Abrir menu principal

Luciana Ávila

jornalista brasileira
Question book-4.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde fevereiro de 2012). Ajude a inserir referências. Conteúdo não verificável poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde fevereiro de 2012). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Luciana Ávila
Nome completo Luciana Ávila Falcão
Nascimento 2 de maio de 1974 (45 anos)
Viçosa (AL)
Nacionalidade Brasil Brasileira
Ocupação Jornalista
Apresentadora de televisão
Repórter
Principais trabalhos Esporte Espetacular

Luciana Ávila Falcão, mais conhecida como Luciana Ávila (Viçosa, 2 de maio de 1974) é uma jornalista, apresentadora e repórter brasileira.

BiografiaEditar

Já bem cedo começou a trabalhar na área de Comunicação. Fez comerciais para as TV locais, exibidos nos Estados de Pernambuco, Alagoas e Bahia. Aos 15 anos já trabalhava na recém-inaugurada Rádio Agreste FM em Cupira (Pernambuco). Foi a primeira locutora da "Parada do Agreste", programa veiculado às 6 da noite em que eram repetidas as músicas mais pedidas da programação diária da emissora. Em rápida ascensão, trabalhou na extinta Rádio Metropolitana FM de Caruaru (Pernambuco). Nesse momento da vida, torna-se conhecida do público em virtude da sua participação em comerciais veiculados na TV Globo e afiliadas de Pernambuco, Alagoas e da Bahia. Em 1991, foi aprovada no vestibular de Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade Federal de Alagoas.

A mudança de estado deu-se por conta do curso universitário. Durante a sua estada em Maceió, Luciana Ávila trabalhou na Rádio Cidade FM e foi âncora do "Domingo Show", programa dominical veiculado pela TV Gazeta, afiliada à Rede Globo. Foi também apresentadora da Rádio Gazeta.

A trajetória de Luciana Ávila foi sendo estabelecida no Estado de Alagoas na Rede Globo quando ela começou a apresentar o noticiário "Boa Tarde Alagoas" (TV Gazeta), que ia ao ar diariamente ao meio-dia. Após alguns meses, foi convocada para apresentar o noticiário local AL-TV Primeira Edição e, por último, o AL TV Segunda Edição, líder de audiência. Em 1998, depois de um estágio na Globonews, em maio daquele mesmo ano, foi convidada a fazer parte do quadro funcional da Rede Globo de Televisão.

No ano 2000, foi personagem central de uma crônica escrita pelo falecido escritor Roberto Drummond, criador da personagem Hilda Furacão. A crônica foi publicada na Revista Net TV. Nela, Drummond expressou admiração e respeito pelo profissionalismo e pela beleza de Luciana Ávila. A crônica de Roberto Drummond rendeu matérias no jornal Folha de S.Paulo e no jornal O Globo. Luciana Ávila foi repórter oficial do reality show musical Fama, da mesma emissora. Várias de suas matérias renderam inserções nos programas Fantástico, Bom Dia Brasil, Jornal Hoje, Esporte Espetacular, Starte, Em Cima da Hora,[1] Almanaque e Via Brasil, todos da TV Globo e da Globonews. Luciana Ávila esteve à frente do noticiário Brasil TV, transmitido para todo o território nacional e para vários países pela Globo Internacional, veiculado no horário do jornal local da Rede Globo de Televisão.

Dotada de talentos natos para a música, artes plásticas e amante dos esportes radicais, como o motociclismo, e foi campeã na categoria feminina do "Enduro das Águas", prova de enduro que ocorre anualmente em Cupira, Pernambuco. Apresentou o dominical esportivo Esporte Espetacular, em que explorava várias das suas aptidões para o esporte. No quadro Diário de Motocicleta, a apresentadora já esteve no Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, no sertão sergipano e alagoano, onde mostrou o Rio São Francisco, no Pantanal do Mato Grosso. Atualmente está como repórter esportiva do Globo Esporte da TV Globo.[2]

Entre setembro e outubro de 2014, Luciana Ávila esteve cobrindo o Mundial de Ginástica Rítmica, em Izmir, na Turquia, e o Mundial de Ginástica Artística, que ocorreu em Nanning, China. Durante o período de pouco mais de três semanas, Luciana Ávila enviou diariamente para todos os telejornais de rede da emissora, com uma entrada especial sobre culinária chinesa para o programa Mais Você, matérias a respeito dos atletas brasileiros, bem como apresentou aos telespectadores as respectivas cidades, mostrando aspectos típicos e curiosidades locais.

Em 2016, Luciana Ávila participou da celebração dos 40 anos da TV Gazeta de Alagoas com vídeo "Especial de 40 Anos da TV Gazeta com Luciana Ávila", em que conta um pouco da sua história na emissora alagoana. [1] foi demitida em outubro de 2017, devido a um processo de reformulação na TV Globo.

Em 17 de outubro de 2017, Luciana deixou o Grupo Globo, junto com outros profissionais[3]. Em 2017, lançou o seu canal de variedades com foco em vida saudável, dicas de saúde e bem-estar no You Tube - Luciana Avila Conectada.

Vida PessoalEditar

Em Abril de 2011, anunciou estar grávida. Ela deu à luz uma menina, fruto de sua relação com um editor-executivo da Rede Globo chamado André Boaventura. Conhecida por praticar ioga.

Referências