A Diarista

A Diarista
Logotipo da série
Informação geral
Formato série
Gênero Comédia
Duração 30 minutos
Criador(es) Gloria Perez
Desenvolvedor(es) Maria Mariana
Bruno Mazzeo
Aloísio de Abreu
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) José Alvarenga Júnior
Produtor(es) Daniel Vincent
Câmera Multicâmera
Distribuição Brasil Rede Globo
Roteirista(s) Emanuel Jacobina
Lícia Manzo
Guilherme Vasconcelos
Margareth Boury
João Avelino
Maurício Rizzo
Duba Elia
Elisa Palatnik
Cláudia Jouvin
Elenco
Tema de abertura "Dona da Banca", Aleh
Localização Rio de Janeiro, RJ
Exibição
Emissora original Rede Globo
Formato de exibição 480i (SDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 13 de abril de 200431 de julho de 2007
Temporadas 4
Episódios 123 (lista de episódios)

A Diarista é um seriado brasileiro de comédia produzido e exibido originalmente pela Rede Globo, entre 13 de abril de 2004 e 31 de julho de 2007 em quatro temporadas e 123 episódios. Criada por Gloria Perez – como um especial de final de ano em 2003 – a série foi incorporada na grade de programação em 2004 com desenvolvimento de Maria Mariana, Aloísio de Abreu e Bruno Mazzeo, além dos roteiros adicionais de Emanuel Jacobina, Lícia Manzo, Guilherme Vasconcelos, Margareth Boury, João Avelino, Maurício Rizzo, Duba Elia, Elisa Palatnik e Cláudia Jouvin.[1]

Contou com Cláudia Rodrigues, Dira Paes, Helena Fernandes, Cláudia Mello e Sérgio Loroza nos papéis principais.

EnredoEditar

Marinete (Cláudia Rodrigues) não tem medo de trabalho. Ela é uma diarista e cada dia trabalha numa casa diferente com vários tipos de patrões (a maioria são malucos ou pães duros), durante suas diárias ela conhece novas pessoas e arranja muitas confusões. Suas amigas, Dalila (Cláudia Mello), Ipanema (Helena Fernandes), Solineuza (Dira Paes) o chefe Figueirinha (Sérgio Loroza) e sua inimiga Gislele (Renata Castro Barbosa), sempre estão na área para ajuda-la ou tirá-la de uma confusão, que eles mesmos a colocaram. A série tem a Abolição como bairro do apartamento de Marinete.

AntecedentesEditar

Em 2003, a Rede Globo encomendou para Gloria Perez a produção de um especial de final de ano, o qual ela utilizou como temática as diaristas, profissão que estava se popularizando no Brasil naquela época.[2] O especial de A Diarista foi ao ar em 21 de dezembro de 2003, sendo protagonizado por Cláudia Rodrigues, trazendo colaboração de Aloísio de Abreu e Maria Mariana, e direção geral de Cininha de Paula.[2] O especial teve boa repercussão com o público e audiência e foi aprovado para entrar na grade de programação de 2004 como um programa fixo.

ProduçãoEditar

"No Zorra Total eu fazia humor rasgado. Em A Diarista eu faço dramaturgia com humor, o que é bem diferente. Minha personagem aqui não é tão caricata. Ela é muito mais próxima da vida real."

Cláudia Rodrigues sobre a semelhança da personagem central com a vida real.

Devido a boa repercussão de audiência e público do especial de fim de ano, A Diarista foi aprovada para entrar na grade de programação de 2004 como um seriado fixo, estreando em 13 de abril às 22h, após a "novela das oito".[3] Glória Perez não quis continuar como autora, uma vez que estava desenvolvendo a telenovela América para 2005, sendo que o post passou a ser ocupado por Maria Mariana, Bruno Mazzeo e Aloísio de Abreu, tendo ainda outros diversos roteiristas adicionais e a direção trocada de Cininha de Paula por José Alvarenga Júnior.[2] O último episódio foi ao ar no dia 31 de julho de 2007.[4]

Cláudia Rodrigues vinha do humorístico Zorra Total, onde fazia personagens como Ofélia e Talía. Em A Diarista, a atriz apostou num tipo de humor bem diferente daquele que estava acostumada a fazer. Para criar sua personagem, Marinete, Cláudia Rodrigues se baseou numa grande pesquisa que a produção do programa fez junto a dezenas de diaristas de verdade, além de sua própria empregada. O ator Leandro Firmino deixou A Diarista por conta do vínculo com a produtora Picante Pictures, que negociava um seriado independente com outras emissoras. Figueira (Leandro Firmino) foi substituído por Sérgio Loroza no seriado. Figueirinha, personagem de Loroza, chegou para assumir o emprego do irmão que fora demitido da agência de diaristas, porque dava em cima das candidatas.[5] A quarta temporada foi a mais curta, com apenas 14 episódios, devido à uma baixa audiência, sendo que naquele ano a série foi substituída por Toma Lá, Dá Cá.[6] Na época a imprensa noticiou uma série de brigas nos bastidores, uma vez que Claudia estaria incomodada que as personagens de Dira Paes e Helena Fernandes estavam fazendo mais sucesso com o público que a protagonista e pediu diminuição das cenas de ambas.[7][8]

Tentativas de retornoEditar

Desde 2007 Cláudia Rodrigues insistia que a série deveria continuar e começou a negociar a produção de uma nova temporada, a qual a atriz queria que o cenário mudasse do Rio de Janeiro para São Paulo e que o elenco mantivesse apenas Cláudia Melo e Sérgio Loroza.[9][10] No final de 2009 a emissora aprovou a produção do roteiro de seis novos episódios da série, que seria analisado pela cúpula e, se recebesse o aval positivo, entraria na programação em abril de 2010.[11] A decisão de dar uma nova chance ocorreu quando Miguel Falabella anunciou que não continuaria com Toma Lá, Dá Cá após três temporadas por acreditar que a produção já tinha chegado ao seu limite, embora a emissora não tivesse outros planos para o horário ainda, recorrendo a uma das duas produções antigas canceladas as quais a equipe queria continuar – A Diarista e Sob Nova Direção – optando pela primeira.[12]

Aprovada, a quinta temporada começou a ser gravada em dezembro de 2009, tendo no elenco apenas as duas Cláudias e Sérgio, além da previsão de estreia para 6 de abril de 2010.[13] No entanto, em janeiro de 2010, Cláudia Rodrigues teve que interromper as gravações devido aos problemas de saúde causados pela esclerose múltipla.[14][15] Em fevereiro de 2010, porém, é anunciado que o retorno da série foi cancelado devido aos problemas de saúde da atriz e não retornaria à grade da emissora, deixando três episódios inéditos gravados e nunca exibidos.[16] Desde 2011 Cláudia anunciou diversas vezes que a série voltaria, porém a emissora nunca aprovou o projeto, deixando claro que era apenas um desejo da atriz.[17][18]

RepriseEditar

Em Janeiro de 2016, a Rede Globo enviou para o Ministério da Justiça treze episódios de diferentes temporadas da série para classificação. Supostamente, a série seria reprisada as tardes de sábado dentro da Sessão Comédia, que na época exibia o seriado Os Caras de Pau. Poucos dias depois, a emissora recebeu a autorização positiva para a exibição do seriado. [19]Porém, desistiu e optou pela reprise do Sai de Baixo. Atualmente, está em reprise no Canal Viva.[20]

Elenco e personagensEditar

PrincipalEditar

  • Cláudia Rodrigues como Marinete dos Santos: Diarista da agência "Dia a Dia Diarista", que vive se metendo em roubadas, sejam causadas pelas suas próprias trapalhadas ou pelos seus chefes Figueira e Figueirinha. Barraqueira, provocadora e de pavio curto, frequentemente responde às pessoas com ironias, principalmente quando leva cantadas e é apelidada de baixinha. Mas apesar de tudo, Marinete é uma pessoa de bom coração e humilde que sempre faz amizades por onde passa.
  • Dira Paes como Solineuza da Silva: Melhor amiga e vizinha de Marinete, pouco inteligente e ingênua, com uma voz fina e infantil. Por isso é alvo frequente das provocações de Marinete, que a chama de poia, songamonga e lesa.
  • Cláudia Mello como Dalila Sampaio: Vizinha de Marinete fumante e comilona. Frequentemente conta as situações que ela passa com o seu marido irritante e violento Cavalão; porém ela também é forte e revida em dobro nele.
  • Helena Fernandes como Ipanema de Jesus (Temporadas 2-4): Vizinha e amiga faz-tudo de Marinete, capaz de consertar pia, aquecedor, trocar encanamento de casa, entre outros. Já acostumada com as piadinhas pelo seu nome, Ipanema já sofreu muito por causa de homem e, por isso, faz questão de não depender deles para nada.
  • Leandro Firmino como Jorge Figueira (Temporada 1): Primeiro Chefe da agência "Dia a Dia Diaristas" - onde Marinete trabalha - que frequentemente dá em cima das funcionárias da agência, principalmente de Marinete.
  • Sérgio Loroza como Paulo "Figueirinha" Figueira (Temporadas 1-4): Irmão mais novo de Figueira que assume a agência "Dia a Dia Diaristas" após o primeiro ser afastado devido a acusações de assédio sexual. Bem humorado, ele sempre dá um jeito de arrumar um trabalho legal para Marinete, apesar dos salários sempre serem pagos com atrasos homéricos.

RecorrenteEditar

  • Renata Castro Barbosa como Gislene (Temporadas 1-3): Diarista rival de Marinete, tão barraqueira quanto. Odeia trabalhar e sempre engana suas patroas inventando mentiras que vê em novelas, mas sempre se dá mal no final. Sempre que as duas se encontram, elas trocam xingamentos - chamando Marinete de baixinha e anã, e recebendo buçuda ou bigode, por causa do seu excesso de pêlo no buço - e tentam atrapalhar a vida de uma da outra.
  • Cláudia Rodrigues como Maria Elizabeth Bittencourt (Temporadas 1-2): Sósia de Marinete, é uma rica, esnobe, perversa e egocêntrica dondoca que odeia pobres. Por esse motivo, está sempre em guerra com a diarista. Sua característica mais desagradável é o seu gritinho agudo e fininho: "Sai daquiii!".

EpisódiosEditar

 Ver artigo principal: Lista de episódios de A Diarista
Temporada Episódios Exibição Original
Estreia de temporada Final de temporada
Especial de fim de ano 21 de dezembro de 2003
37 20 de abril de 2004 21 de dezembro de 2004
36 5 de abril de 2005 20 de dezembro de 2005
31 4 de abril de 2006 19 de dezembro de 2006
15 10 de abril de 2007 31 de julho de 2007

ControvérsiasEditar

O episódio "Aquele dos Vizinhos" mostrou Marinete trabalhando na casa de patrões árabes, e, desastradamente, a empregada acaba quebrando alguns objetos culturais preciosos. A Rede Globo foi obrigada a pedir desculpas à comunidade árabe, pois caso contrário haveria um boicote a produtos brasileiros, como, por exemplo, a equipe de produção do Caldeirão do Huck não poderia mais viajar para os Emirados Árabes Unidos.[21]

Exibição internacionalEditar

PrêmiosEditar

  • 2004 - Troféu Imprensa.
  • 2005 - Prêmio Arte Qualidade Brasil.

Referências

  1. «"Cláudia Rodrigues fala sobre o interropimento das gravações da A Diarista e seu afastamento"». O Fuxico. 20 de abril de 2011. Consultado em 21 de fevereiro de 2012 
  2. a b c «Globo exibe especial 'A Diarista' dia 21». Diário do Grande ABC. 14 de dezembro de 2003. Consultado em 11 de junho de 2016 
  3. «Claudia Rodrigues estréia "A Diarista" amanhã na Globo». Folha Ilustrada. 12 de abril de 2004. Consultado em 11 de junho de 2016 
  4. «Globo tira 'A Diarista' do ar, mesmo com episódios gravados». Jornal do Brasil. 23 de julho de 2007. Consultado em 11 de junho de 2016 
  5. «Leandro Firmino sai de A Diarista». Portal Terra. 18 de setembro de 2004. Consultado em 21 de Fevereiro de 2012 
  6. «-A Diarista- sairá do ar; brigas de Cláudia Rodrigues geram estresse na Globo». O Pantaneiro. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  7. «Brigas sustam 'A Diarista'; série volta em SP». Folha de S.Paulo. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  8. «Cláudia Rodrigues nega briga com Dira Paes». Estrelando. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  9. «'A Diarista' sai do ar dia 31, sem garantias de voltar em 2008». Globo. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  10. «-A Diarista- sairá do ar; brigas de Cláudia Rodrigues geram estresse na Globo». O Pantaneiro. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  11. «'A Diarista' volta pra Globo sem Dira Paes». Terra. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  12. «A volta de Os Normais e A Diarista, fim de Toma Lá, Dá Cá». Minha Série. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  13. «André Marques invade as gravações de A Diarista, que reestreia em 2010». Ego. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  14. «Cláudia Rodrigues interrompe 'A Diarista' por motivos de saúde, diz jornal». Ego. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  15. «GLOBO ADIA NOVA TEMPORADA DE A DIARISTA». O Fuxico. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  16. «Cancelada na Globo, "A Diarista" é sucesso no exterior». UOL. 14 de fevereiro de 2010. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  17. «Volta de "A Diarista" é dúvida até para 2011». UOL. 27 de março de 2010. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  18. «Cláudia Rodrigues revela que voltará a fazer 'A Diarista'». Correio 24 Horas. 17 de março de 2014. Consultado em 6 de agosto de 2018 
  19. «Globo envia "A Diarista" para Classificação e série pode ser reprisada». NaTelinha. Consultado em 6 de dezembro de 2019 
  20. «Justiça libera "A Diarista" para reprise nas tardes de sábado da Globo». NaTelinha. Consultado em 6 de dezembro de 2019 
  21. http://www.portaldatv.com/noticias/headline.php?n_id=9042&u=1

Ligações externasEditar