Haroldo Costa

Haroldo Costa (Rio de Janeiro, 13 de maio de 1930) é um ator, escritor, produtor e sambista brasileiro.

Haroldo Costa
Costa, 2013
Nascimento 13 de maio de 1930 (91 anos)
Rio de Janeiro

BiografiaEditar

A iniciação teatral de Haroldo Costa deu-se no Teatro Experimental do Negro, quando atuou na peça O FILHO PRÓDIGO, de Lucio Cardoso. De volta ao Brasil, depois da viagem de cinco anos pelo mundo com a companhia de danças Brasiliana, da qual foi um dos fundadores, diretor artístico e um dos bailarinos, foi convidado por Vinicius de Moraes, de quem tornou-se amigo em Paris, para protagonizar a peça ORFEU DA CONCEIÇÃO. Representou também o papel de Jesus no Auto da Compadecida, de Ariano Suassuna. No cinema trabalhou dirigiu o filme PISTA DE GRAMA e como ator participou de CLEO E DANIEL (Dir. Roberto Freire) DEU NO New York Times (Dir. Henfil) RUA ALGUEM 555

 
Haroldo Costa, 1964. Arquivo Nacional

Durante muito tempo atuou como produtor-realizador de espetáculos, contratado por proprietários de casas de shows. Foi assim que, a partir de 1960 ele apresentou na Boate Plaza, de Mauricio Lanthos, Top Club do Barão Von Stuckardt, no Night and Day e Fred´s, de Carlos Machado, na Boate Drink dos Irmãos Peixoto (Cauby, Andiara, Moacir e Araken), no Golden Room do Copacabana Palace, na Sucata de Ricardo Amaral, todas no Rio de Janeiro, shows de carater essencialmente brasileiro, o que se tornou a sua marca.

Obras literáriasEditar

  • 1982 Fala, Crioulo
  • 1984 Salgueiro: Academia de Samba
  • 2000 Na Cadência do Samba
  • 2001 100 Anos de Carnaval no Rio de Janeiro
  • 2002 As Escolas de Lan
  • 2003 Salgueiro - 50 anos de glória
  • 2005 Ernesto Nazareth - Pianeiro do Brasil

FilmografiaEditar

Na Televisão
Ano Título Personagem Notas
2012 Subúrbia Seu Aloysio
2004 A Diarista Figueirão Episódio :"Separações "
1999 Chiquinha Gonzaga Raimundo
1996 Você Decide Episódio: "Sinatra do Méier"
1995 A idade da loba Altino
1990 A história de Ana Raio e Zé Trovão Júlio
Pantanal Padre Antônio Participação especial
Mãe de Santo Pai de Fernando [1]
1989 Kananga do Japão Juca Ferreira
1965 A Moreninha
1958 Grande Teatro Tupi Episódio :"A Morte Civil"
No Cinema
Ano Título Personagem
2017 Dona Flor e Seus Dois Maridos Pai Didi
2009 Se Eu Fosse Você 2 Dançarino
2005 Casa de Areia Capataz
2003 Meu Pai Advogado
1987 Tanga (Deu no New York Times?) Ovo
1970 Cléo e Daniel Benjamin
1969 Rifa-se uma Mulher Motorista
1962 Pluft, o Fantasminha Pirata antigo

DocumentárioEditar

Em 2015, o documentarista Silvio Tendler, dirigiu "Haroldo Costa – O Nosso Orfeu".[2]

Referências

  1. «Mãe de Santo». teledramaturgia.com. Consultado em 8 de fevereiro de 2021 
  2. Haroldo Costa – O Nosso Orfeu, acesso em 26 de julho de 2016.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço relacionado ao Projeto Biografias. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.