Igreja Matriz de Monchique

Igreja Matriz de Monchique
Portugal 2012 (8010509482).jpg
Apresentação
Tipo
Estilo
Estatuto patrimonial
Localização
Endereço
Coordenadas

A Igreja Matriz de Monchique foi edificada nos séculos século XV e século XVI e sofreu uma reconstrução em consequência do terramoto de 1755.

Pórtico principal manuelino, decorado com cogulhos nos cinco ângulos e máscaras nos intercolúnios. Os portais laterais, mais simples, são do mesmo período.

Interior de três naves. Os capitéis das colunas, formados por cordões torcidos, repetem o tema decorativo do portal principal. Na capela-mor, o retábulo de talha dourada (século XVIII) tem a originalidade de apresentar no arco dois anjos segurando a lua e o sol, enquanto dois curiosos atlantes suportam todo o conjunto. Interessante sacrário em forma de templete. A imagem de Nossa Senhora da Conceição (século XVIII) é atribuída ao escultor Machado de Castro.

A capela do Santíssimo contém um pequeno tesouro de azulejaria do século XVII, constituído pelos que revestem a abóboda manuelina, que incluem 4 painéis de alminhas, e os das paredes historiando São Francisco salvando as almas e São Miguel matando o Diabo.

O retábulo de madeira de castanho encerada (século XVIII) da capela de Nossa Senhora do Carmo, possivelmente proveniente do extinto convento franciscano, tem planta convexa, o que é pouco usual no Algarve.

A igreja, além de um bom núcleo de imagens, tem um tesouro sacro composto por objectos de culto que pertenceram ao antigo Convento de Nossa Senhora do Desterro (século XVII) e valiosos paramentos.

GaleriaEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Igreja Matriz de Monchique
  Este artigo sobre Património de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.