Final da Liga dos Campeões da UEFA de 1992–93

A Final da Liga dos Campeões da UEFA de 1992-93 foi a 38ª edição da decisão da Liga dos Campeões da UEFA, que teve como adversários, após classificação na fase de grupos do torneio, Olympique de Marseille, da França e Milan, da Itália. A final foi jogada na Alemanha, no estádio Olympiastadion, em Munique, no dia 26 de Maio de 1993.

Liga dos Campeões da UEFA de 1992-93 Final
Evento Liga dos Campeões da UEFA de 1992-93
Data 26 de Maio de 1993
Local Olympiastadion, Alemanha Munique
Árbitro Suíça Kurt Röthlisberger

O Marseille sagrou-se campeão com um único gol, marcado por Basile Boli aos 44 minutos de jogo, após cobrança de escanteio de Abedi Pelé.

Esse foi o primeiro, e até então único, título europeu conquistado por um clube francês, inclusive sendo denominado pelos torcedores do Olympique de Marseille como "Jamais les Premiers" (nunca mais os primeiros, em francês).

Escândalo francêsEditar

Apesar de campeão, o Olympique de Marseille foi excluso da disputa da Supercopa Europeia e da edição seguinte da Liga dos Campeões da UEFA de 1993-94, acusado de corrupção ativa no campeonato local. O Milan, vice-campeão, disputou a Supercopa Europeia e a Copa Intercontinental.

DespedidaEditar

O jogo da decisão foi o último do holandês Marco van Basten com a camisa do clube italiano.

Detalhes da DecisãoEditar

26 de maio de 1993 Olympique de Marseille   1 - 0   Milan Olympiastadion, Munique

Basile Boli   44' Público: 64,400
Árbitro:   Kurt Röthlisberger
     
 
 
Marseille
     
 
 
Milan
MARSEILLE:
G 1   Fabien Barthez  
LD 2   Jocelyn Angloma   61'
Z 4   Basile Boli  
Z 6   Marcel Desailly
LE 3   Éric Di Meco  
V 7   Jean-Jacques Eydelie
V 11   Didier Deschamps  
M 5   Franck Sauzée
M 10   Abedi Pelé
A 8   Alen Bokšić
A 9   Rudi Völler   78'
Reservas:
G 16   Pascal Olmeta
LD 13   Bernard Casoni
V 14   Jean-Philippe Durand   61'
M 15   Jean-Marc Ferreri
A 12   Jean-Christophe Thomas   78'
Técnico:
  Raymond Goethals
MILAN:
G 1   Sebastiano Rossi
LD 2   Mauro Tassotti
Z 5   Alessandro Costacurta
Z 6   Franco Baresi  
LE 3   Paolo Maldini
V 4   Demetrio Albertini
V 8   Frank Rijkaard
M 7   Gianluigi Lentini  
M 10   Roberto Donadoni   55'
M 11   Daniele Massaro
A 9   Marco van Basten   86'
Reservas:
G 12   Carlo Cudicini
Z 13   Stefano Nava
V 15   Alberigo Evani
M 14   Stefano Eranio   86'
A 16   Jean-Pierre Papin   55'
Técnico:
  Fabio Capello

Ver tambémEditar

  Este artigo sobre futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.