Mundo iraniano

(Redirecionado de Grande Irã)

O termo "mundo iraniano" (em farsi: ایران بزرگ pron: Iran-e Bozorg, também ایران‌زمین pron: Iran-zamîn) é usado para designar a região onde as línguas iranianas eram ou são faladas, e também as regiões que fizeram parte da Pérsia ou dos impérios aquemênida, parta e sassânida. A Enciclopédia Irânica utiliza o termo continente cultural iraniano[1], e outros nomes como Grande Pérsia ou continente cultural persa, de uso particular no Afeganistão e Tadjiquistão. Sob o ponto de vista irredentista, por vezes é chamado Grande Irão ou Grande Irã. Num sentido mais restrito para comunidade linguística da língua persa, é denominado de iranofonia, ou persofonia.[2]

Mapa do mundo iraniano.

Tradicionalmente, e até um período recente, a etnicidade nunca foi um critério determinante de separação nestas regiões. Richard Nelson Frye afirma:

"Sublinho muitas vezes que os povos atuais da Ásia Central falam uma língua iraniana ou turca, e têm uma cultura, uma religião e valores sociais comuns, e só a língua os separa."

É apenas na época moderna que as intervenções coloniais ocidentais e a etnicidade se tornaram fator de separação entre as províncias do mundo iraniano. Mas este é mais um super-estado cultural do que um estado político.

De modo claro, o "mundo iraniano" nunca teve fronteiras fixas, nem mesmo de definição precisa. Enquanto certas fontes definem este espaço como o dos Estados do presente do Irão, Afeganistão, Azerbaijão e repúblicas da Ásia Central [3], outras fontes como as do investigador Richard Nelson Frye dão uma definição mais abrangente incluindo "a maior parte do Cáucaso, do Afeganistão e da Ásia Central, com influências culturais a estenderem-se até ao mundo chinês, ao subcontinente indiano e aos países que falam línguas semitas." Segundo Frye, "Irão significa todos os territórios e povos onde as línguas iranianas são ou foram faladas, e, no passado, as culturas iranianas de múltiplas facetas existiram." (p.xi, Greater Iran). Na obra Nuzhat al-Qolub (نزهه القلوب),o geógrafo medieval Handalá Mustaufi escreveu:

چند شهر است اندر ایران مرتفع تر از همه
Quantas cidades do Irão são melhores que todas as outras,
بهتر و سازنده تر از خوشی آب و هوا
com o seu agradável clima e cheias de promessas,
گنجه پر گنج در اران صفاهان در عراق
A rica Gandja de Albânia, e também Ispaã,
در خراسان مرو و طوس در روم باشد اقسرا
Merv e Tus em Coração, e Cônia (Aqsara).

Uma lista detalhada destas províncias descreve-se seguidamente.

Dentro do grupo irânico (línguas e povos), estão incluídos os persas, curdos, tajiques, ossetas, balúchis, pastós, parsis, hazaras, zazas; como Estados, estão o Irã e o Tajiquistão, Curdistão e Ossétia reclamando independência, e as regiões de Hazarajat e de Baluchistão, e outras da Turquia à Índia.

OrigensEditar

Em língua persa, o mundo iraniano é chamado Iranzamin (ایران‌زمین), o que significa "terra do Irão". Iranzamin era nos tempos míticos oposta a Turanzamin, a "terra de Turão", que ficava para norte da Ásia Central. (ver Dicionário Dehkhoda entrada "Turan")

TratadosEditar

 
Mapa da Ásia Central, de 1719

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

Em francês
Em persa