Gemma Frisius

Gemma Frisius, também citado como Gemma Reiner Frisius ou Jemme Reinersz [1] (Dokkum, Frísia, 9 de dezembro de 1508 - Lovaina, 25 de maio de 1555), foi médico, astrônomo, matemático, cartógrafo e fabricante de instrumentos matemáticos. Notabilizou-se pela sua habilidade em construir instrumentos de medição e pela teorias que elaborou, e que foram de grande ajuda para a navegação marítima. Ele criou globos com modelos tridimensionais da Terra, melhorou os instrumentos matemáticos da sua época e aplicou a matemática sob novos prismas para a pesquisa e navegação.

Gemma Frisius
(1508-1555)
Nascimento 9 de dezembro de 1508
Dokkum,  Países Baixos
Morte 25 de maio de 1555
Lovaina  Bélgica
Ocupação Matemático, cartógrafo, filósofo e fabricante de instrumentos matemáticos flamengo.

BiografiaEditar

Frisius nasceu em Dokkum, na atual província da Frísia, nos Países Baixos, filho de pais pobres, que morreram quando ele ainda era jovem. Mudou-se para Groningen e estudou na Universidade de Lovaina, tendo-se matriculado em 1525. Recebeu seu doutorado em Medicina em 1536 e permaneceu na faculdade de Medicina de Lovaina pelo resto de sua vida. O seu filho mais velho, Cornelius Gemma (1535-1578), foi médico, astrônomo, astrólogo e cartógrafo, tendo dado prosseguimento aos modelos astrológicos Ptolomaicos.

Quando ainda estudante, Frisius montou uma oficina para a produção de globos terrestres e de instrumentos matemáticos. Notabilizou-se pela qualidade e precisão dos seus instrumentos, os quais eram elogiados por Tycho Brahe, entre outros. Em 1533, ele descreveu, pela primeira vez, o método de triangulação, ainda hoje usado em medições. Vinte anos mais tarde, ele foi o primeiro a descrever como um relógio de precisão poderia ser usado para determinar a longitude. O matemático e astrônomo francês Jean-Baptiste Morin (1583 - 1656) não acreditava que o método de Frisius para calcular longitudes pudesse funcionar e observou: "Eu não sei se o diabo conseguirá criar um medidor de longitudes, mas é loucura para um homem tentar".[2]

Frisius criou e aperfeiçoou muitos instrumentos, incluindo a balestilha, o astrolábio e os anéis astronômicos.[3] Dentre seus alunos podemos citar Gerardus Mercator (que se tornou seu colaborador), Johannes Stadius,[4] John Dee, Andreas Vesalius e Rembert Dodoens.

Em sua homenagem, uma cratera lunar recebeu o seu nome.

ObrasEditar

  • (Cosmographia (1529) von Petrus Apianus, annotated by Gemma Frisius)
  • De principiis astronomiae et cosmographiae (1530)
  • De usu globi (1530)
  • Libellus de locorum describendorum ratione (1533)
  • Arithmeticae practicae methodus facilis (1540)
  • De annuli astronomici usu (1540)
  • De radio astronomico et geometrico (1545)
  • De astrolabio catholico (1556)

Referências

  1. Gemma Frisius é citado como Jemme Reinersz na edição de Cosmographia de Petrus Apianus.
  2. History topic: Longitude and the Académie Royale
  3. Anéis astronômicos, também conhecidos como anéis de Gemma, são um antigo instrumento astronômico. O instrumento é constituído de três anéis, o meridiano, o equador e o anel de declinação. Ele podeser considerado uma esfera armilar simplificada e portável, ou um modelo mais complexo de astrolábio
  4. Jan van Ostaeyen (1527-1579) (* Loenhout, Antuérpia, Bélgica, 1 de Maio de 1527 - † Paris, 17 de Junho de 1579), foi um astrônomo flamengo, astrólogo e matemático holandês.

BibliografiaEditar