Abrir menu principal
Jean François Heymans
Nascimento 25 de dezembro de 1859
Goyck, Província de Brabant,  Bélgica
Morte 10 de abril de 1932 (72 anos)
Middelkerke,  Bélgica
Nacionalidade belga
Alma mater Universidade de Louvain
Prémios Prémio Alvarenga, de Piauhy
(1892-1893), (1893-1894), (1894-1895) e (1895-1896)

Jean François Heymans (Goyck, Província de Brabant, Bélgica, 25 de dezembro de 1859Middelkerke, 10 de abril de 1932) foi um médico e investigador belga.[1]

J. F. Heymans, estudou na Universidade de Louvain, tendo-se formado em Ciências em 1884 e em Medicina em 1887.[1]

Fez diversas viagens de estudo como por exemplo a Paris em 1886 e a Berlim no período de 1887 a 1890, onde foi professor assistente de Bois-Reymond..[1]

Em 1890, foi nomeado professor em Gante, onde criou o primeiro laboratório de farmacodinâmica da Bélgica.[1]

Em 1925 foi nomeado como primeiro reitor da universidade flamenga de Gante.[1]

Foi agraciado com o Prémio Alvarenga, de Piauhy pela Académie royale de Médecine de Belgique em (1892-1893), (1893-1894), (1894-1895) e (1895-1896).[2]

Jean François Heymans foi pai de Corneille Heymans (Prémio Nobel de Fisiologia ou Medicina 1938).[1]

Referências

  1. a b c d e f «Les origines de l'Institut supérieur de Philosophie de Louvain» (em francês). Revue Philosophique de Louvain. 1951. p. 550. 633 páginas. Consultado em 1 de novembro de 2016 
  2. «Prix d'Alvarenga, de Piauhy / Palmarès» (em francês). Académie royale de Médecine de Belgique. Consultado em 1 de novembro de 2016. Cópia arquivada em 1 de novembro de 2016