Francisco Antônio de Sousa Queirós

político brasileiro; barão; esposo de Antônia Eufrosina Vergueiro

Francisco Antônio de Sousa Queirós, Barão de Sousa Queirós[1], (São Paulo, 8 de dezembro de 18064 de julho de 1891) foi um proprietário rural e político brasileiro.

Francisco Antônio de Sousa Queirós
Retrato do Barão de Sousa Queirós, ca. 1870
Presidente da Província de São Paulo
Período 11 de maio de 1835 até
25 de novembro de 1835
Antecessor(a) Rafael Tobias de Aguiar
Sucessor(a) José Cesário de Miranda Ribeiro
Dados pessoais
Nascimento 8 de dezembro de 1806
Morte 4 de julho de 1891 (84 anos)
Progenitores Mãe: Genebra de Barros Leite
Pai: Luís António de Sousa Queirós
Esposa Antónia Eufrosina Vergueiro
Títulos nobiliárquicos
Barão de Sousa Queirós 14 de outubro de 1874
COA Baron of Limeira.svg

Foi vereador, deputado provincial, deputado geral, presidente interino da Província de São Paulo e senador do Império do Brasil, de 1849 a 1891.

Foram seus pais o Brigadeiro Luís António de Sousa Queirós e Genebra de Barros Leite.

Casou com Antonia Eufrosina de Campos Vergueiro, filha do Senador Vergueiro, com quem teve os filhos,

  • Francisco Antonio de Sousa Queirós, que se casou com Francisca Miquelina de Paula.
  • Luiz Antonio de Sousa Queirós, que se casou com Antonia Amália Pompeo de Camargo
  • José de Sousa Queirós , falecido na infância
  • Carolina de Sousa Queirós Tamandaré, que se casou com Manoel Baptista da Cruz Tamandaré
  • Nicolau de Sousa Queirós, que se casou com Isabel Dabney de Avelar Brotero.
  • Maria Angélica de Sousa Queirós, que se casou com Francisco de Aguiar Barros e dá nome à avenida Angélica, na zona central da capital de São Paulo.
  • Antonio de Sousa Queirós, que se casou com Vitalina Pompeo de Camargo
  • Augusto de Sousa Queirós, que se casou com Antonia de Barros Freire e em segundas núpcias com Jessy Pompeo do Amaral
  • Frederico de Sousa Queirós, que se casou com Augusta de Pádua Fleury
  • Alfredo de Sousa Queirós, falecido na adolescência
  • Helena de Sousa Queirós de Albuquerque Lins, que se casou com Manoel Joaquim de Albuquerque Lins
  • José de Sousa Queirós, que foi casado com Gisela Braun (Austríaca).
  • Carlos de Sousa Queirós, que se casou com Maria Flora de Andrada e Silva

O titulo de Barão com grandeza foi concedido em 14 de outubro de 1874. As armas do Barão de Sousa Queirós, é uma combinação das armas das famílias Sousa do Prado, Macedo, Teixeira e Queirós.

Foi fundador, em 1.874, da Associação Barão de Sousa Queirós de Proteção à Infância e à Juventude - Instituto Ana Rosa (www.anarosa.org.br)

Jaz no Cemitério da Consolação, em São Paulo (SP).

Árvore genealógica da família Vergueiro da esposa

FontesEditar

  • Retrato de Barão de Sousa Queirós e outros
  • CAMPOS, Cândido Malta. Os rumos da cidade; urbanismo e modernização em São Paulo. São Paulo: Senac, 2002.
  • CAMPOS, Eudes. Arquitetura paulistana sob o Império: aspectos da formação da cultura burguesa em São Paulo. 1997. 814f. Tese (Doutorado em Arquitetura) – FAU USP. São Paulo. 4vls.
  • Nos caminhos da Luz, antigos palacetes da elite paulistana. Anais do Museu Paulista: História e Cultura Material. São Paulo, USP, n.13, 11-57, jan./jun. 2005.
  • São Paulo: desenvolvimento urbano e arquitetura sob o Império. In: PORTA, Paula (org.) A história da cidade de São Paulo. São Paulo: Paz e Terra, 2004.3vls. v.2.
  • Cemitério da Consolação, São Paulo-SP.
  • FAUSTO, Boris. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 2003.
  • FORTES, Cláudio. A Grande Família. Site: https://web.archive.org/web/20120331174024/http://www.jbcultura.com.br/gde_fam/
  • HOMEM, Maria Cecília N. Higienópolis: grandeza e decadência de um bairro paulistano. São Paulo: Departamento de Patrimônio Histórico, 1980.
  • LEME, Luiz Gonzaga da Silva. Genealogia paulistana. São Paulo: Duprat e Cia., 1903-1905. 9v., vls.3 e 4.
  • MARQUES, Manuel E. de Azevedo. Apontamentos históricos, geográficos, bibliográficos da Província de São Paulo. Belo Horizonte: Itatiaia; São Paulo: Edusp, 1980, 2vls.
  • MARTINS, José de Sousa. O migrante brasileiro na São Paulo estrangeira. In: PORTA, Paula. História da cidade de São Paulo. São Paulo: Paz e Terra, 2004. v.3.
  • MORSE, Richard. Formação histórica de São Paulo. São Paulo: Difusão Européia do Livro, 1970.
  • TAUNAY, Affonso d’Escragnole. S. Paulo no seculo XVI. Tours: E. Arrault et Cie., 1921.
  • TORRES, Maria Celestina T. M. Um lavrador paulista do tempo do Império. Revista do Arquivo Municipal. São Paulo, Departamento de Cultura, n.172, pgs. 191-262, 1968.
  • Referências

  1. Na grafia original, Francisco Antonio de Souza Queiroz, Barão de Souza Queiroz.
    1. SCHMELLING, Gilda do Amaral von. A família Sousa Queirós e a Associação Barão de Sousa Queirós de Proteção à Infância. São Paulo: Instituo Dona Ana Rosa, 1974.
    2. CASTRO, Maria Cecília Brotero Pereira de.(coord.) A família Sousa Queirós de 1874 a 2004: e a Associação Barão de Sousa Queirós de Proteção à Infância e à Juventude. São Paulo: Instituto Dona Ana Rosa, 2004.
    3. FAGUNDES, D. Carlos Eduardo Uchôa, Jr. e outros. Álbum de família: Sousa Queirós. São Paulo: Instituto Dona Ana Rosa, 2007.


Precedido por
Rafael Tobias de Aguiar
Presidente da província de São Paulo
1835
Sucedido por
José Cesário de Miranda Ribeiro


  Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Biografias de Políticos. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.