Giani Zail Singh

Gyani Zail Singh (em panjabi: ਜ਼ੈਲ ਸਿੰਘ, Loudspeaker.svg? pronunciation; 5 de Maio de 1916 – 25 de Dezembro de 1994) foi o sétimo Presidente da Índia, entre 1982 e 1987. Antes da sua presidência, foi um político do Partido do Congresso Nacional Indiano, e passou por várias posições ministeriais no Conselho de Ministros da Índia, incluindo o de ministro dos Assuntos Domésticos.

Gyani Zail Singh
ਗਿਆਨੀ ਜ਼ੈਲ ਸਿੰਘ
7Presidente da Índia
Período 25 de Julho de 1982
a 25 de Julho de 1987
Vice-presidente Mohammad Hidayatullah
R. Venkataraman
Antecessor(a) Neelam Sanjiva Reddy
Sucessor(a) R. Venkataraman
Ministro dos Assuntos Internos
Período 14 de Janeiro de 1980
a 22 de Junho de 1982
Secretário-Geral do Movimento Não Alinhado
Período 12 de Março de 1983
a 6 de Setembro de 1986
Antecessor(a) Neelam Sanjeeva Reddy
Sucessor(a) R. Venkataraman
Dados pessoais
Nascimento 5 de maio de 1916
Sandhwan, Punjab, Índia britânica,  Índia
Morte 25 de dezembro de 1994 (78 anos)
Chandigarh, Punjab, Índia
Alma mater Shaheed Sikh Missionary College
Cônjuge Pardhan Kaur (1919-2002)[1]
Filhos Um filho
Três filhas[1]
Partido Partido do Congresso Nacional Indiano
Religião Sikhismo

A sua presidência foi marcada pela Operação Estrela Azul, pelo assassinato de Indira Gandhi e pela revolta contra os Sikh em 1984.[1] Singh morreu dos ferimentos que sofreu em 1994 num acidente de viação.

Referências

  1. a b c Hazarika, Sanjoy (26 de dezembro de 1994). «Zail Singh, 78, First Sikh To Hold India's Presidency». New York Times. Consultado em 23 de agosto de 2015 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Giani Zail Singh

Precedido por
Neelam Sanjiva Reddy
Presidente da Índia
1982 —1987
Sucedido por
R. Venkataraman