Abrir menu principal

Francisco de Abreu Cirne Pereira de Brito

Francisco de Abreu Cirne Pereira de Brito
Nascimento Viana do Castelo
Cidadania Portugal

Francisco de Abreu Cirne Pereira de Brito[1] ou Francisco Abreu Pereira Cirne de Castro[2] ou Francisco de Abreu Pereira Cirne Peixoto, natural de Viana[3], moço fidalgo[4][5] da Casa Real[6], coronel de Infantaria, governador do Castelo de São Tiago Maior da Barra de Viana do Castelo[7][8], ajudante de sala do general da Província do Minho[9], morador numa casa com oratório em Viana do Castelo[10] e senhor do Paço de Lanheses, comendador de São Fins de Ferreira[11][12], do Lindoso[13] e de oitavos da Vila de Ferreira (Zêzere)[14] com a alcaidaria mor[15][16] na Ordem de Cristo.

Apresentava a abadia ou padroado da igreja de Santa Eulália de Lanheses[3] e teria uma capela, dedicada a Santa Maria Madalena, no Convento de São Francisco do Monte de Santa Luzia, na freguesia de Santa Maria Maior (Viana do Castelo), que na entrada tinha uma lápide com a inscrição "FRANCISCO DE ABREU PEREIRA CIRNE SENHOR DE LINDOZO A MANDOV"[17].

Foi ainda foreiro, por três vidas, do Casal da Igreja, em Santa Lucrécia de Aguiar, em Barcelos[18]. Prazo esse que já vinha de sua mãe[19]. Assim como era proprietário do que era chamado Palácio de Santa Bárbara, com a Ermida de Santa Bárbara em Arroios (Lisboa)[20].

Dados genealógicosEditar

Filho de:

Casado 1º com
Teve
Casado 2º com
Teve

Referências

  1. a b José Barbosa Canaes de Figueiredo Castello Branco, Costados das familias illustes de Portugal, Algarves, Ilhas, e Indias, Volume 2, Impressão Regia, 1831, pág. 60
  2. a b c d Manuel José de Araújo e Vasconcelos e D. Isabel Rita Pereira de Sousa, Arquivo da Casa de Sinde 1709/1897, código: PT/UM-ADB/FAM-ACS-01, Arquivo Distrital de Braga
  3. a b As freguesias do Distrito de Viana do Castelo nas Memórias Paroquiais de 1758, Alto Minho: Memória, História e Património, por José Viriato Capela, Edição integrada no Projecto A Descrição do Território Português do Século XVIII (Projecto POCTI/FCT), Barbosa & Xavier, Lda. - Artes Gráficas, Braga, Março de 2005
  4. Francisco de Abreu Pereira Sirne Peixoto, Alvará. Moço Fidalgo, 2 de Junho de 1749, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 40, f.88
  5. José Barbosa Canaes de Figueiredo Castello Branco, Costados das familias illustes de Portugal, Algarves, Ilhas, e Indias, Volume 1, Impressão Regia, 1829, pág. 26
  6. Francisco de Abreu Pereira Sirne Peixoto, Alvará. Fidalgo da Casa Real, 12 de Junho de 1734, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 25, f.352v, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  7. Governos de Aires de Sá e Melo e Visconde de Vila Nova de Cerveira (1776 – 1801), 1ª Divisão, 9ª Secção,Inventário de Documentos, Lisboa, Abril 2004, pág. 19 e 20
  8. Almanách: para o anno de 1788, Typog. da Academia Real das Sciencias, pág. 87
  9. a b c Informação retirada numa genealogia manuscrita constante no Arquivo Almada.
  10. Registo de provisão a favor de Francisco de Abreu Pereira Cirne, para por um confessionario no Oratorio da sua Casa de Viana, Datado de: 1763-12-04, Arquivo Distrital de Braga, Cód. de Ref: PT/UM-ADB/DIO/MAB/001/0150/033434
  11. Francisco de Abreu Pereira Sirne Peixoto, 15 de Outubro de 1749, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 40, f.477, ANTT
  12. Francisco de Abreu Pereira Cirne Peixoto, Registo Geral de Mercês de D. José I, liv. 7, f. 395, ANTT
  13. Carta. Francisco de Abreu Pereira Sirne Peixoto, Senhorio do Concelho de Lindoso, 27 de Janeiro de 1750, ANTT
  14. Carta de Comenda. Oitavos de Ferreira, 5 de Março de 1754, Registo Geral de Mercês de D. José I, liv. 7, f. 395, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  15. Francisco de Abreu Pereira Sirne Peixoto, Alvará. Comenda dos oitavos de Ferreira com a Alcaidaria Mor, 15 de Outubro de 1749, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 40, f.477, ANTT
  16. A Francisco de Abreu Pereira Cirne o rei D. José I acrescentou mais uma vida no senhorio e alcaidaria mor na Vila do Lindoso e nas comendas de São Fins de Ferreira e oitavos da mesma vila em remuneração do muito e valiosos serviços do desembargador Sebastião Pereira de Castro, seu tio. - Gabinete historico: que a Sua Magestade fidelissima o Senhor rei D. João VI. em o dia de seus felicissimos annos 13 de maio de 1818, Volume 13, Brother Claudio da Conceição, Na Impressão regia, 1829, pág.s 14 e 15
  17. Convento e Cruzeiro de São Francisco do Monte, Santa Maria Maior, Viana do Castelo, IPA.00003492, SIPA
  18. Prazo em três vidas do casal da Igreja, foreiro a igreja de Santa Lucrecia de Aguiar, a favor de Francisco de Abreu Pereira Cirne. Datado de: 1787-03-14, Arquivo Distrital de Braga, Cód. de Ref: PT/UM-ADB/DIO/MAB/001/0223/051966
  19. Sentença de emprazamento em três do casal da igreja de Santa Lucrecia de Aguiar, Datado de: 1727-11-14, Arquivo Distrital de Braga, Cód. de Ref: PT/UM-ADB/DIO/MAB/001/0069/013796
  20. Lisboa antiga: Segunda parte: Bairros orientais, por Júlio de Castilho, Volume 9, S. Industriais da C.M.L. 1937, pág. 122
  21. Alvará. Foro de Fidalgo Cavaleiro com um alqueire de cevada por dia, 12 de Janeiro de 1708, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 2, f.51v
  22. Alvará. Mercê de Fidalgo Escudeiro, 22 de Maio de 1749, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 36, f.26v
  23. a b c «Viana de Outros Tempos e Sua Gente Através da Memória de Porto Pedroso», Arquivo do Alto Minho, volume IV da 2.ª Série (XIV) Tomo I, Viana do Castelo, 1965, pág. 38
  24. "grande cavaleiro Francisco de Sousa - o Solha - que, de idade de 77 anos tirava lanças com a força e destreza de varão." - «Viana de Outros Tempos e Sua Gente Através da Memória de Porto Pedroso», Arquivo do Alto Minho, volume IV da 2.ª Série (XIV) Tomo I, Viana do Castelo, 1965, pág. 38
  25. Casa das Regadas de Francisco Manoel Perestrelo Marinho, in Os Estrangeiros do Lima, por Manuel Gomes de Lima Bezerra, volume I, Viana do Castelo, 1992, edição facsimiliada de obra de 1785, pág. 192 e 193
  26. "Que ao presente está contratada de casar com o primogénito de Miguel de Sá, de Condeixa. (Casou sim, na Casa de Sinde, em Braga" - «Viana de Outros Tempos e Sua Gente Através da Memória de Porto Pedroso», Arquivo do Alto Minho, volume IV da 2.ª Série (XIV) Tomo I, Viana do Castelo, 1965, pág. 38
  27. a b Manuel José de Araújo e Vasconcelos e D. Isabel Rita Pereira de Sousa, Referência: PT/UM-ADB/FAM-ACS-01, Arquivo Distrital de Braga
  28. Últimas Gerações Entre-Douro e Minho, por José de Sousa Machado, Tipografia de «Paz», Braga, 1931, tomo I, pág. 319
  29. Arvores de Costados das familias nobres dos reinos de Portugal, Algarves, e dominios ultramarinos, etc, Volume 2, José BARBOSA CANAES DE FIGUEIREDO CASTELLO-BRANCO, 1831
  30. “Genealogias da Casa de Sinde v. 2 extraídas do nobiliário do Dr. João Alvares, abade de Esmeriz”, Archivo da Torre do Tombo
  31. Arquivo da Casa de Sinde, referência: PT/UM-ADB/FAM-ACS, Arquivo Distrital de Braga
  32. A Casa de Covas no termo de Vila Nova de Cerveira, por Alberto de Meireles, Arquivo do Alto Minho, 5.º volume, Tomo II, Viana do Castelo
  33. Manuel Carlos Bacelar, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 28, f.519v, ANTT
  34. Inquirição de Genere de João Manuel Bacelar, 23 de Março de 1764, referência: PT/UM-ADB/DIO/MAB/006/22327, cota: A - 1004, Arquivo Distrital de Braga
  35. «Casa do Carboal, Antero Leite e Susana Ferraz, ACER». Consultado em 20 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  36. "Resenha das familias titulares e grandes de Portugal", Albano da Silveira Pinto, Tomo I, 1883, pág. 94
  37. Gazeta de Lisboa occidental, officina da Pascoal da Sylva, 1739, pág. 432
  38. Alvará. Foro de Moço Fidalgo, 17 de Agosto de 1782, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.13, f. 213v, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  39. «Ordenanças de Lanheses». O Portal da História 
  40. José Pereira de Castro Cirne Peixoto, Carta de Padrão. Tença e Hábito, 10 de Abril de 1750, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 40, f.477v, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  41. José Pereira de Brito e Castro Cirne, 10 de Junho de 1749, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 40, f.88, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  42. José Pereira de Brito, 10 de Junho de 1749, Registo Geral de Mercês, Mercês de D. João V, liv. 40, f.88, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  43. Ofício de Escrivão dos Órfãos, 22 de Setembro de 1779, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.7(2), f. 229, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  44. Alvará. Mercê de Propriedade de Oficio, 22 de Setembro de 1779, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.7, f. 233, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  45. Sebastião de Abreu Pereira, Alvará. Moço Fidalgo, 17 de Agosto de 1782, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.13, f. 213, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  46. a b Arquivo da Casa Almada
  47. Almanách: para o anno de 1788, Typog. da Academia Real das Sciencias, pág. 256
  48. a b c d * Felgueiras Gayo, Nobiliário das Famílias de Portugal, Carvalhos de Basto, 2ª Edição, Braga, 1989, vol. II-pg. 271 (Barbosas)
  49. a b c d e Nobiliário no Arquivo Almada
  50. Diccionario aristocratico contendo os alvarás dos foros de fidalgos de casa real que se achão registados nos livros das mercês, hoje pertencentes ao Archivo da Torre do Tombo, Portugal arquivo nac., 1840, pág, 143, referência ao Livro 13 das Mercês da Rainha D. Maria I, folhas 213
  51. Alvará. Moço Fidalgo, 17.8.1782, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  52. Alvará. Foro de Moço Fidalgo, 17 de Agosto de 1782, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.13, f. 213v, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  53. «o seu irmão Francisco de Abreu Pereira de Meneses, desembargador e o provedor das Capelas, quando ele morreu no Brasil terá requerido ao príncipe regente D. João, a permissão de ordem para que o governo interino e o provedor dos Defuntos mandassem entregar a herança aos seus procuradores para pagamento dos credores. - Rede Memória: Anexo: 2 docCT-AHU-ACL-CU-010, CX 43, DOC 2147». Consultado em 8 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 7 de janeiro de 2017 
  54. Alvará. Foro de Moço Fidalgo, 17 de Agosto de 1782, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.13, f. 213v, Arquivo Nacional da Torre do Tombo
  55. Carta de Padrão. Tença de 73$333 rs em um dos Almoxarifados do Reino por a nomear seu pai Francisco de Abreu Pereira Cirne, 22 de Julho de 1782, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.13, f. 87
  56. a b c Provisão a favor de D. Luisa Caetana, D. Maria Josefa e D. Teresa Luisa, filhas de Francisco de Abreu Pereira Cirne, para educandas no Colegio das Chagas de Viana, Datado de: 1782-08-16, Arquivo Distrital de Braga, Cód. de Ref: PT/UM-ADB/DIO/MAB/001/0208/045744
  57. Carta de Padrão. 73$333 de tença, 22 de Julho de 1782, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.13, f. 87v
  58. Carta de Padrão. Tença de 73$333 rs num dos Almoxarifados do Reino que lhe nomeou seu pai Francisco de Abreu Pereira Cirne, Registo Geral de Mercês de D. Maria I, liv.13, f. 87

Ver tambémEditar