Abrir menu principal

Ilya Vladimirovich Tsymbalar ou Illya Volodymyrovych Tsymbalar - respectivamente, em russo, Илья Владимирович Цымбаларь e, em ucraniano, Ілля Володимирович Цимбалар (Odessa, 17 de junho de 1969 - Odessa, 28 de dezembro de 2013) - foi um futebolista e treinador de futebol ucraniano radicado na Rússia.

Tsymbalar
Tsymbalar
Informações pessoais
Nome completo Ilya Vladimirovich Tsymbalar
Data de nasc. 17 de junho de 1969
Local de nasc. Odessa,  União Soviética
Nacionalidade Russo e ucraniano
Falecido em 28 de dezembro de 2013 (44 anos)
Local da morte Odessa,  Ucrânia
Altura 1,74 m
Apelido Tsylya
Informações profissionais
Posição Meio-campista
Clubes de juventude
1977–1986 União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Chornomorets Odessa
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
1986
1987
1987–1989
1989–1993
1993–1999
2000
2001–2002
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Chornomorets Odessa
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Dínamo Odessa
União das Repúblicas Socialistas Soviéticas Ucrânia Odessa
Ucrânia Chornomorets Odessa
Rússia Spartak Moscou
Rússia Lokomotiv Moscou
Rússia Anzhi Makhachkala
0 (0)
? (?)
83 (13)
101 (14)
146 (42)
10 (0)
16 (1)
Seleção nacional
1992
1994-1999
Flag of Ukraine.svg Ucrânia
Flag of Russia.svg Rússia
3 (0)
28 (4)
Tsymbalar
Informações pessoais
Nome completo Ilya Vladimirovich Tsymbalar
Data de nasc. 17 de junho de 1969
Local de nasc. Odessa,  União Soviética
Nacionalidade Russo e ucraniano
Falecido em 28 de dezembro de 2013 (44 anos)
Local da morte Odessa,  Ucrânia
Apelido Tsylya
Informações profissionais
Times/Equipas que treinou
2004–2006
2006–2008
2008–2009
2010
Khimki (auxiliar-técnico)
Spartak Ryazan
Nizhny Novgorod
Shinnik (auxiliar-técnico)


Índice

CarreiraEditar

Por clubesEditar

Tsymbalar iniciou a carreira em 1986, aos 17 anos, no Chornomorets Odessa, time de sua cidade natal. Atuaria ainda por Dínamo e SK Odessa, sem muito destaque.

Retornou ao Chernomorets em 1989, ficando no time até 1993, quando foi negociado para o Spartak Moscou, onde se destacou. Nos Krasno-Belye, o meia disputou 146 partidas e marcou 42 gols, conquistando oito títulos (entre eles, seis Campeonatos Russos).

Deixou o Spartak em 1999, mas não saiu de Moscou - assinou contrato com o Lokomotiv Moscou, mas essa passagem durou apenas um ano, tendo Tsylya disputado apenas dez jogos.

Após alguns meses parado, o meia assinou contrato com o Anzhi Makhachkala, e começou a planejar a aposentadoria, oficializada em 2002. Porém, Tsymbalar ainda teve tempo para conquistar seu décimo-segundo - e último - título: a Copa da Rússia de 2001.

Seu filho, Sergey Tsymbalar, também decidiu seguir a carreira de jogador - atua no time de reservas do Chornomorets até 2012, quando este foi extinto.

Seleção (ões)Editar

Tsymbalar chegou a disputar três partidas pela Ucrânia, em 1992.

Entretanto, a FIFA impediu que o país natal do jogador (no caso de Tsymbalar, a Ucrânia), liberando apenas a Rússia dentre os países independentes da URSS para tentar a classificação para a Copa de 1994, Tsymbalar e outros atletas não-russos (o estoniano Karpin, os bielorrussos Gorlukovich e Borodyuk, o georgiano Tetradze, o uzbeque Pyatnitskiy e seus conterrâneos Nikiforov e Onopko) decidiram vestir a camisa azul e branca da Rússia e disputaram a Copa dos EUA.

No Mundial ianque, Tsylya disputou duas partidas. Porém, os russos, na primeira Copa como país independente, amargaram a eliminação na primeira fase - não se classificou como um dos melhores terceiros colocados. A Rússia se classificou para a Eurocopa de 1996, mas com um time frágil, naufragou novamente na fase inicial.

Tsymbalar abandonou a Seleção Russa em 1999, após a não-classificação para a Copa de 1998.

Carreira como técnicoEditar

Em 2004, Tsymbalar começou uma nova carreira, a de treinador de equipes. Sua primeira equipe na nova função foi o Khimki, time dos arredores de Moscou, como auxiliar-técnico. Comandaria também Spartak Ryazan e Nizhny Novgorod.

A última equipe do ex-meia como integrante de comissão técnica foi o Shinnik, em 2010, quando trabalhou como auxiliar-técnico de Igor Ledyakhov, seu ex-companheiro de seleção russa.

MorteEditar

Em 28 de dezembro de 2013, Tsymbalar morreu em decorrência de um problema cardíaco, segundo seu agente, Roman Oreschuk. O ex-meio-campista tinha 44 anos[1].

Referências

  1. «Antigo internacional russo Ilya Tsymbalar morre as 44 anos». Consultado em 29 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 31 de dezembro de 2013 
   Este artigo sobre futebolistas russos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
   Este artigo sobre futebolistas ucranianos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.