Kim Yeon-koung

jogadora de voleibol sul-coreana
Este é um nome coreano; o nome de família é Kim.

Kim Yeon-Koung (em coreano:김연경 pronunciado [kimjʌnɡjʌŋ]; Ansan, 26 de Fevereiro de 1988) é uma voleibolista sul-coreana, considerada pela crítica especializada como a melhor atacante do voleibol mundial. Atua na posição de ponteira. Defendeu de 2011 a 2017 o time turco Fenerbahçe.[1] Nas olímpiadas de 2012 Kim levou de maneira surpreendente a seleção da Coreia ao 4º lugar (a melhor posição do país desde 1976 quando ficou com a 3ª colocação) perdendo a disputa do bronze para a seleção japonesa.[2][3] Nesta competição ganhou os prêmios de Maior Pontuadora e de MVP.[4][5] Em 2014 ganhou a medalha de ouro nos Jogos Asiáticos ao bater a Seleção Chinesa por 3 sets a 0.

Kim Yeon-Koung
MVP olímpica
Kim durante os Jogos Olímpicos de 2016
Voleibol
Nome completo Kim Yeon-Koung
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 26 de fevereiro de 1988 (33 anos)
Ansan, Coreia do Sul
Nacionalidade sul-coreana
Compleição Peso: 73 kg Altura: 1,92 m
Clube China Tianjin Bohai Bank
Medalhas
Competidora da Bandeira da Coreia do Sul Coreia do Sul
Campeonato Asiático
Prata Tianjin 2015 Equipe
Bronze Seul 2019 Equipe
Bronze Biñan/Muntilupa 2017 Equipe
Bronze Nakhon Ratchasima 2013 Equipe
Bronze Taipei 2011 Equipe
Jogos Asiáticos
Ouro Incheon 2014 Equipe
Prata Guangzhou 2010 Equipe
Bronze Jacarta/Palembang 2018 Equipe
Copa Asiática
Prata Shenzhen 2014 Equipe
Bronze Taicang 2010 Equipe
Campeonato Asiático Sub-20
Bronze Colombo 2004 Equipe
Campeonato Asiático Sub-18
Prata Mandaue 2005 Equipe
Competidora do 600px Fenerbahce.png Fenerbahçe
Campeonatos Mundiais
Bronze Doha 2012 Equipe
Liga dos Campeões
Ouro Baku 2011/2012 Equipe
Bronze Montichiari 2015/2016 Equipe
Copa CEV
Ouro Ecaterimburgo-Istambul 2013/2014 Equipe
Prata Warszyna-Istambul 2012/2013 Equipe
Competidora do Eczacıbaşı
Campeonatos Mundiais
Prata Shaoxing 2019 Equipe
Bronze Shaoxing 2018 Equipe
Competidora do JT Marvelous
Campeonato Asiático de Clubes
Bronze Gresik 2010 Equipe

No ano de 2013 envolveu-se em uma polêmica com o seu ex-clube o Heungkuk. O clube acusou a jogadora de quebra de contrato e exigiu sua volta ao país para defender o time. Como já estava apalavrada com o Fenerbahce, Kim ameaçou não defender mais a sua seleção e abandonar o esporte. Depois da ameaça o ´time coreano retirou a acusação e a jogadora voltou a defender as cores de seu país. [6]

ClubesEditar

ConquistasEditar

ClubesEditar

SeleçãoEditar

Prêmios IndividuaisEditar

Referências

  1. (em turco) «Fenerbahçe Universal Gücüne Güç Katıyor». fenerbahce.org. Consultado em 14 Agosto 2015 
  2. (em inglês) «Japan beats South Korea for historic volleyball bronze». japantimes.co.jp. Consultado em 19 Agosto 2015 
  3. (em japonês) «金軟景奮闘も…韓国、76年モントリオール以来の銅ならず». sponichi.co.jp. Consultado em 19 Agosto 2015 
  4. (em alemão) «Olympia: Volleyballspielerin Kim Yeon-koung als Topscorer und MVP ausgezeichnet». world.kbs.co.kr. Consultado em 14 de Agosto 2015 
  5. (em inglês) «Brazil win second consecutive title, USA and Japan complete Olympic podium». fivb.org. Consultado em 15 Agosto 2015 
  6. (em português) «Kim Yeon Koung, melhor jogadora da Olimpíada de Londres, ameaça abandonar o esporte». blogdobrunovoloch.blogosfera.uol.com.br. Consultado em 14 Agosto 2015 
  7. «Kim aceita enorme redução salarial e volta para casa». Web Vôlei. 6 de junho de 2020. Consultado em 11 de dezembro de 2020 
  8. (em inglês) «MVP Kim Yeon Koung & Team Win Turkish Cup». fivb.org. Consultado em 15 Agosto 2015 
  9. (em inglês) «China win title after beating South Korea 3-0 in Asian Women's Volleyball Championship». chinadaily.com.cn. Consultado em 27 Agosto 2015 
  10. «中国女排3-0韩国 时隔4年重夺亚锦赛冠军». sports.sina.com.cn. Consultado em 27 Agosto 2015