Abrir menu principal
Leopoldo
Duque da Baviera, Marquês da Caríntia
Duque da Baviera
Reinado 889-907
Consorte Cunigunde da Suábia
Antecessor(a) Arnulfo da Caríntia
Sucessor(a) Arnulfo, Duque da Baviera
Marquês da Caríntia
Reinado 893-907
Predecessor Engelschalk II
 
Casa Dinastia Leopoldina
Morte 4 de julho de 907
Filho(s)

Leopoldo (ou Liutpold) (falecido em 4 de julho de 907), talvez membro da família Huosi ou relacionado com a dinastia Carolíngia através de Liutswind, mãe do Imperador Arnulfo da Caríntia, foi o antepassado da Dinastia Leopoldina que governou a Baviera e a Caríntia até meados do século 10.

Em 893, ele foi nomeado marquês no Marco da Caríntia e na alta Pannonia por Arnulfo da Caríntia, então rei da  Frância Oriental. Leopoldo sucedeu o deposto Marquês Engelschalk II da família dos Guilherminos (Wilhelminer); ao contrário de seus antecessores, ele pode estender o seu poder desimpedido pelo poderoso Marquês Aribo, adquirindo vários condados na Caríntia, bem como sobre o Danúbio e no Nordgau em torno de Regensburg, a partir de 895, e colocando-se como o mais proeminente aristocrata da Baviera. Embora ele tenha posto os fundações do novo Ducado Raiz foi o seu filho Arnulfo o Mau que, tendo por base as aquisições de seu pai, foi o primeiro a assumir o título de duque da Baviera.

Como Leopoldo se manteve fiel ao rei Carolíngio Arnulfo de Caríntia e de seu filho Luis, a Criança, foi-lhe confiado a defesa das fronteiras húngara e Morávia. Em 898 ele teve êxito no combate contra Mojmír II, o rei da Grande Morávia, em nome do irmão rebelde do rei, Svatopluk II e forçou Mojmír a se tornar vassalo de Arnulfo. Em 903, Leopoldo manteve o título de dux Boemanorum, "Duque na Boêmia". Ele organizou a defesa franca contra os Magiares sob o comando Grão Príncipe Árpád depois de invadir a Hungria. Em 4 de julho, 907, foi morto a leste de Viena, na Batalha de Pressburg.[1]

Casamento e descendênciaEditar

Leopoldo casou-se com Cunigunde da Suábia,[2] filha de Bertoldo I, real conde palatino na Suábia, e irmã do Duque Erchanger da Suábia, um membro da Dinastia Ahalofinga. Após a morte de Luitpoldo, Cunigunda casou-se com o  rei Conrado I da Germânia in 913.[2] Leopoldo teve dois filhos com ela:

Dos títulos de seus descendentes, Luitpoldo é freqüentemente chamado de duque de Baviera ou marquês da Baviera, sendo este último título mais preciso para seu status real.

Referências

  1. Santosuosso 2004, p. 148.
  2. a b c Müller-Mertens 2000, p. 239.

FontesEditar