Abrir menu principal

Hamid Karzai

Ex-presidente do Afeganistão
Hamid Karzai
Hamid Karzai em 2014.
12Presidente do Afeganistão
Período 22 de dezembro de 2001
a 29 de setembro de 2014
Antecessor Burhanuddin Rabbani
Sucessor Ashraf Ghani
Dados pessoais
Nascimento 24 de dezembro de 1957 (61 anos)
Candaar, Flag of Afghanistan (1931–1973).svg Afeganistão
Primeira-dama Zeenat Karzai
Partido Independente
Religião Islão

Hamid Karzai, em persa e pachto حامد کرزي, (Candaar, 24 de dezembro de 1957) é um cientista político afegão, que foi presidente de seu país desde 22 de dezembro de 2001 até 29 de setembro de 2014. Foi a figura política dominante no Afeganistão desde a derrubada do Emirado em 2001 até meados da década seguinte.[1] Karzai foi o presidente interino da Administração Transitória do Afeganistão[2] em 9 de outubro de 2004, tendo tomado posse em 7 de dezembro do mesmo ano, e reeleito como presidente nas eleições de 2009[3]. Antes de ser presidente do Afeganistão, trabalhou na empresa petrolífera Unocal, a mesma que está participando da criação do gasoduto que sairá do Mar Cáspio para o Ocidente através do território afegão.

É considerado um líder moderado e ocupado na tarefa de reconstrução do seu país, após o período de guerra por que este passou, durante a ocupação talibã e invasão estadunidense. Teve ajuda internacional e o apoio do ex-rei do país, deposto em 1973, Mohammed Zahir Xá, até a sua morte nos finais de julho de 2007. Ele foi acusado por muitos de a corrupção generalizada e o ressurgimento do (neo-) Taliban e a explosão do comércio de papoula.[4][5]

BiografiaEditar

Karzai nasceu em 24 de dezembro de 1957 em Kandahar; oriundo da etnia pastós e filho de Abdul Ahad Karzai, que serviu como Presidente do Parlamento Afegão durante a década de 1960.[6] Seu avô, Khair Mohammad Khan, combateu na Terceira Guerra Anglo-Afegã em 1919 e foi também Vice-presidente do Senado Afegão. A família Karzai foi uma das maiores apoiadoras de Zahir Shah, o último monarca afegão. Seu tio, Habibullah Karzai, ocupou o cargo de Representante Permanente do Afeganistão às Nações Unidas, tendo acompanhado seu monarca durante uma visita de Estado a John F. Kennedy na década de 1960.[7]

Hamid Karzai frequentou a Escola Primária Mahmood Hotaki, em sua cidade natal de Kandahar, e também a Escola Sayed Jamaluddin Afghani, em Cabul. Em 1976, após concluir o ensino médio, viajou para a Índia em intercâmbio, sendo admitido a ingressar na Universidade Himachal Pradesh, onde graduou-se em Relações Internacionais e Ciência Política.[8] Karzai obteve seu mestrado em 1983, apenas alguns anos após a invasão de seu país natal pela União Soviética.[9]

Campanha presidencial de 2004Editar

Quando Karzai candidatou-se em outubro de 2004, venceu em 21 das 34 províncias do país, derrotando outros 22 adversários e tornando-se o primeiro líder afegão eleito por via democrática.

Apesar de sua campanha ter sido reduzida por receio de violência e retaliações, as eleições ocorreram de forma pacífica em todo o território afegão. Após uma investigação das Nações Unidas sobre possíveis irregularidades eleitorais, o Comissão Eleitoral Nacional declarou Karzai o vencedor de fato e futuro Presidente do Afeganistão, com 55.4% dos votos.[10]

Em 7 de dezembro de 2004, Karzai foi empossado Presidente do Afeganistão numa cerimônia reservada em Cabul. Muitos interpretaram a cerimônia como um importante símbolo da "nova era" em que o país ingressaria. Convidados notáveis na posse de Karzai incluíram Zahir Shah, o antigo monarca afegão, três ex-presidentes dos Estados Unidos e o então vice-presidente Dick Cheney.

Referências

  1. «Profile:Hamid Karzai». United States: Public Broadcasting Service (PBS). Dezembro de 2001. Consultado em 3 de outubro de 2010 
  2. «Hamid Karzai». Academy of Achievement. Consultado em 3 de outubro de 2010. Arquivado do original em 13 de dezembro de 2010 
  3. «Karzai declared elected president». BBC News. 2 de novembro de 2009. Consultado em 31 de janeiro de 2010 
  4. http://www.nytimes.com/2008/04/26/world/asia/26afghan.html?_r=0
  5. http://www.nytimes.com/2009/02/08/world/asia/08karzai.html
  6. «Hard man in a hard country». The Guardian. 20 de julho de 2008 
  7. Dyck, Jere Van; Afghanistan., Special To The New York Times (21 de dezembro de 1981). «The Afghan Rulers: Fiercely Traditional Tribes». The New York Times 
  8. «Office of the President». Consultado em 20 de maio de 2017. Arquivado do original em 27 de novembro de 2010 
  9. «Biography - Office of the President». Consultado em 20 de maio de 2017. Arquivado do original em 7 de setembro de 2014 
  10. Morgan, Matthew J. (30 de setembro de 2007). «A Democracy Is Born: An Insider's Account of the Battle Against Terrorism in Afghanistan». Greenwood Publishing Group. Consultado em 22 de maio de 2017. Arquivado do original em 21 de novembro de 2008 
  Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.