Gillian Anderson

atriz americana e britânica


Gillian Leigh Anderson (Chicago, 9 de agosto de 1968) é uma atriz americana e britânica, mais conhecida por seus papéis na televisão, como o de agente especial do FBI Dana Scully na série de televisão da FOX The X-Files, Stella Gibson na série da BBC The Fall, Drª. Bedelia du Maurier na série da NBC Hannibal e Deusa Media na primeira temporada da série American Gods, da Starz e mais recentemente como Drª. Jean F. Milburn na série adolescente de comédia dramática da Netflix Sex Education. Também interpretou a ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher na série dramática The Crown, também da Netflix.

Gillian Anderson
Em 2017, no Festival de Berlim
Nome completo Gillian Leigh Anderson
Nascimento 9 de agosto de 1968 (53 anos)
Chicago, Illinois
Nacionalidade americana
britânica
Residência Londres, Inglaterra, Reino Unido
Ocupação Atriz
Atividade 1986–presente
Cônjuge Clyde Klotz (1994–1997)
Julian Ozanne (2004–2007)
Emmys
Melhor Atriz em Série Dramática
1997 - The X-Files
Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática
2021 - The Crown
Globos de Ouro
Melhor Atriz em Série Dramática
1997 - The X-Files
Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão
2021 - The Crown
Prémios Screen Actors Guild
Melhor Atriz em Série Dramática
1996 - The X-Files
1997 - The X-Files
2021 - The Crown
Melhor Elenco em Série Dramática
2021 - The Crown
Prémios Critics' Choice
Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática
2021 - The Crown
Página oficial

Em 1997, Anderson foi escolhida pela revista People como uma das "50 Pessoas Mais Bonitas do Mundo". Sua filha, Piper Anderson, nasceu em 25 de setembro de 1994.

CarreiraEditar

Em 2000, Anderson recebeu uma indicação ao Saturn Award na categoria Melhor Atriz em televisão. Vencedora de um Prêmio Emmy do Primetime, de um Prêmio Globo de Ouro e dois Prêmios SAG de Melhor Atriz em Série Dramática, a primeira grande chance de Gillian Anderson veio quando ela foi escolhida para um papel no Arquivo X, em setembro de 1993.

Antes, havia conseguido reconhecimento como atriz por sua performance "off-Broadway" na peça de Alan Ayckborne, Absent Friends, no Manhattan Theatre Club, pela qual ela recebeu o prêmio Theatre World Award. Também atuou em The Philantropist, de Christopher Hampton, no Long Wharf Theater.

Sua paixão por teatro começou no colegial, quando ela participava em produções teatrais da comunidade. Mais tarde, Anderson estudou com a National Theatre of Great Britain, na Universidade de Cornell em Ithaca, em Nova Iorque, e depois na Goodman Theater School, na Universidade DePaul em Chicago, onde conseguiu seu diploma BFA (bacharel em artes).

Seus créditos em filmes incluem: Sempre Amigos (The Mighty), Arquivo-X: Resista ao Futuro (The X-Files: Fight the Future), Corações Apaixonados (Playing By Heart) e A Essência da Paixão (The House of Mirth).

No final de 2007, mais precisamente em setembro, a atriz esteve em Nova York filmando How to Lose Friends and Alienate People. Em 14 de maio de 2008, a atriz esteve em Cannes para a estreia do filme Blindness, do brasileiro Fernando Meirelles. A ida para Cannes teve como objetivo a promoção do filme How to Lose Friends and Alienate People mas no local também havia outdoors da Fox, promovendo o segundo filme de Arquivo X.

Na publicação de 1996 das 100 Mulheres Mais Sensuais da FHM, ficou na primeira classificação.[1]

Prêmios e indicaçõesEditar

 
Gillian Anderson em Londres em 2004

Em 2009, Anderson foi eleita uma das 20 mulheres mais poderosas do teatro britânico e recebeu o título "The Honorary Brit" pela Harper's Bazaar e Tiffany & Co..[2] Em 2010, Anderson foi eleita integrante honorária da London Film School (LFS).[3]

Em 2016, Anderson recebeu de maneira honorária o título de oficial da Ordem do Império Britânico (OBE) por seus serviços à atuação.[4] Em 2018, recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood.[5]

Emmy do PrimetimeEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1996 Melhor Atriz em Série Dramática The X-Files Indicado
1997 Venceu
1998 Indicado
1999 Indicado
2006 Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme Bleak House Indicado
2021 Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática The Crown Venceu

BAFTAEditar

Ano Categoria Indicação Notas
2006 Melhor Atriz em Televisão Bleak House Indicado
2012 Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão Any Human Heart Indicado

Globo de OuroEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1996 Melhor Atriz em Série Dramática The X-Files Indicado
1997 Venceu
1998 Indicado
1999 Indicado
2007 Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme Bleak House Indicado
2021 Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão The Crown Venceu

SAG AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1996 Melhor Atriz em Série Dramática The X-Files Venceu
1997 Venceu
Melhor Elenco em Série Dramática Indicado
1998 Melhor Atriz em Série Dramática Indicado
Melhor Elenco em Série Dramática Indicado
1999 Melhor Atriz em Série Dramática Indicado
Melhor Elenco em Série Dramática Indicado
2000 Melhor Atriz em Série Dramática Indicado
2001 Indicado
2021 The Crown Venceu
Melhor Elenco em Série Dramática Venceu

Critics' Choice Television AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
2012 Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme Great Expectations Indicado
2018 Melhor Atriz Coadjuvante em Série Dramática American Gods Indicado
2021 The Crown Venceu

Satellite AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1997 Melhor Atriz em Série Dramática The X-Files Indicado
1998 Indicado
1999 Indicado
2001 Indicado
2006 Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme Bleak House Indicado
2012 Great Expectations Indicado
2015 Melhor Atriz em Série Dramática The Fall Indicado
2021 Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão The Crown Indicado

Saturn AwardsEditar

Ano Categoria Indicação Notas
1996 Melhor Atriz em Televisão The X-Files Venceu
1997 Indicado
1998 Indicado
1999 Indicado
2000 Indicado
2001 Indicado
2015 Indicado
Melhor Atriz Coadjuvante em Televisão Hannibal Indicado
2018 Melhor Atriz em Televisão The X-Files Indicado

Vida pessoalEditar

Gillian Anderson mora em Londres desde o término do seriado Arquivo X. Em 2004, após um longo período de noivado, se casou, no dia 29 de dezembro com o jornalista e documentarista Julian Ozanne. Em abril de 2006 o casal se divorciou e no momento, Gillian Anderson morava com o namorado Mark. O casal tem dois filhos, o pequeno Oscar, que nasceu prematuro no dia 1 de novembro de 2006 e Felix Griffiths nascido em 15 de outubro de 2008. Piper Anderson, filha do primeiro casamento de Gillian, com o produtor de Arquivo X, Clyde Klotz também está morando em Londres. Foi publicado em 8 de agosto de 2012, no E! News que, após seis anos juntos, Gillian Anderson e Mark Griffiths se separam.[6]

Referências

  1. «THE TOP 100. - Free Online Library». www.thefreelibrary.com. Consultado em 17 de abril de 2018 
  2. «Judi Dench and Helen Mirren ranked among powers of theatre». The Daily Telegraph. 6 de março de 2009. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  3. «Gillian Anderson, Jack Gold and Chrissy Bright become Honorary Associates at LFS Annual Show». lfs.org.uk. 14 de dezembro de 2010. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  4. «Honorary British awards to foreign nationals – 2016 – Publications – Government of the United Kingdom». Government of the United Kingdom. 11 de agosto de 2016. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  5. Turchiano, Danielle (8 de janeiro de 2018). «Gillian Anderson Reflects on How 'The X-Files' Launched a Career of Acting, Writing, Directing». Variety. Consultado em 27 de dezembro de 2020 
  6. «br.eonline.com». Br.eonline.com 

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Gillian Anderson