Abrir menu principal

Linha Nova

município do Rio Grande do Sul

Linha Nova é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul. Colonizada por alemães provenientes da região serrana do Hunsrück, na Renânia, sua primeira denominação foi o nome alemão "Neu Schneiss", que foi traduzido para o atual nome devido a campanha de nacionalização da ditadura Varguista.

Município de Linha Nova
Linha Nova (fixed).jpg

Bandeira de Linha Nova
Brasão de Linha Nova
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 20 de março de 1992 (27 anos)
Gentílico linha-novense [1]
Prefeito(a) Henrique Petry[2] (PMDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Linha Nova
Localização de Linha Nova no Rio Grande do Sul
Linha Nova está localizado em: Brasil
Linha Nova
Localização de Linha Nova no Brasil
29° 28' 04" S 51° 12' 03" O29° 28' 04" S 51° 12' 03" O
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Mesorregião Metropolitana de Porto Alegre IBGE/2008 [3]
Microrregião Montenegro IBGE/2008 [3]
Municípios limítrofes Picada Café, Nova Petrópolis, Feliz, Vale Real
Distância até a capital 87 km
Características geográficas
Área 63,733 km² [4]
População 1 624 hab. Censo IBGE/2010[5]
Densidade 25,48 hab./km²
Altitude 365 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,749 alto PNUD/2010 [6]
PIB R$ 29 016 mil IBGE/2012[7]
PIB per capita R$ 17 757,39 IBGE/2012[7]

Índice

HistóriaEditar

Linha Nova foi povoada por imigrantes alemães a partir da década de 1840, tendo se tornado sede da primeira cervejaria do estado.

Pertenceu a São Sebastião do Caí até 1959, quando passou a fazer parte de Feliz. Emancipou-se no dia 20 de março de 1992.

 
Foto de Linha Nova antigamente.

GeografiaEditar

Localiza-se a uma latitude 29º28'03" sul e a uma longitude 51º12'03" oeste, estando a uma altitude de 365 metros.

Sua população estimada em 2004 era de 1 618 habitantes. Está situado a 87 quilômetros da capital, Porto Alegre.

EconomiaEditar

O município é o maior produtor de couve-flor do estado, pois ultrapassou o antigo maior produtor: Caxias do Sul. Dois em cada três habitantes vivem da agricultura.

CulturaEditar

Como é um município pequeno, praticamente todos os moradores se conhecem. A maioria comunga a mesma religião, a luterana, joga bolão e canastra na Associação Recreativa, bebe cerveja, dança e pratica tiro ao alvo. Para preservar tais valores, a única escola de ensino médio de Linha Nova, a Escola Estadual Pastor Heinrich Hunsche, procura repassar essa tradição aos jovens.[8]

Seu índice de criminalidade é o mais baixo de todo o Rio Grande do Sul, e os crimes registrados são basicamente pequenos furtos e casos esporádicos de estelionato. Ademais, os moradores colaboram com as ações policiais.

ReligiãoEditar



 

Religiões em Linha Nova do Padre (2010)[9]

  Protestantismo (71.60%)
  Catolicismo Romano (27.15%)
  Sem religião (0.55%)
  Não determinado e múltiplo pertencimento (0.35%)

Segundo o Censo 2010 do IBGE, 71,60% da população do município era protestante, 27,15% eram católicos romanos, 0,55% não tinha religião, 0,35% eram Testemunhas de Jeová e 0,35% não determinaram sua religião ou declaram multipla filiação.[9]

Dentre as denominações protestantes em Linha Nova, a maioria da população é luterana, cerca de 67,30% da população do município. Os pentecostais são 2,58%, dentre os quais, as Assembleias de Deus são o maior grupo pentecostal, com 1,97% da população, seguida pela Igreja do Evangelho Quadrangular com 0,61.%[9]

Referências

  1. IBGE; IBGE (29 de janeiro de 2015). «Cidades». Consultado em 29 de janeiro de 2015 
  2. «LINHA NOVA». Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul. 2 de outubro de 2016. Consultado em 9 de janeiro de 2017. Arquivado do original em 10 de janeiro de 2017 
  3. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  4. IBGE; IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  5. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 29 de janeiro de 2015 
  7. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2012». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 29 de janeiro de 2015 
  8. http://zerohora.clicrbs.com.br/zerohora/jsp/default2.jsp?uf=1&local=1&source=a1834664.xml&template=3898.dwt&edition=9691&section=69
  9. a b c «Censo do IBGE 2010: Religião em Linha Nova». Consultado em 8 de novembro 2017 

Ligações externasEditar

Ver tambémEditar