Rangers Football Club

clube escocês de futebol

Rangers Football Club é um clube de futebol em Glasgow, na Escócia, que joga na Premier League escocesa, o primeiro nível da Scottish Premier League. O seu terreno de origem, Ibrox Stadium, está no sudoeste da cidade.

Rangers Football Club
Rangers FC logo.svg.png
Nome Rangers Football Club
Alcunhas The Gers (Os Gers)
The Teddy Bears (Os Ursos de Pelúcia)
The Light Blues (Os Azuis Claros)
Mascote Broxi Bear (Urso)
Principal rival Celtic
Fundação 01 de março de 1872 (149 anos)
Estádio Ibrox Stadium
Capacidade 50.817 pessoas
Localização Glasgow, Escócia
Presidente Douglas Park
Treinador Giovanni van Bronckhorst
Patrocinador 32Red
Material (d)esportivo Castore Sportswear
Competição Scottish Premiership
Copa da Escócia
Copa da Liga Escocesa
Liga Europa
Website rangers.co.uk
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

Os Rangers ganharam mais títulos e triplos de campeonato do que qualquer outro clube do mundo, ganhando o Campeonato Escocês 55 vezes, a Copa da Escócia 33 vezes, e a Copa da Liga Escocesa 27 vezes e alcançando o agudos dos três na mesma temporada sete vezes. Os Rangers foram o primeiro clube britânico a chegar ao torneio final da e venceu a UEFA Taça dos Clubes Vencedores de Taças em 1972 depois de ser vice-campeão duas vezes em 1961 e 1967. Um terceiro finalista na Europa chegou na Copa da UEFA em 2008 como Rangers levaram 200,000 adeptos para a final. Rangers tem uma longa rivalidade com o Celtic, os dois clubes de Glasgow sendo coletivamente conhecidos como Old Firm.

Fundada no dia 1 de Março de 1872, os Rangers foram um dos 11 membros originais da Associação Escocesa de Futebol e permaneceram na melhor divisão continuamente até a liquidação do The Rangers Football Club PLC no final da temporada 2011-12. Com uma nova identidade corporativa, o clube ganhou entrada no quarto escalão do futebol da liga escocesa no tempo para o início da temporada seguinte e foi promovido três vezes em quatro anos para retornar ao primeiro voo.

HistóriaEditar

Os quatro fundadores do Rangers, os irmãos Moses Mcneil e Peter McNeil, Peter Campbell e William McBeath encontraram-se em Março de 1872 e deram o nome depois de vê-lo numa revista de rugby.[1]

Em maio daquele ano a primeira partida foi jogada, um empate 0-0 contra o Callander F.C. no estádio público de Glasgow Green. A outra única partida daquele ano foi contra o Clyde (o Clyde não é o mesmo Clyde F.C. dos dias atuais) resultando numa vitória por 11-0 e também sendo a primeira vitória do clube.[2]

A fundação oficial do Rangers é reconhecida como tendo sido em 15 de julho de 1873, quando o clube se reuniu pela primeira vez e todo o 'staff' do grupo foi eleito. Os dados dessa temporada, como os registos dos jogos amigaveis e os registos da época em que entrou na Federação Escocesa de Futebol foram perdidos, significando que o clube não participou na primeira Taça da Escócia.[2]

Em 1876 o Rangers teve o seu primeiro convocado com Moses McNeil a representar a Escócia numa partida contra o País de Gales, e em 1877 o Rangers chegou à final da Taça da Escócia.

A primeira Old Firm de todas teve lugar em 1888, data da criação oficial do Celtic. O Rangers perdeu por 5-2 contra uma equipa - do Celtic - que tinha praticamente todos os jogadores emprestados pelo Hibernian F.C

A temporada de 1890-1891 viu a inauguração da Scottish Football League, e o Rangers é um dos dez membros originais. Nessa época o Rangers já estava a jogar no primeiro Ibrox Stadium. A primeira partida do Rangers na liga foi em 16 de agosto de 1890, a qual ganhou por 5-2 ao Heart of Midlothian F.C. Depois de terminar empatado na tabela no final da temporada com o Dumbarton F.C uma partida extra foi feita no Cathkin Park para decidir quem seria o campeão. A partida acabou em 2-2 sendo o título dividido pela única vez na história.[2]

A primeira final da Taça da Escócia vencida pelo Rangers foi em 1894 depois de vencer por 3-1 o Celtic na final. Na virada do século, o Rangers venceu duas ligas e três taças da Escócia.

Em 2012, o Glasgow Rangers que devia mais de 26 milhões declara falência. Rangers foram um dos membros originais da Liga Escocesa de Futebol e permaneceram na divisão de topo continuamente até o assentamento de The Rangers Clube de Futebol PLC no final da temporada 2011-12. Com uma nova identidade corporativa, o clube ganhou a admissão ao quarto nível da liga escocesa no tempo para o começo da estação seguinte, e foi promovido três vezes em quatro anos para retornar à primeira linha.

Em 07 de março de 2021 o Rangers sagrou-se Campeão Escocês pela 55ª vez, após uma década.[3]

RivalidadesEditar

A rivalidade mais distinta do clube é com o vizinho de Glasgow, o Celtic F.C.; as partidas entre os dois clubes são conhecidos coletivamente como Old Firm. O apoio tradicional dos Rangers vem em grande parte da comunidade sindicalista protestante, enquanto o apoio tradicional do Celtic vem em grande parte da comunidade católica. A primeira partida do Old Firm foi vencida pelo Celtic e já foram disputadas mais de quatrocentas partidas até o momento. A rivalidade do Old Firm alimentou muitos ataques, às vezes levando à morte, nos dias de derby do Old Firm; um grupo ativista que monitora a atividade sectária em Glasgow relatou que nos fins de semana da Old Firm, as admissões nas salas de emergência do hospital aumentaram acima dos níveis normais e o jornalista Franklin Foer observou que no período de 1996 a 2003, oito mortes em Glasgow foram diretamente relacionadas às partidas do Old Firm, bem como uma centenas de assaltos.

A amarga rivalidade com o Aberdeen se desenvolveu após um incidente na final da Copa da Liga de 1979, quando Derek Johnstone do Rangers provocou a fúria do apoio dos Dons com o que eles acreditavam ser uma simulação de falta, que resultou na expulsão de Doug Rougvie do Aberdeen e na vitória do Rangers. Então, na temporada seguinte, John McMaster do Aberdeen teve que receber uma respiração boca boca no Ibrox Stadium depois de uma feroz agressão em sua garganta. As relações entre os fãs pioraram ainda mais durante uma partida da liga em 8 de outubro de 1988, quando o desarme do jogador do Aberdeen Neil Simpson contra Ian Durrant do Rangers resultou na lesão de Durrant por dois anos. O ressentimento continuou e em 1998 um artigo no programa de jogo do Rangers rotulou os fãs de Aberdeen de "escória", embora o Rangers posteriormente tenha emitido um "pedido de desculpas completo e sem reservas" para Aberdeen e seus apoiadores, que foi aceito por Aberdeen.

O relançamento do Rangers na Terceira Divisão na temporada 2012-2013 levou à rivalidade original do clube com o Queen's Park sendo renovada pela primeira vez desde 1958 na liga. Rangers e Queen's Park se enfrentaram pela primeira vez em março de 1879, cerca de nove anos antes do início da rivalidade da Old Firm. Os jogos com o Queen's Park foram anunciados como o "derby Original de Glasgow" pelos Rangers e pela mídia escocesa; e como o "Derby mais antigo do mundo" por Queen's Park.

SectarismoEditar

Durante o século XIX muitos imigrantes vieram da Irlanda para Glasgow - esta foi uma época de considerável sentimento anticatólico e anti-irlandês na Escócia. O sucesso inicial do Celtic, um clube associado à comunidade irlandesa e católica, foi descrito como o fortalecimento da identidade sindicalista protestante dos Rangers, contribuindo para a eventual ausência de jogadores abertamente católicos da equipe. Do início do século XX em diante, os católicos não eram assinados conscientemente pelo clube, nem empregados em outras funções proeminentes como uma 'regra não escrita'.

Em 1989 o Rangers assinou com Mo Johnston, a "sua primeira grande assinatura católica romana". Johnston foi o primeiro católico de destaque a assinar com o clube desde a época da Primeira Guerra Mundial, embora outros católicos tenham assinado com o Rangers antes. Desde a assinatura de Johnston, um influxo de jogadores de futebol estrangeiros contribuiu para que os jogadores católicos se tornassem comuns no Rangers. Em 1999, Lorenzo Amoruso se tornou o primeiro capitão católico do clube.

No entanto, o canto sectário dos apoiadores continuou a gerar críticas e sanções ao clube, bem como condenações contra indivíduos identificados. Em 1999, o vice-presidente do The Rangers Football Club Ltd, Donald Findlay, renunciou após ser filmado cantando canções sectárias durante um evento do clube de torcedores. O Órgão de Controle e Disciplina da UEFA puniu o Rangers por incidentes durante as partidas europeias, principalmente o Villarreal em 2006, Osasuna em 2007, PSV Eindhoven em 2011, e no Ibrox em 2019. Em fevereiro de 2015, após o canto sectário dos fãs dos Rangers em uma partida no Raith Rovers, o SPFL foi criticado por sua falha ou incapacidade de lidar com o problema. No entanto, houve casos de ação da polícia e dos tribunais, com os fãs dos Rangers sendo acusados, condenados e presos por comportamento sectário.

AmizadesEditar

Os adeptos do Rangers têm uma amizade de fãs com o Linfield FC, clube da Irlanda do Norte, que remonta a 1920. Dois dos fundadores do clube Moses e Peter McNeil têm uma ligação com a Irlanda do Norte através do nascimento em County Down da sua mãe, Jean Bain, que depois mudou-se para a Escócia para trabalhar em meados do século XIX se casou com um escocês, John McNeil. Desde a formação do Rangers até aos dias de hoje, o clube teve 32 jogadores nascidos na Irlanda do Norte, na República da Irlanda e anteriormente na Irlanda (de 1882-1950). Alguns eram ex-jogadores do Linfield e contribuíram muito para o sucesso do Rangers Football Club. Três ex-jogadores da Irlanda do Norte foram capitães do Rangers - Bert Manderson, John McClelland e Steven Davis; seis de uma conexão com a Irlanda do Norte foram elevados ao 'Hall da Fama' do Rangers e um - Jimmy Nicholl - foi o gerente assistente do clube em 2018.

Os torcedores do Rangers também têm uma amizade de torcida com o clube alemão Hamburger SV, que data da década de 1970, quando os escoceses se mudaram para o porto alemão em busca de trabalho e reforçada por sua afeição compartilhada pelo meio-campista Jörg Albertz. Esse vínculo foi formalizado em fevereiro de 2021 com a formação de uma parceria oficial de clube entre os dois lados

EstádioEditar

 
Fachada do Ibrox Stadium
 
O time Sub-19 do Rangers fazem o treino antes do jogo no Murray Park

O estádio do Rangers é o Ibrox Stadium, com capacidade após as obras de modernização reduzida para 50,817 espectadores,[4] mas cujo recorde de público é de 118 567, em clássico envolvendo o Rangers e o Celtic, em 2 de janeiro de 1939.

O maior público de qualquer jogo envolvendo Rangers é 143.570 vs Hibernian no Hampden Park, 27 de março de 1948.

O clube usou uma variedade enorme de campos nos anos entre 1872 e 1899. O primeiro foi o Flesher's Haugh, situado em Glasgow Green, seguido do Burnbank em Kelvinbridge area da cidade, e então o Kinning Park por dez anos. Nas temporada 1886-1987, o Cathkin Park foi usado até o primeiro Ibrox Park, na área de Govan, sudeste de Glasgow, ser inaugurado na temporada seguinte.

O Ibrox Stadium na sua arquitetura original, foi projetada pelo arquiteto Archibald Leitch, um torcedor do Rangers.[5] O estádio foi inaugurado em 30 de Dezembro de 1899, e o Rangers derrotou o Hearts po 3-1 na primeira partida do Estádio.

Desde 1899, dois grandes desastres ocorreram no Ibrox. O primeiro ocorreu durante uma partida internacional entre Escócia e Inglaterra, quando parte da cobertura caiu, matando 26 pessoas e ferindo cerca de 500.

O segundo desastre aconteceu em 1971, durante o New Year's Day Old Firm match-up. Enquanto as pessoas iam deixando o estádio, barreiras da escada cairam sobre as pessoas matanto 66 pessoas e ferindo cerca de 2000.

Isso levou a um maior desenvolvimento do Ibrox sob a supervisão de Willie Waddell. Depois de ter colocado assentos em todo o estádio, o Ibrox recebeu 5 estrelas da FIFA.

TítulosEditar

CONTINENTAIS
Competição Títulos Temporadas
  Taça das Taças/Recopa Européia 1 1971–72
INTERNACIONAIS
Competição Títulos Temporadas
  Taça Britânica 1 1932-33
NACIONAIS
Competição Títulos Temporadas
  Campeonato Escocês

(Recordista)

55 1890-91, 1898-99 , 1899-00, 1902-01, 1901-02, 1910-11, 1911-12, 1912-13, 1917-18, 1919-20, 1920-21, 1922-23, 1923-24, 1924-25, 1926-27, 1927-28, 1928-29, 1929-30, 1930-31, 1932-33, 1933-34, 1934-35, 1936-37, 1938-39, 1946-47, 1948-49, 1949-50, 1952-53, 1955-56, 1956-57, 1958-59, 1960-61, 1962-63, 1963-64, 1974-75, 1975-76, 1977-78, 1986-87, 1988-89, 1989-90, 1990-91, 1991-92, 1992-93, 1993-94, 1994-95, 1995-96, 1996-97, 1998-99, 1999-00, 2002-03, 2004-05, 2008-09, 2009-10, 2010-11 e 2020-21 
  Copa da Escócia 33 1893-94 , 1896-97 , 1897-98 , 1902-03 , 1927-28 , 1929-30 , 1931-32 , 1933-34 , 1934-35 , 1935-36 , 1947-48 , 1948-49 , 1949-50 , 1952-53 , 1959-60 , 1961-62 , 1962-63 , 1963-64 , 1965-66 , 1972-73 , 1975-76 , 1977-78 , 1978-79 , 1980-81 , 1991-92 , 1992-93 , 1995-96 , 1998-99 , 1999-00 , 2001-02 , 2002-03  e 2008-09 
  Copa da Liga Escocesa

(Recordista)

27 1946–47 , 1948–49, 1960–61, 1961–62 , 1963–64 , 1964–65 , 1970–71 , 1975–76 , 1977–78, 1978–79 , 1981–82 , 1983–84 , 1984–85 , 1986–87 , 1987–88 , 1988–89 , 1990–91 , 1992–93 , 1993–94 , 1996–97 , 1998–99 , 2001–02 , 2002–03 , 2004–05 , 2007–08 , 2009–10  e 2010–11 
  Scottish Challenge Cup 1 2015-16 
  Campeonato Escocês - 2ª Divisão 1 2015-16
  Campeonato Escocês - 3ª Divisão 1 2013-14 
  Campeonato Escocês - 4ª Divisão 1 2012-13
MUNICIPAIS
Competição Títulos Temporadas
  Copa de Glasgow

(Recordista)

48 1892-93, 1893-94, 1896-97, 1887-98, 1899-00, 1900-01, 1901-02, 1910-11, 1911-12, 1912-13, 1913-14, 1917-18, 1918-19, 1919-20, 1921-22, 1922-23, 1923-24, 1924-25, 1929-30, 1931-32, 1932-33, 1933-34, 1935-36, 1936-37, 1937-38, 1939-40, 1941-42, 1942-43, 1943-44, 1944-45, 1947-48, 1949-50, 1953-54, 1957-58, 1959-60, 1968-69, 1970-71, 1974-75*, 1975-76, 1978-79, 1982-83, 1984-85, 1985-86, 1986-87, 2008-09, 2009-10, 2011-12 e 2012-13
  Glasgow Merchants Charity Cup 32 1878–79, 1896–97, 1899–00, 1903–04, 1905–06, 1906–07, 1908–09, 1910–11, 1918–19, 1921–22, 1922–23, 1924–25, 1927–28, 1928–29, 1929–30, 1930–31, 1931–32, 1932–33, 1933–34, 1938–39, 1939–40, 1940–41, 1941–42, 1943–44, 1944–45, 1945–46, 1946–47, 1947–48, 1950–51, 1954–55, 1956–57 e 1959–60
TOTAL: 201 1 Continental;

1 Internacional;

119 Nacionais;

80 Regionais.

  Campeão invicto

* Indica que o título foi compartilhado

RecordesEditar

ClubeEditar

Maiores Públicos
Maiores vitórias
Pior derrota

JogadoresEditar

Número de jogos (todas as competições)

  John Greig - 755 (1960-1978)

  Dougie Gray jogou 940 jogos de 1925 a 1947, mas 385 deles foram durante a Segunda Guerra Mundial e, portanto, não são considerados officiels.

Número de jogos na liga

  Sandy Archibald - 513 (1917-1934)

Artilheiros (todas as competições)

  Ally McCoist - 355 (1983-1998)

  Jimmy Smith marcou 381 gols de 1929 a 1946, mas 102 deles foram durante a Segunda Guerra Mundial e, portanto, não são considerados oficiais.

Artilheiro na liga

  Ally McCoist - 251 (1983-1998)

Número de jogos em competições europeias

  Barry Ferguson - 82 (1998-2003 e 2004-2009)

Maior valor de transferência recebido

  Alan Hutton - £ 9 milhões (2008, Tottenham Hotspur)

Maior valor de transferência pago

  Tore André Flo - £ 12,5 milhões (2001, Chelsea)

# Nome Périodo Aparências
1   John Greig 1961-1978 755
2   Sandy Jardine 1964-1982 674
3   Ally McCoist 1983-1998 581
4   Sandy Archibald 1917-1934 580
5   David Meiklejohn 1919-1936 563
6   Dougie Gray 1925-1947 555
7   Derek Johnstone 1970-1983 / 1985-1986 549
8   Davie Cooper 1977-1989 540
9   Peter McCloy 1970-1986 535
10   Ian McColl 1945-1960 526
# Nome Périodo Metas
1   Ally McCoist 1983-1998 355
2   Bob McPhail 1927-1940 261
3   Jimmy Smith 1930-1946 249
4   Jimmy Fleming 1925-1934 220
5   Derek Johnstone 1970-1983 / 1985-1986 210
6   Ralph Brand 1954-1965 206
7   Willie Reid 1909-1920 195
8   Willie Thornton 1936-1954 194
9   Robert C. Hamilton 1897-1908 184
10   Andy Cunningham 1914-1929 182

CapitãesEditar

Lista dos capitães do Rangers F.C.
Nome Período
  Tom Vallance 1876-1882
  David Mitchell 1882-1894
  John McPherson 1894-1898
  Robert Hamilton 1898-1906
  Robert Campbell (Quatro anos
entre 1906-1916)
  Tommy Cairns 1916-1926
  Bert Manderson 1926-1927
  Tommy Muirhead 1927-1930
  David Meiklejohn 1930-1938
  Jimmy Simpson 1938-1940
  Jock Shaw 1940-1957
  George Young 1953-1957
  Ian McColl 1957-1960
  Eric Caldow 1960-1962
  Bobby Shearer 1962-1965
  John Greig 1965-1978
  Derek Johnstone 1978-1983
  John McClelland 1983-1984
 
Nome Período
  Craig Paterson 1984-1986
  Terry Butcher 1986-1990
  Richard Gough 1990-1997
1997-1998
  Brian Laudrup 1997
  Lorenzo Amoruso 1998-2000
  Barry Ferguson 2000-2003
2005-2007
2007-2009
  Craig Moore 2003-2004
  Stefan Klos 2004-2005
  Gavin Rae 2007
  David Weir 2009-2012
  Steven Davis 2012
  Carlos Bocanegra 2012
  Lee McCulloch 2012-2015
  Lee Wallace 2015–2018
  James Tavernier 2018-

Seleção Histórica (1999)Editar

«maior de sempre equipe do Rangers.»

Scotland Football Hall of FameEditar

A partir de 2019, 33 jogadores e técnicos estiveram envolvidos com os Rangers em suas carreiras, entraram no Scottish Football Hall of Fame:[6]

Scotland Roll of HonorEditar

O Scotland national football team roll of honour reconhece jogadores que ganharam 50 ou mais bonés internacionais para a Escócia. Os nove indutados a ganhar boné enquanto jogavam para Rangers são:[7]

Scottish Sports Hall of FameEditar

No Scottish Sports Hall of Fame, 3 jogadores de Rangers foram selecionados, eles são:[8]

ElencoEditar

  Última atualização: 29 de agosto de 2021. [9]

Legenda
  •  : Capitão
  •  : Jogador lesionado/contundido


Goleiros
N.º Jogador
1   Allan McGregor
13   Andy Firth
33   Jon McLaughlin
Defensores
N.º Jogador Pos.
15   Jack Simpson Z
5   Filip Helander Z
6   Connor Goldson Z
19   Nikola Katic Z
26   Leon Balogun Z
2   James Tavernier   LD
16   Nathan Patterson LD
3   Calvin Bassey LE
31   Borna Barisic LE
Meio-campistas
N.º Jogador Pos.
4   John Lundstram V
8   Ryan Jack V
18   Glen Kamara V
22   Juninho Bacuna V
24   Nnamdi Ofoborh V
37   Scott Arfield V
7   Ianis Hagi M
10   Steven Davis M
17   Joe Aribo M
23   Scott Wright M
Atacantes
N.º Jogador
9   Jermain Defoe
11   Cedric Itten
14   Ryan Kent
20   Alfred Morelos
21   Brandon Barker
25   Kemar Roofe
30   Fashion Sakala
Comissão técnica
Nome Pos.
  Giovanni van Bronckhorst T

TécnicosEditar

A tabela abaixo lista os Gerentes do clube desde 1899.

Nome Nacionalidade Período Liga Copa Copa da Liga UEFA Total
William Wilton   Escócia 1899-1921 8 1 9
Bill Struth   Escócia 1921-1954 18 10 2 30
Scot Symon   Escócia 1954-1967 6 5 4 15
White, DavidDavid White   Escócia 1967-1969 0 0 0 0 0
William Waddell   Escócia 1969-1972 0 0 1 1 2
Jock Wallace   Escócia 1972-1978 3 3 2 0 8
Greig, JohnJohn Greig   Escócia 1978-1983 0 2 2 0 4
Jock Wallace   Escócia 1983-1986 0 0 2 0 2
Souness, GraemeGraeme Souness   Escócia 1986-1991 3 0 4 0 7
Smith, WalterWalter Smith   Escócia 1991-1998 7 3 3 0 13
Advocaat, DickDick Advocaat   Países Baixos 1998-2001 2 2 1 0 5
McLeish, AlexAlex McLeish   Escócia 2001-2006 2 2 3 0 7
Le Guen, PaulPaul Le Guen   França 2006-2007 0 0 0 0 0
Smith, WalterWalter Smith   Escócia 2007-2011 3 2 3 0 8
McCoist, AllyAlly McCoist   Escócia 2011-2014 2 0 0 0 2
Mark Warburton   Inglaterra 2015-2017 1 0 0 0 1
Pedro Caixinha   Portugal 2017 0 0 0 0 0
Graeme Murty   Escócia 2017-2018 0 0 0 0 0
Gerrard, StevenSteven Gerrard   Inglaterra 2018- 1 0 0 0 1

Os períodos intercalares foram fornecidos por   Willie Thornton (2 partidas em 1969),   Tommy McLean (4 partidas em 1983),   Ian Durrant (1 fósforo em 2007) e   Graeme Murty (6 partidas em 2017).

SímbolosEditar

Cores e escudoEditar

As cores do Rangers F.C são: azul royal, branco e vermelho.

o a camisa do 1º kit tem a cor azul royal (com detalhes de branco e vemelho). Tradicionalmente é acompanhado por um short branco (com detalhes em vermelho e azul) e meias pretas com as bordas vermelhas.[10]

Mesmo jogando com o 1º kit o Rangers muda ocasionalmente as cores do short e do meião, as vezes trocando as meias pretas por brancas; ou trocando os shorts brancos e meias pretas pelo short e meião de cor azul royal. Calções brancos e meiões vermelhos com detalhes brancos ja foram utilizados em algumas ocasiões nas temporadas de 1968–1973 e 2012–2013.

O design do 2º kit do Rangers mudou muito mais que o tradicional 1º kit. Branco e vermelho são as cores mais dominantes para os kits alternativos, azul marinho e azul claro também.[11]

Nos anos recentes o Rangers também lançou um 3º uniforme.[12] Ele é usado se o 1º e o 2º kit coincidir com o do adversário. As cores usadas vão desde azul claro ao vermelho e à controversa cor de tangerina.[13]

Excepcionalmente para um clube de futebol, o Rangers tem dois emblemas oficiais diferentes. Hoje, o monograma original aparece nas camisas do clube, enquanto o escudo em forma de leão é usado pela mídia, em produtos e em documentos oficiais do clube. Ambas as versões sofreram pequenas variações desde sua introdução. Acredita-se que o monograma em espiral, representando as letras RFC sobrepostas, tem sido usada desde a formação do clube em 1872, embora a peça mais antiga remanescente de memorabilia contendo este símbolo seja da temporada de 1881-82. O monograma foi substituído em 1959 pelo brasão do clube com o leão rampante, que apresentava um leão rampante, uma bola de futebol de estilo antigo e o lema do clube Ready, que foi encurtado de Aye Ready (significa Always Ready em escocês), todos cercados pelo nome do time, Rangers Football Club. O emblema do leão rampante foi modernizado em 1968; o leão rampante, o nome do time, o lema do clube e a bola de futebol antiga permaneceram. Ele foi novamente atualizado ligeiramente no início de 1990 e, em seguida, mais uma vez em 2020 para a versão atual. O emblema circular moderno é regularmente usado em mercadorias de clubes e pela mídia; nunca apareceu com destaque na camisa do clube, somente o monograma é utilizado como brasão no uniforme. Em 1968, o monograma fez um retorno aparecendo no peito da camisa do clube pela primeira vez, enquanto o emblema do clube modernizado ainda era o logotipo oficial do clube. Também apareceu pela primeira vez nos shorts do time no início da temporada de 1978-79.[14]

A forma como o monograma apareceu na camisa do clube variou ligeiramente ao longo dos anos. Entre 1990 e 1994, 'Rangers Football Club' e o lema 'Ready' apareceram acima e abaixo do escudo, respectivamente. Entre 1997 e 1999, as letras RFC apareceram dentro de um escudo. Depois de um final de temporada bem-sucedido em 2003, que deu ao Rangers uma tríplice coroa e seu 50º título da liga; cinco estrelas foram adicionadas ao topo do monograma, uma para cada dez títulos ganhos pelo clube. A equipe usou um brasão especial em 8 de dezembro de 2012 em uma partida da liga em casa contra o Stirling Albion, para comemorar o 140º aniversário de sua formação. '1872–2012' apareceu acima do monograma com as palavras '140 anos' apresentadas abaixo.

Patrocinadores e marcasEditar

Desde 1978, quando o Rangers assinou um contrato com a Umbro, eles tinham um fornecedor esportivo específico e desde 1984 um patrocinador master. Quando o Rangers jogou contra os franceses do AJ Auxerre e do RC Strasbourg na Liga dos Campeões de 1996-97 e na Copa da UEFA de 1997-98, respectivamente, devido à proibição francesa de publicidade de bebidas alcoólicas, a equipe usou o logotipo do Center Parcs em vez da McEwan's Lager. Partidas posteriores disputadas na França (quando o clube era patrocinado pela Carling) viram o clube não ter patrocinador de camisa em todas as partidas, contra o AJ Auxerre em novembro de 2006 e Olympique Lyonnais em outubro de 2007. Durante o patrocínio da casa de apostas 32Red, o Rangers enfrentou o clube croata NK Osijek na UEFA Europa League de 2018-1919, usando equipamento de treinamento não patrocinado devido à proibição da Croácia de anunciar apostas. O atual fornecedor esportivo é a britânica Castore Sportswear. A tabela a seguir detalha os patrocinadores de camisas e fornecedores de kits dos Rangers por ano:

Temporada Fabricante[15] Patrocinador
1978-1984 Umbro
1984-1987 CR Smith
1987-1990 McEwan's Lager
1990-1992 Admiral
1992-1997 Adidas
1997-1999 Nike
1999-2002 NTL Broadcast
2002-2003 Diadora
2003-2005 Carling cerveja
2005-2013 Umbro
2010-2013 Tennent's
2013-2014 Puma Blackthorn Cider
2014-2018 32Red
2018-2020 Hummel
2020- Castore

Ver tambémEditar

Referências

  1. «Hall of Fame - Moses McNeil». Rangers official website 
  2. a b c «1872-1898 - The Birth Of The Blues». Rangers official website 
  3. Rangers: Steven Gerrard says 'more to come' after Scottish Premiership title win
  4. «Rangers Football Club». spfl.co.uk. Consultado em 26 de setembro de 2016 
  5. «Scottish football». Junho de 2006 
  6. {en}Hall of Fame Arquivado em 1 de novembro de 2013, no Wayback Machine. Scottish Football Museum
  7. {en}«International Roll of Honour». Scottish Football Association. Consultado em 20 de janeiro de 2013. Arquivado do original em 11 de outubro de 2010 
  8. {en}Scottish Sports Hall of Fame Scottish Sports
  9. «Men's Team». www.rangers.co.uk (em inglês). Consultado em 29 de agosto de 2021 
  10. «Current Rangers Home shirt». www.jjbsports.com [ligação inativa] 
  11. «Current Rangers Away shirt». www.jjbsports.com [ligação inativa] 
  12. «Current Rangers Third shirt». www.jjbsports.com [ligação inativa] 
  13. «Rangers to drop orange strip after sectarian outcry». Sunday Herald. 6 de Outubro de 2002 
  14. «The Badges of Rangers Football Club». web.archive.org. 31 de julho de 2013. Consultado em 18 de janeiro de 2021 
  15. «Shirt sponsors and manufacturers». www.historicalkits.co.uk 

Ligações externasEditar