Abrir menu principal
Jason Miller
Jason Miller (fighter).jpg
Jason Miller
Informações
Nascimento 24 de dezembro de 1980 (38 anos)
Atlanta, Geórgia
Nacionalidade norte-americano
Outros nomes Mayhem
Altura 1,85 m
Peso 84 kg
Modalidade Muay Thai, Jiu-Jitsu Brasileiro
Organização(ões) Team Quest, Team Mayhem
Graduação      Faixa Preta em BJJ
Cartel nas artes marciais mistas
Total 33
Vitórias 24
Por nocaute 6
Por finalização 14
Por decisão 4
Derrotas 8
Por nocaute 2
Por finalização 1
Por decisão 5
Sem resultado 1
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog

Jason Nicholas Miller (Atlanta, 24 de dezembro de 1980) é um atleta estadunidense de lutas livres conhecido por suas entradas extravagantes e estilo de luta excitante. O apelido "Mayhem" é usado por ele principalmente no Jiu-Jitsu Brasileiro e no Muay Thai, além de treinar no Team Quest em Temecula, Califórnia. Ele usualmente co-apresenta o "Mayhem Mondays" no The Jason Ellis Show na Sirius Satellite Radio.[1] Miller tambem apresenta um reality show chamado Bully Beatdown, que vai ao ar na MTV e na MTV2.[2]

CarreiraEditar

Miller lutou em diversas organizações, as mais notáveis foram Ultimate Fighting Championship, Dream MMA e Strikeforce. Ele detém vitórias sobre lutadores como Falaniko Vitale, Ronald Jhun, Egan Inoue, Denis Kang, Kala Hose, Toby Imada, Robbie Lawler e Kazushi Sakuraba.

Após a luta contra Ronald Jhun, ocorreu uma pequena confusão e Miller foi acertado na parte de tras da cabeça pelo companheiro de luta Mark Moreno.[3] Isso animou os ânimos para uma luta entre os dois,[3] luta essa que Miller finalizou Moreno com uma armlock no primeiro round, fazendo uma hang loose antes de acabr com ele. Miller tornou-se mais famoso após uma batalha sangrenta contra o superstar canadense Georges St. Pierre no UFC 52. Ele perdeu por decisão unânime.

Em 2 de setembro de 2006, Mayhem roubou o título de Pesos Médios da Icon Sport do lutador "Ruthless" Robbie Lawler por um triângulo no terceiro round. Em dezembro do mesmo ano, Mayhem perdeu sua primeira defesa pelo título contra Frank Trigg via TKO no segundo período, luta essa que muitos tinham Miller como favorito.

Miller estava lutando para os eventos no Japão da Dream MMA, onde ele fez parte do grand prix de Pesos-médios de 2008. Ele foi eliminado por Ronaldo Souza “Jacaré” no DREAM.4 nas semi-finais do torneio.

Miller e Jacaré lutaram novamente, dessa vez pelo cinturão da Dream para pesos médios; (titulo que está vago desde que Gegard Mousasi mudou-se para a categoria de Pesos Pesados leves). A luta terminou sem resultado quando Miller acertou um chute de futebol na cabeça de Jacaré, que abriu um corte profundo e teve que ser atendido por um médico. Chutes de futebol não são aceitos na Dream e a luta ficou sem resultado, sendo que o chute não foi intencional. Ambos os lutadores concordaram em lutar novamente em setembro de 2009. O futuro dessa luta ficou incerto depois que Souza assinou com a Strikeforce Promotion.[4] Miller lutou contra Jake Shields, dia 7 de novembro de 2009 na CBS como parte da Strikeforce: Fedor vs Rogers. A luta era para decidir o titulo dos pesos médios da Strikeforce, pois Cung Le havia abandonado as lutas para seguir em sua carreria de ator.

Miller perdeu a luta por decisão unânime. Embora incapaz de resistir às derrubadas de Shields, ele marcou alguns pontos no primeiro round, além de ter quase finalizado a luta com um mata leão nos 10 segundos restantes do terceiro round, além ainda de ter tentado usar um triangulo em Shields. A finalização foi interrompida ao final do Segundo período.[5]

Jason Miller enfrentou Tim Stout no Strikeforce: Nashville em 17 de abril de 2010 e venceu a luta por TKO no segundo round.

Miller era esperado para enfrentar Robbie Lawler em 16 de junho de 2010 no Strikeforce: Los Angeles, mas foi retirado do combate apos suas ações no Strikeforce: Nashville, onde ele confrontou Jake Shields para uma revanche após o mesmo vencer o veterano de pesos médios Dan Henderson.[6]

Embora houvesse rumores de que Miller enfrentaria Nick Diaz em outubro, a luta não vingou. "Mayhem" era programado para lutar contra Kazushi Sakuraba em 25 de setembro no Dream.16[7]. Em entrevistas anteriores a luta, Mayhem afirmou que ele desejava ser a primeira pessoa a finalizar Sakuraba. Ele venceu a luta finalizando com um triangulo. Mayhem é atualmente é o segundo a finalizar o japonês em uma luta de MMA, o primeiro foi Kimo Leopoldo em uma luta que muitos afirmam ter sido de um estilo só.

Briga no Strikeforce: NashvilleEditar

Durante as entrevistas após a luta vitoriosa de Jake Shields contra Dan Henderson, Miller sem permissão dirigiu-se até Shields, perguntando: "Onde está a minha revanche, cara?" Após isso, ambos Gilbert Melendez e Shields empurraram Miller para longe, Nick Diaz então deu o primeiro soco que iniciou a briga. Membros da Jiu-Jitsu Cesar Gracie, incluindo Melendez, Nick Diaz e Nate Diaz, atacaram Miller enquanto ele era contido por seguranças por pessoas da equipe de Diaz. A briga foi interrompida pelos árbitros, por membros da equipe de Dan Henderson e pelos seguranças do evento. Miller e outros cinco receberam um mes de suspensão e multas entre $5.000-$7.500 dólares.[8] Strikeforce tambem cancelou sua luta contra Robbie Lawler.

Na sequência dos acontecimentos do Brawl Nasville, Miller expressou interesse em lutar contra Nick Diaz. Nick se recusou, afirmando que ele era o campeão dos médios do Strikeforce e necessário para continuar a lutar com aquele peso. Ele pediu para Miller descer até 170 lbs para lutar com ele. Miller continuou a tentar configurar uma luta, oferecendo 183 lbs como um catchweight. Dizia-se que Scott Coker, CEO do Strikeforce, estava interessado na criação da luta.

Retorno ao UFCEditar

Em 22 de abril de 2011, Miller assinou um acordo multi-luta com o UFC.

Miller era esperado para enfrentar Aaron Simpson em 02 de julho de 2011, no UFC 132. No entanto, em 27 de maio de 2011, foi revelado que Miller seria um dos treinadores do The Season The Ultimate Fighter 14, em frente ao Michael Bisping. Miller foi substituído por Brad Tavares no card de 132 UFC. Miller foi derrotado por Bisping por TKO em 3:34 do terceiro round em 3 de dezembro de 2011 no The Ultimate Fighter Finale 14. Após a luta UFC presidente Dana White disse sobre o desempenho de Miller, "Foi ruim. Foi a coisa mais estranha que eu já vi." Miller concordou que ele teve um desempenho ruim em seu blog.

Ele lutou com CB Dollaway no dia 26 de maio de 2012, pelo UFC 146. Em uma virada monumental, o moleiro muito vaidoso e arrogante, pagou o preço por subestimar Dollaway, perdendo todos os 3 rounds e uma decisão unânime. A luta que ele claramente poderia ter vencido se ele estivesse concentrado na tarefa em mãos.

Mais tarde, em 13 de agosto de 2012, Jason Miller foi preso após invadir uma Igreja pelado, munido de um extintor de incêndio, em Orange County, na Califórnia. Miller sujou todo o tempo com o líquido do extintor, e foi detido por policiais depois de ter emporcalhado dois andares do local. O lutador aparentava estar consciente e sem sinais de embriaguez.

Campeonatos e RealizaçõesEditar

Artes Marciais MistasEditar

  • Icon Sport
    • Cinturão Middleweight (Uma vez)
  • Superbrawl
    • Cinturão Welterweight (Uma vez)
  • World MMA Awards
    • Entrada no ring mais memorável 2010 (Dream 9), 2011 (Dream 16)

Cartel no MMAEditar

Resultado Cartel Oponente Método Evento Data Round tempo Local Notas
Derrota 24–9 (1)   C.B. Dollaway Decisão Unânime UFC 146 26-05-2012 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Derrota 24–8 (1)   Michael Bisping Nocaute técnico (joelhadas e socos) The Ultimate Fighter 14 Finale 03-12-2011 3 3:34   Las Vegas, Nevada
Vitória 24-7 (1)   Kazushi Sakuraba Finalização (Triângulo de braço) Dream 16 25-09-2010 1 2:09   Nagoya
Vitória 23–7 (1)   Tim Stout Nocaute técnico (Socos) Strikeforce: Nashville 17-04-2010 1 3:09   Nashville, Tennessee
Derrota 22-7 (1)   Jake Shields Decisão (Unânime) Strikeforce: Fedor vs. Rogers 07-11-2010 5 5:00   Hoffman Estates, Illinois pelo o Cinturão dos Médios do Strikeforce.
NC 22–6 (1)   Ronaldo Souza Luta encerrada devido a um golpe ilegal. Dream 9 26-05-2009 1 2:33   Yokohama Para o titulo de Pesos Médios da Dream MMA.
Vitória 22–6   Kala Hose Finalização (Mata-leão) Kingdom MMA - Miller vs. Hose 18-04-2009 1 2:27   Honolulu, Havaí
Derrota 21–6   Ronaldo Souza Decisão (Unânime) Dream 4 15-06-2008 2 5:00   Yokohama Quartas de Finais da Dream MWGP.
Vitória 21–5   Katsuyori Shibata Nocaute técnico (golpes) Dream 3 11-05-2008 1 6:57   Saitama
Vitória 20–5   Tim Kennedy Decisão (Unânime) HDNet Fights – Reckless Abandon 15-12-2008 3 5:00   Dallas, Texas
Vitória 19–5   Hiromitsu Miura Decisão (Unânime) WEC 27 12-05-2007 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 18–5   Hector Urbina TKO (Punches) Icon Sport - Epic 31-03-2007 1 1:11   Honolulu, Havaí
Derrota 17–5   Frank Trigg TKO (Soccer Kicks) Icon Sport – Maiohem vs Trigg 01-12-2006 2 2:53   Columbus, Ohio Perdeu a ICON Sport Middleweight Championship
Vitória 17–4   Robbie Lawler Finalização (Triângulo) Icon Sport – Maiohem vs Lawler 02-09-2006 3 2:50   Honolulu, Havaí Venceu a ICON Sport Middleweight Championship
Vitória 16–4   Lodune Sincaid Finalização (Mata-leão) WFA – King of the Streets 22-07-2006 1 4:29   Los Angeles, Califórnia Lutou no 205 lbs
Vitória 15–4   Stefan Gamlin Fialização (Triângulo) Icon Sport – Maiohem vs Giant 26-05-2006 1 0:46   Honolulu, Havaí
Vitória 14–4   Falaniko Vitale Finalização (Mata-leão) Icon Sport – Opposites Attract 28-10-2005 2 2:41   Honolulu, Havaí
Vitória 13–4   Mark Moreno Finalização (Armlock) Superbrawl – Icon 23-07-2005 1 4:54   Honolulu, Havaí
Derrota 12–4   Georges St-Pierre Decisão (Unânime) UFC 52 - Couture vs Liddell 2 2005-04-16 3 5:00   Las Vegas, Nevada Lutou no 170 lbs
Vitória 12–3   Ronald Jhun Finalização (Triângulo) SB 37 – SuperBrawl 37 16-10-2004 2 N/A   Honolulu, Havaí
Vitória 11–3   Egan Inoue TKO (Corner Stoppage) SB 32 – SuperBrawl 32 05-12-2003 2 5:00   Honolulu, Havaí
Vitória 10–3   Sean Taylor Finalização (Triângulo) SB 31 – SuperBrawl 31 20-09-2003 2 3:32   Honolulu, Havaí
Vitória 9–3   Mark Longworth Finalização (Guilhotina) PFC – Put Up or Shut Up 23-08-2003 2 N/A   Califórnia
Vitória 8–3   Jay Buck Decisão (Dividida) SB 30 – Collision Course 13-06-2003 3 3:00   Honolulu, Havaí
Derrota 7–3   Tim Kennedy Decisão EC 50 – Extreme Challenge 50 23-02-2003 3 5:00   Salt Lake City, Utah
Vitória 7–2   Denis Kang Finalização (Mata-leão) EC 50 – Extreme Challenge 50 23-02-2003 2 1:41   Salt Lake City, Utah
Vitória 6–2   Todd Carney TKO (Paralisação do Córner) FFP – FebruaryFight Party 01-02-2003 1 2:31   Atlanta, Geórgia
Derrota 5–2   Todd Carney Finalização (Guilhotina) ISCF – Atlanta 16-08-2002 1 1:32   Atlanta, Geórgia
Vitória 5–1   Phil Ensminger Finalização (Triângulo) RFC1 – The Beginning 13-07-2002 1 3:23   Las Vegas, Nevada
Vitória 4–1   Toby Imada Decisão XP 2 – Xtreme Pankration 2 12-04-2002 2 5:00   Los Angeles, Califórnia
Derrota 3–1   Chael Sonnen Decisão HFP 1 – Rumble on the Reservation 30-03-2002 2 5:00   Anza, Califórnia
Vitória 3–0   Todd Carney Finalização ISCF – Battle at the Brewery 2001 08-12-2002 2 2:53   Atlanta, Geórgia
Vitória 2–0   Brian Warren Finalização (Mata-leão) UP 1 – Ultimate Pankration 1 11-11-2001 1 3:15   Cabazon, Califórnia
Vitória 1–0   Tommy Laguwans Nocaute técnico RITC 27 – Rage in the Cage 27 28-04-2001 1 3:00   Phoenix, Arizona

Referências

Ligações externasEditar