Luís Jardim (músico)

músico português
Luís Jardim
Nascimento 1950 (70 anos)
Região Autónoma da Madeira
Cidadania Portugal
Ocupação músico

Luís Alberto Figueira Gonçalves Jardim (4 de Julho de 1950) é um percussionista, professor e produtor musical português nascido na Ilha da Madeira.[1] É primo do ex-presidente madeirense Alberto João Jardim.

CarreiraEditar

Luís Jardim estudou em várias escolas do Funchal, como o Externato Nun’Álvares e o Lisbonense. Fez parte dos Demónios Negros nos anos 60. Foi para Inglaterra estudar Administração Comercial. Em Inglaterra editou sob o pseudónimo de Rouge, foi entre 1973 e 1977, que Luís Jardim com esta banda chegou a vender cerca de quatro milhões de discos. O último albúm que faz para para a CBS é editado em 1981. A sua maneira de tocar e forma de pensar latina introduzem uma onda inovadora na Inglaterra e permitem-lhe a abertura de portas para fazer discos e “tournées” com cantores conhecidos.

Trabalha, desde finais dos anos 70, com o conhecido produtor Trevor Horn em discos como The Lexicon Of Love dos ABC, Welcome To The Pleasure Dome dos Frankie Goes To Hollywood, Slave to the Rhythm de Grace Jones' ou "Seal", "Seal II", entre outros, de Seal. Colaborou com os Asia nos discos Arena e Aura. Tom Jones, Leo Sayer, David Bowie e Rolling Stones são exemplos de cantores e bandas com quem Jardim começa a trabalhar em 1969.

Depois de trabalhar com vários artistas, chega a fazer “tournées” de um ano com Tina Turner, George Michael, Rod Stewart, etc. Luís Jardim toca vários instrumentos. E os que o tornam mais conhecido são a bateria, baixo, percussão, guitarras.

Em 2004 tocou na festa de homenagem ao produtor Trevor Horn.

Trabalhou com Diana Ross, Mariah Carey, Celine Dion, Elton John, Julio Iglesias, Tom Jones, James Ingram, Al Jarreau, Luther Vandross, Cindy Lauper, Michael Bolton, Darryl Hall, Gloria Estefan, Barry Manilow, Michael Jackson, Katie Melua, Axelle Red, J.Nors Acevedo, entre outros.[2]

PortugalEditar

Colaborou com a cantora Ana e com Midus.[3][4] Produziu discos de Rui Veloso, João Pedro Pais, entre outros.

Jardim fez parte do júri das duas primeiras séries do concurso Ídolos da SIC, foi presidente do júri nos programas da TVI Uma Canção Para Ti e, presentemente, de A Tua Cara Não Me É Estranha.[5]

Ano Programa Obs. Canal
2003 - 2004 Ídolos - 1.ªEdição Jurado SIC
2004 - 2005 Ídolos - 2.ª Edição
2008 Uma Canção Para Ti - 1.ª Edição TVI
2009 Uma Canção Para Ti - 2.ª Edição
2009 Uma Canção Para Ti - 3.ª Edição
2011 Uma Canção Para Ti - 4.ª Edição
2012 A Tua Cara Não Me É Estranha - 1.ª Edição
2012 A Tua Cara Não Me É Estranha - 2.ª Edição
2012 A Tua Cara Não Me É Estranha - Duetos
2013 A Tua Cara Não Me É Estranha - 3.ª Edição
2014 A Tua Cara Não Me É Estranha - Kids
2016 - 2017 A Tua Cara Não Me É Estranha - 4.ª Edição
2018 A Tua Cara Não Me É Estranha - 5.ª Edição

ColaboraçõesEditar

Colaborou com artistas como Paul McCartney, Billy Idol, The Rolling Stones, They Might Be Giants, Clinks Turner, Mike Batt, David Bowie, Cher, Grace Jones, Björk, Duran Duran, Robbie Williams, Gareth Gates, Tom Jones, Alejandro Sanz, Nina Hagen, Eros Ramazzotti, Diana Ross, João Paulo Rodrigues,Tony Banks.[2]

Referências

  1. A Televisão (21 de Junho de 2012). «Luis Jardim avisa Luciana Abreu sobre carreira internacional». A Televisão. Consultado em 24 de Agosto de 2012 
  2. a b Discogs. «Luis Jardim». Discogs. Consultado em 24 de Agosto de 2012 
  3. Anos 80. «Ana Bela Alves». Anos 80. Consultado em 24 de Agosto de 2012. Arquivado do original em 22 de julho de 2012 
  4. Anos 80. «Midus». Anos 80. Consultado em 24 de Agosto de 2012. Arquivado do original em 22 de julho de 2012 
  5. Casamento Magazine (21 de Maio de 2012). «"Luciana Abreu e Luís Jardim vão gravar um cd!"». Casamentos Magazine. Consultado em 24 de Agosto de 2012 

Ligações externasEditar