Abrir menu principal
Ingombota
View over Luanda, Angola.jpg

Edifícios de escritórios com a Baía de Luanda e a Ilha do Cabo ao fundo
Dados gerais
Província Luanda
Município(s) Luanda
Características geográficas
Área 9,6 km²
População 370 000 hab.
Densidade 20 104 hab./km²

Projecto Angola  • Portal de Angola

Ingombota é um dos sete distritos urbanos que compõem o município de Luanda[1]. Anteriormente foi um dos nove municípios que constituiam a área urbana cidade de Luanda, na província do mesmo nome, em Angola.[2]

Ingombota tem 9,6 km² e cerca de 370 mil habitantes.[3] Limita-se a oeste com o Oceano Atlântico, a norte com o distrito do Sambizanga, a leste o distrito do Rangel e a sul com o distrito da Maianga.

ToponímiaEditar

Embora seja inegável que a palavra Ingombota tem origem no quimbundo, há duas teorias quanto à sua origem. Uma advoga que Ingombota provém da junção das palavras ingombo e kutá, significando local onde abundam quiabos. Outra possibilidade seria a junção das palavras ngombo e kutá, significando refúgio de foragidos (possivelmente escravos), dando origem à palavra Ngombota, aportuguesada para Ingombota.[4]

SubdivisãoEditar

O antigo município da Ingombota era composto pelas comunas da Ingombota (sede), Maculusso, Patrice Lumumba, Da Ilha e Quinanga. A comuna-sede tornou-se Ingombota Central, enquanto que as demais comunas tornaram-se bairros do distrito. Outro bairro importante do atual distrito é o de Chicala.

A Ilha do Cabo é a zona de lazer dos luandenses, com as suas praias e vistas deslumbrantes sobre a Baía de Luanda. Aqui localiza-se a Igreja da Nossa Senhora do Cabo, a mais antiga de Angola.

A Baixa é a zona de maior concentração financeira e comercial de Luanda. É nesta área que se situam as sedes das maiores empresas a operar em Angola, tanto nacionais como estrangeiras, principalmente em torno da Avenida 4 de Fevereiro. Na Ingombota também existem vários hotéis, numerosos restaurantes, clubes, discotecas, pastelarias, quiosques e todo o tipo de lojas, para além do sempre presente comércio informal, a cargo dos zungueiros.

Na denominada Cidade Alta situam-se, entre outros, o Palácio Presidencial, alguns ministérios, a Assembleia Nacional de Angola, a Fortaleza de São Miguel e a Igreja dos Jesuítas, onde está sepultado Paulo Dias de Novais, o fundador da cidade de Luanda. Ocupando uma posição sobranceira sobre a cidade, este é um local muito procurado por turistas e locais, sendo uma zona bastante policiada mercê da proximidade do Palácio Presidencial.

InstituiçõesEditar

Ver tambémEditar

Referências

  1. Lei n.º 29/11, de 1 de Setembro
  2. Subdivisões de Angola
  3. Toponímia do Município da Ingombota Arquivado em 30 de setembro de 2009, no Wayback Machine. recuperado 20 de Agosto 2011
  4. «Toponímia do Município da Ingombota». Consultado em 23 de janeiro de 2010. Arquivado do original em 30 de setembro de 2009 
  5. Politécnico Alda Lara forma mais de dois mil técnicos médios. AngoNotícias. 7 de abril de 2010
  Este artigo sobre geografia de Angola, integrado no Projecto Angola, é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.