Abrir menu principal

João Renato Franco

Renato Franco
Replace this image male.png
Renato Franco
Vice-governador Pará Pará
Período 1966-1971
Antecessor Agostinho Monteiro
Sucessor Newton Barreira
Senador Pará Pará
Período 1971-1979
Dados pessoais
Nascimento 22 de junho de 1895
Belém (Pará) Belém, PA
Morte 7 de março de 1982 (86 anos)
Belém (Pará) Belém, PA
Alma mater Universidade Federal do Pará
Cônjuge Olga Franco
Partido PTB (1965)
ARENA (1966-1979)
PDS (1980-1982)
Profissão odontólogo, professor, químico, jornalista

João Renato Franco (Belém, 22 de junho de 1895Belém, 7 de março de 1982) é um odontólogo, professor, químico, jornalista e político brasileiro com atuação no Pará.[1]

Dados biográficosEditar

Filho de João Vicente Franco Júnior e Deolinda Noronha Franco. Formado em Odontologia pela Universidade Federal do Pará, estudou ainda na Escola de Química Industrial do Pará. Diretor do Colégio Estadual Paes de Carvalho, lecionou na universidade onde se graduou e nesta fundou as faculdades de Medicina e Odontologia. Jornalista, foi integrante do Sindicato dos Jornalistas do Pará e também o da Guanabara. Colaborou com a Folha do Norte, O Correio de Belém, O Estado do Pará e Jornal do Brasil, bem como foi proprietário e diretor do vespertino A Vitória.

Membro do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, fundou a Associação dos Funcionários Públicos Federais do referido estado e foi secretário-geral do Museu Comercial do Pará. Diretor do Colégio Paulo Freire quando de sua passagem pelo Rio de Janeiro, voltou ao seu estado e foi subdiretor de Educação e Cultura na interventoria de Magalhães Barata, seu antigo adversário político. Por decisão do presidente José Linhares assumiu um cargo similar ao de superintendente da Caixa Econômica Federal no Pará.

Filiado ao PTB, foi eleito vice-governador do Pará em 1965 na chapa de Alacid Nunes e nessa condição subiu à presidência da Assembleia Legislativa do Pará conforme permitia a legislação da época.[2] Logo depois filiou-se à ARENA após o bipartidarismo outorgado pelo Regime Militar de 1964 e em 1970 foi eleito senador.[1][3][nota 1]

Mesmo fora das disputas eleitorais, aceitou o ingresso no PDS a convite de Jarbas Passarinho.[4]

Notas

  1. A partir da Emenda Constitucional Número Um publicada em 17 de outubro de 1969, a função de presidente do Congresso Nacional passou às mãos do presidente do Senado Federal e antes disso a mesma cabia ao vice-presidente da República. Tal modificação foi assimilada pelos estados e municípios.

Referências

  1. a b «Senado Federal do Brasil: senador Renato Franco». Consultado em 30 de junho de 2016 
  2. «Assembleia Legislativa celebra os 180 anos do Movimento Cabano (Agência Pará)». Consultado em 30 de junho de 2016 
  3. «Banco de dados do Tribunal Superior Eleitoral». Consultado em 30 de junho de 2016 
  4. Passarinho espera por Alacid (online). Jornal do Brasil, Rio de Janeiro (RJ), 16/03/1980. Política e Governo, p. 05. Página visitada em 30 de junho de 2016.