Flipboard

empresa
Flipboard
Padrao 2.svg
Tipo
Concepção
Data
Utilização
Uso
social network aggregation

A Flipboard é aplicativo agregador de conteúdo, de notícias, de publicações de redes sociais, de vídeos do youtube, de sites de compartilhamento de fotos e, leitor personalizado de revistas digitais lançamento em 2010 pela empresa de mesmo nome, no formato revista impressa, que permite folhear as notícias e, criar revistas personalizadas para cada usuário.[1]

A empresa Flipboard tem sede na cidade californiana de Palo Alto (Califórnia), com escritórios em Nova York, Vancouver e Pequim. Seu software, de mesmo nome, permite os usuários criarem revistas personalizadas, salvando conteúdo das revistas de outros usuários e de editoras. Em março de 2016, a empresa afirmou que foram criados 28 milhões de revistas de usuários.

O serviço pode ser acessado via navegador web, ou por um aplicativo Flipboard para Microsoft Windows e MacOS, e por aplicativos móveis para iOS, Android e Windows Phone (descontinuado em 30 de agosto de 2017[2]). O software do cliente está disponível gratuitamente e funciona em 21 idiomas.

HistóriaEditar

O Flipboard foi originalmente lançado para o iPad da Apple em 2010.[1] No mesmo ano, foi lançado para iPhone e no iPod Touch.

A empresa arrecadou mais de US $ 200 milhões em financiamento de investidores, incluindo a Kleiner Perkins Caufield & Byers, Index Ventures, Rizvi Traverse Management e Insight Venture Partners,[3] e um adicional de US $ 50 milhões do JPMorgan Chase em julho de 2015.[4][5]

Em 5 de maio de 2012, o Flipboard foi lançado para smartphones Android, começando com o Samsung Galaxy S3.[6] Em 30 de maio de 2012, uma versão beta do Flipboard para Android foi lançada por meio de seu site.[7] Uma versão final estável do Flipboard para Android foi lançada em 22 de junho de 2012 no Google Play.[8] A versão Windows 8 do aplicativo Flipboard também foi demonstrada durante a Microsoft 2013 Build Conference e no blog Flipboard com vídeo, embora nenhuma data de lançamento tenha sido dada.[9][10] Em 22 de outubro de 2014, o Flipboard para Windows 8 foi implementado em dispositivos Windows Phone, começando com o Nokia Lumia 2520.[11]

Em março de 2014, a Flipboard comprou o Zite, um aplicativo de leitura em estilo de revista, da rede de televisão CNN. A filtragem de conteúdo do Flipboard, o mecanismo de tópicos e o sistema de recomendações foram integrados a partir dessa aquisição.[12][13] Zite foi fechada em 7 de dezembro de 2015.[14]

Em fevereiro de 2015, o Flipboard ficou disponível na web. Até então, o Flipboard era um aplicativo móvel, disponível apenas em tablets e telefones celulares. O cliente da Web fornece links de páginas da Web em navegadores de desktop e não possui alguns recursos do software cliente.[15]

Em fevereiro de 2017, a Flipboard atualizou seus aplicativos móveis para iOS e Android para a versão 4.0, que trouxe uma reformulação completa para o aplicativo e implementou novos recursos, como revistas inteligentes, que permitem agrupar diferentes itens, como várias fontes de notícias e hashtags.

RecepçãoEditar

Lançado inicialmente para iOS, a reação ao aplicativo foi principalmente positiva,[1] com a Techpad chamando-o de um aplicativo de iPad "matador". A Apple avaliou o Flipboard positivamente, e o nomeou como o "iPad App of the Year".[16] Quando uma nova atualização do software adicionou mais funcionalidades como suporte para o agregador web-based Google Reader, e conteúdo de mais editoras, o aplicativo recebeu uma análise favorável da Houston Chronicle.[17]

Censura na ChinaEditar

Em 15 de Maio de 2011, o Flipboard foi bloqueado pelo Grande Firewall da China. McCue disse em seu Twitter - "China agora bloqueou oficialmente o Flipboard."[18]

A companhia então lançou sua primeira edição feita exclusivamente para a China. A partir de Fevereiro de 2015, a companhia começou a autocensurar usuários usando a versão chinesa do aplicativo. O guia de conteúdo para a China não inclui mais o Twitter e Facebook. As assinaturas existentes para o Twitter ou Facebook são também automaticamente removidas.

Ver tambémEditar

  • Agregador

ReferênciasEditar

  1. a b c «Flipboard: o que é e para que serve o aplicativo de notícias». TecMundo. Consultado em 12 de abril de 2022 
  2. https://www.onmsft.com/news/flipboard-disappears-from-the-windows-phone-store-company-confirms-its-no-longer-supported
  3. «Crunchbase Funding Rounds». crunchbase. Consultado em 25 de julho de 2015 
  4. «Flipboard Confirms New $50M Funding Round From JP Morgan». Techcrunch. 24 de julho de 2015 
  5. Lynley, Matthew; Lunden, Ingrid. «Flipboard Confirms New $50M Funding Round From JP Morgan». TechCrunch. TechCrunch. Consultado em 9 de setembro de 2015 
  6. «Flipboard Inc announces Android release». Twitter. Flipboard Inc. Consultado em 3 de maio de 2014 
  7. Velazco, Chris (30 de maio de 2014). «Flipboard Officially Opens Up Their Android Beta To Interested Testers». TechCrunch. Consultado em 11 de junho de 2014 [ligação inativa]
  8. Perez, Sarah (22 de junho de 2014). «Flipboard Officially Launches On Android, Adds Google+, YouTube And More Localized Versions». TechCrunch. Consultado em 23 de junho de 2014 [ligação inativa]
  9. Warren, Tom (26 de junho de 2014). «Official Facebook and Flipboard apps coming to Windows 8». The Verge. Consultado em 28 de junho de 2014 [ligação inativa]
  10. «Flipboard Is Coming to Windows». Flipboard. 26 de junho de 2013. Consultado em 28 de junho de 2014 
  11. Warren, Tom (22 de outubro de 2013). «Flipboard for Windows 8: a Live Tile twist similar to Android and iOS». The Verge. Consultado em 22 de outubro de 2013 
  12. «Flipboard Is Buying Zite From CNN In A Deal Valued Up To $60M, After CNN Bought It For Around $20M 3 Years Ago». TechCrunch. AOL. 5 de março de 2014. Consultado em 23 de janeiro de 2016 
  13. Ken Yeung. «Flipboard adds more Zite technology to its platform to help you fine-tune the content you see». VentureBeat. Consultado em 23 de janeiro de 2016 
  14. «Zite will shut down on December 7, asks users to migrate data to Flipboard - VentureBeat - Apps - by Ken Yeung». VentureBeat. Consultado em 23 de janeiro de 2016 
  15. Crider, Michael (10 de fevereiro de 2015). «Flipboard Expands Its Curated News Service To The Desktop With New Website». Android Police 
  16. «Apple Calls Flipboard "iPad App Of The Year"». Business Insider 
  17. «Flipboard: A killer iPad app gets even better». TechBlog (em inglês). 16 de dezembro de 2010 
  18. «Tech in Asia - Connecting Asia's startup ecosystem». www.penn-olson.com (em inglês). Consultado em 20 de setembro de 2018 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre Tecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.