Jabari Parker

basquetebolista estadunidense

Jabari Ali Parker (Chicago, 15 de março de 1995) é um basquetebolista profissional norte-americano que atualmente joga pelo Sacramento Kings da NBA.[1]

Jabari Parker
Jabari Parker Bucks.jpg
Informações pessoais
Nome completo Jabari Ali Parker
Data de nasc. 15 de março de 1995 (25 anos)
Local de nasc. Chicago, Illinois, Estados Unidos Estados Unidos
Altura 6 ft 8 in (2.03 m)
Peso 245 lb (111 kg)
Informações no clube
Clube atual Estados Unidos Sacramento King
Número 33
Posição Ala
Clubes de juventude
2013 - 2014 Estados Unidos Duke
Clubes profissionais
Ano Clubes Partidas (pontos)
2014–2018
2018–2019
2019
2019–2020
2020–Presente
Estados Unidos Milwaukee Bucks
Estados Unidos Chicago Bulls
Estados Unidos Washington Wizards
Estados Unidos Atlanta Hawks
Estados Unidos Sacramento Kings
183 (2.794)
39 (556)
25 (374)
32 (480)
1 (4)
Medalhas
Competidor dos Estados Unidos
Copa do Mundo de Basquete Sub-17
Ouro Lituânia 2012 Equipe
Copa do Mundo de Basquete Sub-16
Ouro México 2011 Equipe

Ele jogou por Duke Blue Devils e foi selecionado pelo Milwaukee Bucks como a segunda escolha geral no Draft da NBA de 2014. Além dos Bucks, ele jogou por Chicago Bulls, Washington Wizards e Atlanta Hawks.

Primeiros anosEditar

A família de Parker vivia no lado sul de Chicago desde antes de Jabari nascer, e ele foi criado na área comunitária de South Shore.[2] O pai de Parker, Sonny, atende centenas de crianças da região metropolitana de Chicago como diretor de fundação da juventude desde 1990.

Parker descobriu o basquete em uma das muitas ligas de seu pai, embora ele nunca tenha treinado uma de suas equipes.[3] Jabari aprimorou suas habilidades de basquete com seu irmão Christian na quadra de basquete da capela de sua igreja local, na área comunitária de Hyde Park, a fim de evitar os riscos dos playgrounds urbanos.

Em seu segundo ano, suas habilidades no basquete eram superiores às dos alunos da quinta série com quem ele enfrentava. Ele credita seu primo Jay Parker por ajudá-lo a melhorar, começando quando Jabari estava na terceira série e Jay na quinta.[4]

Parker frequentou a Robert A. Black Magnet Elementary e ganhou as manchetes quando foi para a Simeon Career Academy, assim como Derrick Rose fez antes dele.[5] Ele alegou que o motivo de ter escolhido Simeon foi devido à sua percepção da probabilidade de obter sucesso no basquete.

Carreira no ensino médioEditar

Primeiro anoEditar

Parker foi o primeiro calouro a ser titular na história da Simeon Career Academy.[6] Ao longo da temporada, ele teve médias de 19,3 pontos, 5,0 rebotes e 3,0 assistências, enquanto sua equipe venceu o campeonato estadual da IHSA Classe 4A com um recorde de 25-9.

Até o final da temporada, ele havia recebido inúmeras ofertas de bolsas de estudo na universidade, incluindo de Illinois, Kansas, DePaul, Pittsburgh, Flórida, Washington, BYU e Oregon State, além de um interesse significativo de Kentucky, Duke e Carolina do Norte.[7]

Segundo anoEditar

 
Parker em janeiro de 2011

Em seu segundo ano, Parker ajudou sua equipe a passar boa parte da temporada classificada nacionalmente entre os cinco primeiros.

Ele teve uma média de 15,3 pontos e 5,9 rebotes por jogo, enquanto sua equipe venceu o campeonato estadual IHSA Classe 4A com um recorde de 30-2.

Terceiro anoEditar

Durante a pré-temporada, Parker participou da LeBron James Skill Academy e foi um dos poucos convidados a participar do 5º Nike Global Challenge da Nike.[8][9] Ele foi MVP de ambos os torneios.[10]

Durante a temporada, Parker estabeleceu o recorde de pontuação de um jogo em Simeon com 40 pontos em 21 minutos de jogo, além de 16 rebotes e 6 bloqueios contra a Perspectives High School.[11]

Em 17 de fevereiro, Parker e Simeon venceram o campeonato da Liga Pública ao derrotar a Curie Metropolitan High School por 53–49.[12] Parker marcou 15 pontos em 17 de março em uma vitória por 50-48 sobre Proviso East High School, liderada por Sterling Brown, resultando em um recorde de 33-1 para Simeon.[13]

Ao todo na temporada, Parker obteve uma média de 19,5 pontos, 8,9 rebotes, 4,9 assistências, 3,3 bloqueios e 1,4 roubadas de bola por jogo.[14] Após a temporada, ele foi destaque em uma matéria de capa da Sports Illustrated em maio, com o título "O melhor jogador de basquete do ensino médio desde LeBron James é ... Jabari Parker, mas há algo mais importante para ele do que o estrelato instantâneo da NBA: sua fé". A história apresentou sua humildade e observou que ele está em conflito com sua decisão de servir como missionário. Parker anunciou que previa cortar suas universidades em potencial para uma lista de cinco até o final do verão, para que ele pudesse planejar visitas oficiais.[15]

Último anoEditar

 
Parker marcando Jahlil Okafor nos playoffs da IHSA

Parker entrou no verão de 2012 como o consenso número um no país até ficar de fora com uma lesão no pé, o que o levou a perder alguns jogos durante o Campeonato Mundial de Sub-17 da FIBA ​​de 2012.[16] Em 20 de dezembro de 2012, ele escolheu jogar pelo Duke Blue Devils.[17][18]

Parker levou Simeon ao seu quarto título estadual consecutivo da classe 4A da IHSA com uma vitória de 58-40 sobre a Stevenson High School, igualando o recorde IHSA da Manual High School de quatro títulos consecutivos de basquete da IHSA.[19] No processo, Parker, que marcou 20 pontos e teve 8 rebotes, se tornou o segundo jogador (Sergio McClain) na história da IHSA a ser titular em quatro times campeões estaduais consecutivos de basquete.[20] Simeon terminou com um recorde de 30-3.

Durante o All-Star McDonald's disputado no United Center, Parker registrou 10 pontos, 8 rebotes, 3 assistências, 2 roubadas de bola e 2 bloqueios, contribuindo para uma vitória de 110-99.[21] No dia 13 de abril, o Jordan Brand Classic jogou no Barclays Center e Parker foi co-MVP do evento junto com Julius Randle.[22] Ele registrou 16 pontos, 7 rebotes e 2 assistências para ajudar a liderar a equipe para uma vitória por 102-98.[23] No Nike Hoops Summit, realizada em 20 de abril, em Portland, Oregon, Parker registrou 22 pontos e 7 rebotes mas a sua equipe foi derrotada por 112 a 98.[24]

Parker concluiu sua carreira no ensino médio como o quarto melhor jogador classificado na classe de 2013, de acordo com a Rivals, atrás de Andrew Wiggins, Julius Randle e Aaron Gordon.[25]

Informações sobre recrutamento de atletas do ensino médio
Nome Cidade Natal Escola Altura Peso Data
Jabari ParkerSF Chicago Simeon (Illinois) 2.01 m 98 kg 20 de Dezembro de 2012
Estrelas de recrutamento: Scout:    Rivals:    247Sports: N/A    ESPN grade: 96
  • Nota: Em muitos casos, Scout, Rivals, 247Sports e ESPN podem entrar em conflito em suas listas de altura e peso. Nesses casos, a média foi calculada. As notas da ESPN estão em uma escala de 100 pontos.

Fonte:[26][27][28]

Carreira universitáriaEditar

 
Parker anuncia seu compromisso verbal de jogar em Duke

Ele foi designado para usar o número 1, um número usado anteriormente anteriormente em Duke por Kyrie Irving.[29]

Parker estreou por Duke em 8 de novembro registrando 22 pontos, 6 rebotes, 2 assistências e 1 bloqueio contra Davidson - tornando-se o quinto calouro de Krzyzewski a estrear com 20 pontos e fez parte do primeiro jogo de Duke com quatro jogadores com 20 pontos (junto com Rodney Hood, Quinn Cook e Rasheed Sulaimon) na história da universidade. Por seus esforços, em 11 de novembro, Parker ganhou seu primeiro prêmio de Novato da Semana na ACC.[30][31][32]

 
Parker com o Duke Blue Devils na temporada de 2013-14

Em 13 de novembro, Parker ganhou sua segunda capa da Sports Illustrated como parte de um conjunto regional de quatro versões, representando as maiores rivalidades do basquete universitário na edição de pré-visualização do College Basketball.[33]

Em 12 de novembro, no Champions Classic, em sua cidade natal, Chicago, Parker registrou 27 pontos, 9 rebotes, 1 assistência, 2 roubadas de bola e 1 bloqueio em um esforço perdedor contra o Kansas Jayhawks de Andrew Wiggins.[34] Em 18 de janeiro, Parker marcou 23 pontos contra a Universidade Estadual da Carolina do Norte, empatando com Gene Banks na lista de mais jogos de 20 pontos por um calouro de Duke.[35] Em 25 de janeiro, Parker registrou 14 pontos, 3 roubadas de bola e 14 rebotes contra o Florida State para ajudar Mike Krzyzewski a vencer seu 900º jogo em Duke.[36] Em 8 de março, no segundo jogo de rivalidade entre Carolina e Duke da temporada, Parker marcou 30 pontos.[37]

Na pós-temporada, Parker marcou 20 pontos nas semifinais do Torneio de Basquete Masculino da ACC de 2014 contra Carolina do Norte.[38] Na final do campeonato contra Virgínia, em 16 de março, Parker teve seu 18º jogo de 20 pontos.[39] Parker e a equipe, classificada em 3º lugar na região Centro-Oeste, encerraram a temporada na primeira rodada do Torneio da NCAA após uma derrota para Mercer.[40] Parker estabeleceu o recorde de Duke na média de pontuação de um calouros (19,1) e se tornou o primeiro calouro a liderar a equipe em pontuação e rebote.[41]

Parker foi selecionado por unanimidade para a Primeira-Equipe da ACC pela Atlantic Coast Sports Media Association (ACSMA) e para a Equipe de Calouros da ACC pelos treinadores.[32][32] Parker foi eleito o Calouro do Ano da ACC recebendo 72 de 77 votos e ficou em segundo lugar no prêmio de Jogador do Ano da ACC.[32] Parker foi uma seleção para a Primeira-Equipe All-American pela Associated Press, The Sporting News, Sports Illustrated, NBC Sports, Bleacher Report, Associação dos Escritores do Estados Unidos (USBWA),[42] Associação dos Treinadores do Estados Unidos (NABC) e USA Today.

Carreira profissionalEditar

Milwaukee Bucks (2014–2018)Editar

 
Parker prestes a marcar contra o Washington Wizards em 2014

Temporada de 2014-15Editar

Em 17 de abril, Parker se declarou para o Draft da NBA de 2014 em uma história autobiográfica exclusiva da Sports Illustrated.[43] Em 26 de junho, Parker foi selecionado pelo Milwaukee Bucks como a segunda escolha geral. Pouco antes do draft, Parker assinou um acordo de patrocínio com a Jordan Brand.[44]

Em 9 de julho de 2014, Parker assinou contrato com os Bucks e se juntou a eles na Summer League de 2014.[45]

Em 29 de outubro de 2014, Parker fez sua estréia na NBA na estréia da temporada dos Bucks contra o Charlotte Hornets. Em pouco menos de 37 minutos de ação como titular, ele registrou 8 pontos, 4 rebotes, 1 assistência e 1 roubo de bola em uma derrota de 108-106.[46] Duas noites depois, em seu primeiro jogo em casa, ele marcou um duplo-duplo com 11 pontos e 10 rebotes contra o Philadelphia 76ers.[47]

Parker foi selecionado como o Novato da Conferência Leste em outubro e novembro.[48] Em 15 de dezembro, ele sofreu uma lesão no ligamento cruzado anterior (LCA) contra o Phoenix Suns e foi descartado para o resto da temporada.[49]

Temporada de 2015-16Editar

A lesão de Parker se estendeu até o início da temporada de 2015-16.[50] Ele voltou à ação em 4 de novembro contra o Philadelphia 76ers no quinto jogo da temporada dos Bucks, mas teve dificuldades, somando apenas dois pontos em 16 minutos como titular.[51]

No entanto, depois de cinco jogos, ele sofreu uma entorse na articulação talonavicular no meio do pé direito, fazendo com que ele perdesse vários jogos. Na semana seguinte, ele começou a sair do banco enquanto O. J. Mayo ocupava o seu lugar na equipe principal. Em 12 de dezembro, Parker teve 19 pontos, 7 rebotes e 2 roubadas de bola contra o Golden State Warriors para ajudar a terminar sua série de 24 vitórias.[52] Em 19 de fevereiro, ele marcou 23 pontos em uma derrota para o Charlotte Hornets.[53] Ele superou essa marca na noite seguinte, registrando 28 pontos e 13 rebotes em uma vitória de 117-109 sobre o Atlanta Hawks.[54] Em 29 de fevereiro, Parker marcou 36 pontos na vitória de 128-121 sobre o Houston Rockets.[55]

Temporada de 2016-17Editar

Em 15 de janeiro de 2017, Parker ficou a uma assistência de seu primeiro triplo-duplo da NBA contra o Atlanta Hawks.[56] Em 9 de fevereiro, Parker foi descartado pelo resto da temporada de 2016–17, depois que uma ressonância magnética revelou uma lesão no ligamento cruzado anterior (LCA) do joelho esquerdo.[57] O período de recuperação e reabilitação foi estimado em 12 meses. Foi a segunda lesão do LCA no mesmo joelho, a primeira ocorrida em dezembro de 2014.

Na temporada, ele jogou em 51 jogos e teve média de 20,1 pontos (2º melhor do time), 6,2 rebotes, 2,8 assistências e 1,0 roubadas de bola em 33,9 minutos.[58]

Temporada de 2017-18Editar

Em 18 de dezembro de 2017, os Bucks designaram Parker para seu afiliado da G-League, o Wisconsin Herd, para que ele pudesse praticar enquanto completava sua recuperação. Após dois treinos com o Herd, Parker foi convocado pelos Bucks em 19 de dezembro.

Em 2 de fevereiro de 2018, Parker fez sua primeira aparição nos Bucks desde 9 de fevereiro de 2017, marcando 12 pontos em uma vitória de 92-90 sobre o New York Knicks.[59] Em 27 de fevereiro de 2018, ele marcou 19 pontos em uma derrota por 107-104 para o Washington Wizards.[60] Em 21 de março de 2018, ele marcou 20 pontos em 30 minutos (o máximo que jogou desde que voltou à equipe) em uma derrota por 127-120 para o Los Angeles Clippers.[61]

Em 1º de abril, ele registrou 35 pontos e 10 rebotes em uma derrota para o Denver Nuggets. Marcou a primeira vez em toda a temporada que Parker jogou mais de 30 minutos desde seu retorno.[62]

Após a temporada, os Bucks fizeram uma oferta qualificada para Parker.[63] Mais tarde, a equipe retirou a oferta, permitindo à ele e ao Chicago Bulls assinar um contrato.[64]

Chicago Bulls (2018–2019)Editar

Em 14 de julho de 2018, Parker assinou um contrato de dois anos e US $ 40 milhões com o Chicago Bulls.[64]

Ele estreou nos Bulls em 18 de outubro, registrando 15 pontos e 5 rebotes contra o Philadelphia 76ers.[65] Em 21 de novembro, Parker registrou 20 pontos, 13 rebotes e 8 assistências contra o Phoenix Suns.[66]

No início de dezembro, logo após Jim Boylen assumir a posição de treinador principal, Parker saiu da rotação da equipe e teve menos minutos de jogo.[67]

Washington Wizards (2019)Editar

Em 6 de fevereiro de 2019, Parker foi negociado, juntamente com Bobby Portis e uma escolha de segunda rodada de 2023, para o Washington Wizards em troca de Otto Porter.[68]

Parker registrou 14 rebotes em 27 de fevereiro contra o Brooklyn Nets e 15 rebotes em 27 de março contra o Phoenix Suns.[69]

Washington recusou a opção de renovação automática que renderia US $ 20 milhões à Parker.[70]

Atlanta Hawks (2019-2020)Editar

Em 11 de julho de 2019, Parker assinou com o Atlanta Hawks.[71] Em 7 de janeiro de 2020, foi anunciado que ele ficaria de fora por pelo menos duas semanas com uma lesão no ombro.[72]

Sacramento Kings (2020-Presente)Editar

Em 6 de fevereiro de 2020, Parker foi negociado com o Sacramento Kings.[73]

Em 24 de junho de 2020, Parker testou positivo para o coronavírus.[74]

Carreira na seleçãoEditar

Em outubro de 2010, Parker estava entre os 18 jogadores que participaram do minicamp da Equipe Nacional de Desenvolvimento dos EUA em Colorado Springs, Colorado, sendo convidado automaticamente para a Copa América de Basquetebol Masculino Sub-16.[75] Parker foi um dos quatro atletas de Chicago a emergir dos 27 jogadores, como parte da equipe de 12 homens.[76] Ele foi o MVP do campeonato e o EUA conquistou uma medalha de ouro.[77] Isso qualificou os Estados Unidos para o Campeonato Mundial de Basquetebol Sub-17 de 2012.

Em dezembro de 2011, ele foi nomeado atleta masculino do ano no basquete dos EUA com base em sua performance no FIBA ​​Americas, o que o tornou o vencedor mais jovem da história. Enquanto está no palco para aceitar o prêmio do prefeito de Chicago, Rahm Emanuel, ele afirmou que disse ao prefeito "Espero que não me vaiem".[78][79]

Ele foi selecionado para a equipe dos EUA que competiu no Campeonato Mundial de Basquetebol Sub-17 de ​​2012 em Kaunas, Lituânia, de 29 de junho a 8 de julho de 2012.[80] A equipe ganhou a medalha de ouro, embora Parker tenha perdido alguns jogos, incluindo a semifinal, com uma lesão no tornozelo.[81][82]

Perfil do jogadorEditar

 
Parker em novembro de 2014

Parker era frequentemente comparado a Derrick Rose no ensino médio. Embora haja comparações com Rose, seu jogo é mais frequentemente comparado a Grant Hill e Paul Pierce.[83] Parker afirma modelar seu jogo por Paul Pierce e Carmelo Anthony.[84] Ele espera ser considerado o melhor jogador de basquete do ensino médio na história da cidade de Chicago e afirmou que "ser comparado a Derrick também me impulsiona. Sei que sou melhor que ele ou quebro os recordes que ele quebrou, eu poderia ser um dos melhores jogadores a sair de Chicago. Estou ansioso para ser um desses jogadores".[85]

Por causa do título da matéria da Sports Illustrated que comparou Parker a LeBron James, Mike DeCourcy, do Sporting News, afirmou que "Jabari Parker é o melhor jogador de basquete do ensino médio desde Greg Oden".[86] Além disso, considerou-se que Parker tinha um físico muito menos desenvolvido do que James no mesmo estágio de desenvolvimento.[87] Jeff Borzello, da CBS Sports, também contestou a proclamação, salientando que, desde de James em 2003, Dwight Howard em 2004 e Oden em 2006 eram os principais jogadores de consenso em suas classes e que Parker poderia não ser melhor do que o consenso mais recente, Oden. Além disso, a CBS observou que Parker "pode ​​até não ser o melhor jogador de basquete do ensino médio no país, dado o desenvolvimento de Andrew Wiggins". O escritor do Chicago Tribune, Mike Helfgot, descreveu a comparação da Sports Illustrated como "jornalismo incrivelmente irresponsável".[88]

Vida pessoalEditar

 
Os pais, Sonny e Lola, ouvem Jabari assumir seu compromisso verbal com Duke em 20 de dezembro de 2012.

Parker é descendente de tonganeses e afro-americanos. Seus pais são Folola "Lola" Finau-Parker e Sonny Parker. Seu pai, Sonny, jogou por Texas A&M antes de se tornar uma seleção de primeira rodada (17ª no geral) pelo Golden State Warriors no Draft da NBA de 1976.[89] Ele jogou na NBA por seis temporadas.[90] Em 2013, ele desenvolveu uma doença renal que requer diálise, dificultando a participação nos jogos de Jabari.[91]

Sua mãe, Lola, polinésia de Tonga, é membro da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias (Igreja SUD) e emigrou para Salt Lake City aos três anos de idade. Seu avô foi o segundo tonganês batizado por missionários SUD. Vários primos de Lola são atletas da NFL, incluindo Harvey Unga,[92] Haloti Ngata[93] e Tony Moeaki,[94] e um de seus primos, Tony Finau, estreou no PGA Tour em outubro de 2014.

Seus pais se conheceram em um shopping quando ela era uma estudante da Universidade Brigham Young e ele estava jogando pelos Warriors. Depois de ajudá-lo a encontrar uma camisa, Sonny deixou os ingressos para o jogo. Depois que ele se aposentou e ela serviu em sua missão, eles se casaram e se estabeleceram em South Shore, Chicago.

Jabari cresceu (e continua sendo) um membro ativo da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. Enquanto frequentava a Simeon Career Academy, Parker frequentava o Seminário SUD duas manhãs por semana, de acordo com a ESPN. Na época de seu décimo sexto aniversário, ele se tornou um padre SUD (como é habitual em sua fé). Ele já realizou batismos e administrou o sacramento semanal. Além disso, ele viajava regularmente com o bispo durante suas visitas mensais para confortar os doentes, os pobres e os idosos.

EstatísticasEditar

LEGENDA
 PJ  Partidas jogadas  PI  Partidas iniciadas  MPJ  Minutos por jogo  AP  Arremessos de quadra (%)
 3P  Arremessos de 3 pontos (%)  LL  Lances-livre (%)  RT  Rebotes por jogo  AS  Assistências por jogo
 BR  Roubos de bola por jogo  TO  Tocos por jogo  PPJ  Pontos por jogo  Negrito  Melhor da carreira

NBAEditar

Temporada regularEditar

Ano Equipe PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2014–15 Milwaukee 25 29.5 .490 .250 .697 5.5 1.7 1.2 .2 12.3
2015–16 Milwaukee 76 31.7 .493 .257 .768 5.2 1.7 .9 .4 14.1
2016–17 Milwaukee 51 33.9 .490 .365 .743 6.2 2.8 1.0 .4 20.1
2017–18 Milwaukee 31 24.0 .482 .383 .741 4.9 1.9 .8 .3 12.6
2018–19 Chicago 39 26.7 .474 .325 .731 6.2 2.2 .6 .4 14.3
2018–19 Washington 25 27.3 .523 .296 .684 7.2 2.7 .9 .6 15.0
2019–20 Atlanta 35 26.2 .504 .270 .736 6.0 1.8 1.3 .5 15.0
Carreira 282 29.3 .492 .324 .738 5.8 2.1 .9 .4 15.1

PlayoffsEditar

Ano Equipe PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2018 Milwaukee 7 23.9 .452 .316 .615 6.1 1.4 1.0 .6 10.0

UniversitárioEditar

Ano Equipe PJ MPJ AP 3P LL RT AS BR TO PPJ
2013–14 Duke 35 30.7 .473 .358 .748 8.7 1.2 1.1 1.2 19.1

Fonte:[95]

Referências

  1. «Official NBA bio of Jabari Parker». NBA.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  2. Strauss, Ben (8 de dezembro de 2011). «The Prayerful Young Man Can Also Nail a Jumper». The New York Times (em inglês). ISSN 0362-4331 
  3. Benedict, Jeff. «JABARI PARKER IS...». Sports Illustrated Vault | SI.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  4. Narang, Bob. «Boys basketball | Basketball in the family for Parker cousins Jabari, Jay». chicagotribune.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  5. Skrbina, Paul. «Boys basketball | State semifinals commentary: Simeon's Jabari Parker has history, makes history». chicagotribune.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  6. «Simeon freshman making a name for himself at Hoophall Classic - USATODAY.com». usatoday30.usatoday.com. Consultado em 22 de julho de 2020 
  7. «No. 1 college team in to see Jabari Parker - City/Suburban Hoops Report». web.archive.org. 22 de maio de 2013. Consultado em 22 de julho de 2020 
  8. Kevin (4 de agosto de 2011). «Chicago's Jabari Parker Shows LeBron Why He's No. 1». UPROXX (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  9. «Wayback Machine» (PDF). web.archive.org. 12 de janeiro de 2012. Consultado em 22 de julho de 2020 
  10. Miraski, Benjamin. «Boys basketball | Simeon's Jabari Parker wins MVP at Nike Global Challenge». chicagotribune.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  11. «Jabari Parker drops 40 in 21 minutes». ESPN.com (em inglês). 20 de dezembro de 2011. Consultado em 22 de julho de 2020 
  12. «Boys Basketball: Simeon staves off Curie, takes city title - YourSeason». web.archive.org. 19 de fevereiro de 2012. Consultado em 22 de julho de 2020 
  13. «Illinois Boys Hoop POY: Jabari Parker». ESPN.com (em inglês). 22 de março de 2012. Consultado em 22 de julho de 2020 
  14. «Comparisons to Rose drive Jabari Parker». ESPN.com (em inglês). 12 de abril de 2012. Consultado em 22 de julho de 2020 
  15. «Dad won't permit coaches to text Parker». ESPN.com (em inglês). 20 de junho de 2012. Consultado em 22 de julho de 2020 
  16. Basketball, Mike Helfgot on High School Football &. «Boys basketball blog». chicagotribune.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020  Texto " Jabari Parker helps U.S. win gold; Okafor named MVP" ignorado (ajuda)
  17. «No. 2 hoops recruit Parker commits to Duke». ESPN.com (em inglês). 20 de dezembro de 2012. Consultado em 22 de julho de 2020 
  18. «Brennan: Jabari Parker just couldn't say no to Duke». ESPN.com (em inglês). 20 de dezembro de 2012. Consultado em 22 de julho de 2020 
  19. reporter, By Colleen Kane, Chicago Tribune. «4A final: Four certain: Simeon wins 4th straight state title». chicagotribune.com. Consultado em 22 de julho de 2020 
  20. Vlahos, Nick. «Vlahos: Manual, Simeon not in the same class». Journal Star (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  21. «BOYSEAST vs BOYSWEST (4/3/13 at United Center Chicago, IL)». web.archive.org. 7 de abril de 2013. Consultado em 22 de julho de 2020 
  22. Goldberg, Rob. «Jordan Brand Classic Game 2013: Score, Results, Grades and Analysis». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
  23. «Reaction: Jordan Brand Classic». ESPN.com (em inglês). 14 de abril de 2013. Consultado em 22 de julho de 2020 
  24. «Nike Hoop Summit: Julius Randle, Andrew Harrison score 19 each in U.S…». archive.vn. 16 de junho de 2013. Consultado em 22 de julho de 2020 
  25. «Basketball Recruiting - Wiggins stays atop final class of 2013 rankings». basketballrecruiting.rivals.com. Consultado em 22 de julho de 2020 
  26. «DevilsIllustrated». duke.rivals.com. Consultado em 23 de julho de 2020 
  27. «2013 Basketball Scout Team Rankings». 247Sports (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  28. «Basketball Recruiting - UK on top, although Kansas lands Wiggins». basketballrecruiting.rivals.com. Consultado em 23 de julho de 2020 
  29. «Jabari Parker, nation's No. 2 basketball recruit, officially joins Du…». archive.vn. 16 de junho de 2013. Consultado em 23 de julho de 2020 
  30. «Davidson vs. Duke - Game Recap - November 8, 2013 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  31. «Parker Named ACC Rookie of the Week». Duke University (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  32. a b c d «Atlantic Coast Conference». Atlantic Coast Conference (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  33. «Sports Illustrated releases college basketball preview edition | One And One - SI.com». web.archive.org. 16 de novembro de 2013. Consultado em 23 de julho de 2020 
  34. «Kansas vs. Duke - Game Recap - November 12, 2013 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  35. «NC State vs. Duke - Game Recap - January 18, 2014 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  36. «Florida State vs. Duke - Game Recap - January 25, 2014 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  37. «North Carolina vs. Duke - Game Recap - March 8, 2014 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  38. «NC State vs. Duke - Game Recap - March 15, 2014 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  39. «Duke vs. Virginia - Game Recap - March 16, 2014 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  40. «Mercer vs. Duke - Game Recap - March 21, 2014 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  41. «Duke: Nothing planned Wednesday for Parker». ESPN.com (em inglês). 15 de abril de 2014. Consultado em 23 de julho de 2020 
  42. «USBWA > News > Men's All-America Team». www.sportswriters.net. Consultado em 23 de julho de 2020 
  43. «2014 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  44. «Parker signs with Jordan Brand before draft». ESPN.com (em inglês). 26 de junho de 2014. Consultado em 23 de julho de 2020 
  45. «Bucks Sign First Round Pick Parker». Milwaukee Bucks (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  46. «Milwaukee Bucks at Charlotte Hornets Box Score, October 29, 2014». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  47. «Philadelphia 76ers at Milwaukee Bucks Box Score, October 31, 2014». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  48. «Parker, Wiggins named Kia Rookies of the Month | NBA.com». web.archive.org. 7 de fevereiro de 2015. Consultado em 23 de julho de 2020 
  49. «Bucks' Parker lost for season to torn ACL». ESPN.com (em inglês). 17 de dezembro de 2014. Consultado em 23 de julho de 2020 
  50. «Bucks eye early November return for Jabari Parker | NBA.com». web.archive.org. 28 de outubro de 2015. Consultado em 23 de julho de 2020 
  51. «Philadelphia 76ers at Milwaukee Bucks Box Score, November 4, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  52. «Golden State Warriors at Milwaukee Bucks Box Score, December 12, 2015». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  53. «Charlotte Hornets at Milwaukee Bucks Box Score, February 19, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  54. «Milwaukee Bucks at Atlanta Hawks Box Score, February 20, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  55. «Houston Rockets at Milwaukee Bucks Box Score, February 29, 2016». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  56. «Bucks vs. Hawks - Game Recap - January 15, 2017 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  57. «Medical Update on Jabari Parker». Milwaukee Bucks (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  58. «Jabari Parker 2016-17 Game Log». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  59. «Knicks vs. Bucks - Game Recap - February 2, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  60. «Wizards vs. Bucks - Game Recap - February 27, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  61. «Clippers vs. Bucks - Game Recap - March 21, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  62. Apr 5, FOX Sports Wisconsin; ET, 2018 at 2:47p (5 de abril de 2018). «With playoff positioning on the line, Bucks unleash Parker». FOX Sports (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  63. staff, State Journal. «Bucks make qualifying offer to Jabari Parker, paper reports». madison.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  64. a b Helin, Kurt (14 de julho de 2018). «Jabari Parker agrees to deal with Bulls after Bucks rescind qualifying offer». ProBasketballTalk | NBC Sports (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  65. Johnson, K. C. «Jabari Parker's reserve role for the Bulls looking more permanent». chicagotribune.com. Consultado em 23 de julho de 2020 
  66. «Suns vs. Bulls - Game Recap - November 21, 2018 - ESPN». ESPN.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  67. «Bulls' Parker plays 4 minutes as role to be limited». ESPN.com (em inglês). 14 de dezembro de 2018. Consultado em 23 de julho de 2020 
  68. «Wizards acquire Parker and Portis from Bulls». Washington Wizards (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  69. «Wizards win thriller in Phoenix, 124-121». Washington Wizards (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  70. «EX-No. 2 overall pick Jabari Parker agrees to deal with Atlanta Hawks». www.yahoo.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  71. «Former No. 2 pick Parker gets deal with Hawks». ESPN.com (em inglês). 8 de julho de 2019. Consultado em 23 de julho de 2020 
  72. «Jabari Parker Out At Least Two Weeks With Shoulder Injury». Hoops Rumors (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  73. «Kings Acquire Alex Len and Jabari Parker». Sacramento Kings (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  74. «Coronavirus: Kings' Buddy Hield, Jabari Parker and Alex Len all test positive for COVID-19, per report». CBSSports.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  75. [https://web.archive.org/web/20130531134645/http://www.usabasketball.com/mens/u16/201112_usa_basketball_mens_d_2011_03_24.html «USA Basketball: 2011-12 USA Basketball Men�s Developmental National Team Announced»]. web.archive.org. 31 de maio de 2013. Consultado em 23 de julho de 2020  replacement character character in |titulo= at position 43 (ajuda)
  76. «Parker leads Illinois national quartet». ESPN.com (em inglês). 13 de junho de 2011. Consultado em 23 de julho de 2020 
  77. «USA Basketball: SECOND FIBA AMERICAS U16 CHAMPIONSHIP FOR MEN -- 2011». web.archive.org. 27 de abril de 2013. Consultado em 23 de julho de 2020 
  78. «Greenberg: Simeon follows Parker's lead to top». ESPN.com (em inglês). 9 de dezembro de 2011. Consultado em 23 de julho de 2020 
  79. «Parker is USA hoops athlete of the year». ESPN.com (em inglês). 6 de dezembro de 2011. Consultado em 23 de julho de 2020 
  80. «Chicago trio makes USA U-17 squad». ESPN.com (em inglês). 19 de junho de 2012. Consultado em 23 de julho de 2020 
  81. «Okafor named World Championship MVP». ESPN.com (em inglês). 8 de julho de 2012. Consultado em 23 de julho de 2020 
  82. «FIBA.basketball». FIBA.basketball (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  83. «Basketball: Who is NEXT?». ESPN.com (em inglês). 30 de novembro de 2011. Consultado em 23 de julho de 2020 
  84. «Greenberg: Parker's family keeps him grounded». ESPN.com (em inglês). 18 de fevereiro de 2011. Consultado em 23 de julho de 2020 
  85. «Comparisons to Rose drive Jabari Parker». ESPN.com (em inglês). 12 de abril de 2012. Consultado em 23 de julho de 2020 
  86. «NCAA College Basketball News, Scores & Videos». www.sportingnews.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020  Texto " Sporting News " ignorado (ajuda)
  87. Cahill, Michael. «Gatorade Award Nominee Jabari Parker Has Limitless Potential in Uncertain Future». Bleacher Report (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  88. Basketball, Mike Helfgot on High School Football and. «Mike Helfgot on boys basketball blog | Headline on Jabari Parker SI cover is a head-scratcher». chicagotribune.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  89. «1976 NBA Draft». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  90. «Sonny Parker Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  91. reporter, Colleen Kane, Chicago Tribune. «Simeon All Access | Outtakes from Jabari Parker interviews». chicagotribune.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  92. «Harvey Unga Stats». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  93. «Haloti Ngata Stats». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  94. «Tony Moeaki Stats». Pro-Football-Reference.com (em inglês). Consultado em 23 de julho de 2020 
  95. «Jabari Parker Stats». Basketball-Reference.com (em inglês). Consultado em 22 de julho de 2020 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Jabari Parker