Abrir menu principal

BiografiaEditar

Jaime Cezário é formado em arquitetura e decoração e tem inúmeros projetos de residências e interiores executados no Rio de Janeiro e São Paulo, entre muitos trabalhos, foi convidado pelo decorador Eder Meneguine para assumir a parte de projetos do seu escritório, que o fez por quatro anos (anos: 91/92/93/94). Eder Meneguine foi eleito o decorador preferido da nova sociedade emergente do Rio de Janeiro.

Iniciou sua carreira como carnavalesco no ano de 1993 na escola de samba Engenho da Rainha, assinando por três anos consecutivos o carnaval desta escola.

No ano de 1996 recebe o convite da São Clemente para assinar seu carnaval, permanecendo a frente da agremiação por 4 anos e levando-a ao grupo especial no ano de 1999.

Na São Clemente ganhou inúmeros prêmios, o Troféu Papa Tudo da TV Manchete nos anos de 1997 e 1998 e o troféu dado pela Associação das Escolas de Samba no ano de 1997 como a escola Campeã do Povo, além, de alguns pessoais como o Momo de Ouro e o do jornal A Notícia como “carnavalesco revelação” em 1998, entre muitos outros prêmios.

No ano de 1997 desenvolve o carnaval do Foliões de Botafogo que participava do Grupo de Acesso C das Escolas de Samba.

Foi campeão dos Grupos de Acesso C e B nos anos de 1999 e 2000 fazendo o carnaval da Leão de Nova Iguaçu, trazendo-a ao Grupo A do Rio de Janeiro.

No ano de 2000 é convidado pelo Projeto “Tom na mata” para desenvolver e reproduzir a mata atlântica numa área aproximadamente de dois mil metros quadrados, localizado na Fundição Progresso, bairro da Lapa no Rio de Janeiro, foi convidado pela Porto da Pedra[1] para fazer seu carnaval no Grupo Especial no ano das comemorações dos quinhentos anos do Brasil (2000), com o enredo “Ordem, Progresso, Amor e Folia no milênio de fantasia!”.

No ano de 2001,[2] 2002 e 2003 assume o comando do carnaval da Caprichosos, escola do grupo especial do Rio de Janeiro.

No ano de 2004 no grupo de acesso fazendo o carnaval da Paraíso do Tuiuti, a convite do cantor Ivo Meireles com o enredo em homenagem a Vinícius de Moraes que tinha como título: “Olha que coisa mais linda, o Poeta está No Paraíso!”.

Em 2005 assina o carnaval do Cubango de Niterói que desfilou no Grupo de Acesso com o enredo: O fruto da África de todos os deuses no Brasil de fé![3] e também foi contratado como carnavalesco para a Rouxinois da cidade de Uruguaiana no Rio Grande do Sul.

Em 2006 quando assinou o enredo do Acadêmicos do Cubango: Na magia da escrita, a viagem do saber! no Grupo de Acesso A. No ano de 2006 foi convidado a integrar o grupo de professores do Instituto do Carnaval, para lecionar no curso superior de Gestão de Festas e Eventos Carnavalescos da Universidade Estácio de Sá.

No ano de 2007 foi convidado para ser jurado do quesito enredo dos grupos de Acesso e Especial de Vitória – ES pela Liga das Escolas de Samba Capixaba.

Em 2008 foi convidado pelo site de carnaval ¨O Dia na Folia¨ para assinar a coluna Folia, Tradição e Modernidade, onde aborda assuntos ligados ao universo do carnaval do Rio de Janeiro e Brasil.

Em 2008 foi convidado pelo Patrimônio da Cidade do Rio de Janeiro para fazer o trabalho que compõe e faz parte do Registro de Tombamento das Escolas de Samba do Rio de Janeiro como Patrimônio Imaterial da Cidade do Rio de Janeiro, intitulado ¨A Evolução das Escolas de Samba do Rio de Janeiro¨.

Em 2008 é convidado pela Universidade de Iowa dos USA para fazer parte do Projeto Brazilian Carnival, Music and Dance, onde a partir de janeiro 2009 será o carnavalesco anfitrião para receber os alunos mestrandos da universidade e apresentar o universo das escolas de samba da cidade do Rio de Janeiro

No Carnaval de 2008 foi contratado pela segunda vez como carnavalesco para a Escola de Samba Rouxinóis da cidade de Uruguaiana no Rio Grande do Sul. O enredo de sua autoria foi: “Aventureiros da Ilusão”.

No carnaval de 2009 foi convidado pela Rádio Band News Fm para ser o comentarista nos desfiles do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

No Carnaval da cidade de Uruguaiana de 2009 foi convidado para colaborar com a comissão de carnaval da Escola de Samba Deu Chucha na Zebra, no Rio Grande do Sul.

No Instituto do Carnaval leciona as disciplina de Laboratório de Carnaval, onde ensina os alunos a desenvolver enredos, A História das Artes e o Carnaval, Enredos e Planejamento Estratégico nos anos de 2007,2008 e 2009.

No carnaval de 2010 foi convidado para colaborar com o carnaval da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira pra desenvolver o enredo: “Mangueira é música do Brasil”. e também foi contratado como carnavalesco para a União da Ilha da Magia de Florianópolis, no Carnaval de 2011 foi contratado pela segunda vez como carnavalesco da escola de samba Cubango e continuou na União da Ilha da Magia, onde foi campeão do Carnaval de Florianópolis.

No Carnaval de 2012 foi contratado pela segunda vez como carnavalesco da escola de samba Porto da Pedra[4] para desenvolver um tema sobre o iogurte. pegando ainda no meio como fez na Mangueira, em 2010. mudando uma boa parte do enredo.[5] além disto continuou como carnavalesco da Cubango, para desenvolver um enredo sobre Barão de Mauá.

Durante os anos de 2013 e 2014, retornou a Uruguaiana aonde foi o carnavalesco do Império Serrano de Uruguaiana e esteve pela terceira vez como carnavalesco da Rouxinóis. em 2015, foi contratado pela terceira vez como carnavalesco da Cubango.[6][7]

No Carnaval de 2016 foi contratado pela terceira vez como carnavalesco da escola de samba Porto da Pedra.[8][9], onde ficou até 2019.

Desfiles assinados por Jaime CezárioEditar

Ano Escola Colocação Divisão Enredo
1993 Engenho da Rainha 10º lugar Grupo A Ciranda, cirandinha, vamos todos cirandar
1994 Engenho da Rainha 10º lugar Grupo A Entre festas e fitas
1995 Engenho da Rainha 9º lugar Grupo A Yolhesman Crisbelles - A república de Ipanema é um desbunde
1996 São Clemente 3º lugar Grupo A Se a canoa não virar, a São Clemente chega lá
1997 São Clemente 3º lugar Grupo A A São Clemente Botafogo na Sapucaí
Foliões de Botafogo 6º lugar Grupo C Alegria alegria, o circo chegou
1998 São Clemente Vice-Campeã Grupo A Maiores são os poderes do povo! Se liga na São Clemente!
1999 São Clemente 14º lugar Grupo Especial A São Clemente comemora e traz Rui Barbosa para os braços do povo
Leão de Nova Iguaçu Campeã Grupo C O Leão ruge forte em Nova Iguaçu
2000 Porto da Pedra 14° lugar Grupo Especial Ordem, Progresso, Amor e Folia, no milênio da fantasia
Leão de Nova Iguaçu Campeã Grupo B O Leão nos caminhos do ouro
2001 Caprichosos 12º lugar Grupo Especial Goiás, um sonho de amor no coração do Brasil
2002 Caprichosos 12º lugar Grupo Especial Deu pra ti alto astral! Tô com Porto Alegre, trilegal!
2003 Caprichosos 10º lugar Grupo Especial Zumbi, Rei de Palmares e herói do Brasil. A história que não foi contada
2004 Paraíso do Tuiuti 8º lugar Grupo A Olha Que Coisa Mais Linda, o Poeta Está No Paraíso
2005 Rouxinóis 3º lugar Grupo Especial Da magia da escrita à viagem do saber
Cubango 6º lugar Grupo A O Fruto da África de Todos os Deuses no Brasil de Fé: Candomblé
2006 Cubango 8º lugar Grupo A Na magia da escrita, a viagem do saber
2008 Rouxinóis Vice-Campeã Grupo Especial Aventureiros da Ilusão
2009 Deu Chucha na Zebra 5º lugar Grupo Especial Sou Gaúcho Firme e Forte
2010 Mangueira 6º lugar Grupo Especial Mangueira é música do Brasil
União da Ilha da Magia Vice-Campeã Grupo Especial A magia dos Deuses
2011 União da Ilha da Magia Campeã Grupo Especial Cuba sim! Em nome da verdade.
Cubango 4º lugar Grupo A A emoção está no ar
2012 Porto da Pedra 12º lugar Grupo Especial Da Seiva Materna ao Equilíbrio da Vida
Cubango 4º lugar Grupo A Barão de Mauá - Sonho de um Brasil Moderno
2013 Império Serrano-UGA 7º lugar Grupo Especial O Brasil Vale Ouro
2014 Os Rouxinóis 4º lugar Grupo Especial Tu És o Ar Que Respiro, A Razão do Meu Cantar: Verde Que Te Quero Verde, Verde Que Me Faz Sonhar
2015 União da Ilha da Magia Vice-Campeã Grupo Especial Adoradores do Sol nas "ondas" da Ilha da Magia!!!
Cubango 4º lugar Série A Cubango, A realeza africana de Niterói
2016 Porto da Pedra 5º lugar Série A Palhaço Carequinha, paixão e orgulho de São Gonçalo. Tá certo ou não tá?
2017 Porto da Pedra 5º lugar Série A Ô Abre-alas que as marchinhas vão passar. Porto da Pedra é quem vai ganhar... seu coração!
2018 Porto da Pedra 3º lugar Série A Rainhas do Rádio - Nas Ondas da Emoção, o Tigre Coroa as Divas da Canção!
2019 Porto da Pedra 3º lugar Série A Antônio Pitanga - Um negro em movimento
União da Ilha da Magia Campeã Grupo de acesso Lagoa, todos os ventos passam por aqui

Ligações externasEditar

Referências

  1. «Você na foto...». Consultado em 20 de julho de 2008. Arquivado do original em 6 de janeiro de 2009 
  2. «Paixões sertanejas na avenida». Consultado em 20 de julho de 2008. Arquivado do original em 15 de novembro de 2002 
  3. "O fruto da África de todos os deuses no Brasil de fé! Candomblé..."
  4. Jaime Cezário é o novo carnavalesco da Porto da Pedra
  5. Carnavalesco (24 de janeiro de 2012). «Jaime Cezário garante boa história com o iogurte da Porto da Pedra». Consultado em 25 de janeiro de 2012. Arquivado do original em 4 de julho de 2015 
  6. Guilherme Ayupp, para o Carnavalesco (26 de março de 2014). «Jaime Cezario está de volta à Acadêmicos do Cubango». 12:08. Consultado em 6 de abril de 2014 
  7. «Cubango contrata Jaime Cezário». Marcelo Barros, para o Tudo de Samba. Consultado em 22 de agosto de 2015. Cópia arquivada em 7 de abril de 2014 
  8. SRZD-Carnaval (5 de maio de 2015). «Jaime Cezário é o novo carnavalesco da Porto da Pedra». 12h14. Consultado em 6 de junho de 2015 
  9. GRES Unidos do Porto da Pedra. «Jaime Cezário será o carnavalesco para 2016». Consultado em 6 de junho de 2015 

Notas