Abrir menu principal
Gringo Cardia
Nome completo Waldimir Cardia Júnior
Nascimento 1957 (62 anos)
Uruguaiana
Nacionalidade Brasil Brasileiro
Ocupação Arquiteto e artista
Página oficial
http://www.gringocardia.com.br

Waldimir Cardia Júnior, também conhecido como Gringo Cardia (Uruguaiana, 1957), é um artista e arquiteto brasileiro.

Formado em arquitetura pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, criou uma nova linguagem nas áreas cenográficas de teatro, espetáculos de dança e show, tornando-se um dos artistas expoentes a partir da década de 1990.[1]

Desenhou os cenários para shows do Skank e da Xuxa, como a turnê Xuxa Circo, fez o projeto das capas dos CDs de Daniela Mercury Feijão com Arroz e Canibália, assim como o palco do espetáculo Ovo do Cirque du Soleil. Também já trabalhou no Carnaval do Rio de Janeiro.[2]

Frequentemente desenvolve a programação visual de toda a mídia de um espetáculo: do impresso gráfico e vídeo até a criação e construção do cenário do show ou da peça.[1] Em dança, faz a direção de arte e cenografia da Companhia de Dança Deborah Colker desde a sua criação, também trabalhou com o grupo circense Intrépida Trupe por dez anos.[1]

Em 2013, junto com o japonês Shigeru Ban e Diébédo Francis Kéré, de Burkina Fasso, renovou inteiramente o antigo Museu da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho, dos anos 1980.[3]

Contratado ainda em 2013 como carnavalesco da São Clemente, cargo que dividiria com Bia Lessa,[4] mas acabou saindo devido incompatibilidade de ideias com a direção da escola.

Desenvolveu o projeto Casa X, na área de festas infantis, empreendimento da apresentadora Xuxa Meneghel.

No dia 10 de Outubro de 2018, a cantora Ivete Sangalo publicou em sua conta no Instagram, que Gringo Cardia seria o diretor artístico do seu novo projeto "Live Experience" gravado no dia 08 de Dezembro do mesmo ano no estádio do Alliaz Parque.

Referências

  1. a b c «Cardia, Gringo (1957)». Enciclopédia Itaú Cultural. Consultado em 17 de maio de 2013 
  2. «Gringo Cardia criou os infláveis da São Clemente». Folha online, Cotidiano. 20 de fevereiro de 2012. Consultado em 17 de maio de 2013 
  3. «Cruz Vermelha reabre museu e faz mea-culpa por Holocausto». Folha online. 17 de maio de 2013. Consultado em 17 de maio de 2013 
  4. Galeria do Samba. «São Clemente confirma novos carnavalescos: a diretora Bia Lessa e o cenógrafo Gringo Cardia». Consultado em 28 de maio de 2013 
  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.