Abrir menu principal
Harold Miller
Nome completo Harold Edwin Kammermeyer
Outros nomes Harold A. Miller
Nascimento 31 de maio de 1894
Redondo Beach, Califórnia, EUA
Nacionalidade norte-americano
Morte 18 de julho de 1972 (78 anos)
Los Angeles, Califórnia, EUA
Ocupação ator
Atividade 1919-1965

Harold Miller (31 de maio de 189418 de julho de 1972) foi um ator de cinema estadunidense que iniciou sua carreira na era do cinema mudo, alcançando a era sonora e a era televisiva. Atuou em 558 filmes entre 1919 e 1965, grande parte deles em papéis secundários.[1]

Índice

BiografiaEditar

Harold nasceu em 31 de maio de 1894, filho de Edward Charles Kammermeyer e Lillian Estella Atchison.[2]

Seu primeiro filme foi Upstairs and Down, em 1919, pela Selznick Pictures Corporation, ao lado de Olive Thomas, Rosemary Theby e Mary Charleson, onde atuou sob o nome Harold A. Miller. A partir de 1920, atuou pela Universal Film Manufacturing Company, em filmes como The Peddler of Lies (1920), The Forged Bride (1920) e Desperate Youth (1921), além de atuar em outras companhias, tais como Mayflower Photoplay Company, Clermont Photoplays Corporation, Lloyd Carleton Productions.

Em 1924 atuou pela Pathé nos seriados dirigidos por George B. Seitz The Way of a Man, contracenando com Allene Ray, e Leatherstocking, ao lado de Edna Murphy. A partir do fim dos anos 1920, com o advento do cinema falado, passou a atuar em papéis secundários, muitas vezes não creditados, como em Her Wild Oat (1927), Men of Chance (1931), Born to Be Bad (1934), entre outros.

Atuou não creditado em filmes importantes como The Count of Monte Cristo, em 1934, The Woman in Red (1935), Dante's Inferno (1935), Mr. Deeds Goes to Town (1936), Topper (1937), Saboteur (1942), Laura (1944), Mildred Pierce (1945), Gilda (1946). Atuou em mais de 500 filmes, na maioria das vezes apenas em pontas, não-creditado. Teve pequenas participações em seriados como The Batman (1943), e chegou a alcançar a era televisiva, atuando em séries de televisão, tais como Adventures of Superman, The Lone Wolf, Perry Mason e Father Knows Best, entre outras. Seu último filme foi The Third Day, em 1965, num pequeno papel não creditado.

Vida pessoal e morteEditar

Faleceu em 18 de julho de 1972 e está sepultado no Forest Lawn Memorial Park, em Glendale.[3]

Filmografia parcialEditar

Referências

Ligações externasEditar