Genealogia de Maomé

Maomé é considerado pelos árabes como sendo descendente de Ismael. Entre Ismael e Adenã, os doutores maometanos estimam que houve quarenta ou sete gerações. Fer está na décima-primeira geração após Adenã.[1]

Árvore genealógica baseada em François Augier de Marigny; que cita que os árabes consideram esta genealogia autêntica:

Ismael
Adenã
Fer
Galebe
Lovua
Caabe
Morrá
Ada
Quelabe
Taiem
Omar, o segundo califa
Coça
Abubecre, genro de Maomé e o primeiro califa
Abdal Manafe
Haxim
Abdal Xemece
Abdal Mutalibe
Omíada
Abdalá
Hâmeza
Abu Lahab
Abas
Abu Talibe
outros oito filhos
Abulabe
Halebe
Abe
Maomé
Ali, quarto califa
Afane
Abu Sufiane
Fátima
Otomão, terceiro califa
Moáuia, sexto califa
Haçane, quinto califa
Huceine

Descendentes de Maomé hojeEditar

CuriosidadeEditar

Em 2003, o nome de Saddam Hussein foi retirado da lista dos descendentes de Maomé, em decisão tomada pela Associação dos Achraf (xarifes), encarregada de estudar a árvore genealógica da descendência do profeta islâmico. O xarife Najeh Mohammad Hassan Al Faham Al Aaaraji reconheceu que Saddam Hussein conseguiu usurpar o título de Saíde (descendente do Profeta), apesar da grande vigilância da qual se gabam os encarregados do registro desta linhagem, cuja lista de membros é conservada em Bagdá. A decisão de riscar Saddam Hussein da lista dos Saídes foi tomada três dias depois de sua captura, preso pelo exército americano perto de Tikrit. [9]

Referências

  1. François Augier de Marigny, The history of the Arabians, under the government of the caliphs, from Mahomet, their founder, to the death of Mostazem, the fifty-sixth and last Abassian caliph: containing the space of six hundred thirty-six years (1758), p.xxxv [google books]
  2. Guiame (13 de abril de 2016). «Descendente de Maomé, Rei da Jordânia apoia restauração do túmulo de Jesus». Guiame. Consultado em 15 de julho de 2020 
  3. «No Marrocos». Jornal Boa Vista. Consultado em 15 de julho de 2020 
  4. «Aga Khan, o descendente de Maomé que investe milhões em Lisboa». www.sabado.pt. Consultado em 16 de julho de 2020 
  5. «Moqtada al-Sadr, o líder onipresente na vida política do Iraque». ISTOÉ Independente. 30 de outubro de 2019. Consultado em 16 de julho de 2020 
  6. «O que se sabe sobre o misterioso novo líder do Estado Islâmico». BBC News Brasil. 1 de novembro de 2019. Consultado em 3 de setembro de 2020 
  7. Oliveira, Emerson de (31 de outubro de 2013). «Descendente direto de Maomé se torna católico: "cedo ou tarde eles vão me matar"». Logos Apologetica. Consultado em 15 de julho de 2020 
  8. Ho, Engseng (7 de novembro de 2006). The Graves of Tarim. [S.l.]: University of California Press 
  9. «Saddam Hussein riscado da lista dos descendentes de Maomé - Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: internacional». Jornal Diário do Grande ABC. Consultado em 5 de outubro de 2020