Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Ilhéu.

Ilhota é um município brasileiro do estado de Santa Catarina. Localiza-se a uma latitude 26º53'59" sul e a uma longitude 48º49'38" oeste, estando a uma altitude de 15 metros. Sua população estimada em 2019 é de 14.184 habitantes, conforme dados do IBGE.

Município de Ilhota
"Capital da Moda Intíma e Moda Praia"
Centro da cidade e a Igreja Matriz São Pio X ao fundo

Centro da cidade e a Igreja Matriz São Pio X ao fundo
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 21 de junho
Fundação 21 de junho de 1958 (61 anos)
Gentílico ilhotense
Prefeito(a) Erico de Oliveira "Dida" (PMDB)
Localização
Localização de Ilhota
Localização de Ilhota em Santa Catarina
Ilhota está localizado em: Brasil
Ilhota
Localização de Ilhota no Brasil
26° 54' 00" S 48° 49' 37" O26° 54' 00" S 48° 49' 37" O
Unidade federativa Santa Catarina
Mesorregião Vale do Itajaí IBGE/2008 [1]
Microrregião Itajaí IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Gaspar, Itajaí, Luiz Alves e Navegantes
Distância até a capital 115 km
Características geográficas
Área 253,442 km² [2]
População 14 184 hab. Estimativa Populacional IBGE/2019[3]
Densidade 55,97 hab./km²
Altitude 15 m
Clima subtropical Cfa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,738 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 117 157,861 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 753,40 IBGE/2008[5]

Pelos últimos censos, Ilhota teve pouco acréscimo na população, pois muitos habitantes acabaram se mudando para cidades próximas, como Blumenau e Gaspar, por serem maiores e por oferecerem mais oportunidades de emprego.

Segundo historiadores, é um das poucas colônias belgas existentes no Brasil.

HistóriaEditar

Ilhota foi colonizada por imigrantes belgas por volta de 1841, diferente de outras cidades do Vale do Itajaí, que foram colonizadas basicamente por alemães, italianos e açorianos. Sua colonização foi uma tentativa de empreendimento comercial, liderada por Charles Maximiliano Luiz Van Lede, pesquisador e engenheiro. Sob o patrocínio da Associação Comercial de Bruges, constituiu a Compagne Belge-Brésiliense de Colonization, que pretendia trazer colonos belgas ao Vale do Itajaí para a exploração de jazidas de carvão mineral.

Em 21 de junho de 1958, Ilhota deixa ser distrito de Itajaí e passou a ser município, conforme a Lei n°348.

EtniasEditar

Cor/Raça Porcentagem
Branca 97,0%
Parda 1,0%
Preto 1,0%
Amarelo 1,0%

ReligiãoEditar

Religião Porcentagem
Católico 99,0%
Protestante 1,00%

GeografiaEditar

RelevoEditar

Apresenta extensas áreas de várzeas e planícies sedimentares, entremeadas de morros, altitudes de seis a 819 metros acima do nível do mar. O município tem um dos picos mais altos da região, denominado Morro do Baú, com 819 metros, sendo o Parque Botânico do Morro do Baú a principal atração do município.[6]

A cidade é banhada pelo rio Itajaí-Açu e propensa a enchentes,[7] constantes na história do município, inclusive, em novembro de 2008, houve a maior catástrofe natural da história de Santa Catarina, sendo Ilhota a cidade relativamente mais afetada, com muitas pessoas mortas por soterramento, a maioria na localidade do Complexo do Baú.

Municípios limítrofesEditar

Os municípios limítrofes de Ilhota são Luiz Alves ao norte, Navegantes ao leste, Itajaí ao sul e Gaspar ao oeste.

PolíticaEditar

 Ver artigo principal: Lista de prefeitos de Ilhota
 
Sede do Poder Executivo Municipal

O total de eleitores do município de Ilhota é, atualmente, de 9.154.[8]

Erico de Oliveira "Dida" é o atual prefeito de Ilhota (MDB), eleito nas eleições de 2016..[9]

O poder legislativo está na Câmara de Vereadores. Há a representatividade de nove vereadores, compostos da seguinte maneira: duas cadeiras do PSDB; quatro cadeiras do PMDB; duas cadeiras do PP; uma cadeira do Partido Social Democrático.[10]

Com relação ao Poder Judiciário, Ilhota faz parte da Comarca de Gaspar, a qual possui três varas.[11][12]

Ilhota pertence à 64ª Zona Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina, sediada em Gaspar, da qual também faz parte o município de Luiz Alves.[13]

SubdivisõesEditar

Existem atualmente dezenove bairros em Ilhota:

  • Alto Baú
  • Alto Braço do Baú
  • Baú Baixo
  • Baú Central
  • Baú Seco
  • Boa Vista
  • Braço do Baú
  • Barra de Luis Alves
  • Tabuleiro
  • Centro
  • Ilhotinha
  • Minas
  • Missões
  • Pedra de Amolar
  • São João
  • Vila Nova
  • Barranco Alto
  • Pocinho
  • Laranjeiras

EconomiaEditar

É um município com muitas características rurais, ganhando campo no ramo de produção de lingeries (roupas íntimas, maiôs, biquinis, sungas de praia).

A cidade é conhecida no estado como a capital das roupas íntimas, principalmente femininas, e são inúmeras as lojas ao longo da rodovia SC-470. Muitos turistas param para comprar os produtos por preços acessíveis.

Passagem obrigatória de quem vem do Vale do Itajaí para as praias, possui um centro construído em volta da igreja, às margens da Rodovia Governador Jorge Lacerda.

InfraestruturaEditar

EducaçãoEditar

Instituições de ensinoEditar

O Município conta atualmente com as seguintes instituições de ensino:[14]

  • Escola Municipal Domingos José Machado
  • Escola Municipal José Elias de Oliveira
  • Escola Municipal Alberto Schmitt
  • Escola Municipal Pedro Teixeira de Melo
  • Escola de Educação Básica Marcos Konder (Estadual)
  • Escola de Educação Básica Valério Gomes (Estadual)

SaúdeEditar

Segundo o PNUD, a saúde ilhotense se encontra na 500ª no país, com um IDH de 0,816, considerado elevado.[4]

Existiam 6 unidades de saúde na cidade em 2009, todos municipais.[15]

Ver tambémEditar

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2019». Estimativa Populacional 2019. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2019. Consultado em 28 de agosto de 2019 
  4. a b «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Clima e Relevo do Município de Ilhota». Prefeitura Municipal de Ilhota. Consultado em 13 de janeiro de 2010 [ligação inativa]
  7. «SC cria grupo para prevenir catástrofes naturais». Terra Networks. 17 de dezembro de 2008. Consultado em 18 de dezembro de 2008 
  8. «Tribunal Superior Eleitoral - Cadastro Nacional de Eleitores». Consultado em 13 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 3 de janeiro de 2010  |accessodata= e |acessodata= redundantes (ajuda)
  9. Apuração - 1º turno. Terra. Página visitada em 13 de janeiro de 2010.
  10. «Vereadores». Câmara Municipal de Vereadores. Consultado em 13 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 6 de novembro de 2009 
  11. «Composição de Comarcas». Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Consultado em 13 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 24 de outubro de 2008 
  12. «Lotação de Magistrados». Tribunal de Justiça de Santa Catarina. Consultado em 13 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 13 de abril de 2010 
  13. «Zonas Eleitorais de Santa Catarina». TRE-SC. Consultado em 13 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 10 de janeiro de 2010 
  14. Escolas do Município Arquivado em 6 de novembro de 2009, no Wayback Machine.. Prefeitura Municipal de Ilhota. Página visitada em 13 de janeiro de 2010.
  15. Postos de Saúde Arquivado em 6 de novembro de 2009, no Wayback Machine.. Prefeitura Municipal de Ilhota. Página visitada em 13 de janeiro de 2010.

Ligações externasEditar