Jenni Mosello

Jennifer Mosello (Curitiba, 23 de maio de 1994), artisticamente conhecida como Jenni Mosello, é uma cantora e compositora brasileira de jazz e pop. Cantora profissional desde os 18 anos, Mosello tornou-se nacionalmente conhecida após participar da primeira edição brasileira do talent show X Factor em 2016, no qual classificou-se como vice-campeã.[1]

Jenni Mosello
Nome completo Jennifer Mosello
Nascimento 23 de maio de 1994 (28 anos)
Curitiba, Paraná
Nacionalidade Brasileira
Ocupação
Carreira musical
Período musical 2012-presente
Gênero(s)
Gravadora(s) Independente
Página oficial
www.jennimosello.com

Em 2018, Mosello começou a despontar como uma das apostas do pop brasileiro, com o lançamento da canção "Vou Gritar".[2]

CarreiraEditar

2012-15: Primeiros projetosEditar

O ingresso de Jenni na carreira musical ocorreu em 2012, quando ela se apresentou na reabertura de uma das mais respeitadas casas de show de Curitiba, a Ópera de Arame (na plateia, estava presente o cantor Roberto Carlos). Nesta época, Mosello já era vocalista da banda Open Jazz, um projeto paralelo que envolve seu namorado, o baterista e compositor Lucas Vaz Machado.[3] Após terminar o ensino médio no Colégio Dom Bosco, Mosello foi aprovada no curso de Psicologia na Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR), o qual logo trancou para dedicar-se exclusivamente à carreira de cantora.[4] Em 2014, a cantora participou de um grande projeto, um dos primeiros de sua carreira: o Queen Symphonic, um tributo prestado ao cantor Freddie Mercury. O espetáculo contou com a participação de nomes como Tiago Iorc e Ana Cañas, enquanto Mosello assumiu o papel de vocalista.[5] Em novembro do mesmo ano, a carreira solo da artista tem início, com o lançamento de sua primeira canção autoral, "I'm Not the One Who's Gonna Cry", acompanhada de um videoclipe.[6]

Em 2015, a artista passou a receber grande atenção da mídia curitibana, sendo convidada a participar de diversos programas de TV e rádio locais e consequentemente se apresentando em diversos eventos, em shoppings e livrarias.[7][6][8][9][10] Em maio, Jenni lançou seu primeiro EP, Sketches; a canção carro-chefe do trabalho, "Look Me In The Eyes", foi escrita pelo compositor canadense James Bryan, conhecido pelo seu trabalho com Nelly Furtado e os Backstreet Boys.[7] O show de estreia, realizado no Museu Oscar Niemeyer, teve ingressos esgotados antecipadamente e, pela alta demanda, uma sessão extra foi aberta.[3][11][12] Nenhum single foi oficialmente lançado, mas as canções "Work It Out" e "Look Me in the Eyes" contaram com videoclipes.[13]

Durante o ano, a cantora fez diversos shows em cafeterias e eventos fechados para divulgação do EP, tanto como vocalista da Open Jazz como performance solo.[14][15] Em junho, a cantora abriu o show de Humberto Gessinger no Teatro Positivo, enquanto no final do ano ela foi escalada para o line-up de artistas do festival Corrente Cultural de Curitiba, sendo uma das principais atrações locais.[16][17][18] Além disso, a cantora participou novamente do tributo musical Queen Symphonic.[19]

2016: X-Factor BrasilEditar

No início de 2016, Mosello foi aos Estados Unidos, onde permaneceu por 2 meses gravando material para seu primeiro álbum de estúdio. A viagem de Jenni foi documentada pela emissora curitibana E-Paraná, sob o título de Alices pelo mundo: Jenni em NY, mas as sessões de gravação não foram reveladas ao público, e a informação de que Mosello estava gravando seu álbum de estreia foi mantida em sigilo até o final do ano.[20][21] Ao retornar ao Brasil, Jenni fez uma pequena leva de apresentações intimistas em bares e restaurantes de Curitiba, além de lançar uma faixa inédita comemorativa ao Dia dos Namorados, intitulada "Squeeze Me Like".[22][23] O último show da turnê Sketches foi realizado em março, sob a promessa de novas surpresas e projetos posteriores.[24][14]

No dia 9 de julho, através de suas redes sociais, a cantora revelou que estava inscrita no processo seletivo da primeira temporada do talent show X Factor Brasil. Após ser aprovada em diversas etapas que não foram documentadas para o público, sua audição no auditório do programa foi exibida em rede nacional em setembro, na Rede Bandeirantes; nesta ocasião ela apresentou um cover de "Feeling Good", da cantora Nina Simone. A cantora foi muito elogiada pelos jurados, sendo aprovada por todos para a próxima fase de audições, e a apresentação recebeu grande atenção do público (o vídeo oficial conta com mais de 1 milhão de visualizações no YouTube).[25][26] Na etapa seguinte do programa, Jenni apresentou um cover de "Valerie", da cantora Amy Winehouse, para a jurada Alinne Rosa e o convidado especial, Tiago Iorc. Novamente, ela recebeu aprovação, desta vez para a etapa das cadeiras. Posteriormente, a produção de Tiago convidou Jenni para um dueto de "Valerie", realizado num show privado para a imprensa e convidados.[27]

Em novembro, após diversas etapas e passar por uma repescagem, Jenni chegou à final do programa, acompanhada do veterano Cristopher Clark e da girl band Ravena.[28][29] Na mesma época, a cantora lançou seu primeiro single oficial, intitulado "Run to the Hills", gravado em Nova Iorque. Mediante o lançamento da canção nas plataformas digitais, ela foi listada pelo Spotify como um dos lançamentos virais da semana. Mosello contou publicamente com o apoio de diversas celebridades, como a rapper Karol Conká, o cantor Tiago Iorc, a dupla Anavitória, a funkeira Valesca Popozuda, a banda Supercombo, os blogueiros Diva Depressão e do jogador de futebol Pelé, além de grande maioria dos ex-participantes do programa.[30][31][32] Cristopher Clark foi o vencedor da temporada, enquanto Jenni assumiu o posto de vice-campeã.[33]

Após o programa, a demanda pelo trabalho de Mosello cresceu. Imediatamente após o término do programa, ela realizou uma sessão de autógrafos em São Paulo, na qual mais de 150 pessoas compareceram.[31] Em dezembro, ela realizou um show avulso no Teatro Paiol, em Curitiba, com ingressos esgotados antecipadamente. O grupo Supercombo, do qual Mosello apresentou o cover de "Piloto Automático" durante sua trajetória no X-Factor, convidou a artista para um dueto da canção num dos shows da banda, no mesmo mês. Além disso, Mosello revelou planos de embarcar numa turnê nacional em 2017.[34][18]

2017: "Disk Me Quer" e parceriasEditar

No início de 2017, Mosello foi novamente convidada por Tiago Iorc para uma parceria, desta vez para abrir o show do cantor no festival Café Curaçao by Prime, na praia de Guaratuba.[35][36] A cantora realizou diversas apresentações avulsas em São Paulo e Curitiba.[37][38] Em janeiro, Jenni foi listada como uma das apostas do Google Play Música para a música brasileira em 2017, através da Billboard.[39]

Em 28 de abril, a cantora lançou seu segundo single, "Disk Me Quer", acompanhado de um videoclipe. A canção é a primeira autoral de Mosello inteiramente em português. Em janeiro de 2018, o vídeo oficial havia ultrapassado 50 mil visualizações no YouTube.

Mosello passou o ano de 2017 trabalhando em seu álbum de estreia de maneira sigilosa. A primeira prévia do material foi o lead single "Vou Gritar", lançado em 3 de novembro, e que em menos 2 meses de lançamento ultrapassou 100 mil reproduções no Spotify.[40] No mesmo mês, Mosello protagonizou a campanha #VamosBrilharHoje, da marca de esmaltes Risqué, além de ter sido ato de abertura dos shows das cantoras Anitta e Ludmilla, em Curitiba.[41][42]

2018: "Vou Gritar" e JENNIEditar

O clipe de "Vou Gritar" foi lançado em 10 de janeiro de 2018 através da Vevo, e ultrapassou 350 mil visualizações em 2 semanas.[43][44]

O segundo single do álbum, intitulado "Eu Não Vou", foi lançado em 23 de março de 2018.[45] A faixa conta com a parceria do cantor curitibano Chameleo. O clipe da faixa foi gravado em Roma, na Itália.[46] No mesmo dia, foi anunciado o álbum de estreia de Mosello, intitulado JENNI.[47][48][49][50][51]

O álbum JENNI foi lançado em 27 de julho de 2018.

InfluênciasEditar

As principais influências de Mosello podem ser encontradas em artistas do jazz clássico, gênero musical que a artista tem contato desde a infância: Frank Sinatra, Ray Charles, Etta James e Ella Fitzgerald, sendo esta última sua cantora favorita.[14] Já em relação aos artistas contemporâneos, a cantora cita Rihanna e Amy Winehouse, as quais costuma incluir frequentemente no repertório de suas apresentações, além de Supercombo e Lady Gaga.[52]

Vida pessoalEditar

Mosello passou a infância em Roma, na Itália, onde teve contato com os gêneros musicais que posteriormente influenciaram o rumo de sua carreira. Ela retornou ao Brasil em 2005, após obter dupla nacionalidade e adquirir domínio da língua italiana.[53] Durante o ensino médio, foi integrante do time de basquete do colégio, no qual permaneceu por cerca de 2 anos.

A cantora iniciou o curso de Psicologia na PUC-PR antes de decidir seguir exclusivamente a carreira de cantora. "Não queria ficar mais presa na faculdade, levando a música apenas como um hobby", afirma.[54] Ela cita a proximidade com os fãs, os quais ela denomina "unicórnios", como essencial para sua carreira e para sua trajetória no X-Factor, afirmando: "os meus unicórnios, eles são muito bons. Cada um que votou me ajudou a estar aqui hoje. Se eu estou aqui, com certeza é por causa deles", dado o formato de eliminação pautado em votação popular.[30][55][56]

Mosello credita a preferência por compor e cantar em inglês às suas influências musicais prévias. "A minha base musical vem em sua grande maioria do jazz e do blues, ritmos que utilizam muito o inglês. Por ter surgido daí, acabei tendo muito mais facilidade de compor em inglês, acho que por uma questão de referência mesmo", afirma.[14] Após a participação no X-Factor, entretanto, a cantora passou a compor em português.

DiscografiaEditar

Álbuns de estúdioEditar

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
JENNI

Extended plays (EPs)Editar

Lista de álbuns
Álbum Detalhes
Sketches

SinglesEditar

Ano Musica Álbum
2015 "Work It Out" Sketches (EP)
"Look Me In The Eyes"
2016 "Run To The Hills"
2017 "Disk Me Quer"
"Vou Gritar" JENNI
2018 "Eu Não Vou"

VideografiaEditar

Ano Vídeo Diretor
2014 "I'm Not the One Who's Gonna Cry" Fernando Neumayer e Luís Martino
2015 "Work It Out" Luccas Soares
"Look Me In The Eyes" Fernando Hideki
2017 "Disk Me Quer" Fernando Hideki
2018 "Vou Gritar" Fernando Hideki

TurnêsEditar

  • Sketches (2015–16)[52]

Referências

  1. «Não poderia estar mais feliz, diz Jenni Mosello - Band.com.br». X Factor 2016. Consultado em 21 de fevereiro de 2018. Arquivado do original em 22 de fevereiro de 2018 
  2. «Jenni Mosello mostra sua força em seu novo clipe, Vou gritar». Contigo!. 11 de janeiro de 2018 
  3. a b «MON | NOTÍCIAS». www.museuoscarniemeyer.org.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  4. «E os artistas curitibanos na Corrente Cultural?». A Escotilha. 13 de novembro de 2015. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  5. «Queen Symphonic Tribute faz concerto social na Ópera de Arame». Fundação Cultural de Curitiba. 1 de setembro de 2015. Consultado em 18 de fevereiro de 2017 
  6. a b link, Gerar; Facebook; Twitter; Pinterest; E-mail; aplicativos, Outros. «Conexões 21 | Neigmar Vieira entrevista Jenni Mosello». Consultado em 17 de agosto de 2022 
  7. a b Internet (amdb.com.br), AMDB (9 de março de 2016). «Jenni Mosello e Maycon Ananias cantam "Happy Again" em novo episódio do Ao Vivo na Capela». Rolling Stone. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  8. Educativa, Rádio e TV. «TV Paraná Turismo - Rádio e Televisão Educativa do Paraná». www.paranaeducativa.pr.gov.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  9. «66% das empresas já recebeu NF-e com algum problema, aponta estudo». www.segs.com.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  10. Cult, Curitiba (1 de agosto de 2015). «Jenni Mosello apresenta canções autorais na quinta de Fnac». Curitiba Cult. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  11. Costa, Rafael Rodrigues. «Cantora curitibana lança EP no Museu Oscar Niemeyer». Gazeta do Povo. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  12. PR, Do G1 (10 de junho de 2015). «MON recebe show da curitibana Jenni Mosello no projeto '+ Música'». Música no Paraná. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  13. «HugeDomains.com». www.hugedomains.com. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  14. a b c d link, Gerar; Facebook; Twitter; Pinterest; E-mail; aplicativos, Outros. «O talento de Jenni Mosello em uma noite inesquecível no Teatro Paiol». Consultado em 17 de agosto de 2022 
  15. Curitiba, Fundação Cultural de. «Jenni Mosello faz show neste sábado, no Paiol». www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  16. «a-menzoka.info». www.cinemaskope.com. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  17. «As apostas da Corrente Cultural – Parte 1». Escotilha. 28 de outubro de 2015. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  18. a b Curitiba, Fundação Cultural de. «FCC - Fundação Cultural de Curitiba». www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  19. PR, Do G1 (4 de setembro de 2015). «Show 'Queen Symphonic Tribute' faz homenagem a Freddie Mercury». Música no Paraná. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  20. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2017 
  21. Berlitz, Monica Balestieri. «Alice Pelo Mundo: #jenniemny». Gazeta do Povo. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  22. «Facebook». www.facebook.com. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  23. «Site privado». mylolleepop.wordpress.com. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  24. «Site privado». mylolleepop.wordpress.com. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  25. Peralta, Gisele (20 de setembro de 2016). «Jenni Mosello, um dos destaques do X Factor Brasil». Clube das Comadres. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  26. «Acontece Curitiba | Jenni Mosello arrasa no X Factor Brasil». www.acontececuritiba.com.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  27. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  28. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  29. «Jenni, Cristopher e Ravena estão na final do X Factor Brasil». www.diariodepernambuco.com.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  30. a b «Cópia arquivada». Consultado em 19 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  31. a b «Cópia arquivada». Consultado em 20 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  32. «Saiba como será o show de Jenni Mosello na final do X Factor». Reinaldo Bessa | Gazeta do Povo. 23 de novembro de 2016 
  33. «Cristopher Clark, roqueiro de 43 anos, vence 1ª edição do "X Factor Brasil"». musica.uol.com.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  34. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 27 de novembro de 2016 
  35. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 1 de fevereiro de 2017 
  36. «Tiago Iorc chega a Guaratuba para show no Café Curaçao | + Pop». Tribuna do Paraná. 3 de janeiro de 2017. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  37. «Jenni Mosello Setlist at Teatro Paiol, Curitiba». setlist.fm (em inglês). Consultado em 17 de agosto de 2022 
  38. «Morumbi.Net – Jenni Mosello realiza pocket show na Fnac». www.morumbi.net. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  39. «Cópia arquivada». Consultado em 21 de janeiro de 2017. Cópia arquivada em 29 de agosto de 2017 
  40. Paraná, Redação Bem (8 de novembro de 2017). «Cantora curitibana Jenni Mosello lança o single 'Vou gritar'». Bem Paraná. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  41. «Jenni Mosello abre show da Anitta em Curitiba - Bem Paraná». www.bemparana.com.br. Consultado em 23 de janeiro de 2018 
  42. «Risqué lança videoclipe com influenciadoras – Meio & Mensagem». www.meioemensagem.com.br. Consultado em 2 de fevereiro de 2018 
  43. «Jenni Mosello, ex-The X-Factor Brasil, lança clipe do novo single,». RollingStone. 10 de janeiro de 2018 
  44. «Jenni Mosello mostra sua força em seu novo clipe, Vou gritar». Contigo!. 11 de janeiro de 2018 
  45. «Jenni Mosello lança "Eu Não Vou", parceria com Chameleo». Billboard Brasil. Consultado em 8 de abril de 2018 
  46. «Jenni Mosello, a cantora que não precisa "ser normal" | VEJA Gente». VEJA.com 
  47. «Jenni Mosello e Chamaleo lançam a poderosa "Eu Não Vou"; ouça». Portal Famosos Brasil. 23 de março de 2018 
  48. «Jenni Mosello mostra sua força em seu novo clipe, Vou gritar». Contigo!. 11 de janeiro de 2018 
  49. «As nuances de Jenni Mosello». Billboard Brasil. Consultado em 2 de fevereiro de 2018 
  50. «Peppers recebe a cantora curitibana Jenni Mosello - TOPVIEW». TOPVIEW 
  51. «"Eu Não Vou": Ouça o novo single de Jenni Mosello» 
  52. a b Curitiba, Fundação Cultural de. «Jenni Mosello apresenta». www.fundacaoculturaldecuritiba.com.br. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  53. «Curitibana é finalista de uma das etapas do 'X Factor Brasil' | + Pop». Tribuna do Paraná. 20 de outubro de 2016. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  54. «E os artistas curitibanos na Corrente Cultural?». Escotilha. 13 de novembro de 2015. Consultado em 17 de agosto de 2022 
  55. «Cópia arquivada». Consultado em 20 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017 
  56. «Cópia arquivada». Consultado em 19 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 2 de fevereiro de 2017