Abrir menu principal


Haas VF-16
Gutierrez Bahrain 2016 1.jpg
Visão Geral
Produção 2016
Fabricante Haas
Modelo
Carroceria Monoposto de corrida
Designer Rob Taylor
Ficha técnica
Motor Ferrari 061 1.6 V6 Turbo híbrido
Transmissão Ferrari 8 marchas + 1 reverso semiautomáticos
Dimensões
Peso 702 kg
Cronologia
Haas VF-17

O Haas VF-16 é o carro da equipe Haas F1 Team para a Temporada de Fórmula 1 de 2016, e o primeiro carro da história da equipe na categoria, ele foi lançado no dia 21 de Fevereiro e será pilotado pelo franco-suiço Romain Grosjean e pelo mexicano Esteban Gutiérrez.[1]

Índice

Pré-Temporada[2]Editar

Para um time que terminou a construção do carro dias antes, apenas, do primeiro treino da pré-temporada, depois de construir sua sede nas instalações da ex-Marussia, em Banbury, Inglaterra, e conectá-la com a matriz da organização da Haas em Kannapolis, na Carolina do Norte, Estados Unidos, o resultado dos oito dias de treinos surpreendeu positivamente. Gene Haas, o proprietário, é sócio de Tony Stewart na Stewart-Haas Racing, vitorioso time da Sprint Cup, a principal série da Nascar.

O carro, VF-16-Ferrari tem muito do modelo deste ano de Vettel e Raikkonen, como a unidade motriz, o sistema de transmissão, a suspensão traseira, o volante, dentre outros componentes. O grupo sob a coordenação do chefe do time, o italiano Guenther Steiner, produziu com os engenheiros da Dallara o monocoque, como manda o regulamento, a suspensão dianteira e a linha geral do carro, concebida no túnel de vento da Ferrari.

Romain Grosjean e Esteban Gutierrez tiveram problemas no carro nos oito dias, naturais, em especial no sexto dia, em que a Haas não deixou os boxes. Gutierrez saiu, sentiu o motor cortar, voltou e não mais saiu. Na verdade a falha foi da Ferrari, pois o pescador de gasolina não a sugava do tanque, algo semelhante ao enfrentado por Kimi Raikkonen, no terceiro dia.

Mas em vários dias o VF-16 se mostrou confiável, como no último da primeira série, em que o piloto mexicano deu 89 voltas e no sétimo, com o francês completando 78 voltas.

No quesito velocidade, a Haas demonstrou ter produzido um monoposto que, se for bem desenvolvido, não ocupará a última colocação do grid, como talvez fosse de se esperar de uma estreante na complexa F1.

DesempenhoEditar

Única novata no grid, a Haas começa sua empreitada de um degrau superior às estreantes anteriores, graças à profunda parceria técnica com a Ferrari. No entanto, a falta de experiência em uma F1 tão complexa como a de hoje ainda pesa no primeiro projeto.

EstatísticasEditar

  Romain Grosjean X   Esteban Gutierrez
29 Pontos 0
0 Vitórias 0
0 Pole Positions 0
0 Volta Rápida 0
0 Pódios 0
3 Abandonos 5

Resultados na TemporadaEditar

Pos Piloto Nu. AUS
 
BHR
 
CHN
 
RUS
 
ESP
 
MON
 
CAN
 
EUR
 
AUT
 
GBR
 
HUN
 
ALE
 
BEL
 
ITA
 
SIN
 
MAL
 
JAP
 
EUA
 
MEX
 
BRA
 
UAE
 
Pts Pts da Equipe Pos da Equipe
13   Romain Grosjean 8 6 5 19 8 Ret 13 14 13 7 Ret 14 13 13 11 NL Ret 11 10 20 NL 11 29 29
21   Esteban Gutierrez 21 Ret Ret 14 17 11 11 13 16 11 16 13 11 12 13 11 Ret 20 Ret 19 Ret 12 0

Referências

  1. «Haas apresenta VF16, primeiro modelo de sua história, e parte para estreia na F1 com objetivos ousados». Grande Prêmio. 21 de fevereiro de 2016 
  2. ORICCHIO, Livio (05 de março de 2016). «Livio Oricchio: A Fórmula 1 depois dos testes de pré-temporada. Capítulo 1». Globoesporte.com. Consultado em 05 de março de 2016  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
|}|}|}|}|}