Juliana Lima

Juliana Lima
Informações
Nascimento 15 de março de 1982 (38 anos)
Belo Horizonte, MG
Nacionalidade brasileira
Outros nomes Ju Thai
Altura 1,65 m[1]
Peso 52 kg
Divisão Peso-palha
Envergadura 165 cm
Modalidade Muay thai, Jiu-jítsu e Wrestling
Cartel nas artes marciais mistas
Total 14
Vitórias 9
Por nocaute 2
Por decisão 7
Derrotas 5
Por finalização 1
Por decisão 4
Ligações externas
Página oficial:
Cartel no MMA pelo Sherdog
última atualização: 29 de janeiro de 2018

Juliana Lima (Belo Horizonte, 15 de março de 1982) é uma lutadora de MMA brasileira que compete no Ultimate Fighting Championship.

CarreiraEditar

Juliana estreou no MMA profissional em 2010, fazendo sua primeira luta contra Aline Serio pelo Brasil Fight 3 - Minas Gerais vs. São Paulo.

No dia 5 de abril de 2013, ela fez seu primeiro confronto internacional contra a finlandesa Katja Kankaanpää, durante o Invicta FC 5. Com decisão unânime, os juizes deram a vitória à finlandesa e Juliana teve sua invencibilidade quebrada.[2]

UFCEditar

No dia 26 de julho de 2014 no UFC on Fox: Lawler vs. Brown, Thai fez sua estreia no Ultimate Fighting Championship contra a polonesa Joanna Jędrzejczyk[3] e foi derrotada por decisão unânime. Na ocasião, não havia conseguido bater o peso de sua categoria.[4]

Em 9 de novembro de 2014, Juliana conquistou a primeira vitória no UFC sobre a americana Nina Ansaroff na abertura do UFC Fight Night: Shogun vs. St. Preux. O evento foi realizado no Ginásio Sabiazinho, em Uberlândia. O duelo foi bastante equilibrado, mas Ju Thai conseguiu o resultado positivo por decisão unânime dos juízes (triplo 29 a 28).[5][6]

Lima enfrentaria Jessica Penne em 30 de maio de 2015 no UFC Fight Night: Condit vs. Alves. No entanto, Penne foi movida para uma luta pelo título e foi substituída por Ericka Almeida. Lima venceu por decisão unânime.

Lima enfrentou Carla Esparza em 23 de abril de 2016 no UFC 197. Juliana foi derrotada por decisão unânime.

No UFC Fight Night: Lewis vs. Abdurakhimov, Juliana voltou a vencer. Ela derrotou a lutadora norte-americana JJ Aldrich por decisão unânime.

Em suas duas lutas seguintes, Juliana foi derrotada. Na primeira, foi finalizada com um mata-leão por Tecia Torres no segundo assalto, em seguida perdeu para Randa Markos por decisão unânime.

Cartel no MMAEditar

Res. Cartel Oponente Método Evento Data Round Tempo Local Notas
Derrota 9-5   Randa Markos Decisão (unânime) UFC on Fox: Jacaré vs. Brunson II 27/01/2018 3 5:00   Charlotte, Carolina do Norte
Derrota 9-4   Tecia Torres Finalização (mata-leão) The Ultimate Fighter: Redemption Finale 07/07/2017 2 0:53   Las Vegas, Nevada
Vitória 9-3   JJ Aldrich Decisão (unânime) UFC Fight Night: Lewis vs. Abdurakhimov 09/12/2016 3 5:00   Albany, Nova York
Derrota 8-3   Carla Esparza Decisão (unânime) UFC 197: Jones vs. St. Preux 23/04/2016 3 5:00   Las Vegas, Nevada
Vitória 8-2   Ericka Almeida Decisão (unânime) UFC Fight Night: Condit vs. Alves 30/05/2015 3 5:00   Goiânia
Vitória 7-2   Nina Ansaroff Decisão (unânime) UFC Fight Night: Shogun vs. St. Preux 08/11/2014 3 5:00   Uberlândia
Derrota 6-2   Joanna Jędrzejczyk Decisão (unânime) UFC on Fox: Lawler vs. Brown 26/07/2014 3 5:00   San Jose, California Estréia no UFC.
Vitória 6-1   Liliani Trolezi Nocaute Técnico (socos) Brasil Fight 7 - Minas Gerais vs. Distrito Federal 11/10/2011 1 1:08   Divinópolis
Derrota 5-1   Katja Kankaanpää Decisão (unânime) Invicta FC 5 - Penne vs. Waterson 05/04/2013 1 5:00   Kansas City, Missouri
Vitória 5-0   Aline Nery Decisão (unânime) Brasil Fight 6 - Brazil vs. USA 21/09/2013 3 5:00   Belo Horizonte
Vitória 4-0   Patricia de Farias Nocaute Técnico (socos) SFL - Super Fight Lafaiete 01/09/2012 1 3:41   Belo Horizonte
Vitória 3-0   Kinberly Tanaka Novaes Decisão (unânime) Brasil Fight 5 - Back to Fight 21/09/2011 1 5:00   Belo Horizonte
Vitória 2-0   Dayana Silva Decisão (unânime) Brasil Fight 4 - The VIP Night 23/04/2011 3 5:00   Nova Lima
Vitória 1-0   Aline Serio Decisão (dividida) Brasil Fight 3 - Minas Gerais vs. São Paulo 27/11/2010 3 5:00   Belo Horizonte

Referências

Ligações externasEditar