Abrir menu principal

Instituto Politécnico de Setúbal

Instituto Politécnico de Setúbal
IPS
Lema Juntos fazemos o amanhã
Fundação 14 de outubro de 1979
Tipo de instituição Pública
Localização Setúbal e Barreiro, Portugal
Funcionários técnico-administrativos 155 (2016) [1]
Presidente Pedro Dominguinhos
Docentes 535 (2016) [2]
Total de estudantes 6 133 (2017) [3]
Campus Setúbal e Barreiro
Página oficial www.ips.pt

O Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) é uma instituição pública de ensino superior, criada em 14 de outubro de 1979, iniciando atividade a 20 de abril de 1981, em Setúbal, Portugal.[4]

Como instituto superior politécnico, o IPS procura, principalmente, estimular o “saber profissional”, sem no entanto deixar de lado o “saber científico”, enquanto base segura para a formação de profissionais capazes de colocar as suas competências ao serviço da comunidade. Essa ligação com a comunidade, através de prestação de serviços à rede de estabelecimentos de ensino, hospitais e às empresas da região, tem contribuído para o reconhecimento da importância deste subsistema de ensino superior nos diferentes setores académicos e científicos da vida nacional.

Atualmente, o IPS engloba cinco Escolas Superiores: Escola Superior de Tecnologia de Setúbal (ESTSetúbal), Escola Superior de Educação (ESE), Escola Superior de Ciências Empresariais (ESCE), Escola Superior de Tecnologia do Barreiro (ESTBarreiro) e Escola Superior de Saúde (ESS). As atividades das cinco Escolas Superiores são coordenadas pelos Serviços Centrais. Existe, ainda, uma sexta unidade organizacional, orientada para o apoio aos estudantes: os Serviços de Ação Social (SAS), responsável pelo alojamento, alimentação, apoio psicológico e atividades desportivas e recreativas.

O Instituto Politécnico de Setúbal e as suas Unidades Orgânicas visam a formação de estudantes de elevado nível cultural, científico, artístico, técnico e profissional.

Para além da atividade de ensino e formação, o IPS tem ainda como objetivos a realização de atividades de pesquisa, investigação aplicada e desenvolvimento experimental, bem como a prestação de serviços, a cooperação em atividades de extensão educativa, cultural e técnica e a cooperação em projetos nacionais e internacionais, através de intercâmbio com instituições congéneres, nacionais e estrangeiras.

Campus do IPS em Setúbal
Campus do IPS no Barreiro

HistóriaEditar

O IPS foi fundado a 14 de outubro de 1979, no âmbito da criação em Portugal da nova rede de ensino superior politécnico, integrando inicialmente apenas duas Escolas Superiores, localizadas em Setúbal (Escola Superior de Tecnologia e Escola Superior de Educação). A história do IPS mistura-se com a história do ensino superior em Portugal, acompanhando a evolução do mesmo, bem como as decisões e opções governativas. Nesse sentido, ao longo dos anos, o IPS alargou o espectro de atuação, criando novas Escolas com novos cursos superiores, bem como novos graus académicos. A ordem cronológica da criação do IPS e das suas Unidades Orgânicas é a seguinte[5]:

  • 1979 - Criação do Instituto Politécnico de Setúbal
  • 1979 - Criação da Escola Superior de Educação e da Escola Superior de Tecnologia de Setúbal
  • 1993 - Criação dos Serviços de Ação Social
  • 1994 - Criação da Escola Superior de Ciências Empresariais
  • 1999 - Criação da Escola Superior de Tecnologia do Barreiro
  • 2000 - Criação da Escola Superior de Saúde

Escolas SuperioresEditar

O IPS é constituído pelas seguintes Escolas Superiores:

Apoio SocialEditar

Para assegurar o apoio social aos estudantes, o IPS dispõe de Serviços de Ação Social (SAS/IPS), dotados de autonomia administrativa e financeira.

Criados em 1993, os SAS/IPS visam executar a política de acão social estabelecida para o ensino superior, procurando proporcionar as melhores condições de estudo aos estudantes, sobretudo aos mais carenciados, através da disponibilização de um conjunto de apoios, nomeadamente, a atribuição de bolsas de estudo e auxílios de emergência. Prestam, igualmente, outros serviços à comunidade estudantil do IPS, designadamente: alojamento, alimentação, serviços de saúde e apoio a atividades desportivas e culturais.[6]

LocalizaçãoEditar

O IPS está, atualmente, localizado em duas cidades: Setúbal e Barreiro. No campus do IPS em Setúbal encontram-se os Serviços Centrais, os Serviços de Ação Social e quatro Escolas Superiores: Escola Superior de Educação, Escola Superior de Tecnologia de Setúbal, Escola Superior de Ciências Empresariais e Escola Superior de Saúde. No campus do Barreiro situa-se a Escola Superior de Tecnologia do Barreiro.

CursosEditar

A oferta formativa do Instituto Politécnico de Setúbal (IPS) abrange diversas áreas de conhecimento, disponibilizando mais de 85 cursos superiores, entre Cursos Técnicos Superiores Profissionais (CTeSP), Licenciaturas, Mestrados e Pós-Graduações. Fruto das diversas parcerias estabelecidas, alguns dos cursos são lecionados em várias cidades do país, para além de Setúbal e Barreiro, nomeadamente, em Lisboa, em Ponte de Sor e em Sines[7]:

Cursos Técnicos Superiores ProfissionaisEditar

Ciências Empresariais

  • Apoio à Gestão de Organizações Sociais
  • Assessoria de Gestão
  • Gestão de Turismo
  • Logística

Ciências Sociais, Educação e Desporto

  • Desportos de Natureza
  • Produção Audiovisual
  • Serviço Familiar e Comunitário

Engenharia e Tecnologia

  • Automação, Robótica e Controlo Industrial
  • Climatização e Energia
  • Desenvolvimento de Videojogos e Aplicações Multimédia
  • Eletromedicina
  • Gestão do Ambiente e Segurança
  • Instalações Elétricas
  • Manutenção Industrial
  • Modelação e Fabrico Assistidos por Computador
  • Organização e Gestão Industrial
  • Produção Aeronáutica
  • Programação Web, Dispositivos e Aplicações Móveis
  • Qualidade Ambiental e Alimentar
  • Redes e Sistemas Informáticos
  • Sistemas Eletrónicos e Computadores
  • Tecnologia e Gestão Automóvel
  • Tecnologias Informáticas
  • Redes Elétricas Inteligentes e Domótica
  • Tecnologias e Programação de Sistemas de Informação
  • Veículos Elétricos
  • Condução e Acompanhamento de Obras
  • Reabilitação Energética e Conservação de Edifícios
  • Tecnologias de Laboratório Químico e Biológico
  • Topografia e Sistemas de Informação Geográfica

LicenciaturasEditar

Ciências Empresariais

  • Contabilidade e Finanças
  • Gestão da Distribuição e da Logística
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão de Sistemas de Informação
  • Marketing

Ciências Sociais, Educação e Desporto

  • Animação e Intervenção Sociocultural
  • Comunicação Social
  • Desporto
  • Educação Básica
  • Tradução e Interpretação de Língua Gestual Portuguesa

Engenharia e Tecnologia

  • Engenharia de Automação, Controlo e Instrumentação
  • Engenharia Eletrotécnica e de Computadores
  • Engenharia Informática
  • Engenharia Mecânica
  • Tecnologia Biomédica
  • Tecnologias de Energia
  • Tecnologia e Gestão Industrial
  • Tecnologia do Ambiente e do Mar
  • Bioinformática
  • Biotecnologia
  • Engenharia Civil
  • Tecnologias do Petróleo

Saúde

  • Acupuntura
  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Terapia da Fala

MestradosEditar

Ciências Empresariais

  • Ciências Empresariais
  • Contabilidade e Finanças
  • Gestão de Marketing
  • Gestão e Administração de Escolas
  • Gestão de Sistemas de Informação
  • Gestão Estratégica de Recursos Humanos
  • Segurança e Higiene no Trabalho

Educação

  • Educação Pré-Escolar
  • Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico

Engenharia e Tecnologia

  • Engenharia de Software
  • Engenharia Eletrotécnica e de Computadores
  • Engenharia de Produção
  • Informática de Gestão
  • Conservação e Reabilitação do Edificado
  • Engenharia Biológica e Química
  • Engenharia Civil

Saúde

  • Enfermagem
  • Fisioterapia
  • Enfermagem Perioperatória

Pós-GraduaçõesEditar

Ciências Empresariais

  • Contabilidade Pública
  • Gestão e Marketing Turístico

Educação

  • Educação Especial - Domínio Cognitivo e Motor

Engenharia e Tecnologia

  • Engenharia Informática
  • Motorização de Veículos Elétricos e Híbridos
  • Produção Aeronáutica

Saúde

  • Enfermagem do Trabalho

Referências

  1. Instituto Politécnico de Setúbal. «IPS em Números». Consultado em 12 de novembro de 2018 
  2. Instituto Politécnico de Setúbal. «IPS em Números». Consultado em 12 de novembro de 2018 
  3. Direção-Geral de Estatísticas da Educação e Ciência. «DGEEC Vagas e Inscritos no Ensino Superior». Consultado em 12 de novembro de 2018 
  4. Instituto Politécnico de Setúbal. «História do IPS». Consultado em 9 de fevereiro de 2013 
  5. Instituto Politécnico de Setúbal. «História do IPS». Consultado em 13 de novembro de 2018 
  6. Instituto Politécnico de Setúbal. «Apresentação dos Serviços de Ação Social do IPS». Consultado em 13 de novembro de 2018 
  7. Instituto Politécnico de Setúbal. «Lista de Cursos do Instituto Politécnico de Setúbal». Consultado em 13 de novembro de 2018 

Ligações externasEditar