Abrir menu principal

Força Aérea de Autodefesa do Japão

(Redirecionado de Força Aérea de Autodefesa)
Roundel da Força Aérea de Autodefesa do Japão.
Bandeira da Força Aérea de Autodefesa do Japão.

Força Aérea de Autodefesa do Japão (航空自衛隊 Kōkū Jieitai?) é a atual força aérea do Japão. A Força Aérea de Autodefesa do Japão mantém uma rede integrada de instalações de radar e centros de defesa em todo o país.[1] A nação conta com interceptor de aviões-caça e mísseis terra-ar para interceptar aeronaves hostis. Ambos os sistemas foram melhorados a partir dos anos 1980. Aviões obsoletos foram substituídos no início de 1990 por modelos mais sofisticados, e mísseis Nike-J foram sendo substituídos por novos sistemas Patriot. Essencialmente, porém, o país conta com as forças dos Estados Unidos para fornecer capacidade de intercepção.[1]

HistóriaEditar

 
747-400
 
F-2
 
F-15J
 
F-4
 
E-767
 
UH60J
 
U-125A
 
C-1

Com a derrota na Segunda Guerra Mundial o Japão abriu mão incondicionalmente de todas suas forças armadas. A Constituição proíbe o Japão do pós-guerra de manter as forças militares e de levar a guerra para resolver disputas internacionais.[2]

Apesar da cláusula antiguerra, a Polícia Nacional Reserva foi criada em 1950 durante a ocupação do Japão pelos Aliados (1945-1952) para substituir as tropas americanas que foram enviadas para a Guerra da Coréia. A Polícia Nacional foi transformada em Forças de Autodefesa do Japão pelo governo japonês em 1954.[2]

As Forças de Autodefesa do Japão foram divididos em três ramos militares:[2]

Inventário de aeronavesEditar

A Força Aérea de Autodefesa do Japão opera 805 aviões, dos quais 424 são aviões de combate.

Avião Origem Tipo Versões Em serviço Notas
Avião de combate
Mitsubishi F-2   Japão Caça
Treinamento
F-2A
F-2B
62
32
94 + 4 protótipos fabricado pela Mitsubishi
F-4 Phantom II   Estados Unidos
  Japão
Caça
Reconhecimento
F-4EJ
RF-4E
91
26
2 F-4EJ e RF-4 foram fabricados pelos E.U.A e o restante foi fabricado pela Mitsubishi sob licença. RF-4 a versão começou a ser eliminado; número equivalente de F-15 para receber radar de abertura sintética.
F-15 Eagle   Estados Unidos
  Japão
Caça
Treinamento
F-15J
F-15DJ
165
48
2 F-15J's e 12 F-15DJ foram fabricados pelos E.U.A e o restante foi fabricado pela Mitsubishi sob licença.
Avião de treinamento
Fuji T-7   Japão Treinamento 49 fabricado pela Fuji
Raytheon Hawker 400   Estados Unidos Treinamento T-400 13
Kawasaki T-4   Japão Treinamento 208 fabricado pela Kawasaki
Avião de transporte
Boeing 747   Estados Unidos VIP transport (Japanese Air Force One/Two) 747-400 2
Gulfstream IV   Estados Unidos Transporte VIP U-4 5
Boeing 767   Estados Unidos Reabastecimento aerotransportado KC-767J 4
Kawasaki C-1   Japão Transporte tático
Guerra Eletrônica
C-1A
EC-1
25
1
fabricado pela Kawasaki
C-130 Hercules   Estados Unidos Transporte tático C-130H 16
NAMC YS-11   Japão Transporte YS-11 13 fabricado pela Mitsubishi
British Aerospace BAe 125   Reino Unido VIP transport/Sar U-125A 32
AEW
Boeing 767   Estados Unidos Sistema Aéreo de Alerta e Controle E-767 4
Grumman E-2 Hawkeye   Estados Unidos Alerta Aéreo Antecipado E-2C 13
Helicóptero de transporte/Helicóptero de Busca e Salvamento
Mitsubishi H-60   Estados Unidos
  Japão
Busca e Salvamento UH-60J 45 3 UH-60J foram construídos pelos E.U.A e restantes UH-60Js criados pela Mitsubishi sob licença.
Boeing CH-47 Chinook   Estados Unidos
  Japão
Helicóptero de transporte CH-47J 15 Construídos pela Kawasaki sob licença.

Outros equipamentosEditar

Futuros EquipamentosEditar

Aeronaves Tipo Versão Quantidade Notas
Mitsubishi ATD-X Demonstrador de Tecnologia - - Primeiro voo previsto em 2014.[3]
Kawasaki C-2 Transporte tático - 2 é esperado a produção de 30 a 50 unidades, 6 unidades encomendadas orçamento 2012.[4]
F-X Fighter - 42 + 100 Em 20 de dezembro de 2011 o governo japonês anunciou a compra de 42 F-35A[5]
Northrop Grumman RQ-4 Global Hawk UAV - 3 Japão interessado no Global Hawk [6]
Boeing KC-46 Pegasus reabastecimento aéreo e transporte aéreo KC-46A 3 Previsão da primeira entrega em 2020.[7]
Grumman E-2 Hawkeye avião de alerta aéreo E-2D Advanced Hawkeye 3 Previsão da primeira entrega em 2017.[8]
Boeing 777 VIP transport (Japanese Air Force One/Two) 777-300ER 2 Devido ao alto custo de manutenção dos 747 e as restrições para pousar em aeroportos pequenos vai ser substituído pelo 777 em 2019.[9]

BandeiraEditar

A Força Aérea de Autodefesa do Japão (FAAJ), estabelecida independentemente em 1952, tem apenas o disco solar como seu emblema.[10] Esse é o único ramo com um emblema que não invoca os raios solares do padrão imperial. Entretanto, há uma bandeira para uso em bases e em paradas. A bandeira foi criada em 1972, sendo a terceira usada pela FAAJ desde sua criação. A bandeira contém a insígnia da FAAJ em um fundo azul.[11]

Referências

LegislaçãoEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Força Aérea de Autodefesa do Japão
  Este artigo sobre o Japão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.