Luís I, Príncipe de Anhalt-Köthen

Luís I de Anhalt-Köthen (em alemão: Ludwig I., Fürst von Anhalt-KöthenDessau, 17 de junho de 1579 – Köthen, 7 de janeiro de 1650, em), foi um príncipe alemão da Casa de Ascania e governante do principado unificado de Anhalt. A partir de 1603, foi governante do principado de Anhalt-Köthen. Ele também foi o fundador da primeira Sociedade Alemã (a Sociedade Frutífera).

Luís I, Príncipe de Anhalt-Köthen
Nascimento 17 de junho de 1579
Dessau
Morte 17 de janeiro de 1650
Köthen
Sepultamento St. Jakob
Cidadania Alemanha
Progenitores
Cônjuge Princess Amöena Amalie of Bentheim-Tecklenburg, Countess Sophie of Lippe
Filho(s) Louis of Anhalt-Köthen, William Louis, Prince of Anhalt-Köthen, Anhalt-Köthen, Fürstin Luise Amöna, Amalie Luise Prinzessin von Anhalt-Köthen
Irmão(s) Ana Maria de Anhalt, Anna Sophie of Anhalt, Isabel de Anhalt-Zerbst, Doroteia Maria de Anhalt, Inês Edviges de Anhalt, Sibila de Anhalt, Cristiano I, John Ernest of Anhalt, Augusto, Rodolfo, João Jorge I, Bernhard von Anhalt
Ocupação tradutor, escritor
Título duque

Louis foi o sétimo filho de Joaquim Ernesto, o Príncipe de Anhalt, mas o quinto filho de sua segunda mulher, Eleonore, filha de Christoph, Duque de Württemberg.

VidaEditar

Após a morte de seu pai, em 1586, Luís herdou o principado de Anhalt, juntamente com o seus meio-irmãos e irmãos. Sendo o mais jovem de todos os filhos de Joaquim Ernesto, que chegaram à idade adulta, ele cresceu em Dessau, na corte de seu irmão mais velho e tutor, [[João Jorge I, Eleitor da Saxônia|João George I]].

Entre 1596 e 1597, Luís, aos dezessete anos, fez um Grand Tour pela Europa, viajando para a Grã-Bretanha, a França e a Holanda. No início de 1598, ele estave na Suíça, então, visitou aÁustria, aHungria e aItália, onde permaneceu até 1602. Durante uma estadia em Florença, Luís foi aceito (com o auxílio de seu tutor italiano Bastiano de' Rossi) como o primeiro membro alemão da Accademia della Crusca, na qual era conhecido pelo nome de "L'Acceso."

Em 1603, uma divisão formal Principado de Anhalt foi acordado pelos co-governantes sobreviventes. Luís recebeu Köthen, onde assumiu a sua residência principal.

Militar e politicamente, Luís permaneceu cauteloso, preferindo promover a agricultura vigorosamente. Ele construiu o seu novo Schloss (residência oficial) em estilo italiano e fez a sua corte adotar maneiras italianas. Com o seu apoio financeiro, uma iniciativa educacional foi lançada em Köthen, em 1619, sob os auspícios de Wolfgang Ratke. Problemas com o clero local levaram à prisão de Ratke por oito meses, e Luís abandonou este projeto incompleto.

Na ocasião do funeral de sua irmã, Dorothea Maria, Duquesa de Saxe-Weimar, em 24 de agosto de 1617, o [[senescal]] Kaspar von Teutleben propôs a criação de uma sociedade aos moldes da Accademia della Crusca. A criação de Sociedade Frutífera foi decidida e Luís foi nomeado seu primeiro líder, cargo que ocupou até a sua morte. Como um membro, Luís usou o lema latino "Vita mihi Christus, morse lucrum".

Durante a Guerra Dos Trinta Anos, o Rei Gustavo II Adolfo da Suécia transferiu o governo das Dioceses de Magdeburg e Halberstadt para Luís. Isso provocou a ira do Conde Axel Oxenstierna, que desejava o cargo. Esta foi uma fonte de tensão também na Sociedade Frutífera, pois Oxenstierna era um membro.

Casamentos e DescendênciaEditar

Em Rheda, a 31 de outubro de 1606, Luís desposou Amöena Amalie (Bentheim, 19 de Março de 1586 - Oldenburg, 8 de setembro de 1625), filha de Arnoldo III, Conde de Bentheim-Steinfurt-Tecklenburg-Limburg, e  irmã mais nova de Anna, mulher do Cristiano I, Príncipe de Anhalt-Bernburg, o irmão mais velho de Luís. Eles tiveram dois filhos:

  1. Louis, Príncipe Herdeiro de Anhalt-Köthen (Köthen, 19 de outubro de 1607 - Köthen, 15 De Março De 1624).
  2. Louise Amöena ((Köthen, 28 de novembro de 1609 - Harderwijk, Gelderland, 26 De Março De 1625).

A morte de seu único filho deixou Luís sem herdeiro, mas foi só após a morte de sua esposa, dezoito meses depois, que ele decidiu encontrar uma nova esposa, que gerou o herdeiro necessário para o seu principado.

Em Detmold, a 12 de setembro de 1626, Luís se casou pela segunda vez, com Sophie (Detmold, 16 de agosto de 1599 - Köthen, 19 de Março de 1654), filha de Simão VI, Conde de Lippe. Eles tiveram dois filhos:

  1. Amalie Louise (Köthen, 29 de julho de 1634 - Köthen, 3 De Outubro De 1635).
  2. William Louis, Príncipe de Anhalt-Köthen (Köthen, 3 de agosto de 1638 - Köthen, 13 De Abril De 1665).


Precedido por
Joaquim Ernesto
Príncipe de Anhalt
com João Jorge I,
Cristiano I,
Bernhard (até 1596),
Augusto,
Rodolfo e
João Ernesto (até 1601)

1586–1603
Sucedido por
Principado dividido em Anhalt-Dessau, Anhalt-Bernburg, Anhalt-Plötzkau, Anhalt-Zerbst e Anhalt-Köthen
Precedido por
Principado (re-)criado
Príncipe de Anhalt-Köthen
1603–1650
Sucedido por
William Louis, Príncipe de Anhalt-Köthen
Precedido por
Nova Organização
Líder da Sociedade Frutífera
1617–1650
Sucedido por
Guilherme, Duque de Saxe-Weimar