso.[271]

Em setembro, Moxley começou uma rivalidade com Eddie Kingston. Ele defendeu o título contra Kingston no episódio de 23 de setembro do Dynamite, ao fazer Kingston desmaiar por submissão.[272] Depois de manter o título contra Lance Archer no episódio de 14 de outubro do Dynamite, Moxley foi atacado por Kingston, que protestou que Moxley nunca o fizera se submeter.[273] No Full Gear em 7 de novembro, Moxley derrotou Kingston em uma luta "I Quit" para reter o título.[274] No Winter Is Coming em 2 de dezembro, Moxley perdeu o título para Kenny Omega, encerrando assim seu reinado em 277 dias, e dando a Moxley sua primeira derrota individual na AEW.[275]

New Japan Pro-Wrestling (2019–presente)Editar

Após semanas da New Japan Pro-Wrestling (NJPW) exibindo vídeos de um homem misterioso visando o Campeão dos Estados Unidos da IWGP, Juice Robinson, Moxley foi revelado como o homem misterioso em maio de 2019, desafiando Robinson por uma luta pelo título na noite final do torneio Best of the Super Juniors 26 em 5 de junho.[276][277] No evento, ele derrotou Robinson em sua estreia no ringue da NJPW para vencer o United States Championship, tornando-o o primeiro lutador a conquistar o United States Championship da IWGP e da WWE.[278] Seguindo o desafio original de Moxley, o CEO da AEW Tony Khan afirmou que Moxley será capaz de fazer reservas independentes e internacionais durante o verão, antes do acordo com a televisão da AEW começar no outono daquele ano.[279] No entanto, durante uma entrevista com Nikkan Sports, Good esclareceu que ele continuaria a aparecer para NJPW enquanto estiver assinado com a AEW.[280] No Dominion 6.9 in Osaka-jo Hall em 9 de junho, Moxley derrotou Shota Umino antes de declarar-se como um participante do torneio G1 Climax 2019.[281] De julho a agosto, Moxley competiu no Bloco B do G1 Climax, derrotando Taichi em sua primeira luta no torneio.[282] Ele então ficou invicto no torneio com vitórias sobre Jeff Cobb,[283] Tomohiro Ishii,[284] Shingo Takagi,[285] e Tetsuya Naito,[286] antes de sofrer sua primeira derrota para Toru Yano.[287] Ele então perdeu suas próximas três lutas para Jay White,[288] Hirooki Goto,[289] e Juice Robinson,[290] não conseguindo avançar para as finais do torneio com uma classificação final de 10 pontos (cinco vitórias e quatro derrotas).[291]

Em 13 de outubro, depois de não conseguir defender o IWGP United States Championship em uma luta agendada contra Robinson devido a problemas de viagem decorrentes do tufão Hagibis, Moxley concordou em desocupar o título.[292][293] Ele foi substituído na luta por Lance Archer, que derrotou Robinson para vencer o título.[294][295] Em 9 de dezembro, Moxley retornou e interrompeu Archer após sua luta final no torneio da World Tag League 2019, atacando Archer e Minoru Suzuki antes de desafiar o primeiro a uma Texas Deathmatch pelo IWGP United States Championship no Wrestle Kingdom 14 em janeiro de 2020.[296] Durante a primeira noite do evento, ele derrotou Archer por nocaute para vencer o título pela segunda vez,[297] e posteriormente reteve o título contra Robinson na noite seguinte, encerrando sua rivalidade de longa data. Após a luta, ele foi confrontado e atacao por Suzuki.[298] Moxley defendeu com sucesso o título contra a Suzuki no The New Beginning in Osaka em fevereiro.[299] Moxley esteve ausente de NJPW desde então devido a restrições de viagem impostas pela pandemia de COVID-19.[300]

Em 1º de agosto, Moxley ultrapassou Kenny Omega como o Campeão dos Estados Unidos da IWGP com o reinado mais longo da história do título.[301]

Retorno ao circuito independente (2019-presente)Editar

Desde junho de 2019, Moxley fez aparições esporádicas em várias promoções independentes, como a Northeast Wrestling (NEW)[302][303] e a Future Stars of Wrestling (FSW).[304] Ele também foi definido para lutar para a Over the Top Wrestling (OTT)[305] e Game Changer Wrestling (GCW),[306] mas os eventos agendados foram cancelados devido à pandemia de COVID-19.[307][308] Em outubro de 2020, Moxley participou do Bloodsport de Josh Barnett, onde derrotou Chris Dickinson no evento principal.[309]

PersonalidadeEditar

A carreira de Ambrose na WWE o viu caracterizado como instável e imprevisível. Referido como "The Lunatic Fringe" desde o seu tempo no The Shield (tendo o apelido da estação de rádio de Cincinnati WEBN, que em si tem o apelido da canção de 198), sua personagem é retratada como um curinga cujas motivações são muitas vezes pouco claras. Exemplos incluem esguichando condimentos alimentares em seus adversários, atacando um manequim concebido para se parecer com Seth Rollins e peça pregada na mala de Rollins, carregada de lodo. Muitas vezes ele vai saltar para fora de lugares inesperados para atacar seus rivais, como uma caixa de presentes, maleiro carro, ou mesmo sob um bloco de concreto. Sua personagem foi comparada com a de Roddy Piper e Stone Cold Steve Austin, e tem atraído comparação com as interpretações de Brian Pillman e Heath Ledger do Coringa.[310][311][312]

Outras mídiasEditar

 
Ambrose na WrestleMania Axxess em 2014.

Em agosto de 2014, Good começou a filmar 12 Rounds 3: Lockdown, uma co-produção da WWE Studios com Lionsgate.[313][314] O filme foi lançado em 11 de setembro de 2015.[315]

FilmografiaEditar

FilmesEditar

Ano Título Papel
2015 12 Rounds 3: Lockdown John Shaw[314]
2016 Countdown Ele mesmo
2020 Cagefighter: Worlds Collide Randy Stone

WebsériesEditar

Ano Título Papel Notas
2015 Swerved Ele mesmo 2 episódios

Vida pessoalEditar

Grande parte da personalidade de Good na luta livre é baseada em sua própria educação na vida real em East End, Cincinnati, onde ele passou a maior parte de sua infância em habitações públicas.[6] Um fã de ávido de luta livre que idolatrava Bret Hart, ele usou o desporte como um meio de escapar de sua educação áspera, mergulhando em fitas de vídeo e lendo histórias sobre o passado da luta livre.[6][8] Um ano depois de começar a treinar como um lutador, ele saiu da escola.[8] Ele também é fã de NFL e da NHL, tendo como equipes favoritas as suas da cidade natal, Cincinnati Bengals e o Philadelphia Flyers.[316]

Good está em um relacionamento com a comentarista da WWE Renee Paquette, mais conhecida como Renee Young.[317][318]

Na luta livre profissionalEditar

 
Ambrose se preparando para aplicar o Dirty Deeds (headlock driver) em The Miz.
 
Ambrose aplicando o Dirty Deeds (snap double underhook DDT) em John Cena.Durante o US Open Challenge de Cena
 
Ambrose aplicando um diving elbow drop do topo de uma escada no WrestleMania 31.

Títulos e prêmiosEditar

 
Com 351 dias, o reinado de Ambrose como campeão dos Estados Unidos da WWE é o maior da história sob a posse da WWE, e o terceiro mais longo de todos.

Referências

  1. a b Herzog, Kenny (24 de outubro de 2014). «About Face: Dean Ambrose Is the WWE's Unlikely Anti-Hero». Rolling Stone. Consultado em 25 de outubro de 2014. Cópia arquivada em 25 de outubro de 2014 
  2. «Jon Moxley Profile». The Internet Wrestling Database. Consultado em 3 de julho de 2012 
  3. a b c d e f g h i j k l m n o p «Jon Moxley/Dean Ambrose profile». Online World Of Wrestling. Consultado em 1 de abril de 2010 
  4. a b «Jon Moxley Profile». New Japan Pro-Wrestling. Consultado em 20 de julho de 2019 
  5. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome WWE
  6. a b c d e f g h i j k l m Kamchen, Richard (1 de maio de 2010). «Jon Moxley finds mean streets redemption in wrestling». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de maio de 2010 
  7. «WWE Profile - Dean Ambrose». ESPN (em inglês). 28 de julho de 2016. Consultado em 1 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2019 
  8. a b c d e Murphy, Jan (25 de junho de 2014). «Ambrose not just Good, he's great». Slam Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 29 de junho de 2014 
  9. «HWA Event Results». Heartland Wrestling Association. Consultado em 8 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 22 de julho de 2012 
  10. a b «2010 IPW Results». Insanity Pro Wrestling. Consultado em 8 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 11 de junho de 2010 
  11. «Cópia arquivada». Consultado em 8 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 19 de março de 2012 
  12. «Cópia arquivada». Consultado em 8 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 19 de março de 2012 
  13. «CZW News and Notes – Official "Southern Violence" Results and more». Combat Zone Wrestling. Consultado em 8 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  14. Magee, Bob (15 de agosto de 2010). «Combat Zone Wrestling 8/14 "Tangled Web 3" results». WrestleView. Consultado em 15 de agosto de 2010. Arquivado do original em 18 de julho de 2011 
  15. «CZW Twelve Results, Returns 12 de março de Best of the Best April 9». Combat Zone Wrestling. 13 de fevereiro de 2011. Consultado em 13 de fevereiro de 2011. Arquivado do original em 14 de março de 2012 
  16. «Dragon Gate USA Mercury Rising Results». Larry Csonka. 411Mania.com. Consultado em 1 de abril de 2010 
  17. Johnson, Mike (10 de maio de 2010). «Scary Injury at DGUSA PPV Taping Saturday, Lineup For Friday's Mercury Rising PPV, Lots Of Canada News And More». Pro Wrestling Insider. Consultado em 12 de março de 2012 
  18. a b «Full Impact Pro Southern Stampede 2010 Report: New World Champion Crowned». PWInsider. Consultado em 5 de maio de 2010 
  19. http://fullimpactpro.com/results/results2010.htm#73110
  20. «Evolve 3: Rise or Fall Results». 411Mania.com. Consultado em 5 de maio de 2010 
  21. «Evolve 4 Results». Wrestling-Radio.com [ligação inativa] [ligação inativa]
  22. «Evolve 6 Results». 411mania.com 
  23. Radican, Sean (23 de abril de 2011). «Radican's 4/19 Evolve 7 iPPV review – Jacobs-Xion, Moxley-Aries, Taylor-Tozawa». Pro Wrestling Torch. Consultado em 24 de abril de 2011 
  24. «JAPW Results 10/23/10». Jersey All Pro Wrestling. Consultado em 24 de outubro de 2010. Arquivado do original em 16 de agosto de 2011 
  25. Caldwell, James; Radican, Sean (4 de abril de 2011). «WWE/DGUSA News: Dragon Gate USA wrestler signs developmental deal with WWE». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 de abril de 2011 
  26. a b c d e f «Dean Ambrose». Florida Championship Wrestling / NXT Wrestling. Consultado em 1 de maio de 2011. Arquivado do original em 5 de dezembro de 2012 
  27. Caldwell, James (1 de maio de 2011). «WWE News: Jon Moxley's new ring name revealed in WWE's developmental system». Pro Wrestling Torch. Consultado em 1 de maio de 2011 
  28. «Florida Championship Wrestling television report: FCW Heavyweight title match; FCW Divas title match; Dean Ambrose makes his debut with a promo; a Rotundo family reunion?». PWInsider. Consultado em 15 de novembro de 2011 
  29. a b c d «Florida Championship Wrestling television report: how do you top the first two Rollins/Ambrose matches? Devote the entire show to the third match and let them wrestle for 35 minutes». PWInsider. Consultado em 15 de novembro de 2011 
  30. a b Namako, Jason (10 de outubro de 2011). «FCW Results – 10/9/11». WrestleView. Consultado em 1 de dezembro de 2011 
  31. Namako, Jason (31 de outubro de 2011). «FCW Results – 10/31/11». WrestleView. Consultado em 1 de dezembro de 2011 
  32. Namako, Jason (12 de dezembro de 2011). «FCW Results – 12/12/11». WrestleView. Consultado em 1 de dezembro de 2011 
  33. Trionfo, Richard. «FCW television report for de fevereiro de 5: Steamboat/Sandow 2; Ambrose and Rollins get a chance for a title match; William Regal gets in trouble with Maxine». PWInsider. Consultado em 16 de março de 2012 
  34. «10/21 FCW results Kissimmee, Fla.: Punk vs. Moxley main event, NXT Rookies, Brodus discloses TV return, WWE developmental notes». Pro Wrestling Torch. Consultado em 15 de novembro de 2011 
  35. Namako, Jason (7 de novembro de 2011). «FCW Results – 11/7/11». WrestleView. Consultado em 1 de dezembro de 2011 
  36. Trionfo, Richard. «Florida Championship Wrestling television report for 2/26: Sandow/Steamboat for the FCW 15 title; Dean Ambrose gets inside a few people's heads». PWInsider. Consultado em 16 de março de 2012 
  37. «WWE matches wrestled by Dean Ambrose during 2011». The Internet Wrestling Database. Consultado em 3 de agosto de 2013 
  38. Caldwell, James. «Video – FCW wrestler confronts Foley at WrestleMania Hotel». Pro Wrestling Torch. Consultado em 11 de abril de 2012 
  39. Caldwell, James. «Foley-Ambrose "feud" continues». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de abril de 2012 
  40. Caldwell, James. «Foley had Ambrose sent home?». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de abril de 2012 
  41. Trionfo, Richard. «Florida Championship Wrestling television report 6/24: Rollins/Ambrose V». PWInsider. Consultado em 1 de julho de 2012 
  42. Trionfo, Richard. «FCW television report 7/15: the series ends not with a whimper or a bang... it ends with a knee trembler». PWInsider. Consultado em 21 de julho de 2012 
  43. Caldwell, James. «Survivor Series News: NXT stars debut in PPV main event angle, plus other news from annual PPV». Pro Wrestling Torch. Consultado em 19 de novembro de 2012 
  44. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 11/19: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Survivor Series fall-out». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  45. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 11/26: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – The Shield speaks, Cena-Ziggler». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  46. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 12/3: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – McMahon returns, Punk takes a Test». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  47. «WWE News: WWE officially announces TLC main event change; will Ryback still get a WWE Title shot?». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 de dezembro de 2012 
  48. Caldwell, James. «Caldwell's WWE TLC PPV Results 12/16: Complete "virtual-time" coverage of final 2012 PPV – Cena vs. Ziggler main event, Shield makes a statement». Pro Wrestling Torch. Consultado em 17 de dezembro de 2012 
  49. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 1/7: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – WWE Title match, The Rock returns, Cena vs. Ziggler (updated w/Box Score)». Pro Wrestling Torch. Consultado em 12 de janeiro de 2013 
  50. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Royal Rumble PPV Results 1/27: Complete "virtual-time" coverage of Punk vs. Rock, 30-man Rumble». Pro Wrestling Torch. Consultado em 29 de janeiro de 2013 
  51. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 1/28: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Huge Return ends Raw, Rock's first night as WWE champ, Raw Roulette, Heyman-McMahon». Pro Wrestling Torch. Consultado em 29 de janeiro de 2013 
  52. a b Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 2/4: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – WWE explains many things, Punk-Jericho main event, Bruno HOF Video». Pro Wrestling Torch. Consultado em 6 de fevereiro de 2013 
  53. Caldwell, James. «WWE News: Team Cena vs. The Shield official for Elimination Chamber; updated PPV line-». Pro Wrestling Torch. Consultado em 6 de fevereiro de 2013 
  54. Caldwell, James. «WWE News: Chamber PPV results & notes – WM29 main event set, World Title match set, Shield big win, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 18 de fevereiro de 2013 
  55. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 2/18: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Chamber PPV fall-out, big Mania news, Rock's Celebration, Shield six-man tag match». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de fevereiro de 2013 
  56. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 3/25: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Rock returns for Q&A debate with Cena, Hunter punts Barrett, latest WM29 hype». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de maio de 2013 
  57. «Caldwell's WWE WrestleMania 29 PPV Results: Complete "virtual-time" coverage of live PPV from MetLife Stadium – Rock-Cena II, Taker-Punk, Lesnar-Hunter, more» 
  58. «Caldwell's WWE Raw Results 4/8: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – WM29 fall-out, new World Champ, no Rock, Taker live, crowd takes over» 
  59. «Caldwell's WWE Raw Results 4/22 (Second Hour): Shield vs. The Undertaker six-man tag match, Ryder squashed» 
  60. «Smackdown!:The Undertaker returns to Friday night action». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 1 de maio de 2013 
  61. Benigno, Anthony. «Why hasn't The Shield been beaten yet? They work cohesively». WWE. Consultado em 24 de maio de 2013. Cópia arquivada em 24 de maio de 2013 
  62. «Caldwell's WWE Raw Results 4/29 (Hour 3): Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw – New Main Event of WWE Champ & Tag Champs vs. Shield, more» 
  63. «Parks' WWE SmackDown Report 5/3: Ongoing "virtual time" coverage of Friday night show, including Daniel Bryan vs. Ryback, Kane vs. Dean Ambrose» 
  64. «Caldwell's WWE Raw Results 5/6 (Hour 2): Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw – Lesnar "invades" Hunter's office, Ziggler vs. Del Rio, Shield six-man tag» 
  65. «Parks' WWE SmackDown Report 5/10: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including Daniel Bryan vs. Dean Ambrose, Jack Swagger vs. Big E. Langston» 
  66. «Raw News: Shield loses first match, Lesnar's "mystique" now in-play, Dolph off TV, Miz returns, Dance-Off, App overload, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 1 de maio de 2013 
  67. Bishop, Matt. «Lesnar finishes off Triple H at Extreme Rules». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de maio de 2013 
  68. «Parks' WWE SmackDown Report 5/24: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including the Intercontinental and U.S. Titles on the line, plus PPV fall-out» 
  69. «Caldwell's WWE Raw Results 5/27 (Hour 1): Ongoing "virtual-time" coverage of live Memorial Day Raw – Cena returns, U.S. Title match, Bret Hart cameo» 
  70. «WWE News: Significant Smackdown Spoiler for Friday's episode (w/Analysis of potential fall-out scenarios)». Pro Wrestling Torch. Consultado em 15 de junho de 2013 
  71. Plummer, Dale. «Smackdown!: The Shield handed their first loss heading into Payback». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 15 de junho de 2013 
  72. «Caldwell's WWE Payback PPV Results 6/16 (Hour 1): Axel captures IC Title in opening match, A.J. captures Divas Title, RVD returning to WWE» 
  73. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw Results 6/17 (Hour 2): Ongoing "virtual-time" coverage of live Raw – Orton vs. Bryan, A.J. Lee-Stephanie McMahon promo exchange, U.S. Title match». Pro Wrestling Torch. Consultado em 20 de junho de 2013 
  74. «Damien Sandow won the World Heavyweight Championship Contract Money in the Bank Ladder Match» 
  75. «Caldwell's WWE MITB PPV Results 7/14 (Hour 1): Complete "virtual-time" coverage of World Title MITB ladder match, IC Title match, Divas Title match» 
  76. Bishop, Matt. «Live coverage: WWE SummerSlam 2013». Slam! Sports. Consultado em 31 de agosto de 2013 
  77. Tylwalk, Nick. «Raw: Daniel Bryan faces an even bigger uphill climb». Slam! Sports. Consultado em 31 de agosto de 2013 
  78. Martin, Adam. «WWE Night of Champions PPV Results – 9/15/13 (Orton vs Bryan)». WrestleView. Consultado em 18 de setembro de 2013 
  79. Martin, Adam. «WWE Hell in a Cell PPV results – 10/27/13 (new champions)». WrestleView. Consultado em 23 de maio de 2014 
  80. «10/28 WWE Raw Hits & Misses: Sandow vs. Cena, Michaels – Bryan, Punk vs. Ryback, Orton's Title Celebration». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de novembro de 2013 
  81. «WWE S. Series PPV results 11/24 (Hour 1): Team Shield vs. Team Rhodes & Rey Survivor Series match, IC Title match». Pro WrestlingTorch. Consultado em 25 de novembro de 2013 
  82. Howell, Nolan. «TLC: Randy Orton crowned new WWE World Heavyweight Champion». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 18 de dezembro de 2013 
  83. Caldwell, James. «WWE Royal Rumble PPV results 1/26 (Hour 3): Royal Rumble vs. The Crowd main event match». Pro Wrestling Torch. Consultado em 28 de janeiro de 2014 
  84. «Full list of Royal Rumble Match participants and eliminations». WWE. Consultado em 12 de fevereiro de 2014 
  85. Tylwalk, Nick. «Raw: Cena, Orton face off yet again in L.A.». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  86. Aiken, Chris. «WWE Main Event TV report – 11 de março de 2014». Wrestling Observer. Consultado em 23 de maio de 2014 
  87. Caldwell, James. «WWE E. Chamber PPV results 2/23 (Hour 2): Shield vs. Wyatts big six-man tag, Batista vs. Del Rio, Divas Title». Pro Wrestling Torch. Consultado em 25 de fevereiro de 2014 
  88. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw results 3/3: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Bryan vs. Batista, WM30 hype, new Tag Champs, C.M. Punk from start to finish, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 6 de março de 2014 
  89. Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown report 3/7 Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including Sheamus vs. Del Rio, Shield». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de março de 2014 
  90. Keller, Wade. «Keller's Six Pack: Raw thoughts including Hunter-Bryan beat down, Batista, Shield's turn, Bray's gimmick shift, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de março de 2014 
  91. Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown Report 3/21: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including Cena vs. Harper». Pro Wrestling Torch. Consultado em 22 de março de 2014 
  92. Caldwell, James. «WrestleMania 30 PPV results: (Hour 2): Complete "virtual-time" coverage of Cena vs. Bray, big moment for Cesaro in the Andre Battle Royal, Shield vs. Outlaws». Pro Wrestling Torch. Consultado em 8 de abril de 2014 
  93. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw results 4/7: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – WM30 fall-out, WWE Title match teaser, Bryan's first night as champ, Warrior, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 8 de abril de 2014 
  94. McCarron, Rob. «WWE Raw TV report – 14 de abril de 2014». Consultado em 23 de maio de 2014 
  95. «Ambrose's record U.S. Title reign». WWE. Consultado em 29 de abril de 2014 
  96. Plummer, Dale. «Smackdown!: Dean Ambrose defends the US Title heading into Extreme Rules». Slam! Sports. Consultado em 23 de maio de 2014 
  97. Caldwell, James. «Caldwell's Extreme Rules PPV results 5/4: Complete "virtual-time" coverage of live PPV – Bryan vs. Kane, Evolution vs. Shield, Cena vs. Wyatt steel cage match». Pro Wrestling Torch. Consultado em 6 de maio de 2014. Arquivado do original em 6 de maio de 2014 
  98. Caldwell, James. «Caldwell's WWE Raw results 5/5: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – PPV fall-out, U.S. Title battle royal, IC Title re-match, Shield vs. Wyatts, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 23 de maio de 2014 
  99. Asher, Matthew. «Mat Matters: Temporarily shelving the YES! Movement IS what's best for business». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de maio de 2014 
  100. Asher, Matthew (1 de junho de 2014). «WWE Payback: The Shield Evolved, Cena stood tall and Brie dropped a bombshell». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 8 de junho de 2014 
  101. Waldman, Jon (3 de junho de 2014). «Raw: Changing of the Shield». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de junho de 2014 
  102. Tylwalk, Nick (17 de junho de 2014). «Raw: Money in the Bank title match gets its last two participants». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de junho de 2014 
  103. Plummer, Dale (20 de junho de 2014). «Smackdown!: Money in the Bank challengers prepare with a 7 man tag match». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 23 de junho de 2014 
  104. Howell, Nolan (29 de junho de 2014). «Cena takes authority of the WWE title at Money in the Bank». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 30 de junho de 2014 
  105. http://www.wwe.com/shows/summerslam/2014/dean-ambrose-seth-rollins-26543956
  106. http://www.wwe.com/shows/raw/2014-08-18/dean-ambrose-injured-on-raw-refuses-treatment-26580242
  107. Powell, Jason (22 de setembro de 2014). «Night of Champions, recycled goods». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 22 de setembro de 2014 
  108. Asher, Matthew (26 de outubro de 2014). «Cena and Rollins survive Cell stipulations». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 28 de outubro de 2014 
  109. Benigno, Anthony (17 de novembro de 2014). «WWE Raw live results: 17 de novembro de 2014». WWE. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  110. Rehal, Sumit (1 de novembro de 2014). «WWE Smackdown results: Dean Ambrose bounces back after attack from Bray Wyatt». The Independent. Consultado em 17 de novembro de 2014 
  111. Kapur, Bob (24 de novembro de 2014). «WWE Survivor Series: The Authority feels the Sting of defeat». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 24 de novembro de 2014 
  112. Caldwell, James (14 de dezembro de 2014). «Caldwell's WWE TLC PPV Report 12/14: Ongoing "virtual-time" coverage of Cena vs. Rollins, Ambrose vs. Wyatt, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de dezembro de 2014 
  113. Caldwell, James (5 de janeiro de 2015). «Caldwell's WWE Raw results 1/5: Complete "virtual-time" coverage of live Raw – Ambrose vs. Wyatt ambulance match, The Authority returns, Cena Appreciation Night, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de janeiro de 2015 
  114. Tedesco, Mike. «WWE Raw Results – 1/19/15 (Sting debuts on Raw)». WrestleView. Consultado em 10 de fevereiro de 2015 
  115. Caldwell, James (25 de janeiro de 2015). «Caldwell's Royal Rumble PPV report 1/25: Ongoing "virtual-time" coverage of Lesnar vs. Cena vs. Rollins for WWE Title, annual Royal Rumble match, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 25 de janeiro de 2015 
  116. Tedesco, Mike. «WWE Raw Results – 2/16/15 (Bryan and Reigns in action)». WrestleView. Consultado em 17 de fevereiro de 2015 
  117. Caldwell, James (22 de fevereiro de 2015). «Caldwell's WWE Fast Lane PPV Results 2/22». Pro Wrestling Torch. Consultado em 23 de fevereiro de 2015 
  118. Caldwell, James (29 de março de 2015). «Caldwell's WM31 PPV results 3/29: Complete "virtual-time" coverage of WWE World Title match, Taker's return, Sting vs. Triple H, Cena vs. Rusev, Rock/UFC surprise, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 30 de março de 2015 
  119. Tedesco, Mike. «WWE Smackdown Results - 4/2/15 (Bryan vs. Sheamus)». wrestleview.com. Consultado em 11 de abril de 2015 
  120. Martin, Adam. «WWE RAW Results - 4/13/15 (Extreme Rules PPV stipulation)». wrestleview.com. Consultado em 14 de abril de 2015 
  121. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 4/20/15 (Final hype for Extreme Rules)». wrestleview.com. Consultado em 21 de abril de 2015 
  122. http://wrestlinginc.com/wi/news/2015/0426/592764/wwe-extreme-rules-chicago-street-fight-continued/
  123. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 5/4/15 (Changes to Payback main event)». wrestleview.com. Consultado em 5 de maio de 2015 
  124. Murphy, Ryan. «WWE World Heavyweight Champion Seth Rollins won a Fatal 4-Way Match». WWE. Consultado em 17 de maio de 2015 
  125. Benigno, Anthony. «Dean Ambrose def. WWE World Heavyweight Champion Seth Rollins via Disqualification». WWE. Consultado em 31 de maio de 2015 
  126. Benigno, Anthony. «WWE World Heavyweight Champion Seth Rollins def. Dean Ambrose». WWE. Consultado em 14 de junho de 2015 
  127. Tedesco, Mike. «WWE Smackdown Results - 8/06/15 (Roman Reigns vs. Rusev)». wrestleview.com. Consultado em 6 de agosto de 2015 
  128. Caldwell, James. «CALDWELL'S SUMMERSLAM REPORT 8/23: Complete "virtual-time" coverage of Lesnar vs. Taker, Title vs. Title, more matches». Pro Wrestling Torch. Consultado em 23 de agosto de 2015 
  129. Namako, Jason. «WWE RAW Results - 8/24/15 (The Dudleys, Sting return)». wrestleview.com. Consultado em 25 de agosto de 2015 
  130. Keller, Wade (20 de setembro de 2015). «Keller's WWE Night of Champions PPV Report 9/20». Pro Wrestling Torch. Consultado em 25 de setembro de 2015 
  131. WWE Staff (5 de novembro de 2015). «Seth Rollins suffers knee injury, new WWE World Heavyweight Champion to be crowned at Survivor Series». WWE. Consultado em 5 de novembro de 2015 
  132. Tedesco, Mike (9 de novembro de 2015). «WWE RAW Results - 11/9/15 (WWE Title Tournament starts)». wrestleview.com. Consultado em 11 de novembro de 2015 
  133. Tedesco, Mike (16 de novembro de 2015). «WWE RAW Results - 11/16/15 (Final Survivor Series hype)». wrestleview.com. Consultado em 17 de novembro de 2015 
  134. Melok, Bobby (22 de novembro de 2015). «Dean Ambrose def. Kevin Owens (WWE World Heavyweight Championship Tournament Semifinals)». WWE. Consultado em 22 de novembro de 2015 
  135. Murphy, Ryan (22 de novembro de 2015). «Roman Reigns def. Dean Ambrose in the WWE World Heavyweight Championship Tournament Final Match; Sheamus cashed in his Money in the Bank contract to become WWE World Heavyweight Champion». WWE. Consultado em 22 de novembro de 2015 
  136. «WWE Smackdown: Dean Ambrose earns Intercontinental Title shot». SkySports. Consultado em 29 de novembro de 2015 
  137. Caldwell, James (7 de dezembro de 2015). «12/7 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete live report». PWTorch. Consultado em 7 de dezembro de 2015 
  138. Trionfo, Richard (10 de dezembro de 2015). «WWE SMACKDOWN REPORT: ARE YOU READY FOR TABLES . . . LADDERS . . . AND CHAIRS?, A CONTRACT SIGNING, RETURN OF THE 'LAWYERS', AND MORE». PWInsider. Consultado em 10 de dezembro de 2015 
  139. «WWE TLC: Tables, Ladders & Chairs 2015 results». WWE.com. Consultado em 14 de dezembro de 2015 
  140. Martin, Adam. «WWE SmackDown results - 12/22/15 (IC Title Main event)». wrestleview.com. Consultado em 5 de janeiro de 2016 
  141. Martin, Adam. «WWE SmackDown results - 1/7/16 (Ambrose vs. Owens)». wrestleview.com. Consultado em 8 de janeiro de 2016 
  142. Kahrs, Alex. «WWE Smackdown Results - 1/14/16 (Tag team main event)». wrestleview.com. Consultado em 15 de janeiro de 2016 
  143. a b Caldwell, James (24 de janeiro de 2016). «1/24 Royal Rumble PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 24 de janeiro de 2016 
  144. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 1/25/16 (The Rock, Fastlane main event)». wrestleview.com. Consultado em 25 de janeiro de 2016 
  145. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 2/8/16 (Daniel Bryan retires from WWE)». wrestleview.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2016 
  146. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 2/15/16 (Big Show vs. Braun Strowman)». wrestleview.com. Consultado em 16 de fevereiro de 2016 
  147. Caldwell, James (21 de fevereiro de 2016). «2/21 WWE Fast Lane Results – CALDWELL'S Ongoing Live PPV Report» (em inglês). WWE. Consultado em 21 de fevereiro de 2016 
  148. http://www.cagesideseats.com/wwe/2016/2/22/11095408/brock-lesnar-attacks-dean-ambrose-parking-lot-wwe-raw
  149. http://www.wrestlezone.com/news/677441-wwe-raw-results-022216/3
  150. «2/29 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Live Report». PWTorch.com. Consultado em 2 de março de 2016 
  151. «WWE World Heavyweight Champion Triple H battles Dean Ambrose». WWE. Consultado em 1 de março de 2016 
  152. Caldwell, James. «3/12 WWE Roadblock Results – CALDWELL'S Complete Live Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 12 de março de 2016 
  153. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results - 3/14/16 (Undertaker attacks Shane)». wrestleview.com. Consultado em 15 de março de 2016 
  154. Caldwell, James. «3/21 WWE Raw Results – Caldwell's Complete Live Report». PWTorch.com. Consultado em 25 de março de 2016 
  155. Caldwell, James. «4/3 WrestleMania 32 PPV Results – CALDWELL'S Complete Live Report on Main PPV». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de abril de 2016 
  156. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results – 4/11/16 (Live in Los Angeles, Gallows and Anderson debut, Reigns and Wyatt team up)». wrestleview.com. Consultado em 11 de abril de 2016 
  157. Caldwell, James. «4/18 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete London TV Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 19 de abril de 2016 
  158. Caldwell, James (1 de maio de 2016). «5/1 WWE Payback Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 1 de maio de 2016 
  159. Caldwell, James. «5/2 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Live TV Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de maio de 2016 
  160. Tedesco, Mike. «WWE RAW Results – 5/16/16 (Live from Greensboro, The Usos vs. Luke Gallows and Karl Anderson, Extreme Rules)». wrestleview.com. Consultado em 17 de maio de 2016 
  161. Caldwell, James (22 de maio de 2016). «5/22 WWE Extreme Rules PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 22 de maio de 2016 
  162. Caldwell, James (23 de maio de 2016). «5/23 WWE Raw TV Results – CALDWELL'S Complete Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 27 de maio de 2016 
  163. a b c Caldwell, James (19 de junho de 2016). «6/19 WWE MITB PPV Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de junho de 2016 
  164. Caldwell, James (21 de junho de 2016). «BREAKING – Roman Reigns suspended for Wellness Violation» (em inglês). PW Torch. Consultado em 21 de junho de 2016 
  165. Caldwell, James (18 de julho de 2016). «7/18 WWE Raw Results – CALDWELL'S Complete Live TV Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 19 de julho de 2016 
  166. a b «WWE Smackdown Live Results – 7/19/16 (Live from Worcester, 2016 WWE Draft, Ambrose vs. Rollins)» (em inglês). Wrestle View. 19 de julho de 2016. Consultado em 24 de julho de 2016 
  167. Caldwell, James (24 de julho de 2016). «7/24 WWE Battleground Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report». PW Torch. Consultado em 24 de julho de 2016 
  168. Caldwell, James (21 de agosto de 2016). «8/21 WWE Summerslam Results – CALDWELL'S Ongoing Live Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 21 de agosto de 2016 
  169. Caldwell, James (11 de setembro de 2016). «9/11 WWE Backlash Results – CALDWELL'S Ongoing PPV Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 11 de setembro de 2016 
  170. Parks, Greg (13 de setembro de 2016). «9/13 WWE Smackdown LIVE – Parks's Ongoing, Real-Time Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 13 de setembro de 2016 
  171. Parks, Greg (27 de setembro de 2016). «9/27 WWE Smackdown LIVE – Parks's Complete, Real-Time Report» (em inglês). PW Torch. Consultado em 28 de setembro de 2016 
  172. Powell, Jason (9 de outubro de 2016). «Powell's WWE No Mercy 2016 live review: AJ Styles vs. John Cena vs. Dean Ambrose for the WWE Championship opens the show, The Miz vs. Dolph Ziggler for the IC Title or Ziggler's career» (em inglês). Pro Wrestling.Net. Consultado em 9 de outubro de 2016 
  173. Martin, Adam (1 de novembro de 2016). «WWE Smackdown Results – 11/1/16 (Live from Newark, Daniel Bryan to announce teams for Survivor Series)». WrestleView. Consultado em 2 de novembro de 2016 
  174. Martin, Adam. «AJ Styles vs. Dean Ambrose for the WWE World Championship to headline TLC PPV on December 4 in Dallas». WrestleView. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  175. Powell, Jason (20 de novembro de 2016). «Powell's WWE Survivor Series 2016 live review: Goldberg vs. Brock Lesnar, three Team Raw vs. Team Smackdown elimination matches, IC and WWE Cruiserweight Title matches» (em inglês). Pro Wrestling.Net. Consultado em 20 de novembro de 2016 
  176. Keller, Wade (4 de dezembro de 2016). «KELLER'S WWE TLC PPV REPORT 12/4: Ongoing results including Styles vs. Ambrose, Orton & Wyatt vs. Slater & Rhyno, Lynch vs. Bliss, Miz vs. Ziggler» (em inglês). PW Torch. Consultado em 4 de dezembro de 2016 
  177. «WWE Talking Smack Recap (12/6): Guests The Wyatt Family, Carmella, Heath Slater And Rhyno - WrestlingInc.com» 
  178. Parks, Greg (13 de dezembro de 2014). «12/13 WWE Smackdown LIVE – Parks's Ongoing, Real-Time Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 14 de dezembro de 2016 
  179. Parks, Greg (20 de dezembro de 2016). «12/20 WWE Smackdown LIVE – Parks's Complete, Real-Time Report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 20 de dezembro de 2016 
  180. «12/27 WWE Smackdown LIVE – Parks's Complete, Real-Time Report, including three title matches, John Cena's return». Pro Wrestling Torch. Consultado em 28 de dezembro de 2016 
  181. Parks, Greg. «1/3 WWE Smackdown LIVE – Parks's Ongoing, Real-Time Report, including Miz vs. Ambrose for the I.C. Title». Pro Wrestling Torch. Consultado em 3 de janeiro de 2017 
  182. Parks, Greg. «1/10 WWE Smackdown LIVE – Parks's Ongoing, Real-Time Report, including Cena vs. Corbin, Wyatts vs. American Alpha for Tag Titles». TDH Communications Inc. Consultado em 10 de janeiro de 2017 
  183. Powell, Jason. «1/29 Powell's WWE Royal Rumble 2017 live review: AJ Styles vs. John Cena for the WWE Championship, Kevin Owens vs. Roman Reigns in a No DQ match for the WWE Universal Championship with Chris Jericho in a shark cage». Pro Wreslting Dot Net. Consultado em 29 de janeiro de 2017 
  184. «Full 2017 Royal Rumble Match statistics: entrants, eliminations, times and more». WWE.com. 30 de janeiro de 2017. Consultado em 30 de janeiro de 2017 
  185. Powell, Jason. «2/12 Powell's WWE Elimination Chamber 2017 live review: John Cena vs. AJ Styles vs. Dean Ambrose vs. The Miz vs. Baron Corbin vs. Bray Wyatt in an Elimination Chamber match for the WWE Championship». Pro Wreslting Dot Net. Consultado em 12 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 13 de fevereiro de 2017 
  186. Powell, Jason (2 de abril de 2017). «Powell's WrestleMania 33 Kickoff Show live review: Neville vs. Austin Aries for the WWE Cruiserweight Championship, Andre the Giant Memorial Battle Royal». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 3 de abril de 2017. Cópia arquivada em 2 de abril de 2017 
  187. Keller, Wade (4 de abril de 2017). «KELLER'S WWE SMACKDOWN REPORT 4/4: WrestleMania 33 fallout including celebration interview with Orton, rematches, Miz & Maryse, and some NXT call-ups!». Pro Wrestling Torch. Consultado em 4 de abril de 2017. Cópia arquivada em 6 de abril de 2017 
  188. Keller, Wade (10 de abril de 2017). «Keller's WWE Monday Night Raw 4/10: Superstar Shakeup begins with two Smackdown wrestlers coming to the ring, full report». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 de abril de 2017. Cópia arquivada em 11 de abril de 2017 
  189. Keller, Wade (1 de maio de 2017). «Keller's WWE Raw Report 5/1: Coverage of live post-Payback event including latest with Alexa, Braun, Reigns». Pro Wrestling Torch. Consultado em 2 de maio de 2017. Cópia arquivada em 5 de maio de 2017 
  190. Keller, Wade. «Keller's WWE Raw Report 5/15: Ongoing coverage including Miz vs. Dean Ambrose, latest on Strowman-Reigns, Sheamus & Cesaro». Pro Wrestling Torch. Consultado em 15 de maio de 2017. Cópia arquivada em 19 de maio de 2017 
  191. Powell, Jason (4 de junho de 2017). «6/4 Powell's WWE Extreme Rules Live Review: Finn Balor vs. Samoa Joe vs. Bray Wyatt vs. Roman Reigns vs. Seth Rollins in a five-way to become No. 1 contender to the WWE Universal Championship, The Hardys vs. Sheamus and Cesaro in a cage match for the Raw Tag Titles». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 4 de junho de 2017. Cópia arquivada em 5 de junho de 2017 
  192. Benigno, Anthony. «Intercontinental Champion The Miz def. Dean Ambrose». WWE. Consultado em 9 de junho de 2017. Cópia arquivada em 13 de julho de 2017 
  193. Keller, Wade. «KELLER'S WWE RAW REPORT 7/10: Fallout from Great Balls of Fire including Strowman-Reigns, Cass gloats, more». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 de julho de 2017. Cópia arquivada em 14 de julho de 2017 
  194. Keller, Wade (17 de julho de 2017). «KELLER'S WWE RAW REPORT 7/17: Reigns vs. Joe to earn Universal Title shot at Summerslam, Angle mystery revealed». Pro Wrestling Torch. Consultado em 17 de julho de 2017. Cópia arquivada em 21 de julho de 2017 
  195. «WWE Raw results, recap: Main event set for SummerSlam, mini Shield reunion». CBS Sports. Consultado em 27 de julho de 2017. Cópia arquivada em 28 de julho de 2017 
  196. «WWE RAW Results – 7/31/17 (Reigns vs. Strowman vs. Joe)». WrestleView. 31 de julho de 2017. Consultado em 8 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 4 de agosto de 2017 
  197. «WWE Raw Live Results: SummerSlam Go-Home Show». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 15 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 15 de agosto de 2017 
  198. «The new Grand Slam winners: The eight Superstars who have won every active championship». WWE. 27 de agosto de 2017. Consultado em 9 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 2 de novembro de 2017 
  199. Benigno, Anthony (20 de agosto de 2017). «Dean Ambrose & Seth Rollins def. Cesaro & Sheamus to become the new Raw Tag Team Champions». WWE. Consultado em 21 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2017 
  200. Powell, Jason (20 de agosto de 2017). «Powell's WWE SummerSlam 2017 live review: Brock Lesnar vs. Braun Strowman vs. Samoa Joe vs. Roman Reigns for the WWE Universal Championship, Jinder Mahal vs. Shinsuke Nakamura for the WWE Championship, Sheamus and Cesaro vs. Dean Ambrose and Seth Rollins for the Raw Tag Titles». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 20 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 21 de agosto de 2017 
  201. Benigno, Anthony. «Raw Tag Team Champions Dean Ambrose & Seth Rollins def. Cesaro & Sheamus». WWE. Consultado em 24 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 25 de setembro de 2017 
  202. Keller, Wade. «Keller's WWE Raw Report 10/9: Shield reunion continues, Miz TV with Sheamus & Cesaro, TLC build up continues». Pro Wrestling Torch. Consultado em 9 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 10 de outubro de 2017 
  203. Burdick, Michael. «Kurt Angle & Raw Tag Team Champions Dean Ambrose & Seth Rollins vs. Intercontinental Champion The Miz, Cesaro, Sheamus, Braun Strowman & Kane (5-on-3 Handicap Tables, Ladders and Chairs Match)». WWE. Consultado em 9 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2017 
  204. «Breaking News: Kurt Angle will return to action and replace Roman Reigns at WWE TLC; AJ Styles to battle "The Demon" Finn Bálor». WWE. 20 de outubro de 2017. Consultado em 20 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 21 de outubro de 2017 
  205. Benigno, Anthony. «Kurt Angle & Raw Tag Team Champions Dean Ambrose & Seth Rollins def. Intercontinental Champion The Miz, Cesaro, Sheamus, Braun Strowman & Kane (3-on-5 Handicap Tables, Ladders and Chairs Match)». WWE. Consultado em 22 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 4 de novembro de 2017 
  206. Taylor, Scott. «Raw Tag Team Champions Dean Ambrose and Seth Rollins vs. SmackDown Tag Team Champions The Usos». WWE. Consultado em 23 de outubro de 2017. Cópia arquivada em 24 de outubro de 2017 
  207. Powell, Jason. «11/6 Powell's WWE Raw Live TV Review: Seth Rollins and Dean Ambrose vs. Sheamus and Cesaro for the Raw Tag Titles, Kurt Angle on Miz TV, Elias vs. Jason Jordan». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 6 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2017 
  208. «Raw Tag Team Championships». Consultado em 25 de agosto de 2017. Cópia arquivada em 28 de agosto de 2017 
  209. Burdick, Michael. «The Shield vs. The New Day». WWE. Consultado em 13 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 15 de novembro de 2017 
  210. Wortman, James. «The Shield def. The New Day». WWE. Consultado em 19 de novembro de 2017. Cópia arquivada em 22 de novembro de 2017 
  211. «Dean Ambrose suffers arm injury on Raw». WWE. 18 de dezembro de 2017. Consultado em 22 de março de 2018. Cópia arquivada em 21 de março de 2018 
  212. Wortman, James (20 de dezembro de 2017). «Dean Ambrose injury will keep him out approximately nine months». WWE. Consultado em 22 de março de 2018. Cópia arquivada em 22 de março de 2018 
  213. «WWE star Dean Ambrose reveals he 'nearly died' due to staph infection» (em inglês). Sky Sports. 19 de setembro de 2018. Consultado em 11 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 12 de janeiro de 2019 
  214. Docking, Neil (15 de setembro de 2018). «WWE star Dean Ambrose says he "nearly died" from a Staph infection». Daily Mirror. Consultado em 11 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 11 de janeiro de 2019 
  215. Keller, Wade (13 de agosto de 2018). «8/13 WWE RAW RESULTS: Keller's report on final Summerslam hype, Heyman-Lesnar follow-up, Rousey-Bliss hype, Ziggler-Seth contract signing». Pro Wrestling Torch. Consultado em 12 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 15 de agosto de 2018 
  216. Keller, Wade (19 de agosto de 2018). «WWE Summerslam Results 8/19: Keller's report on Lesnar vs. Reigns, Bliss vs. Rousey, Styles vs. Joe, Ziggler vs. Rollins, Carmella vs. Charlotte vs. Becky, Braun vs. Owens». Pro Wrestling Torch. Consultado em 6 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2018 
  217. Keller, Wade (20 de agosto de 2018). «8/20 WWE Raw Results: Keller's full run-down and analysis of post-Summerslam episode including Reigns stepping out in Brooklyn as new champion». Pro Wrestling Torch. Consultado em 21 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 21 de janeiro de 2019 
  218. Benigno, Anthony. «Raw Tag Team Champions Dolph Ziggler & Drew McIntrye def. Dean Ambrose & Seth Rollins». WWE. Consultado em 24 de setembro de 2018. Cópia arquivada em 17 de setembro de 2018 
  219. «WWE Super Show-Down 2018 results». WWE. 6 de outubro de 2018. Consultado em 6 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 6 de outubro de 2018 
  220. Keller, Wade (8 de outubro de 2018). «10/8 WWE Raw Results: Keller's report on Super Show-down fallout as they head to Evolution and Crown Jewel in Saudi Arabia». Pro Wrestling Torch. Consultado em 13 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 13 de outubro de 2018 
  221. Powell, Jason (22 de outubro de 2018). «10/22 Powell's WWE Raw Live TV Review: Roman Reigns announces he has leukemia, forfeits the WWE Universal Championship, Drew McIntyre and Dolph Ziggler vs. Seth Rollins and Dean Ambrose for the Raw Tag Titles, Ronda Rousey and Nikki Bella contract signing for WWE Evolution, Triple H and Shawn Michaels appear». Pro Wreslting Dot Net. Consultado em 22 de outubro de 2018. Cópia arquivada em 23 de outubro de 2018 
  222. Powell, Jason. «11/05 Powell's WWE Raw Live TV Review: Survivor Series developments, Raw Tag Title match, Riott Squad vs. Sasha Banks, Bayley, and Natalya, Dolph Ziggler vs. Elias, Nia Jax vs. Ember Moon, Bobby Lashley vs. Finn Balor». Pro Wreslting Dot Ne. Consultado em 5 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2018 
  223. a b Powell, Jason (12 de novembro de 2018). «11/12 Powell's WWE Raw Live TV Review: Brock Lesnar and Stephanie McMahon appear, Alexa Bliss names the women's Team Raw, last two men announced for men's Team Raw, final hype for WWE Survivor Series». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 13 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 14 de novembro de 2018 
  224. a b Keller, Wade (26 de novembro de 2018). «11/26 WWE Raw Results: Keller's report on Lashley vs. Elias, Seth Rollins' IC Title open challenge, latest on TLC PPV hype». Pro Wrestling Torch. Consultado em 26 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2018 
  225. «WWE Raw Live Results: Vince McMahon Returns». Wrestling Observer Newsletter. 18 de dezembro de 2018. Consultado em 26 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 18 de dezembro de 2018 
  226. Beningo, Anthony (16 de dezembro de 2018). «Dean Ambrose def. Seth Rollins to become the new Intercontinental Champion». WWE. Consultado em 16 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 17 de dezembro de 2018 
  227. Benigno, Anthony (17 de dezembro de 2018). «Intercontinental Champion Dean Ambrose def. Tyler Breeze (Open Challenge)». WWE. Consultado em 8 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2019 
  228. Benigno, Anthony (31 de dezembro de 2018). «Intercontinental Champion Dean Ambrose def. Apollo Crews». WWE. Consultado em 8 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2019 
  229. Benigno, Anthony (7 de janeiro de 2019). «Intercontinental Champion Dean Ambrose def. Seth Rollins (Falls Count Anywhere Match)». WWE. Consultado em 8 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2019 
  230. Powell, Jason (14 de janeiro de 2019). «1/14 Powell's WWE Raw TV Review: Dean Ambrose vs. Bobby Lashley vs. Seth Rollins in a Triple Threat for the Intercontinental Championship, Ronda Rousey and Sasha Banks vs. Nia Jax and Tamina, the Royal Rumble build continues». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 15 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 15 de janeiro de 2019 
  231. Powell, Jason (27 de janeiro de 2019). «WWE Royal Rumble 2019 Kickoff Show live review: Rusev vs. Shinsuke Nakamura for the U.S. Championship, Buddy Murphy vs. Hideo Itami vs. Kalisto vs. Akira Tozawa for the WWE Cruiserweight Championship». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 27 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 28 de janeiro de 2019 
  232. Keller, Wade (28 de janeiro de 2019). «1/28 WWE Raw Results: Keller's report on post-Royal Rumble episode including Seth Rollins Rumble victory». Pro Wrestling Torch. Consultado em 10 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 2 de fevereiro de 2019 
  233. Satin, Ryan (30 de janeiro de 2019). «Dean Ambrose Reportedly Finishing Up With WWE After WrestleMania». Consultado em 30 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 30 de janeiro de 2019 
  234. «WWE news, rumors: Dean Ambrose will leave the company after WrestleMania 35». CBSSports.com. Consultado em 30 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 30 de janeiro de 2019 
  235. «WWE confirms PWTorch report that Dean Ambrose may be leaving WWE in April when his contract expires, AEW speculation». 29 de janeiro de 2019. Consultado em 30 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 30 de janeiro de 2019 
  236. «Dean Ambrose leaving WWE shortly after WrestleMania when his contract expires in April». 29 de janeiro de 2019. Consultado em 30 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 29 de janeiro de 2019 
  237. Keller, Wade (11 de fevereiro de 2019). «2/11 WWE Raw Results: Keller's report on Becky Lynch invited back, Seth Rollins responds to Brock Lesnar, Angle's next step, Riot wants Ronda». Pro Wrestling Torch. Consultado em 12 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 12 de fevereiro de 2019 
  238. «WWE RAW REPORT: GOOD NEWS FROM ROMAN REIGNS, ARE BIRTHDAY CELEBRATIONS THE NEW CONTRACT SIGNINGS?, A REUNION?, AND MORE». PWInsider. Consultado em 25 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 26 de fevereiro de 2019 
  239. Keller, Wade (4 de março de 2019). «3/4 WWE Raw Results: Keller's report on Batista follow-up, Rousey's championship status, Shield reunion, Che & Jost from SNL Weekend Update guest host». Pro Wrestling Torch. Consultado em 5 de março de 2019. Cópia arquivada em 6 de março de 2019 
  240. Benigno, Anthony. «The Shield def. Drew McIntyre, Bobby Lashley & Baron Corbin». WWE. Consultado em 10 de março de 2019. Cópia arquivada em 27 de março de 2019 
  241. Powell, Jason (11 de março de 2019). «3/11 Powell's WWE Raw TV Review: The Shield's farewell, Batista and Triple H, Finn Balor vs. Bobby Lashley for the Intercontinental Championship, all roads lead to WrestleMania coming out of WWE Fastlane». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 12 de março de 2019. Cópia arquivada em 27 de março de 2019 
  242. Powell, Jason (25 de março de 2019). «3/25 Powell's WWE Raw TV Review: Ronda Rousey, Becky Lynch, and Charlotte Flair face Riott Squad in Beat The Clock Challenge matches, Kurt Angle vs. Samoa Joe, the penultimate edition before WrestleMania 35». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 26 de março de 2019 
  243. Powell, Jason (8 de abril de 2019). «4/8 Powell's WWE Raw TV Review: The night after WrestleMania 35 edition featuring new Raw and Smackdown Women's Champion Becky Lynch, new WWE Universal Champion Seth Rollins, new Intercontinental Champion Finn Balor, and new Raw Tag Champions Zack Ryder and Curt Hawkins». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 9 de abril de 2019. Cópia arquivada em 9 de abril de 2019 
  244. Edwards, Andru (8 de abril de 2019). «DEAN AMBROSE SAYS GOODBYE AFTER RAW». PWInsider. Consultado em 9 de abril de 2019 
  245. Lambert, Jeremy (15 de abril de 2019). «Post-Raw Fight Size Update: Ambrose After Raw, WWE Spoils Usos Switch, Lars Lays Out Rey, More». Fightful. Consultado em 25 de abril de 2019. Cópia arquivada em 16 de abril de 2019 
  246. Powell, Jason. «WWE "The Shield's Final Chapter" results: Powell's live review of Roman Reigns, Seth Rollins, and Dean Ambrose vs. Drew McIntyre, Bobby Lashley, and Baron Corbin, Finn Balor defends the Intercontinental Championship». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 21 de abril de 2019. Cópia arquivada em 22 de abril de 2019  Texto "ultimo" ignorado (ajuda)
  247. a b c Rush, Jeff (30 de maio de 2019). «Podcast Recap: Talk Is Jericho with Jon Moxley – a detailed account of the final year of Dean Ambrose in WWE, how and why his departure took place, his future in AEW». pwpodcasts.com. Consultado em 5 de junho de 2019 
  248. Sapp, Sean Ross (3 de junho de 2019). «Exclusive: Backstage WWE News On Reactions To Jon Moxley Talk Is Jericho Interview». Fightful. Consultado em 10 de junho de 2019 
  249. «Jon Moxley on Twitter». 1 de maio de 2019. Consultado em 1 de maio de 2019. Cópia arquivada em 1 de maio de 2019 
  250. Powell, Jason (25 de maio de 2019). «AEW Double Or Nothing results: Powell's live review of Kenny Omega vs. Chris Jericho, The Young Bucks vs. Pentagon Jr. and Fenix for the AAA Tag Titles, Cody vs. Dustin Rhodes, Britt Baker vs. Nyla Rose vs. Kylie Rae». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 25 de maio de 2019 
  251. «AEW Signs Superstar Jon Moxley to Multi-Year Deal». All Elite Wrestling. 26 de maio de 2019. Consultado em 27 de maio de 2019 
  252. a b Powell, Jason (29 de junho de 2019). «6/29 AEW Fyter Fest results: Powell's live review of Kenny Omega and The Young Bucks vs. Pentagon Jr., Fenix, and Laredo Kid, Jon Moxley vs. Joey Janela in an unsanctioned match, Cody vs. Darby Allin, Cima vs. Christopher Daniels». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 29 de junho de 2019 
  253. Currier, Joseph (13 de junho de 2019). «Jon Moxley vs. Kenny Omega set for AEW All Out». F4WOnline.com. Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 13 de junho de 2019 
  254. Johnson, Mike (23 de agosto de 2019). «Moxley Off AEW All Out PPV». PWInsider. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  255. Johnson, Mike (23 de agosto de 2019). «The Former Neville, Pac Vs. Kenny Omega Set For AEW All Out». PWInsider. Consultado em 23 de agosto de 2019 
  256. Tedesco, Mike (4 de setembro de 2019). «Jon Moxley vs. Kenny Omega made official for AEW Full Gear on November 9 from Baltimore». WrestleView. Consultado em 5 de setembro de 2019 
  257. «AEW Dynamite results, recap, grades: Jon Moxley returns, Jack Hager debuts in first TNT episode». CBS Sports. 2 de outubro de 2019. Consultado em 3 de outubro de 2019 
  258. Renner, Ethan (30 de outubro de 2019). «AEW DYNAMITE LIVE RESULTS: TAG TEAM TITLE TOURNAMENT FINALS». f4wonline.com. Wrestling Observer. Consultado em 30 de outubro de 2019 
  259. Powell, Jason (9 de novembro de 2019). «AEW Full Gear results: Powell's live review of Chris Jericho vs. Cody for the AEW Championship, Kenny Omega vs. Jon Moxley, Hangman Page vs. Pac, Riho vs. Emi Sakura for the AEW Women's Championship, The Young Bucks vs. Santana and Ortiz». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 9 de novembro de 2019 
  260. «AEW DYNAMITE Results December 11, 2019». www.allelitewrestling.com. 11 de dezembro de 2019. Consultado em 23 de dezembro de 2019 
  261. «AEW DYNAMITE Results December 18, 2019». www.allelitewrestling.com. 18 de dezembro de 2019. Consultado em 23 de dezembro de 2019 
  262. «AEW DYNAMITE Results January 8, 2020». allelitewrestling.com. 8 de janeiro de 2020. Consultado em 11 de janeiro de 2020 
  263. Rose, Bryan (21 de janeiro de 2020). «Spoiler notes and results from Jericho cruise AEW Dynamite taping». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 22 de janeiro de 2020 
  264. Powell, Jason (29 de fevereiro de 2020). «AEW Revolution results: Powell's live review of Chris Jericho vs. Jon Moxley for the AEW Championship, Kenny Omega and Hangman Page vs. The Young Bucks for the AEW Tag Titles, Cody vs. MJF, Nyla Rose vs. Kris Statlander for the AEW Women's Championship, Pac vs. Orange Cassidy». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 29 de fevereiro de 2020 
  265. Rose, Bryan (1 de abril de 2020). «No holds barred AEW title match announced for April 15th Dynamite». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 2 de abril de 2020 
  266. Powell, Jason (15 de abril de 2020). «4/15 AEW Dynamite TV results: Barnett's live review of Jon Moxley vs. Jake Hager in a No Holds Barred empty arena match for the AEW Title, Colt Cabana vs. Lance Archer in a TNT Title tournament quarterfinal match, Chuck Taylor vs. Kip Sabian, Sammy Guevara vs. Sugar D». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 16 de abril de 2020 
  267. Powell, Jason (23 de maio de 2020). «AEW Double Or Nothing results: Powell's live review of Cody vs. Lance Archer to become the first TNT Champion (Mike Tyson presents the belt), Jon Moxley vs. Brodie Lee for the AEW Championship, The Elite vs. The Inner Circle in a Stadium Stampede match». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 23 de maio de 2020 
  268. Renner, Ethan (15 de julho de 2020). «AEW FIGHT FOR THE FALLEN LIVE RESULTS: JON MOXLEY VS. BRIAN CAGE». F4WOnline. Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 31 de julho de 2020 
  269. Keller, Wade (5 de agosto de 2020). «8/5 AEW DYNAMITE TV RESULTS: Keller's report on Moxley vs. Darby, MJF campaign continues, Jericho-Cassidy debate, 12-man tag match, Cody & Cardona team». Pro Wrestling Torch. TDH Communications Inc. Consultado em 9 de agosto de 2020 
  270. AEW Staff (29 de julho de 2020). «AEW DYNAMITE Results for July 29, 2020». All Elite Wrestling. Consultado em 29 de julho de 2020 
  271. Powell, Jason (5 de setembro de 2020). «AEW All Out results: Powell's live review of Jon Moxley vs. MJF for the AEW Championship, Kenny Omega and Hangman Page vs. FTR for the AEW Tag Titles, Hikaru Shida vs. Thunder Rosa for the AEW Women's Title, Chris Jericho vs. Orange Cassidy in a Mimosa Mayhem match». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 5 de setembro de 2020 
  272. Barnett, Jake (23 de setembro de 2020). «9/23 AEW Dynamite results: Barnett's live review of Jon Moxley vs. Eddie Kingston for the AEW Championship, Brodie Lee vs. Orange Cassidy for the TNT Championship, Hikaru Shida and Thunder Rosa vs. Ivelisse and Diamante, Miro and Kip Sabian vs. Sonny Kiss and Joey Janela». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 24 de setembro de 2020 
  273. Barnett, Jake (14 de outubro de 2020). «10/14 AEW Dynamite results: Barnett's live review of the first anniversary show featuring Jon Moxley vs. Lance Archer for the AEW Championship, Cody vs. Orange Cassidy for the TNT Title, Hikaru Shida vs. Big Swole for the AEW Women's Title, FTR vs. Best Friends for the AEW Tag Titles». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 22 de outubro de 2020 
  274. Powell, Jason (7 de novembro de 2020). «AEW Full Gear results: Powell's live review of Jon Moxley vs. Eddie Kingston in an I Quit match for the AEW Championship, FTR vs. The Young Bucks for the AEW Tag Titles, Cody vs. Darby Allin for the TNT Title, Hikaru Shida vs. Nyla Rose for the AEW Women's Title, Kenny Omega vs. Hangman Page in the eliminator tournament finals». Pro Wrestling Dot Net. Consultado em 7 de novembro de 2020 
  275. Barnett, Jake (2 de dezembro de 2020). «12/02 AEW Dynamite results: Barnett's live review of Jon Moxley vs. Kenny Omega for the AEW World Championship, Dynamite Diamond Battle Royal, Chris Jericho vs. Frankie Kazarian, Darby Allin and Cody Rhodes vs. Powerhouse Hobbs and Ricky Starks, Britt Baker vs. Leyla Hirsch». Prowrestling.net. Consultado em 2 de dezembro de 2020 
  276. «Jon Moxley to challenge Juice Robinson for the IWGP US Heavyweight Championship!». New Japan Pro-Wrestling. 28 de maio de 2019. Consultado em 29 de maio de 2019 
  277. «Jon Moxley to make first NJPW appearance on June 5». New Japan Pro-Wrestling. 27 de maio de 2019. Consultado em 27 de maio de 2019 
  278. «2019.06.03 BEST OF THE SUPER Jr.26 FINAL Night15 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling (em English). Consultado em 5 de junho de 2019 
  279. Lambert, Jeremy (27 de maio de 2019). «Jon Moxley Revealed As NJPW Mystery Man Targeting Juice Robinson». Fightful.com. Consultado em 27 de maio de 2019 
  280. «モクスリー「真剣勝負の場」俺の原点/インタビュー». Nikkan Sports (em japonês). 8 de agosto de 2019. p. 2. Consultado em 8 de agosto de 2019 
  281. Currier, Joseph (9 de junho de 2019). «Jon Moxley, Shingo Takagi declare themselves for NJPW G1 Climax». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 9 de junho de 2019 
  282. «2019.07.13 G1 CLIMAX 29 Night 2 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  283. «2019.07.15 G1 CLIMAX 29 Night 4 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING data=». New Japan Pro-Wrestling (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2019 
  284. «2019.07.19 G1 CLIMAX 29 Night 6 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling (em English). Consultado em 22 de julho de 2019 
  285. «2019.07.24 G1 CLIMAX 29 Night 8 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling (em inglês). Consultado em 24 de julho de 2019 
  286. «2019.07.28 G1 CLIMAX 29 Night 10 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling (em inglês). Consultado em 28 de julho de 2019 
  287. «2019.08.01 G1 CLIMAX 29 Night 12 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling (em inglês). Consultado em 2 de agosto de 2019 
  288. Renner, Ethan (4 de agosto de 2019). «NJPW G1 Climax 29 Night 14 Results: Tetsuya Naito vs. Shingo Takagi». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 5 de agosto de 2019 
  289. «2019.08.08 G1 CLIMAX Night 16 | NEW JAPAN PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling. 8 de agosto de 2019. Consultado em 11 de agosto de 2019 
  290. Renner, Ethan (11 de agosto de 2019). «NJPW G1 Climax 29 Night 18 Results: Tetsuya Naito vs. Jay White». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 11 de agosto de 2019 
  291. Crosby, Jack (12 de agosto de 2019). «NJPW G1 Climax 29 results, winner: Kota Ibushi tops Jay White in epic 2019 finals match». CBSSports.com. CBS Interactive. Consultado em 15 de agosto de 2019 
  292. «Jon Moxley unable to compete at Sumo Hall, US Championship vacated». njpw1972.com. New Japan Pro-Wrestling. 14 de outubro de 2019. Consultado em 14 de outubro de 2019 
  293. Rose, Bryan (23 de setembro de 2019). «Full card announced for NJPW King of Pro Wrestling». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 2 de outubro de 2019 
  294. «Card changes made to King of Pro Wrestling». New Japan Pro-Wrestling. Consultado em 14 de outubro de 2019 
  295. «2019.10.14 KING OF PRO-WRESTLING». New Japan Pro-Wrestling. 14 de outubro de 2019. Consultado em 15 de outubro de 2019 
  296. Renner, Ethan (7 de dezembro de 2019). «NJPW World Tag League finals live results: Winners are crowned». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 9 de dezembro de 2019 
  297. «2020.01.04 WRESTLE KINGDOM in TOKYO DOME | Night 1». New Japan Pro-Wrestling. 4 de janeiro de 2020. Consultado em 4 de janeiro de 2020 
  298. «2020.01.05 WRESTLE KINGDOM in TOKYO DOME night 2». New Japan Pro-Wrestling. 5 de janeiro de 2020. Consultado em 5 de janeiro de 2020 
  299. «2020.02.09 THE NEW BEGINNING in OSAKA». New Japan Pro-Wrestling. Consultado em 8 de fevereiro de 2020 
  300. «Jon Moxley Profile». New Japan Pro-Wrestling. Consultado em 20 de julho de 2019 
  301. Toro, Carlos (1 de agosto de 2020). «CM Punk On Who Is WWE's Mr. SummerSlam, Jon Moxley Breaking Record As IWGP US Champ | Fight-Size Update». Fightful. Consultado em 11 de agosto de 2020 
  302. Lambert, Jeremy (16 de junho de 2019). «Jon Moxley Battles Big Cass And Enzo At NEW Six Flags Slam Fest». Fightful 
  303. Lambert, Jeremy (16 de agosto de 2019). «NEW Prison Break Results (8/16): Moxley vs. Pentagon Jr, Matt Taven Surprise, Enzo & Cass, More». Fightful. Consultado em 16 de agosto de 2019 
  304. Satin, Ryan (6 de julho de 2019). «Jon Moxley Makes Surprise Indie Appearance To Answer Killer Kross' Challenge». Pro Wrestling Sheet. Consultado em 6 de julho de 2019 
  305. Lambert, Jeremy (20 de fevereiro de 2020). «Jon Moxley vs. David Starr Announced For OTT ScrapperMania 6». Fightful 
  306. Currier, Joseph (13 de janeiro de 2020). «Jon Moxley to face Josh Barnett at Bloodsport». Wrestling Observer Newsletter. Consultado em 16 de janeiro de 2020 
  307. «OTT cancels ScrapperMania 6 events amid coronavirus outbreak». Wrestling Observer Newsletter. 12 de março de 2020 
  308. «WrestleCon settles financial issues with Marriott Tampa Westshore». Wrestling Observer Newsletter. 17 de março de 2020 
  309. Tees, David (11 de outubro de 2020). «Josh Barnett's Bloodsport '20 Results | Fightful Wrestling». www.fightful.com (em inglês). Consultado em 12 de outubro de 2020 
  310. Radican, Sean (6 de dezembro de 2012). «RADICAN'S TAKE: Who is Dean Ambrose and how far can he go in WWE?». PWTorch 
  311. Johnson, Mike (18 de maio de 2013). «WHY TALENTS GET BURNT OUT, EXTREME RULES, AMBROSE THE JOKER AND MORE». PWInsider 
  312. Dilbert, Ryan (29 de setembro de 2014). «Comparing Dean Ambrose to WWE's Past Anti-Heroes». Bleacher Report 
  313. «Dean Ambrose to star in WWE Studios' and Lionsgate's 'Lockdown'». WWE. 15 de agosto de 2014. Consultado em 14 de setembro de 2014 
  314. a b Graser, Marc (14 de agosto de 2014). «WWE's Dean Ambrose to Star in Action Movie 'Lockdown' (Exclusive)». Variety. Consultado em 14 de setembro de 2014 
  315. http://www.imdb.com/title/tt3957956/
  316. http://www.wrestlinginc.com/wi/news/2016/0105/606394/dean-ambrose-talks-comparisons-to-wwe-legends-and-more-on-espn/
  317. «WWE's Renee Young Confirms She IS Dating Dean Ambrose!». MTV. Consultado em 5 de março de 2015 
  318. «WWE's Dean Ambrose comments on dating Renee Young». ProWrestling.net. 2 de setembro de 2015. Consultado em 23 de setembro de 2015 
  319. a b c Howell, Nolan (9 de abril de 2014). «Main Event: Wyatts and Shield complete a trilogy». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de abril de 2014. Ambrose with the Dirty Deeds headlock driver. Winners by pinfall: The Shield 
  320. Parks, Greg (28 de março de 2014). «Parks's WWE SmackDown report 3/28: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including Bray Wyatt vs. Big Show». Pro Wrestling Torch. Consultado em 25 de outubro de 2014 
  321. Bishop, Matt (19 de maio de 2013). «Lesnar finishes off Triple H at Extreme Rules». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de maio de 2013 
  322. Tylwalk, Nick (7 de maio de 2013). «Raw: Lesnar and Heyman pay Triple H an office visit». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 26 de maio de 2013 
  323. Trionfo, Richard. «WWE Main Event Report: The Shield; The Wyatt Family; The Usos; Divas; and a drive by Fandango-ing». PWInsider. Consultado em 22 de agosto de 2013 
  324. Binks, Elliott (11 de dezembro de 2014). «10 Greatest DDT Variations In WWE History». What Culture. Consultado em 16 de dezembro de 2014 
  325. «WEdnesday's Ask PWTorch Staff for 11/26: Which WWE wrestler would you repackage? Why did Ambrose's Dirty Deeds move change? Is Sami Zayn overplaying underdog fighting from behind schtick? Are ads on WWE Network a mistake?». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de novembro de 2014 
  326. Meltzer, Dave (27 de outubro de 2014). «Oct, 27, 2014 Wrestling Observer Newsletter: Latest D-Day for WWE Network, Velasquez down, life and times of Ox Baker, more!». Campbell, California. Wrestling Observer Newsletter: 48. ISSN 1083-9593. Ambrose has been using the double arm DDT instead of the headlock DDT for his go-to move of late. The idea, at least right now, is to make the double arm DDT his finisher since nobody is doing it. Right now the idea is that it would still be called Dirty Deeds. 
  327. Trionfo, Richard. «Florida Championship Wrestling Television report: Dean Ambrose continues to call out Seth Rollins; six man tag main event». PWInsider. Consultado em 11 de abril de 2012 
  328. a b Trionfo, Richard. «Florida Championship Wrestling television report: commentary is a dream; Falls Count Anywhere match; fun six man tag match». PWInsider. Consultado em 11 de abril de 2012 
  329. a b c d «Full Impact Pro Southern Stampede 200 report: new world champion crowned». Consultado em 12 de maio de 2013 
  330. a b c d e f g h i j «Jon Moxley's DGUSA profile». Dragon Gate USA. Consultado em 16 de março de 2012. Arquivado do original em 16 de março de 2012 
  331. a b c d e f «Jon Moxley». Heartland Wrestling Association. Consultado em 14 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 22 de fevereiro de 2012 
  332. a b c d e «2010 Jeff Peterson Cup Night Two report». Consultado em 12 de maio de 2013 
  333. Middleton, Marc (23 de agosto de 2015). «WWE SummerSlam: Roman Reigns And Dean Ambrose Vs. Luke Harper And Bray Wyatt». WrestlingInc. 
  334. James Caldwell (4 de maio de 2015). "CALDWELL'S WWE RAW RESULTS 5/4: Complete "virtual-time" coverage of live Raw - Payback hype, Cena's Open Challenge produces NXT star & Bret Hart, New Day, more ". Pro Wrestling Torch. Retrieved 4 de maio de 2015.
  335. Staff, EWN (13 de outubro de 2014). «WWE RAW Results (10/13) - John Cena/Dean Ambrose Feud, HIAC, & More!». EWrestlingNews 
  336. a b Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown Report 6/27: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including Roman Reigns vs. Kane». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de julho de 2014 
  337. Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown Report 5/9: Complete coverage of Friday night show, including U.S. Title match, John Cena & The Usos vs. The Wyatt Family». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de julho de 2014 
  338. Bishop, Matt. «Lesnar finishes off Triple H at Extreme Rules». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de abril de 2014 
  339. Chris, Aiken. «WWE Main Event TV report – Wednesday, 19 de fevereiro de 2014 20:17». Wrestling Observer/Figure Four Online. Consultado em 27 de abril de 2014 
  340. Stephens, David. «WWE Raw results – 10/21/13 (Hell in a Cell PPV hype)». WrestleView. Consultado em 27 de abril de 2014 
  341. Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown report 12/6: Ongoing "virtual time" coverage of Friday show, including C.M. Punk against a member of The Shield». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de abril de 2014 
  342. a b Middleton, Marc (22 de novembro de 2015). «WWE Survivor Series: Roman Reigns Vs. Dean Ambrose (WWE World Title Tournament Finals)». WrestlingInc. 
  343. a b Tedesco, Mike. «WWE SmackDown results – 9/20/13 (11-on-3 gauntlet)». WrestleView. Consultado em 27 de abril de 2014 
  344. Tedesco, Mike. «WWE SmackDown results – 5/10/13 (Jericho vs. Ryback)». Wrestleview. Consultado em 27 de abril de 2014 
  345. Tedesco, Mike. «WWE SmackDown results – 5/31/13 (Ambrose vs.Orton)». WrestleView. Consultado em 27 de abril de 2014 
  346. Tedesco, Mike. «WWE SmackDown results – 1/10/14 (New Age Outlaws)». WrestleView. Consultado em 27 de abril de 2014 
  347. Lopez, Josh (14 de janeiro de 2016). «WWE SmackDown Results (1/14) – New Champion Crowned, Royal Rumble Match Announced, More!». WrestleZone. Consultado em 14 de janeiro de 2016 
  348. Lopez, Josh (7 de janeiro de 2016). «WWE SmackDown Results (1/7) – John Cena Upstages Del Rio, Charlotte Retains, Who's The IC Champion?». WrestleZone. Consultado em 7 de janeiro de 2016 
  349. a b c Trionfo, Richard. «WWE Raw report: did the Yes Movement stop tonight?; Tag Title match; new Hall of Fame inductee; Shield/Wyatts part 2; alliances fall apart?». PWInsider. Consultado em 27 de abril de 2014 
  350. a b Trionfo, Richard. «WWE SmackDown report: is the Animal back?; did Kane pick the wrong people to tick off?; is this the week that AJ and Tamina are friends?». PWInsider. Consultado em 27 de abril de 2014 
  351. «WWE Smackdown TV reporrt – Friday, 21 de março de 2014 03:51». Wrestling Observer. Consultado em 27 de abril de 2014 
  352. Moore, John (1 de maio de 2015). «4/30 Moore's WWE Smackdown TV Review: Dean Ambrose vs. Seth Rollins, Roman Reigns vs. Kane, Kidd and Cesaro vs. New Day for the Tag Team straps, Damien Sandow vs. Curtis Axel, Ryback vs. Luke Harper, Naomi vs. Cameron». ProWrestling.net 
  353. Terani, Kian (31 de maio de 2013). «WWE SmackDown Results: Dean Ambrose Vs. Randy Orton, Daniel Bryan Goes Nuts On The Shield & More». Wrestlng Inc. 
  354. «WWE SmackDown report: Undertaker vs Ambrose». PWInsider. Consultado em 12 de maio de 2013 
  355. Bishop, Matt. «WWE hits home run with Payback». Slam! Sports. Canadian Online Explorer. Consultado em 27 de abril de 2014 
  356. Trionfo, Richard. «WWE NXT report: United States Title on the line; NXT Title on the line; dance supremacy in NXT on the line; Tyler Breeze is Tyler Breeze; and more». Consultado em 27 de abril de 2014 
  357. Trionfo, Richard. «WWE Main Event Report: The Shield; The Wyatt Family; The Usos; Divas; and a drive by Fandango-ing». PWInsider. Consultado em 27 de abril de 2014 
  358. Rice, Shawn (26 de abril de 2015). «WWE Extreme Rules 2015 Results: Dean Ambrose Defeats Luke Harper». Business 2 Community. Consultado em 9 de fevereiro de 2016. Arquivado do original em 4 de março de 2016 
  359. Parks, Greg. «Parks's WWE SmackDown Report 7/18: Complete coverage of Friday night show, including Chris Jericho vs. Luke Harper, Kane vs. Dean Ambrose». Pro Wrestling Torch. Consultado em 27 de julho de 2014 
  360. Tedesco, Mike. «WWE Raw Results – 6/16/14 (Stretcher match main event)». WrestleView. Consultado em 27 de julho de 2014 
  361. a b c «Jon Moxley's profile». Insanity Pro Wrestling. Consultado em 1 de abril de 2010. Arquivado do original em 4 de abril de 2010 
  362. Fleeman Martinez, Luke (28 de março de 2010). «3/27 DGUSA in Phoenix, Ariz.: Traditional WrestleMania Weekend six-man tag, Tommy Dreamer, Young Bucks, Jacobs & Jack Evans vs. London & Kendrick». Pro Wrestling Torch. Consultado em 4 de abril de 2011 
  363. «Where does Dean Ambrose rank among the longest-reigning United States Champions ever?». WWE. Consultado em 16 de abril de 2014 
  364. a b c d e f g «Jon Moxley's Jeff Peterson Cup 2009 profile». Online World of Wrestling. Consultado em 2 de abril de 2010 
  365. Good, Jonathan. «Dean Ambrose wants Brock Lesnar to take him to Suplex City: Raw, 1 de fevereiro de 2016». Monday Night Raw. Episódio 1184. I am the Iron Man of the WWE 
  366. Layfield, John. «Roman Reigns & Dean Ambrose vs. The New Day: Raw, 1 de fevereiro de 2016». Monday Night Raw. Episódio 1184. Self-professed Iron Man.  (following Michael Cole saying "Ambrose knocks down Big E, the Lunatic Fringe")
  367. «Roman Reigns & Dean Ambrose vs. Alberto Del Rio & Rusev: SmackDown, Feb. 4, 2016». SmackDown. Episódio 859  Byron Saxton: "What'd Dean Ambrose say, uh-" Mauro Ranallo: "Bulldog!" Byron: "said that he's the Iron Man of WWE .. he's indestructible." Mauro "well's he's uh Iron Man and he looks to be the high flying man with that drop kick."
  368. «Themes List». Chikara Fans.com. 24 de junho de 2008. Consultado em 23 de julho de 2015 
  369. «WWE: Special Op (The Shield) – Single». iTunes. Consultado em 14 de setembro de 2014 
  370. " «WWE: Retaliation (Dean Ambrose)- Single». iTunes. Consultado em 14 de setembro de 2014 
  371. «Insanity Pro Wrestling Heavyweight Champions». Insanity Pro Wrestling. Consultado em 10 de abril de 2010. Arquivado do original em 11 de fevereiro de 2009 
  372. «Feud of the Year». Pro Wrestling Illustrated. 36 (2): 22–23. 2015 
  373. «Most Popular Wrestler of the Year». Pro Wrestling Illustrated. 36 (2): 24–25. 2015 
  374. «Pro Wrestling Illustrated (PWI) 500 for 2015». The Internet Wrestling Database. Consultado em 5 de outubro de 2015 
  375. «WWE Wrestler of the Year (So Far)». Rolling Stone. Consultado em 1 de julho de 2015 
  376. «wXw World Tag Team Championship history». westside Xtreme wrestling. Consultado em 11 de setembro de 2010. Arquivado do original em 18 de julho de 2011 
  377. «Dean Ambrose's first United States Championship reign» 
  378. a b Martin, Adam (8 de dezembro de 2014). «Early 2014 WWE Slammy Award winners announced». WrestleView. Consultado em 9 de dezembro de 2014 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Jon Moxley

Precedido por
Chris Jericho
Campeão Mundial da AEW
29 de fevereiro de 2020 - 2 de dezembro de 2020
Sucedido por
Kenny Omega