Kiko Mascarenhas

Kiko Mascarenhas
Kiko em 2017, durante as gravações do seriado Mister Brau.
Nome completo Kiko Mascarenhas
Nascimento 17 de agosto de 1964 (56 anos)
Rio de Janeiro, RJ
Nacionalidade brasileira
Ocupação ator, professor, diretor teatral, produtor teatral
Atividade 1984—presente
Indicações
Prêmio Qualidade Brasil
2005 - Melhor Ator Comédia por A Falta Que Nos Move – ou todas as histórias são ficção

Kiko Mascarenhas (Rio de Janeiro, 17 de agosto de 1962) é um ator, professor e diretor de teatro brasileiro.

BiografiaEditar

Kiko Mascarenhas começou sua trajetória como ator em 1984. Acumula experiências em cinema, televisão e principalmente teatro. Contabiliza mais de 30 espetáculos teatrais em seu currículo.

Ao longo de sua carreira, Kiko trabalhou com diversos diretores consagrados, como Claudio Botelho, Augusto Boal, Ulysses Cruz, Monique Gardemberg, Guilherme Weber, Paulo de Moraes (Cia. Armazém), Jefferson Miranda (Cia. Teatro Autônomo), Christiane Jatahy (Cia. Vértice de Teatro), Miguel Falabella, José Wilker, Marcelo Saback, entre outros.

Em teatro, entre outras peças, destaca: O Camareiro (indicado ao Prêmio APTR 2017 na categoria Melhor Ator Protagonista) onde além de atuar, respondeu pela idealização e produção da montagem - O Desaparecimento do Elefante (indicado para o Prêmio APTR 2013 na categoria Melhor Ator Coadjuvante), O Zoológico de Vidro (indicação Prêmio Qualidade Brasil 2009 na categoria Melhor Ator Drama), Os Altruístas, O Encontro Marcado, A Paixão de Cristo, Minh’Alma é Imortal, A Noite de Todas As Ceias, Pessoas Invisíveis e A Falta Que Nos Move – ou todas as histórias são ficção (indicação Prêmio Qualidade Brasil 2005 na categoria Melhor Ator Comédia), entre outras.

Começou na televisão em A Viagem, novela dirigida por Wolf Maia. Participou do remake de Irmãos Coragem e de programas como Sítio do Picapau Amarelo (onde interpretava o Visconde de Sabugosa), Xuxa no Mundo da Imaginação, Os Normais, Casos e Acasos, Separação?! (indicação Prêmio Contigo 2009 na categoria Melhor Ator Seriado como o personagem peruano Delevega) e Tapas & Beijos.

Em cinema, os longas-metragens “Viva Voz”, direção de Paulo Morelli, Lost Zweig, dirigido por Sylvio Back, Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida, dirigido por Moacyr Góes, Meu Nome Não É Johnny e Reis e Ratos de Mauro Lima, "Salve Geral" de Sérgio Rezende, "A Falta Que Nos Move", direção de Christiane Jatahy, Totalmente Inocentes de Rodrigo Bittencourt e ao lado de Leandro Hassum na trilogia da comédia Até que a Sorte nos Separe, direção de Roberto Santucci.

Coordenou o projeto Drama Club da Cultura Inglesa do Rio de Janeiro, entre 1994 e 1996, ministrando aulas de interpretação e improvisação para jovens. Durante esse período, produziu, dirigiu, criou cenários, fez adaptações e atuou em diversas montagens. Entre elas: "O Monta-Cargas" e "Este é o Seu Problema" de Harold Pinter, "O Fantasma de Canterville" de Oscar Wilde, "Alice no País das Maravilhas" de Lewis Carrol, "Preto &e Prata" de Alan Ayckbourn, entre outras.

Assinou a montagem de “Tistu – o menino do dedo verde”, recebendo por seu trabalho como adaptador e diretor o reconhecimento de crítica e público.

Atualmente, Kiko intepreta Galeão Cumbica na Escolinha do Professor Raimundo, personagem intepretado originalmente pelo falecido ator Rony Cócegas. Pode ser visto também no seriado Mister Brau de Jorge Furtado , no papel de Gomes. Em 2019 passa a interpretar Virgulino na novela Éramos Seis.

FilmografiaEditar

TelevisãoEditar

Ano Título Personagem
2019 Éramos Seis Virgulino Coutinho[1][2][3]
2018 O Tempo Não Para Teófilo Magalhães Quaresma[4][5]
2017 Cidade Proibida Belafonte (Episódio: "Caso Glória")
Sob Pressão Dr. Armando (Episódio: "5")
201519 Escolinha do Professor Raimundo Galeão Cumbica[6]
201518 Mister Brau Fernando Gomes (Gomes)
2015 Chapa Quente Tavares (Episódio: "2 de julho")
2013 Junto & Misturado Kiko
201215 Tapas & Beijos Tavares
2011 Tapas & Beijos Santo Antônio
Aline João
2010 Separação?! Delavega
Cama de Gato Advogado de Alcino (participação especial)
2009 Caras & Bocas Dono de galeria (participação especial)
Acampamento de Férias Lucius
Aline Cliente da loja de Vera (Episódio: "Aline Gorda")
Toma Lá, Dá Cá Mr. Dobson (Episódio: "Família é Quadrilha")
2008 Nada Fofa Ney
Casos e Acasos Josué / Olavo / Oscar
A Grande Família Rubinho (Episódio: "A Estrela da Hora")
Faça Sua História Dorgival (Episódio: "A Estrela da TV")
2007 Sítio do Picapau Amarelo Visconde de Sabugosa
2006 Belíssima Agenciador de modelos (participação especial)
A Grande Famíliia Jornalista (Episódio: "Dona Beiçola")
2005 Começar de Novo Sandro
200406 A Diarista Vários personagens
2003 Kubanacan Cindy
2002 Os Normais Estilista (Episódios: "Uma Experiência Normal")
2000 Você Decide Episódio: "Aluga-se uma Aliança"
Episódio: "Ídolos de Barro"
1999 Sandy & Júnior Plínio Raposo (Episódio: "O Substituto")
1998 Meu Pé de Laranja Lima Zezé (adulto)
Você Decide Episódio: "Síndrome"
1997 Malhação Vitor
1995 Irmãos Coragem Alberto D'Ávila
1994 A Viagem Daniel

CinemaEditar

Ano Título Personagem
2015 Até que a Sorte nos Separe 3: A Falência Final Amauri Ferreira Alves Pinho
2013 Até Que a Sorte nos Separe 2
Eu Não Faço a Menor Ideia do Que Eu Tô Fazendo Com a Minha Vida André
2012 Até Que a Sorte nos Separe Amauri Ferreira Alves Pinho
Totalmente Inocentes Diaba Loira
2011 Qualquer Gato Vira-Lata
2009 Reis e Ratos Scrutch Sanders
Salve Geral Delegado Raul
2008 A Falta Que Nos Move Kiko
Meu Nome Não é Johnny Danilo
2004 Xuxa e o Tesouro da Cidade Perdida Bóris
2003 Viva Voz Flavinho
2002 Lost Zweig Jonas Faerman

Prêmios e IndicaçõesEditar

Ano Premiações Categoria Nomeação Resultado
1990 Prêmio Coca-Cola de Teatro Infantil[7] Melhor Ator
A Megera Domada
Indicado
Prêmio SATED Rio de Janeiro Melhor Ator Infantil Venceu
1991 Prêmio Coca-Cola de Teatro Infantil Melhor Ator
A Sereiazinha
Indicado
Prêmio SATED Rio de Janeiro Melhor Ator Infantil Venceu
1993 Prêmio SATED Rio de Janeiro Melhor Ator Infantil
A Família Ducão
Indicado
2005 Prêmio Arte Qualidade Brasil Melhor Ator de Comédia
A Falta Que Nos Move
Indicado
2009 Prêmio Arte Qualidade Brasil[7] Melhor Ator
O Zoológico de Vidro
Indicado
2010 Prêmio Extra de Televisão[8] Melhor Ator Coadjuvante em Série
Separação?!
Indicado
2011 Prêmio Contigo! de TV Melhor Ator Coadjuvante em Série ou Minissérie Indicado
2012 Prêmio da Associação de Produtores Teatrais (APTR)[9] Melhor Ator Coadjuvante
O Desapare do Elefante
Indicado
2020 Prêmio Cesgranrio de Teatro[10] Melhor Ator
Todas as Coisas Maravilhosas
Indicado
Prêmio Botequim Cultural[11] Melhor Ator Venceu
Prêmio Shell de Teatro[12] Melhor Ator Indicado

Referências

Ligações externasEditar