Abrir menu principal

Os haletos ou halogenetos (derivam do nome grego halos - sal) são moléculas diatómicas dos elementos do grupo 17 da tabela periódica, ou seja, dos halogêneos (flúor (F), cloro (Cl), bromo (Br), iodo (I) e astato (At))[1] em estado de oxidação -1.[2] Suas características químicas e físicas lhe fazem ser parecidos do cloreto até o iodeto, sendo uma exceção o fluoreto.[2]

Podem ser formados diretamente desde os elementos ou a partir do ácido HX (onde X = F, Cl, Br, I) correspondente com uma base.[1]

Os haletos inorgânicosEditar

Os halogenetos inorgânicos são sais que contém os íons F-, Cl-, Br- ou I-.[1] Com íons prata formam um precipitado de haleto de prata (exceto o fluoreto, que é solúvel).[2] A solubilidade do sal de prata decai com o peso do halogeneto. Ao mesmo tempo aumenta a cor que vai de branco para o cloreto AgCl a amarelo no AgI.

NaF + AgNO3 → NaNO3 + AgF
NaCl + AgNO3 → NaNO3 + AgCl
KBr + AgNO3 → KNO3 + AgBr
KI + AgNO3 → KNO3 + AgI

Também existem complexos metálicos dos halogenetos. Assim, o iodeto de mercúrio se dissolve em presença de um excesso de iodo para formar ânions de tetraiodomercurato HgI42-. (Este íon se encontra por exemplo no reativo de Nessler utilizado na determinação qualitativa do amoníaco).

Os haletos orgânicosEditar

Em química orgânica, haletos são compostos derivados dos hidrocarbonetos (ou outras estruturas orgânicas) pela troca de um ou mais átomos de hidrogênio por halogênios.

FormaçãoEditar

A reação de formação de um haleto orgânico é chamada halogenação. Em compostos saturados, a halogenação ocorre na reação de substituição de um hidrocarboneto com a substância simples do halogênio:[2]

R-H + X2 → R-X + HX

Por exemplo, na formação do clorometano a partir do metano e do gás cloro (Cl2):

CH4 + Cl2 → CH3Cl + HCl

Os pseudohaletosEditar

Os pseudohaletos são íons poliatômicos similares aos haletos tanto em sua carga como em sua reatividade. Exemplos comuns são NNN-, CNO- (cianato) e CN- (cianeto).[1]

Referências

  1. a b c d Líria Alves. «Haletos orgânicos». R7. Brasil Escola. Consultado em 29 de novembro de 2012 
  2. a b c d Júlio César Lima Lira (07 de fevereiro de 2011). «Haletos». InfoEscola. Consultado em 29 de novembro de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)

Ver tambémEditar