Ian Brown

músico Inglês e vocalista da banda Stone Roses

Ian George Brown (Warrington (Cheshire), 20 de fevereiro de 1963) é um músico inglês, vocalista e fundador da banda de rock alternativo The Stone Roses. Ele é amplamente considerado como um dos membros pioneiros da cena musical conhecida como madchester. Ele teve uma aparição cameo no filme Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban.[1]

Ian Brown
Brown em 2010
Informação geral
Nome completo Ian George Brown
Nascimento 20 de fevereiro de 1963 (59 anos)
Origem Warrington, Cheshire
País Reino Unido
Gênero(s) rock alternativo, britpop, madchester, indie rock
Instrumento(s) vocal, bateria, teclado
Período em atividade 1984–1996, 1998–presente
Gravadora(s) Polydor/Fiction Records (UK)
Interscope, E1 Music (US)
Afiliação(ões) The Stone Roses
Página oficial www.ianbrown.co.uk

Vida pessoalEditar

Brown nasceu em Warrington em 1963 e cresceu em Forster Street, Orford até os seis anos.[2][3] Seu pai, George, era marceneiro, e sua mãe, Jeane, trabalhava como recepcionista em uma fábrica de papel.[3] Ele e seus dois irmãos mudaram-se com seus pais para Timperley, Altrincham.[4][5][6][7][8] Ele estudou na Park Road County Primary Infant and Junior School e depois na Altrincham Grammar School for Boys, deixando-a aos 16 anos.[8] Em 2015 e 2017, ele testemunhou contra seu antigo professor Fred Talbot, que foi acusado de vários abusos sexuais na década de 1970.[9] Em 2020, durante a pandemia de COVID-19, ele compartilhou seus sentimentos contrários ao lockdown no Twitter.[10]

O interesse de Brown por música se deu por conta do movimento punk, especialmente por bandas como Sex Pistols, The Clash e Slaughter & the Dogs.[11] Brown e o baixista original dos Stone Roses Pete Garner estavam presentes na gravação do single "Bankrobber", de The Clash, em Manchester.[12]

Brown foi casado com Fabiola Quiroz, uma modelo mexicana. Divorciaram-se em 2011.[13] Ele tem três filhos, um com Quiroz e dois de um relacionamento anterior.[14]

CarreiraEditar

The Stone RosesEditar

Stone Roses chegou à fama no final dos anos 1980 começo dos anos 1990, tendo seu álbum de estreia considerado o melhor álbum britânico de todos os tempos.[15] O segundo álbum da banda, Second Coming, não recebeu uma recepção tão boa como do primeiro álbum, e devido a isto a banda se separou em outubro de 1996.

Em 17 de outubro de 2011, Brown escreveu via mensagem de texto, dizendo: "Nós vamos dominar o mundo novamente. Está acontecendo".[16] No dia seguinte, uma reunião foi anunciada com os membros dos Stone Roses e foi decidido o retorno aos palcos para junho de 2012 e também um novo álbum.[17][18]

Carreira soloEditar

Depois de uma parada na música, Brown começou sua carreira solo com o single "My Star", que foi lançado no Reino Unido em 12 de Janeiro de 1998. O álbum de estreia Unfinished Monkey Business foi lançando em 2 de fevereiro de 1998. O álbum foi produzido e financiado por Brown, e contou com os ex-membros dos Stone Roses Gary Mounfield, Nigel Ipinson, Aziz Ibrahim e Robbie Maddix. O álbum vendeu mais de 300 mil cópias.

Seu segundo álbum, Golden Greats, foi lançado pela Polydor Records em 1999. É caracterizado pela batida eletrônica e ganhou aclamação da crítica. Seu terceiro álbum de estúdio, Music of the Spheres, é conhecido por faixas em espanhol como "Hear No See No" e "El mundo pequeño".

Solarized, seu quarto álbum, foi lançado no Reino Unido em 13 de setembro de 2004, e foi o primeiro a ser lançado pela gravadora Polydor Records.

Em setembro de 2007, Brown lançou seu quinto álbum de estúdio, The World is Yours. O álbum representou uma abordagem mais política, especialmente na faixa antiguerra "Illegal Attacks", que contou com Sinéad O'Connor. O álbum também contou com Andy Rourke, Paul Ryder, Steve Jones e Paul Cook.

My Way, o seu sexto álbum, foi lançado em setembro de 2009. Foi gravado na gravadora Battery Studios de Londres e teve como produtor Dave McCracken. O primeiro single do álbum, "Stellify", foi lançado em 21 de setembro de 2009.[19]

Prêmios e conquistasEditar

Brown já ganhou inúmeros prêmios em sua carreira, em reconhecimento do seu trabalho como artista solo e seu trabalho com The Stone Roses. Os prêmios que ele ganhou são os seguintes:

The Stone Roses

  • 1997 The Stone Roses alcançando Nº 5 na The Guardian's 100 Best Albums Ever poll
  • 1998 The Stone Roses alcançado Nº 4 na Q magazine's 100 Best Albums Ever poll
  • 2004 The Stone Roses alcançando Nº 1 em The Observer's 100 Best British Albums Ever poll
  • 2006 The Stone Roses alcançando Nº 1 em na NME writers 100 Best British Albums Ever poll
  • 2006 The Stone Roses alcançando Nº 7 na NME fans 100 Best Albums Ever poll

Carreira Solo

DiscografiaEditar

Álbuns de estúdioEditar

Ano Título GBR[25] IRL[26] Certificações
1998 Unfinished Monkey Business 4 GBR: ouro
1999 Golden Greats 14 GBR: ouro
2001 Music of the Spheres 3 6 GBR: ouro
2004 Solarized 7 14 GBR: ouro
2007 The World Is Yours 4 7 GBR: prata
2009 My Way 8 13 GBR: prata
2019 Ripples 4 14[27]

ColetâneasEditar

Ano Título GBR[25] IRL[26] Certificações
2004 Under the Influence -
2005 The Greatest 5 13 GBR: platina
2005 The Greatest Promos -

SinglesEditar

Ano Título GBR
[25][28]
IRL
[26][29]
Álbum
1998 "My Star" 5 9 Unfinished Monkey Business
"Corpses in Their Mouths" 14 26
"Can't See Me" 21
1999 "Be There" (UNKLE com participação de Ian Brown) 8 22 Psyence Fiction
"Love Like a Fountain" 23 Golden Greats
2000 "Dolphins Were Monkeys" 5 28
"Golden Gaze" 29 50
"Thriller" "Golden Gaze"
2001 "F.E.A.R." 13 19 Music of the Spheres
2002 "Whispers" 33
2004 "Keep What Ya Got" 18 29 Solarized
"Reign" (UNKLE com participação de Ian Brown) 40 Never, Never, Land
2005 "Time Is My Everything" 15 29 Solarized
"All Ablaze" 20 32 The Greatest
2007 "Illegal Attacks" (Ian Brown com participação de Sinéad O'Connor) 16 32 The World Is Yours
"Sister Rose" 87
2009 "Stellify" 31 42 My Way
"Just Like You"
2018 "First World Problems" Ripples

Referências

  1. McIntosh, Steven (13 de março de 2017). «Ed Sheeran and seven other pop star cameos». BBC News (em inglês). Consultado em 4 de março de 2021 
  2. John Robb (2012). The Stone Roses: With Exclusive Interviews and New Chapters. [S.l.]: Ebury Press. p. 17–. ISBN 978-0-09-194858-0 
  3. a b Robb, p. 13
  4. «Ian Brown – Celebrity fans – Interviews». FourFourTwo. 31 de julho de 2009. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  5. Simon Hattenstone (22 de setembro de 2005). «Simon Hattenstone meets Ian Brown | Music». The Guardian. Reino Unido. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  6. Music (7 de abril de 2011). «The Stone Roses: a potted history». Londres: Telegraph. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  7. «Timperley, a historical part of Cheshire | Living Edge». Livingedge.greatbritishlife.co.uk. 3 de fevereiro de 2010. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  8. a b Robb, p. 14-19
  9. «Stone Roses' Ian Brown 'shown gay porn by Fred Talbot'». BBC News. 27 de janeiro de 2015 
    «Stone Roses singer Ian Brown gives evidence at Fred Talbot trial». BBC News. 16 de maio de 2017. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  10. «Coronavirus: Stone Roses star Ian Brown faces backlash for 'anti-vax' tweet». Sky News (em inglês). Consultado em 8 de setembro de 2020 
  11. Robb, p. 20-21
  12. Robb, p. 30
  13. «Stone Roses to reunite as Ian Brown faces costly divorce bill». Telegraph (em inglês). 18 de outubro de 2011. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  14. «Ian Brown's moneymaking kids». Boston.com. 20 de julho de 2009. Consultado em 24 de janeiro de 2021 
  15. «Stone Roses 'top British album'». 20 de junho de 2004. Consultado em 31 de julho de 2012 
  16. «Ian Brown on the Stone Roses reunion: 'It's happening». 17 de outubro de 2011. Consultado em 31 de julho de 2012 
  17. «The Stone Roses confirm reunion and two homecoming shows for 2012». 18 de outubro de 2011. Consultado em 31 de julho de 2012 
  18. «Stone Roses Reunion Tour and New Album is Happening». 18 de outubro de 2011. Consultado em 31 de julho de 2012 
  19. «Ian Brown does epic rock his way». 28 de setembro de 2009. Consultado em 31 de julho de 2012 
  20. Mon; Feb, 25; 2002 - 18:23 (25 de fevereiro de 2002). «New award for pop princess Kylie». Irish Examiner (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  21. «BBC NEWS | In Depth | Brit Awards | Brit nominations: Hit or miss?». news.bbc.co.uk. Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  22. «Gorillaz lead Brit Awards race» (em inglês). 15 de janeiro de 2002. Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  23. Edwards, Fiona (16 de fevereiro de 2006). «Kaiser Chiefs take three Brit Awards». Digital Spy (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  24. «Duffy, Coldplay and Neil Diamond on the Brit Awards nominations list». The Telegraph (em inglês). Consultado em 20 de fevereiro de 2021 
  25. a b c «Ian Brown | full Official Chart history». Official Charts Company. Consultado em 2 de fevereiro de 2021 
  26. a b c «Ian Brown». Irishcharts.com. Consultado em 2 de fevereiro de 2021 
  27. «IRMA – Irish Charts». Irish Recorded Music Association. Consultado em 2 de fevereiro de 2021 
  28. "Ian Brown Arquivado 2011-08-09 no Wayback Machine", Official Charts Company.
  29. «Irish Chart History 1962–present». Consultado em 3 de fevereiro de 2021. Arquivado do original em 26 de janeiro de 2010 

BibliografiaEditar

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre um cantor é um esboço relacionado ao Projeto Música. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.