Henrique I de Orleães-Longueville

Henrique I de Orleães, Duque de Longueville (em francês: Henri I de Orléans, Duc de Longueville); 1568 - Amiens, 8 de abril de 1595) foi um nobre e militar francês pertencente à Casa Orleães-Longueville.

Henrique I de Orleães-Longueville
Grande Camareiro de França
Duque de Longueville
Conde Soberano de Neuchâtel
Reinado 7 de agosto de 1573
a 8 de abril de 1595
Predecessor Léonor de Orleães-Longueville
Sucessor Henrique II de Orleães-Longueville
 
Esposa Catarina de Gonzaga-Nevers
Descendência Henrique II de Orleães-Longueville
Casa Orleães-Longueville
Nome completo Henri I de Orléans, Duc de Longueville
Nascimento 1568
Morte 8 de abril de 1595 (27 anos)
  Amiens, Reino de França
Pai Léonor de Orleães-Longueville
Mãe Maria de Bourbon, Condessa de Saint-Pol
Brasão

Foi Grande Camareiro de França (em francês: Grand Chambellan de France) de 1589 a 1595 sob o reinado de Henrique IV.

BiografiaEditar

FamíliaEditar

Filho de Léonor de Orleães, Duque de Longueville (1540-1573) e de Maria de Bourbon, Duquesa de Estouteville e Condessa de Saint-Pol (1539-1601), sucede ao pai, em 1573, nos títulos da família entre os quais Duque de Estouteville, Príncipe de Châtelaillon, Conde soberano de Neuchâtel, Conde de Tancarville e de Valangin. Foi Par de França.

Casamento e descendênciaEditar

A 1 de março de 1588, casa com Catarina Gonzaga (1568–1629), filha de Luís Gonzaga, Duque de Nevers e de Henriqueta de Nevers, de quem teve um filho que nasceu dois dias antes da sua morte:

CarreiraEditar

Henrique foi governador da Picardia e derrotou as forças da Liga Católica chefiadas por Carlos, Duque de Aumale na batalha de Senlis, em Maio de 1589.

Quando o rei Henrique III foi assassinado, tempos depois, nesse ano, Longueville jurou fidelidade ao seu sucessor, Henrique IV, recebendo o comando das forças na Picardia tornando-se, então, Grande Camareiro de França.

Longueville veio a morrer em consequência de um ferimento de uma salva de um mosquete, que celebrava a sua entrada em Dourlers. No entanto, outras versões dizem não se ter tratado de um acidente mas sim de uma tentativa de assassinato organizada por Gabrielle d'Estrées ou por um marido ciumento.

O monumento funerário que lhe é dedicado e ao seu filho, foi esculpido pelo escultor François Anguier, e pode ser visto no Museu do Louvre.

LiteraturaEditar

Henrique de Longueville terá inspirado o personagem Longueville na comédia de William Shakespeare Love's Labour's Lost[1]

Ver tambémEditar

ReferênciaEditar

  1. em português: Trabalhos de Amores Conquistados ou Canseiras do Amor em Vão

Ligações externasEditar

BibliografiaEditar

  • (em francês) Boltanski, Ariane - Les ducs de Nevers et l'État royal: genèse d'un compromis (ca 1550 - ca 1600), Librairie Droz, 2006;
  • (em inglês) Butler, A.J. - The Cambridge Modern History, Volume III - Capítulo The Wars of Religion in France, editor Ward, A.W./Prothero, G.W./Leathes, Stanley, 1904;
  • (em inglês) Hibbard, G.R. - Love's Labour's Lost, Oxford University Press, 1990;
  • (em inglês) Potter, David - Foreign Intelligence and Information in Elizabethan England: Two Treatises on the State of France, 1580-1584, Cambridge University Press, 2005;
  • (em inglês) Butler, A.J. - The Cambridge Modern History, Volume XIII editor Ward, A.W./Prothero, G.W./Leathes, Stanley, 1911.


Henrique I de Orleães-Longueville
Nascimento: 1568 Morte: 8 de abril 1595
Nobreza da França
Precedido por:
Léonor
Duque de Longueville
7 de agosto 1573 – 8 de abril 1595
Sucedido por:
Henrique II
Títulos reais
Precedido por:
Léonor
Príncipe de Neuchâtel
7 de agosto de 1573 – 8 de abril 1595
Sucedido por:
Henrique II