Hermanias

Hermanias foi um programa de humor emitido pela RTP, canal público de televisão portuguesa, no ano de 1984.[1] Este programa seguiu-se a O Tal Canal e foi escrito por Herman José, Miguel Esteves Cardoso, Tozé Brito e António Tavares Teles.[2]

ElencoEditar

Muito parecido com o do programa anterior, para além a indispensável participação do autor, faz também parte integrante Lídia Franco, Vítor de Sousa, Margarida Carpinteiro, Natália de Sousa, Helena Isabel e Luís Horta.[1]

ProgramaEditar

O centro de Hermania é um cabaret de muito baixa categoria, no qual surgem as personagens principais, como Maria Teresa de Bragança, Mirita, Carmen ou o eterno Serafim Saudade, o Verdadeiro Artista.[1] Esta popular personagem criada e interpretada por Herman José caracteriza-se pela sua peruca aos caracóis, replicando os cantores populares da altura.[1] As suas músicas foram da autoria de Carlos Paião,[3][4] destacando-se músicas como "Serafim Saudade", "A canção do beijinho" ou "Mentirosa", que foram editadas em disco.[5]

Em paralelo ao cenário do cabaret, existiam sketches, como o do vendedor de caixões (os actores, Herman e Margarida Carpinteiro, não conseguiram conter o riso e a cena foi assim para o ar); o do comentador de futebol José Esteves; as interrupções por causa dos níveis de decência do cameramen censor Mário Cortes,[6] percursor do eterno Diácono Remédios de Herman Enciclopédia;[4] ou o menino Nelito.[6]

PersonagensEditar

  • Mário Cortes (Herman José) - O cameraman de barrete madeirense, patilhas e bigode com um eterno mau feitio que mandava parar toda ou qualquer cena que não achava correcta (um personagem que deu início aos auto-censores de Herman José que se seguiram, entre eles o saudoso Diácono Remédios);[1][4]
  • Rita (Margarida Carpinteiro) - A empregada do bar à qual Serafim estava constantemente a pedir um lenço durante as suas actuações (" Olha lá oh Rita arranja-me outro lenço");
  • Caramelo (Luís Horta) - uma espécie de contra-regra da sala de espectáculos, com o seu característico sotaque açoriano.

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b c d e f g h i «Hermanias». Rádio e Televisão de Portugal (RTP). Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  2. «Hermanias - Full credits» (em inglês). IMDB. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  3. Zita Ferreira Braga (26 de Agosto de 2014). «Carlos Paião partiu há 26 anos». Jornal Hardmusica. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de setembro de 2015 
  4. a b c Tiago Tavares (19 de Março de 2015). «Nove expressões que devemos a Herman José». Observador. Consultado em 19 de Março de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  5. «Serafim Saudade» (em inglês). Discogs. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 
  6. a b «Hermanias». RTP. Consultado em 1 de Setembro de 2015. Cópia arquivada em 1 de Setembro de 2015 

Ligações externasEditar