Abrir menu principal
Jane Birkin
Jane Birkin em 1985
Nome completo Jane Mallory Birkin
Nascimento 14 de dezembro de 1946 (72 anos)
Londres,
Reino Unido Reino Unido

Jane Mallory Birkin (Londres, 14 de dezembro de 1946) é uma atriz e cantora inglesa que vive na França, tendo atuado no cinema de ambos os países.

Infância e adolescênciaEditar

Jane Mallory Birkin nasceu no dia 14 de dezembro de 1946 em Marylebone, Londres, Inglaterra. Sua mãe era uma atriz e seu pai era membro da Marinha Real Britânica. Ela também tem um irmão, o roteirista e diretor Andrew Birkin.

CarreiraEditar

Jane emergeu na Swinging London após aparecer no filme Blow-Up de 1966 e Wonderwall de 1968, este último que teve a trilha sonora produzida por George Harrison. Quando ela foi para a França para uma audição em 1969 conheceu Serge Gainsbourg, e a partir de então, começaram a ter várias colaborações entre os dois. Nesse mesmo ano os dois fizeram o famoso dueto "Je t'aime... moi non plus" (que originalmente, Serge Gainsbourg havia escrito para Brigitte Bardot). A música na época provocou um escândalo e foi banida em diversas rádios de diversos países.

 
Jane Birkin e Dirk Bogarde no tapete vermelho do Festival de Cannes na década de 1990.

Vida pessoalEditar

Foi casada de 1965 a 1968 com John Barry, um compositor inglês que escreveu o tema original dos filmes de James Bond. A filha de ambos, a fotógrafa Kate Barry, nasceu em 1967 e morreu em 2013 após uma queda do quarto andar de um edifício em Paris.[1]

 
Jane Birkin com sua filha Charlotte Gainsbourg em 2010.

Teve uma relação muito apaixonada e criativa com o seu mentor Serge Gainsbourg - eles conheceram-se no set de Slogan e casaram-se em 1968. Tiveram uma filha, a atriz e cantora Charlotte Gainsbourg, e separaram-se em 1980.

Em 1982 teve a terceira filha, Lou Doillon, de uma relação com o director Jacques Doillon.

CuriosidadesEditar

A canção Je t'aime … moi non plus foi proibida em Portugal e no Brasil na época em que foi lançada, pela sua controvérsia e por ser considerada como atentado aos costumes pelo regime salazarista e pelo governo da ditadura no Brasil, vigentes na época.

Jane Birkin é a inspiração da famosa e cobiçada Birkin bag da marca Hermès. Durante uma viagem de avião em 1980, Jane derrubou sua bolsa Kelly, caindo seus pertences no chão. O diretor da marca Hermés estava no local, e ela comentou que sua bolsa era pequena, se fosse maior não cairia suas coisas. O diretor da marca então propôs fazer uma bolsa que lhe correspondesse melhor. Surgiu assim a Birkin bag, que foi batizada pela empresa com o seu nome.

DiscografiaEditar

FilmografiaEditar

Referências

Ligações externasEditar