Golias contra o Homem das Bolinhas

filme de 1969 dirigido por Victor Lima

Golias Contra o Homem das Bolinhas é um filme brasileiro de 1969, do gênero comédia, dirigido por Victor Lima. As locações ocorreram na cidade de São Paulo, principalmente no centro, no Jardim Zoológico e no Parque Ibirapuera[1][2]

Golias Contra o Homem das Bolinhas
 Brasil
1969 •  cor •  88 min 
Direção Victor Lima
Roteiro Alberto D'Aversa
Victor Lima
Elenco Ronald Golias
Íris Bruzzi
Otelo Zeloni
Zilda Cardoso
Darlene Glória
Género comédia
Idioma português

ElencoEditar

SinopseEditar

Pacífico é um esperto garoto de rua, amigo da prostituta Arlete, a quem ele considera uma moça "distinta". Arlete seduz Augusto, um pobre escriturário que vive infeliz numa casa com a mulher megera Laura, o cunhado vagabundo Nico e o casal de sogros. Quando Augusto vai ao apartamento de Arlete, descobre que a moça foi assassinada, fica nervoso e foge, mas várias pessoas que o viram sair do edifício, inclusíve Pacífico, pensam que ele é o assassino. Todos lembram da feia gravata azul de bolinhas brancas que usava, por isso Augusto é chamado pela imprensa como "Assassino das Bolinhas". Pacífico, que deseja se vingar do criminoso, passa a persegui-lo.[3]

Referências

  1. Folha Ilustrada Acessado em 24-11-2011
  2. AdoroCinema, Golias Contra o Homem das Bolinhas, consultado em 2 de novembro de 2020 
  3. «FILMOGRAFIA - GOLIAS CONTRA O HOMEM DAS BOLINHAS». bases.cinemateca.gov.br. Consultado em 2 de novembro de 2020 


  Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.