Abrir menu principal

Hungria Hip Hop

(Redirecionado de Hungria Hip-Hop)
Hungria Hip Hop
Hungria em 2019
Nascimento Gustavo da Hungria Neves
26 de maio de 1991 (28 anos)
Ceilândia, DF
Nacionalidade brasileiro
Etnia pardo[1]
Estatura 1.72 m[1]
Filho(s) 1
Ocupação
Período de atividade 2007—presente
Carreira musical
Gênero(s)
Instrumento(s)
Gravadora(s) Best Produtora
Religião Evangélico
Página oficial
https://hungriahiphop.com.br

Gustavo da Hungria Neves (Ceilândia, 26 de maio de 1991), mais conhecido pelo seu nome artístico Hungria Hip Hop, é um rapper, cantor, compositor e produtor musical brasileiro.[2][3][4] Hungria ficou conhecido nacionalmente pelo seu primeiro single "Bens Materiais", considerado como um dos maiores clássicos do rap brasiliense; mas só alcançou sucesso fora do território nacional com as músicas "Dubai", "Lembranças", "Coração de Aço", "Beijo com Trap", "Chovendo Inimigo", "Não Troco", " Quebra-cabeça", "Um Pedido", e "Insônia", com cada uma delas ultrapassando a marca de 100 milhões de acessos na Internet. Atualmente seu maior hit "Lembranças" possui mais de 300 milhões de acessos no YouTube, e tornou-se trilha sonora de Malhação: Viva a Diferença. Hungria possui três álbuns de estúdio, um EP, e já foi certificado com três vezes single de Platina pela canção "Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La)" com Gusttavo Lima. Atualmente Hungria é considerado o mais notório artista de hip hop do Brasil.[5]

BiografiaEditar

Inicio de carreiraEditar

 
Hungria após show em Belo Horizonte em 2013.

Gustavo começou a compor com apenas 8 anos de idade, sendo incentivado pelo seu irmão Leandro e também por Kruel, vocalista do Bonde Tesão. Em 2007, lançou sua primeira música intitulada "Hoje Tá Embaçado", que em pouco tempo contabilizou 120 mil de downloads. Porém, Hungria só ampliou sua notoriedade com o lançamento do seu primeiro single, o hit "Bens Materiais", que hoje é considerado um dos maiores clássicos do rap brasiliense. Bens Materiais foi lançado com um videoclipe de baixo recurso, mas que não impediu seu destino viral.[6] Com o sucesso, Gustavo decidiu que precisava de um nome artístico que fosse facilmente buscável pelo Google, já que apenas "Hungria" vinham resultados de busca referente ao país Hungria, sendo assim, adotou o seu sobrenome Hungria, adicionando a palavra Hip Hop no final.[7] Em 2009, lançou seu primeiro álbum de estúdio intitulado Hip Hop Tuning com 16 faixas. Em seguida fez parte do projeto paralelo Sentinela, uma banda formada por Chacall, Wlad Borges e Hungria, porém foi encerrado após uma desavença entre Hungria e Wlad Borges. Em 2010 Hungria fez parte do grupo Son d’Play. Foi um trabalho desenvolvido em parceria com Chacall e DJ Mixer, sendo importante para que Hungria ganhasse experiência de palco e moldasse a carreira, porém o grupo chegou ao fim quase 3 anos depois, pois Hungria afirmou que seu maior sonho era a carreira solo. Sua relação com os outros membros tem sido distante ate então, e atualmente Son d’Play tem sido formado só por Chacall e sua equipe de shows.[8][9]

2013-atualmente: Fase de sucessoEditar

Em abril de 2013, Hungria assinou contrato com o empresário Eduardo Bastos CEO da Best Produtora, inc., a atual gravadora que gerencia sua carreira; e voltou com sua carreira solo lançando o single "Sai do Meu Pé" junto com seu videoclipe. Em agosto do mesmo ano lançou como single "O Playboy Rodou" também com um videoclipe. Em setembro lançou o videoclipe do single "Baú Dos Piratas" com a participação de Misael.[10] Em fevereiro de 2014 lançou o single "Cama De Casal" que teve seu lançamento exclusivo no programa The Noite com Danilo Gentili exibido no SBT.[11] Em setembro, lançou seu primeiro extended play com cinco músicas intitulado "O Play Boy Rodou", e consequentemente sua aparição da TV tornou-se mais frequente.[12] Em outubro lançou o single "Zorro Do Asfalto". Em janeiro de 2015, lançou o single "Carruagem". Em setembro, lançou como single a canção "Detalhes".[13] Em julho, lançou seu segundo álbum intitulado "Meu Carona" com 11 faixas.[14] Em novembro, lançou o single "Bolo Doido" com a participação de Mr. Catra. Em dezembro, lançou o single "Astronauta".[15] Em março de 2016, foi lançado o single "Dubai".[16] Em agosto, lançou o single "Lembranças" que se tornou uma das músicas de rap mais ouvidas no país, e também trilha sonora de Malhação: Viva a Diferença exibido pela Rede Globo.[17] Em outubro lançou o single "Provavelmente".[18] Em dezembro, lançou em parceria com Lucas Lucco o single "Quebra-Cabeça".[19] Em julho de 2017, lançou o single "Coração De Aço". Em novembro, lançou o single "Não Troco". Em julho de 2018, foi lançado o single "Beijo Com Trap". O videoclipe da música contou com a participação de Mano Brown e Mr. Catra.[20][21] Em novembro, lançou o single "Chovendo Inimigo".[22][23] Em junho de 2019 foi lançado o single "Um Pedido", que conta um pouco da trajetória do cantor ao longo desses anos.[24][25][26]

Projeto em atributo a Chorão pela Universal MusicEditar

Em 2019 Hungria participou de um projeto da Universal Music que une vários artistas para o lançamento de um EP com promessa de DVD, em tributo ao falecido cantor Chorão, vocalista do Charlie Brown Jr.. Para o projeto foi confirmado também a participação dos artistas Marcelo D2, Nação Zumbi, Maneva e O Rappa.[27]

Vida pessoalEditar

Gustavo da Hungria Neves, nasceu em 26 de maio de 1991 em Ceilândia, Distrito Federal, é filho de Raquel da Hungria e Manoel Neves.[28] Em 2017 nasceu Isadora Sampaio da Hungria, a primeira filha do cantor, fruto de um relacionamento com a ex-namorada Gabriela Sampaio.[29] Hungria também não é a única figura pública da família; o também rapper, Chacall com quem junto integrou anteriormente os grupos Sentinela e Son d'Play é seu primo.[30]

ControvérsiasEditar

Problemas com direitos autoraisEditar

O videoclipe de Um Pedido após fazer 49 milhões de visualizações, foi retirado do ar devido a uma reivindicação internacional de direitos autorais. A canção possuía sample não-autorizado de uma musica chinesa pertencente a "Zi De Guqin Studio (自得琴社)" em quase toda sua estrutura.[31]

DiscografiaEditar

 Ver artigo principal: Discografia de Hungria Hip Hop

Álbuns de estúdioEditar

  • Hip Hop Tuning (2009) — Grav. Usina Music
  • Bem-vindo ao Meu Club (2011) c/ Chacall "Son d'Play" — Grav. Kamika-Z
  • Meu Carona (2015) — Grav. Best Produtora

Prêmios e indicaçõesEditar

Ano Prêmio Categoria Nomeação Resultado Ref.
2018 Prêmio Multishow de Música Brasileira Fiat Argo Experimente Hungria Hip Hop Venceu [32]
MTV Millennial Awards Brasil Beat BR "Coração de Aço" Venceu [33]

CertificadosEditar

País Canção Certificação Data
  Brasil (PMB)[34] Eu Vou Te Buscar (Cha La La La La) com Gusttavo Lima   3× Platina[34] 2018[34]

Ligações externasEditar

Referências

  1. a b «Gustavo Hungria - Biografia, Idade, Altura e Peso». celebridadesup.com. 9 de novembro de 2018. Consultado em 12 de abril de 2019 
  2. «Hungria Hip Hop, uma das maiores estrelas do Rap Nacional | RAP +». RAP+. 13 de novembro de 2018. Consultado em 18 de março de 2019 
  3. «Hungria defende que rap também pode tratar de realidades alegres». F5. 9 de novembro de 2018. Consultado em 12 de abril de 2019 
  4. «Conheça um pouco a História do Rapper Hungria Hip-hop de Brasília». Jornal do Rap. 29 de agosto de 2017. Consultado em 28 de julho de 2019 
  5. «Mais visto que Emicida e Projota, Hungria bomba com "rap universitário"». musica.uol.com.br. 29 de agosto de 2017. Consultado em 28 de julho de 2019 
  6. «'Rapper playboy' tem 200 mil acessos com clipe inspirado em Snoop Dogg. (g1.globo.com)». Consultado em 17 de março de 2019 
  7. «Biografia – Hungria Hip Hop». Consultado em 17 de março de 2019 
  8. «Fenômeno do Hip-hop 'Hungria' se apresenta no próximo mês, em Manaus». www.acritica.com. Consultado em 18 de março de 2019 
  9. «Mais visto que Emicida e Projota, Hungria bomba com rap universitário». musica.uol.com.br. Consultado em 18 de março de 2019 
  10. Marcelo. «Hungria Hip Hop lança videoclipe com participação de Misael (Pacificadores)». Correria Rap nacional, compromisso com o Hip.Hop. Consultado em 18 de março de 2019 
  11. Musical de Hungria Hip Hop no The Noite. The Noite com Danilo Gentili. SBT. 9 de junho de 2017. Consultado em 28 de junho de 2017 
  12. ‎O Playboy Rodou - EP por Hungria Hip Hop, consultado em 18 de março de 2019 
  13. douglasabraao (27 de setembro de 2015). «Hungria Hip Hop lança a música "Detalhes"». ZonaSuburbana. Consultado em 18 de março de 2019 
  14. ‎Meu Carona por Hungria Hip Hop, consultado em 18 de março de 2019 
  15. douglasabraao (16 de dezembro de 2015). «Ouça "Astronauta", nova música de Hungria Hip Hop». ZonaSuburbana. Consultado em 18 de março de 2019 
  16. «HUNGRIA HIP HOP LANÇA O SINGLE "DUBAI"». Canal RapRJ. 26 de março de 2016. Consultado em 18 de março de 2019 
  17. douglasabraao (14 de outubro de 2016). «Rapper Hungria se destaca com música em 'Malhação' e letras que falam de amor e festa». f5.folha.uol.com.br. Consultado em 18 de março de 2019 
  18. douglasabraao (14 de outubro de 2016). «Ouça "Provavelmente" nova música do Hungria Hip Hop». ZonaSuburbana. Consultado em 18 de março de 2019 
  19. douglasabraao (15 de dezembro de 2016). «"Quebra Cabeça": Hungria Hip Hop lança clipe em parceria com Lucas Lucco». ZonaSuburbana. Consultado em 18 de março de 2019 
  20. «Hungria Hip Hop celebra parceria com Mano Brown e explica seu rap "da paz"». entretenimento.uol.com.br. Consultado em 18 de março de 2019 
  21. «Hungria lança videoclipe com participação de Mano Brown e Mr. Catra». Jornal do Rap. 21 de junho de 2018. Consultado em 18 de março de 2019 
  22. «Após muita expectativa, Hungria lança clipe de "Chovendo Inimigo"». Jornal do Rap. 30 de novembro de 2018. Consultado em 17 de março de 2019 
  23. «Carro, som e mulher: Hungria Hip Hop lança clipe para "Chovendo Inimigo"». entretenimento.uol.com.br. Consultado em 17 de março de 2019 
  24. Gente, iG (15 de setembro de 2019). «Hungria Hip Hop sobre preconceito: 'Sofri mais que muito preto' - Bastidores - iG». Gente. Consultado em 15 de setembro de 2019 
  25. «HUNGRIA HIP HOP RELEMBRA INFÂNCIA, SONHOS E REALIZAÇÕES EM NOVO VÍDEO – Jornal Dia Dia». Consultado em 30 de junho de 2019 
  26. «Hungria Hip Hop reflete sua trajetória no clipe de "Um Pedido"». POPline. 10 de junho de 2019. Consultado em 30 de junho de 2019 
  27. «Artistas da Universal Music se unem em tributo a Chorão, do Charlie Brown Jr». www.destakjornal.com.br. Consultado em 18 de março de 2019 
  28. «Hungria - Info». atracaooficial.com.br. 9 de novembro de 2018. Consultado em 12 de abril de 2019 
  29. «Anna Livya, a Menina Fantasma, está "conhecendo melhor" o rapper Hungria». tvefamosos.uol.com.br. 9 de novembro de 2018. Consultado em 12 de abril de 2019 
  30. «Você sabe qual é o nome do Hungria Hip Hop? Veja a ficha completa dele». www.cifraclubnews.com.br. Consultado em 18 de março de 2019 
  31. «Rapper Hungria critica canção sem conteúdo ao lançar clipe autobiográfico: 'Música é arma branca'». F5. 7 de junho de 2019. Consultado em 29 de junho de 2019 
  32. «Hungria Hip Hop é o grande vencedor da categoria Experimente no Prêmio Multishow 2018». POPline. 26 de setembro de 2018. Consultado em 15 de setembro de 2019 
  33. «Premiação MTV MIAW». portalpopline.com.br. 23 de fevereiro de 2018. Consultado em 7 de abril de 2018 
  34. a b c «3× Platina». Pro-Música Brasil. Consultado em 13 de maio de 2018