Abrir menu principal

Geraldo Dutra Pereira

futebolista brasileiro

Geraldo Dutra Pereira mais conhecido como Geraldão, (Governador Valadares, 24 de abril de 1963) é um treinador e ex-futebolista brasileiro. Atuava como zagueiro.

Geraldo Dutra Pereira
Informações pessoais
Nome completo Geraldão
Data de nasc. 24 de abril de 1963 (56 anos)
Local de nasc. Governador Valadares (MG),  Brasil
Altura 1,92 m
Informações profissionais
Posição Treinador (ex-zagueiro)
Clubes de juventude
1975-1979
1979-1981
Brasil Rio Doce
Brasil Cruzeiro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1981-1983
1986-1987
1987-1991
1991-1992
1992
1993
1993
Catar Al-Arabi
Brasil Cruzeiro
Portugal Porto
França Paris Saint-Germain
México América
Brasil Grêmio
Brasil Portuguesa
Seleção nacional
1987 Brasil Brasil 9 (0)
Times/Equipas que treinou
1997
2003
2005
2008
Brasil Ipatinga
Portugal Porto B
Brasil CRB
Brasil Democrata-GV

Era conhecido pelo seu estilo de jogo viril e sua grande força física. Possuía boa técnica[1] e fez sucesso e gols no Porto cobrando faltas.

Índice

CarreiraEditar

JogadorEditar

Foi revelado pelo Cruzeiro em 1986, Geraldão chegou a Seleção Brasileira de Futebol em 1987 convocado pelo também mineiro Carlos Alberto Silva. No mesmo ano transferiu-se para o Porto de Portugal aonde, futuramente, também atuaria como gerente de futebol. No final de janeiro de 1991 a direção do Porto, representada pelo presidente Jorge Nuno Pinto da Costa, decidiu afastar Geraldão do plantel, alegando que ele se encontrava em negociação com o eterno rival Benfica. Um mês e meio após a decisão, o Porto encontrava-se em situação preocupante no Campeonato Português, pois perdera a liderança para o próprio rival. Foi então que Pinto da Costa solicitou a volta do zagueiro, que já se encontrava no Brasil para a continuação do campeonato — o Porto sagrou-se campeão daquele ano.[2]

Sofreu uma grave lesão ainda em 1987 quando tinha apenas 22 anos, o que acabou se agravando com o passar dos anos. Com isso Geraldão encerrou sua carreira prematuramente em 1993, aos 30 anos de idade,[3] após defender a Portuguesa por seis meses.

TécnicoEditar

Após passar três anos longe do futebol cuidando de assuntos pessoais como a sua fazenda em Governador Valadares, Geraldão resolveu voltar ao mundo do esporte em 1996, quando tornou-se técnico diplomado pela Escola de Educação Física do Exército, do Rio de Janeiro. Iniciou a nova carreira treinando o recém-criado Ipatinga em 1997, passou pelo time B do Porto, de Portugal, e em 2005 treinou o CRB,[4] de Alagoas.

OutrasEditar

Além disso, Geraldão ainda foi gerente de futebol do Porto, Ipatinga e Marítimo.[5]

TítulosEditar

Histórico de jogos pela Seleção BrasileiraEditar

  • Total - 9 jogos, 6 vitórias, 1 empate e 2 derrotas

Referências

  1. «Pelé.net - Fazendeiro em Minas, Geraldão quer gerenciar futebol.». Consultado em 21 de agosto de 2008.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  2. «Paixão pelo Porto - Geraldão.». Consultado em 21 de agosto de 2008.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «Consultor Jurídico - Acidente de trabalho.». Consultado em 21 de agosto de 2008.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  4. «geraldofreire.uol.com.br - Gazeta de Alagoas. Consultado em 21 de agosto de 2008.. Arquivado do original em 11 de abril de 2005  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  5. Blog do Jorge Santana - Geraldão, o homem-bomba dos Anos 80
  6. «Folha Online - Medalhistas brasileiros.». Consultado em 21 de agosto de 2008.  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)

Ligações externasEditar